História The devil wears Prada...And a beautiful smile - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bangtanboys, Bts, Comedia, diabo veste prada, Fashion, Fluffy, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Moda, Namjin, Namjoon, Odiabovesteprada, Sope, Taehyung, Yaoi, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 27
Palavras 3.882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAR PESSOAS! 2 cap aí pro6, espero que gostem! Boa leitura e nos vemos lá em baixo ♡

Capítulo 2 - Bem vindo ao inferno


A segunda feira amanhecera da maneira que Jungkook mais gostava: fria, porém ensolarada. Era como se o dia estivesse o dando algum tipo de benção, e isso fez com que se levantasse mais cedo, levemente ansioso e animado.

Após o banho usual, se vestiu e voltou para a cama, se debruçando sobre o namorado que ainda dormia na cama de casal.

Yoongi era formado em música e trabalhava como professor em uma escola para jovens aprendizes. Ele tocava piano, principalmente, e dava aulas pois dizia que a música deveria ser compartilhada e aproveitava em conjunto. Jungkook achava tudo muito lindo e ver seu namorado tão realizado o deixava feliz

- Bom dia! - Jungkook disse perto do ouvido de Yoongi, suas mechas molhadas roçando contra a testa do outro o fazendo sorrir - Não vá perder a hora, vou deixar café pronto. - disse deixando um beijinho na bochecha do outro e fazendo menção de se levantar, porém sendo inesperadamente agarrado pelo braço e puxado de volta para a cama

- Você está muito adiantado, fica e toma café comigo. - Yoongi disse manhoso, segurando o corpo do moreno contra o seu, seus cabelos verdes desbotados uma bagunça que cobria seus olhos negros

- Para de ser manhoso Yoon... - o moreno riu não resistindo retribuir o abraço - É meu primeiro dia, não posso me atrasar. - quando o mais velho não o soltou, Jungkook suspirou alto - O que eu faço com você ein? - Yoongi sorriu ladino

- Eu posso imaginar muitas coisas que você pode fazer comigo. - o esverdeado disse aproximando o rosto do pescoço de Jungkook, deixando diversos beijos ali

- Hmm... Eu também. - disse entrando no joguinho e aproximando os lábios ao ouvido do mais velho, sussurrando -  Fazer café da manhã. - rindo ele se desvencilhou dos braços do esverdeado que soltou um bufo indignado.

Jungkook já havia terminado de tomar seu  desjejum rapidamente e fechava a garrafa térmica com o café de Yoongi quando o mesmo adentrou a sala, ficando do outro lado do balcão da cozinha americana.

- Se quiser comer alguma coisa, tem kimchi e tofu, eu acho na geladeira. - Jungkook disse dando a volta no balcão e dando um beijinho no nariz do mais baixo

- Infelizmente o que eu quero comer aparentemente vai sair para o primeiro dia de trabalho em breve - Yoongi respondeu sorrindo, arrancando uma risada alta do moreno - Boa sorte no primeiro dia - disse beijando o mais alto

Jungkook chegara no décimo sétimo andar e seu estômago ainda dava alguns pulinhos quando ele avistou Seokjin sorrindo para si atrás da bancada.

- Pronto para seu primeiro dia? - O rosado disse sorrindo largo

- Nasci pronto - o moreno respondeu sorrindo, sua confiança o alastrando. O que de pior poderia acontecer? Não é como se Jimin fosse o diabo ou algo do tipo...

Certo?

- Aqui está seu crachá. - o recepcionista o entregou um retângulo de metal prateado com sua foto que havia enviado por email e seu nome gravado em baixo, preso em uma fita para pôr no pescoço - Pode usar para passar pelas catracas lá em baixo... Bom, boa sorte! Taehyung já está lá dentro - disse sorrindo.

Jungkook pôs seu crachá e andou com a cabeça erguida até a antessala onde Taehyung já digitava furiosamente no computador

- Bom dia Taehyung - Jungkook ofereceu gentil se dirigindo até (agora sua) mesa e depositando sua mala carteiro em cima da mesma

- Por Cher, eu ainda não entendo como você foi contratado - o loiro que usava uma camisa branca de mangas curtas por baixo de um colete estilo social, disse rolando os olhos, sem desviar o olhar do computador


- Bem, parece que existem algumas coisas além de roupas bonitas que te põe dentre desta empresa... Tipo competência. - Jungkook retorquiu arqueando uma sobrancelha e sorrindo de canto, provocando o rapaz à sua frente.

Taehyung lhe lançou um olhar mortal de canto, se levantando calmamente e caminhando até a mesa do moreno. Só aí que Jungkook percebeu que o loiro usava uma saia marrom xadrez, estilo escocês, até o meio das canelas, segura por um cinto vermelho. Usava também meias pretas e coturnos de vinil da mesma cor.

- Deixa eu te explicar uma coisinha - Taehyung disse apoiando as duas mãos na mesa à sua frente - Você é quem pega o café, eu sou o primeiro assistente. Você carrega sacolas, e eu vou para Paris no Fashion Week com Jimin. Percebe a diferença? Então espero que você mantenha essa sua boca calada e faça um excelente trabalho, do contrário você não vai durar uma semana aqui dentro. - o loiro disse ameaçador e Jungkook engoliu em seco ao ver que ele pegava uma tesoura do copo à sua frente - Eu sou sua melhor fonte de aprendizado aqui, então preste atenção, escute e aprenda - em um movimento rápido, ele aproximou a tesoura do pescoço de Jungkook que estava prestes à gritar por socorro, cortando a fita que prendia o crachá no lugar, a plaquinha caindo no chão com um ruído metálico - Jimin odeia que usem o crachá no pescoço, acha extremamente brega. Não precisa agradecer. - disse se encostando contra sua própria mesa, cruzando os braços

Jungkook apenas observava o outro homem com os olhos arregalados, completamente chocado.

- V-você... Ok, entendi. - o moreno disse apenas e Taehyung sorriu

- Bem, vamos começar, sim? Primeiro, você só responde à mim e Jimin, do contrário, não deixe que ninguém lhe dê ordens. Mesmo não gostando de você, não seria justo deixar que os outros folgados fizessem o garoto novo de bocó... Mais do que você já é, claro. - o loiro sorriu - Segundo: chegue sempre, no mínimo, meia hora adiantado, nunca se sabe quando Jimin vai chegar mais cedo, não é comum mas, bem, você viu já teve a oportunidade de ver como é. - Jungkook se lembrou do pânico de todos em arrumar tudo para a chegada do chefe - Terceiro: preste atenção no que ele lhe diz e, em nome de Anna Wintour, não deixe de fazer absolutamente nada do que ele lhe mandar, ele fala e você faz, entendeu? - Taehyung arqueou uma sobrancelha

- Perfeitamente. - foi a única coisa que Jungkook conseguiu dizer, talvez, só talvez, seu medo houvesse aumentado uns sessenta e oito por cento

- Ótimo, eu preciso que você busque o café dele. Starbucks, descafeinado, metade de creme e duas gotas de adoçante. Ele chega as nove, você tem meia hora... Bem, vinte e cinco minutos para ser mais exato. Marque na minha conta, eles já sabem. - o loiro disse marcando em seu relógio de pulso

- Ok - Jungkook disse pegando o crachá esquecido no chão e, tentando ao máximo manter sua confiança elevada, saiu para comprar o café.

Voltando com exatos dez minutos de antecedência, ele deixou o copo alto em cima da mesa de Jimin, ao lado da água e das várias revistas de moda da semana. Voltando para sua mesa, ele se sentou e, imediatamente, seu telefone tocou

- Escritório do senhor Park, em que posso ajudar? - perguntou, seu humor melhorando por poder fazer seu trabalho. Jungkook estava levemente acuado, mas ele nunca fora do tipo de ficar emburrado por coisas pequenas e se havia algo que ele gostava era de desafios

- Bom dia, eu preciso da confirmação de Park Jimin para a reunião as cinco, no escritório da Kors - uma voz feminina disse parecendo apressada e Jungkook congelara por um momento.

É, talvez “desafio” fosse o termo correto para o atual trabalho.

- Ahn... perdão, eu... Só um instante. - ele retirou o telefone da orelha tampando o lugar onde a voz era captada para chamar Taehyung - Taehyung, tem alguém querendo confirmar a presença de Jimin na reunião na... Kors? O que eu digo? - Taehyung suspirou, indicando que ele mesmo atenderia a ligação de seu ramal


- Sim? Perfeitamente...Confirmo a presença até segunda ordem. Em caso de cancelamento, retornaremos a ligação. Obrigado, bom dia. - disse simplesmente, desligando o telefone - Seguinte: você confirma qualquer compromisso agendado. Jimin quase nunca falta nas reuniões, se ele desmarcar algo vai avisar ou a você ou a mim. E anote absolutamente todo o resto. Ah, antes que eu me esqueça - ele entregou um celular de última geração ao moreno - Isso é sua vida agora. Olhe todas as ligações, não deixe de atender nenhuma, leia todas as mensagens. Os números importantes já estão salvos, você já está no grupo do Kakao de funcionários... Ele vai chegar em três minutos - disse saindo da sala e correndo até a entrada dos elevadores para receber Jimin.

Jungkook rodou o celular nas mãos, desbloqueando a tela e mexendo nos aplicativos. Abrindo o Kakao, ele constatou um grupo com nome “Gostosões Fashionistas”. Rindo ele abriu o grupo, vendo os membros do grupo, lendo os nomes: Seokjin, Hoseok, Namjoon, Taehyung e, agora, seu próprio número.

Como na última semana, Jungkook ouviu os passos e a voz de Jimin, autoritária porém sem elevar o tom

- Não se esqueça dos lenços Chanel para hoje, mande Namjoon e Hoseok me trazerem o ensaio dos alternativos, recuse qualquer ligação da Vogue, não quero nada da próxima edição na boca de mais ninguém, o que fazemos aqui é confidencial até sair na revista e confirme a reunião com Kors - disse, dando sua usual lista de ordens.

Ao chegar na antessala, Jungkook não pode deixar de reparar nas roupas do chefe: bata larga preta de um tecido semi transparente, alguns brilinhos reluziam por de baixo do sobretudo vermelho sangue. Usava calças, também pretas, justas e mocassins de couro marrom.

- A reunião já foi confirmada, os lenços da Chanel estão para chegar e vou chamar os dois em um instante. - Taehyung disse andando até sua mesa e pegando o ramal.

Jimin passou pela mesa de Jungkook, jogando o sobretudo e sua bolsa de couro marrom por cima de seus braços estendidos, segurando o celular que foi bloqueado pelo tecido do casaco.

- Seja rápido - Jimin disse entrando em sua sala

- O que você está esperando?! Leve as coisas para o closet já! - Taehyung disse em um tom baixo apontando para a sala no corredor estalando os dedos

Jungkook se moveu a passos largos até a sala, depositando a mala e o casaco em um cabide, retornando o mais rápido possível.

Ao adentrar na antessala e se sentar em sua mesa, pronto para checar os emails que chegavam furiosamente em sua caixa de entrada, dois homens entraram na antessala, um deles era Hoseok, carregando um livro grosso. Vestia um tailleur verde que abraçava seu tronco perfeitamente, combinando com o lenço laranja em seu pescoço. O outro homem Jungkook não conhecia, era muito alto e tinha um undercut roxo. Seus olhos eram bem desenhados e finos, tinha lábios carnudos e rosados, no geral tinha um aspecto bem amigável e gentil. Usava um conjunto de pantalona e blazer de linho cru, juntamente com sapatos estilo Oxford bicolor e uma camisa azul cobalto

- Bom dia TaeTae. - o homem alto disse sorrindo e exibindo duas covinhas, uma em cada bochecha

- TaeTaeeeee! - Hoseok disse também sorrindo. Taehyung apenas retribuiu o sorriso, sem dar extrema atenção

- E você deve ser o “novo Taehyung”, né? Prazer, Namjoon. - o mais alto disse estendendo uma mão à Jungkook

- O que você quer dizer com “novo Taehyung?” ele não saberia a diferença entre Gucci e Gabbana nem que esfregassem na cara dele - Taehyung disse rolando os olhos

- Ele só tem pose, não liga. - Hoseok disse piscando para Jungkook

- Acho que é melhor irmos antes que ele se irrite... Boa sorte no primeiro dia! - Namjoon disse lançando mais um sorriso fofo e puxando Hoseok consigo para a sala de Jimin.

Jungkook se sentiu melhor com a recepção dos outros, voltou sua atenção à chuva de emails em sua caixa de entrada e não tardou até que algumas pessoas entrassem apressadas com duas araras carregadas de roupas.

- Ah, os lenços chegaram! Eu vou descer e pegar, enquanto eu estiver fora você não saia desta mesa, entendeu? Nunca. Se precisar mijar segura. - Taehyung saiu apressado da sala, sumindo no corredor. Isso deixou Jungkook levemente assustado por ficar sozinho, mas logo se convenceu de que tudo correria bem, ele só precisava manter a calma

- Taehyung? - a voz de Jimin chamou de dentro de sua sala - Taehyung. - Novamente, e Jungkook estava ligeiramente em pânico, não sabia o que fazer quando a cabeça de Namjoon apareceu de dentro da sala

- É com você, amore. - ele piscou para o moreno que se dirigiu até a sala com as pernas bambas e um caderninho e caneta em mãos, respirando fundo

- Ah, aí está, Taehyung, quantas vezes tenho que gritar seu nome? - Jimin disse dando as costas ao moreno, sua blusa semi transparente revelando facilmente o movimento de suas escápulas enquanto ele remexia as roupas à sua frente

- É Jungkook. - O moreno disse e todos pararam para observá-lo, incluindo Jimin que se virara com os olhos levemente cerrados 

- Perdão? - O loiro perguntou arqueando uma sobrancelha

- M-meu nome... É J-Jungkook. - disse, se arrependendo amarga e instantâneamente, Jimin apenas o encarara, incluindo todos os outros na sala, checando o moreno de cima a baixo, completamente ignorando sua constatação 

- Eu preciso de dez a vinte cintos Miu Miu para depois do almoço, diga à Yang Mi que os modelos que ele mandou não estão no nível da PARK e que precisamos de uma remessa nova, depois telefone para a distribuidora e avise que a capa deve estar em todas as bancas sem exceção. - Jimin disparara a falar,  dando as costas à Jungkook e revirando as araras, o mais alto apenas engolira em seco, tremendo um pouco ao anotar todas as ordens e ainda conseguir ficar em pé


- Ahn... Sr, qual tipo de cintos eu devo...? -- Jungkook dizia antes de ser interrompido

- Por favor, incomode outra pessoa com suas perguntas sem sentido. É só. - ele disse sem se virar, Hoseok e Namjoon lhe lançavam olhares que diziam “Eu sinto muito que você tenha passado por isso no primeiro dia” e, fazendo com que seus olhos voltassem para dentro de suas órbitas, ele saiu da sala com o caderninho rabiscado com algumas palavras sem sentido.

Taehyung sentava-se em sua mesa e o moreno o disparou várias  perguntas, desesperado.

- Ok, ele me disse para comprar cintos...Milk? Não, Miau Miau. Eu não entendi ao certo... E ligar para Yang Mi, algo sobre os modelos serem ruins, ah, as bancas, eu preciso de banners em todas, sem exceção - ele disse em um sussurro engasgado. Taehyung apenas o encarara com uma sobrancelha arqueada

- E é meu problema por que...? - perguntou em seu melhor tom blazé

- Eu preciso de ajuda! O que caralhos é Miau Miau? E as bancas? Olha eu nunca fui demitido no primeiro dia! - Jungkook disse desesperado, aquilo de fato não era o que ele imaginara quando aceitou o trabalho

- Ok, ok, calma aí bebezão. - Taehyung disse - Ele disse que tipo de cinto? - perguntou, virando sua atenção ao moreno

- Ah sim, claro. Disse enquanto dançávamos juntos a coreografia do Blackpink, como os bons amigos que somos. - Jungkook disse irônicamente, esfregando o rosto com força. Taehyung apenas revirou os olhos

- Aish viado, não me testa. Ok, eu vou cuidar de tudo e você vai pegar os cintos. - o loiro disse anotando algo em um post it e entregando a Jungkook - E é “Miu Miu”, gênio, tem uma loja nesse endereço. - ele entregou o nome ao moreno

- Eu? E o que eu devo comprar sem nenhum tipo de diretriz? - Jungkook perguntou mortificado com a tarefa

- Bem, definitivamente nada que você usaria. Siga essa diretriz e tudo vai ficar bem. - Taehyung disse rindo de canto - Meu horário de almoço é daqui vinte minutos, quando eu voltar você vai. - disse digitando ao computador

- Ele disse que é para depois do almoço, esse é o problema. - Jungkook disse ainda levemente desesperado

- Então sugiro que você seja rápido. - Taehyung disse apenas e Jungkook suspirou, se jogando em sua mesa.

Jungkook conseguiu voltar a tempo do almoço (não que ele houvesse comido algo além de um café) com exatos quinze cintos da tal Miu Milu. Ele rezava com todas as suas forças para que fossem os certos, ele literalmente não entendia absolutamente nada sobre moda, essa era a comprovação.

Deixando a sacola com os cintos na sala de Jimin, ele esperou para que o chefe inspecionasse os produtos, o dispensando após verificar e Jungkook suspirou aliviado, se jogando em sua mesa para terminar de responder todos os emails.

Obviamente o sossego não durara muito, uma vez que Jimin o fizera buscar café mais duas vezes, e também mandou o moreno se desdobrar em mil para convencer uma das empresas fotográficas a ceder mais dois profissionais pela metade do preço. Com a glória de qualquer divindade que fosse, Jimin tinha a reunião aquela tarde, então sairia mais cedo.

Por volta das quatro e meia, Jimin saiu de sua sala, já de óculos escuros.

- Casaco, bolsa. - disse apenas e Jungkook correu para pegar as peças no closet antes que Taehyung pudesse sequer se levantar. Queria mostrar que não era um qualquer e poderia fazer o trabalho do outro funcionário tão bem quanto ele, se não melhor. Ao vestir o casaco no homem mais baixo que si e entregar a bolsa (praticamente arrancada de suas mãos), Jimin o lançou mais um olhar avaliador e saiu sem dar outra palavra.

Jungkook se jogou em sua cadeira, suspirando audivelmente ao ter certeza de que as portas do elevador já haviam se fechado.

- Sobrevivi. - disse extremamente cansado porém tão extremamente satisfeito consigo mesmo que não importava

- Ao primeiro dia. - Taehyung o corrigira sorrindo desdenhoso

- Gucci boy, está pronto? - Namjoon disse entrando na antessala, já com a bolsa no ombro e na companhia de Hoseok

- Para sair com vocês? Nunca. - Taehyung disse

- Como foi o primeiro dia Jungkook? - Hoseok perguntou sorrindo com afeição ao mais novo

- Eu estou vivo - Jungkook disse - Só preciso mesmo comer, estou morrendo de fome. - retribuiu o sorriso

- Ah! Por que não vem jantar com a gente? Vamos até uma cantina italiana muito boa, não tão longe, fazemos um happy hour e depois comemos algo. - Namjoon disse exibindo as covinhas e Hoseok deu uns pulinhos, balançando a cabeça e sorrindo largo em animação

- Ah eu... Claro, por que não? - Jungkook respondeu abrindo mais o sorriso, seria bom conhecer seus novos colegas de trabalho e, além disso, nas segundas Yoongi trabalhava até mais tarde

- Claro, por que não? Como se vocês já não fossem o suficiente. - Taehyung sorriu e bateu palmas ironicamente o que fez Hoseok bagunçar seu cabelo imaculado, irritando o loiro

- Ele só tem pose, mas é uma boa pessoa, eu prometo. - Hoseok disse, pela segunda vez no dia - Bem, vamos? Temos que pegar Jinnie hyung. - Completou.

Jungkook recolhera suas coisas, mandando uma mensagem para Yoongi avisando que iria jantar com o pessoal da empresa. Passando pela recepção, saíram junto com Seokjin (Jin, como ele disse para o chamar), que já estava arrumando suas coisas.

Eles andaram até o restaurante que também era bar, ficava algumas quadras acima do escritório, muito agradável e com uma acomodação temática italiana. O cheiro de comida fez o estômago de Jungkook roncar quando se sentaram em uma mesinha perto da janela com vista para a rua

- Nos conte mais sobre você, Jungkook. - Jin perguntou sorrindo

- Bem, por onde começo... - Jungkook ponderou - Eu me formei em jornalismo há uns seis meses, então essa meio que é minha primeira experiência profissional séria.

- Espera, quantos anos você tem? - Hoseok perguntou surpreso

- Dezenove. - o moreno disse - Vocês são todos meus hyungs, com certeza. - sorriu

- Awn, é o nosso Maknae! - Namjoon riu, cutucando Jin com o cotovelo

- Agora quero saber mais de vocês, se não se importam. - Jungkook disse disfarçando suas bochechas coradas

- Bem, eu sou formado em moda,  todos somos, certo? - Jin perguntou observando a mesa, todos balançando a cabeça positivamente - Acho que sempre foi meu sonho trabalhar em uma revista de moda, e qual melhor se não a PARK? - disse e Taehyung concordou furiosamente com a cabeça, largando o canudo do drink em suas mãos

- Absolutamente nenhuma, nunca venderia minha alma para a Vogue. - o loiro disse

- Taehyung vive para o trabalho, venera Jimin mais do que tudo. - Hoseok disse

- Um dia vocês talvez entendam o tamanho da maestria dele, ele é a pessoa mais importante no mercado, ninguém sabe fazer o que ele faz - disse seriamente, suas palavras eram cem por cento genuínas e seus olhos brilhavam toda vez que ele falava de Jimin

- Eu trabalho no casting e nas matérias. - Hoseok disse voltando ao assunto - Se você achou Jimin bravo, não sabe das coisas que ele já me chamou por ter confundido uma modelo loiro claro com uma loiro mel. - disse soltando um risinho

- Eu trabalho com o design , organizo a revista da forma que ela vai para as bancas, bem, depois de Jimin me mandar alterar o layout setenta e nove vezes. - Namjoon disse rindo

- Vocês reclamam demais, é o trabalho dele. - Taehyung disse irritado - Ele não é ruim, apenas estressado. - disse

- Ele poderia ser mais suave, mas conheço Jimin e sei que ele é uma pessoa boa. - Hoseok disse bebendo um copo de água

- Ah, Hoseok conhece Jimin desde pequeno. - Jin comentou e Jungkook arregalou os olhos

- Estudamos na mesma escola por muito tempo, mas garanto que ele me contratou por minha competência. - Hoseok disse e todos riram

- Vocês querem comer? Eu estou morrendo de fome - Taehyung disse por de trás do cardápio, já passava das seis e a Jungkook agradeceu o loiro mentalmente

- Eu vou pedir o de sempre, você também Jinnie? A entrada e o fettuccine alfredo  - Namjoon disse se virando para o rosado que concordou com a cabeça mandando um beijinho para o mais novo

- Deus, vocês dois parecem um casal de velhos - Taehyung disse e Namjoon e Jin coraram. Todos pediram seus pratos, extremamente felizes de poder comer, conversar e relaxar depois de uma segunda feira agitada. A noite passou rapidamente, sem que Jungkook percebesse, já eram nove horas e ele precisava voltar para casa. Se despedindo de todos ele agradeceu pelo convite e pelas dicas com o trabalho

- Espero que tenha gostado - Jin disse - Nada melhor que minha comida, mas dá para o gasto. - ele riu

- Nós ficamos felizes com a companhia! Esperamos que aceite jantar conosco de novo na sexta, fique a vontade para se juntar a nós quando quiser  - Namjoon disse sorridente

- Até que fez um bom trabalho, para o primeiro dia. - foi o que Taehyung disse e Jungkook aceitou aquilo como sua maneira particular de dar as boas vindas


- Seja bem vindo à família. - Hoseok disse sorrindo largo e Jungkook se sentiu feliz, talvez aquele não fosse seu trabalho ideal, mas ao menos ele se sentia mais acolhido por todos.

Bem, todos menos Jimin ao que parecia.


Notas Finais


E AI PESSOAL OQ ACHARAM? me deixem saber nos comentários! Essa fic está sendo muito gostosa de escrever e tem me feito muito bem, espero que ajude a distrair e entreter vocês também! Como sempre, agradeço minha beta linda ~MissDaydream obrigado pela ajuda bebê, love u ♡
Obrigado por ler! Te espero no próximo capítulo! Bjs do panda no espaço 🐼🌌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...