História The Empire - Vkook Taekook - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Kookv, Taekook, Vkook
Visualizações 314
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláá Babys!!! Como estão??

Era pra eu ter postado esse capítulo na segunda, mas tô cheia de coisa pra fazer e fiquei sem tempo de atualizá-la.
Mas aí está o capítulo ^~^

Eu fiz mais uma montagem pra ajudar na imaginação de vocês Rsrsrs Eu e minhas montagens kkkk

~ BOA LEITURA ~

Capítulo 7 - War Commander


Fanfic / Fanfiction The Empire - Vkook Taekook - Capítulo 7 - War Commander

 

 

...ficamos nos olhando por algum tempo, não sei direito... Mas foi diferente, nossos olhos fixados uns nos outros passavam algo mais, é como se eu tivesse um grande contato com Jungkook, ficamos conectados através daquele pequeno instante em que nos olhamos... Isso me deixou confuso, não entendi muito bem o que aconteceu ali, mas foi algo diferente, algo que nunca aconteceu comigo quando olhei nos olhos de outras pessoas, apenas quando olhei nos olhos de Jeon Jungkook...

 

@ Taehyung @

7:06 AM

 

-Príncipe Taehyung.

 

Abro os olhos e vejo que já é de manhã, ouso uma voz me chamar o que me faz levantar e ir até a porta abri-la.

 

-Sim? –Digo assim que abro a porta enquanto coço os olhos a fim de despertar.

 

-O seu pai está lhe aguardando para o café da manhã. –Um criado diz.

 

-Irei logo. –Digo e fecho a porta.

 

Minha cabeça está doendo, não entendo o porquê disso, talvez pelo fato de eu ter ido dormir tarde ontem... Talvez seja isso.

Vou para o banheiro e faço minhas necessidades matinais, tomo um banho rápido, visto uma roupa e logo sigo para a sala de jantar. Talvez Jeon já esteja lá...

 

Continuo andando com breves passos pelos corredores e logo à minha frente vejo Jungkook escorado na porta da sala de jantar.

 

-Jungkook. –Ele vira rapidamente sua cabeça em minha direção. –Estava me esperando? –Pergunto parando em sua frente.

 

-Sim. –Ele suspira. –Mas... Tem certeza que quer fazer isso? –Ele parece estar apreensivo, nervoso.

 

-Tenho. Não precisa ficar assim Jungkook, confia em mim. –O mesmo assente com a cabeça enquanto abro as portas e nós entramos.

 

Assim que entramos, vejo os olhares de Haruna e de meu pai sobre nós enquanto sentamos à mesa.

 

-Pai, este é Jeon Jungkook, um guerreiro do nosso exército, a pessoa que eu disse que lhe apresentaria.

 

-Prazer em conhecê-lo majestade. –Diz curvando levemente sua cabeça como forma de reverência.

 

-O prazer é meu Jeon. –Meu pai diz. -O que você tem de tão especial que fez o meu filho querer apresentá-lo a mim? –Diz com um sorriso nos lábios.

 

-Pai... –Olho-o. –Jeon e eu nos tornamos amigos há pouco tempo, e como o senhor sabe, não sou de confiar nas pessoas, por isso nem todos tem a minha confiança... Mas confio no Jungkook. 

 

-Agora está explicado o porquê de ele estar no seu quarto... Mas não custava nada dizer a mim antes. –Haruna diz enquanto olha Jungkook.

 

-Eu o chamei naquele dia... Apenas queria ver o ferimento em seu rosto. –Digo.

 

-Ferimento? –Meu pai diz com o cenho franzido. –Você está bem? –Jeon assente com a cabeça.

 

-Ele ganhou um corte do Minjun no rosto, houve um mal entendido entre nós, mas já passou... –Digo.

 

-Apenas defendi o seu filho majestade, não iria permitir que algo acontecesse com ele. –Ele diz e meu pai fica surpreso com suas palavras.

 

-Já participou de uma guerra comigo Jeon? –Meu pai pergunta.

 

-Não, majestade.

 

-Jeon Jungkook, a partir de hoje você será o comandante de guerra desse império e irá comigo na próxima batalha que houver, lutaremos juntos.

 

Olho pro Jungkook e o mesmo está boquiaberto e sem expressão alguma no rosto.

 

-Fala alguma coisa menino. –Haruna diz enquanto o olha.

 

-O-obrigado majestade... N-não sei o que dizer...

 

-Não é a mim que deve agradecer... Agradeça ao meu filho, ele que apresentou você a mim.

 

-Obrigado Príncipe Taehyung. –Diz curvando sua cabeça em minha direção. Assim que ele ergue sua cabeça novamente, vejo um grande sorriso em seus lábios, seus olhos estão brilhando, Jeon está feliz.

 

-Quero que preparem um quarto para o comandante Jeon Jungkook agora mesmo, e levem todos os seus pertences para o quarto. –Meu pai dá ordens a um criado.

 

Fico feliz que isso tenha acontecido, Jungkook luta muito bem e com certeza irá ganhar muitas batalhas ao lado do meu pai já que agora que ele é o comandante de guerra do reino.

 

-Se me derem licença, terei de me retirar. –Diz enquanto levanta da cadeira.

 

-Aonde vai pai? –Haruna pergunta.

 

-Irei fazer uma visita ao meu grande amigo, o pai do Jimin e do Minjun, voltarei à noite. –Diz e logo sai da sala.

 

-Espera pai! Eu também vou. –Diz também saindo e deixando apenas eu e Jeon na sala.

 

Olho pro Jungkook e o mesmo está olhando pra mim com um sorriso no canto dos lábios. Não digo nada, apenas fico encarando-o por alguns minutos enquanto o mesmo encara-me de volta. 

Olhar nos olhos de Jungkook é tão apavorante e ao mesmo tempo tão pacificante... Sinto-me ligado a ele quando nos olhamos, mas por quê? Por que só com ele? O que ele tem de diferente pra me deixar assim? Por que fico assim quando olho em seus olhos? São perguntas que eu não sei responder... Mas... Ele também sente isso?

 

-Taehyung. –Ouso sua voz me chamar.

 

-Hum?

 

-Onde fica o meu quarto?

 

-Irei mostrá-lo, vamos. –Digo enquanto levanto da cadeira e o mesmo me acompanha.

 

-Deve ser um dos quartos desse corredor. –Digo enquanto ele olha em volta.

 

-Comandante Jeon, o seu quarto está ao lado dos aposentos do Rei. –Um criado vem nos informar. O quarto fica no final do corredor.

 

-Obrigado. –Ele diz e logo segue em direção ao quarto, o sigo.

 

Assim que entramos, olho pra Jeon e o mesmo está surpreso com o novo quarto em que vai dormir.

 

-Olha só essa cama! –Diz enquanto se joga na grande cama do quarto. Fico em pé lhe observando com um sorriso no canto dos lábios.

Olho em volta e vejo uma grande armadura de ferro dentro de um armário de vidro.

 

-Jungkook... –Digo enquanto me aproximo da armadura. -Essa armadura é sua? –Pergunto.

 

-Era do meu pai. –Diz se aproximando. –Irei usá-la na minha primeira batalha.

 

-Ele estaria orgulho de você agora. –Digo enquanto coloco a mão em seu ombro.

 

-Obrigado por confiar em mim Taehyung... –Diz olhando em meus olhos. Seus olhos... Mal posso olhá-los e aquelas sensações invadem-me novamente.  

 

-Jungkook eu preciso ir... –Digo e vou até a porta, abrindo-a rapidamente. –Eu também quero que você... que você...–Olho-o e o mesmo continua com seus olhos em mim esperando eu completar a frase. –Que você venha comigo nas montanhas novamente... –Dou um pequeno suspiro.

 

-Tudo bem...Nós vamos juntos?

 

-Não... Apenas... Encontre-me lá... –Ele assente com a cabeça e eu logo saio fechando a porta.

 

De repente fiquei nervoso de estar lá... O que está acontecendo comigo? Isso nunca aconteceu antes... Por que estou agindo assim? Estou apenas confuso com tudo o que está acontecendo... É isso... Eu preciso relaxar minha mente e esquecer os problemas ao meu redor... Esquecer tudo. Amanhã será um novo dia e eu não estarei tão confuso quanto estou agora. 

 

 

 


Notas Finais


Esse foi o Capítulo!! Espero que tenham gostado ^~^

O que acharam? ~Comentem~ Fico feliz quando comentam!!

Desculpem-me qualquer erro.

Até o próximo!

Beijinhos da Tai ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...