História The DUFF - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Duff
Personagens Bianca Piper, Casey Cordero, Jessica "Jess" Harris, Madison Morgan, Personagens Originais, Sr. Arthur, Wesley "Wes" Rush
Tags Romance, The Duff
Exibições 74
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Teria acontecido ?


Fui rapidamente para casa,  pensando em como falar pra a mulher que me colocou no mundo que o diretor queria falar com ela, e a mesma estava sentada no sofa.

- Mãe, o diretor acha que eu joguei minha vida no lixo.  Que estou bebendo, usando drogas e fazendo sexo com pessoas do mesmo sexo que o meu.

- E você esta ? - Ah não.

- Mãe não viaja.

- Filha se eu fosso o diretor da escola, se eu tivesse vendo você com essa roupa eu diria que você estava pensando em se suicida. 

- Não se preocupe mãe.  Se isso passar por minha cabeça a senhora vai ser a primeira e única a ver meu corpo estendido com um corda no pescoço amarrada no teto do quarto. - Me joguei no outro sofa.

- Bianca, seu quarto é de forro, aonde você vai amarrar essa corda ?

- Eu me viro. 

A melhor parte de ter a Dottie como mãe é que ela estraga qualquer tentativa de suicídio, uma vez fui tomar água sanitária e fui interrompida por um comentário dela que disse que não deveria gastá água sanitária pós estava muito cara.

- Mãe por favor fala pra eles que eu estou bem e não precisam fazer exame antidoping em me.

- Você prática algum esporte ?

- Exatamente... Foi isso que falei pra eles, não prático nem um exporte.

- Bianca, você esta se perdendo no mundo da perdição ? Eu conheço um pastor que pode perfeitamente te ajudar.

- Mãe a senhora sabia que eu sou virgem ? - So vi a expressão dela mudar da confusa para risos e risos muito alto.

- Ta pior que eu em filha.

- A-Ah mãe. - Me levantei e fui em direção as escadas. 

- Cuidado pra não morrer seca. - Ela ainda continuava a rir.

Subiu para meu quarto,  quando me deitei ouvir alguma coisa ser lançada em direção a minha janela, era algumas pedrinhas e eu ja sabia quem estava me chamando fui ate a janela e a abri.

- Você tem meu número sabia, poderia perfeitamente me ligar do que acabar quebrando a janela do meu quarto.

- O que aconteceu hoje na escola ? - Era o Wesley.  - Fiquei sabendo que você vai fazer um exame antidoping, você prática algum esporte ?

- Que eu saiba não.

- Então.  - Ele estava em baixo no jarde. - Você pode descer ? Meu pescoço esta doendo. 

Revirei os olhos e resolvi descer, Wesley as vezes poderia ser um pé no saco mas era um otimo vizinho e amigo. Espera o que esta acontecendo comigo ? Eu Bianca Piper estou elogiando o Wesley Rush ? Realmente eu preciso fazer esse exame antidoping. 

Quando passei por minha mãe ela ainda estava rindo, qual é super normal ser virgem aos 17 anos não é ? Não sou aquela pessoa "afogada ou ninfomaníaca"

- Você esta assim por minha causa ne ? Bebendo e usando drogas. - Wes estava sentado na varanda da minha casa.

- Qual é o problema de vocês ? Que acham que tudo é bebida e drogas.

- Pelo simples fato de que você em três anos essa foi a primeira vez que você foi para a direção. 

- Tudo tem sua primeira vez. - Me sentei ao seu lado.

- E por que sua mãe esta rindo.  - Ele olha pela janela e la estava minha mãe rindo.

- A-Ah ela esta louca. Começou a tomar remédios controlados por causa da separação e ja esta ficando dependentes deles. - Wes sorriu.

- É assim que gosto de tiver Bianquinha, você sorrindo e feliz. - Ele continuou a sorrir eu nunca prestei muito atenção, mas o sorriso do Wesley era lindo. - Seu sorriso é lindo Bianquinha, continue assim.

- Obrigada. - Senti meu rosto queimar e vi que o Wes também corou.

Wesley se aproxima lentamente,  eu vi qual era a intenção dele e deixei também me aproximei lentamente, nossos rostos estavam bem próximos era possível eu sentir sua respiração. 

- Bianca.  - Minha mãe aparece.

- Oi Sra. Piper .Eu vou indo. - Wes se afastou rapidamente e foi embora.

- Tchau Wesley.  - Respondeu minha mãe.

- O que foi mãe ?

- Vai se vestir normalmente, temos que ir na reunião com o diretor.

- Sim mãe. - Revirei os olhos e olhei para o lado e podi ver o Wes entar dentro de casa.

Entrei e subi rapidamente para meu quarto, não consegui de parar de pensar no que teria acontecido se minha mãe não tivesse abrido aquela maldita porta. Eu teria beijado o Wesley Rush ?


Notas Finais


Gente por favor comentem, digam o que vocês estão achando.
Plis


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...