História The Empire's Umbrella - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Resident Evil
Personagens Ada Wong, Albert Wesker, Chris Redfield, Claire Redfield, Derek C. Simmons, Excella Gionne, Ingrid Hunnigan, Jake Muller, Jill Valentine, Leon Scott Kennedy, Ozwell E. Spencer, Personagens Originais, Piers Nivans, Sherry Birkin, Steve Burnside
Tags Ada Wong, Leon S Kennedy, Resident Evil, Umbrella
Exibições 57
Palavras 610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Policial, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oies *-*

Capítulo 2 - Surpresa!


Fanfic / Fanfiction The Empire's Umbrella - Capítulo 2 - Surpresa!

EUA - Nova York      12:00 PM
     
             - Um idiota que eu nunca vi na vida bateu na traseira do outro carro.
             - Pai!  Assume logo que foi vc.
             - Mas não fui eu, já disse que foi um idiota que eu nunca vi na minha vida!
             - Okay então. Não está mais aqui quem falou...
             - Enfim... Vamos? Tenho uma surpresa pra vcs.
             - Que surpresa? - James perguntou tão curioso quanto eu.
             - Se eu contar deixa de ser surpresa. - Papai respondeu e logo depois deu partida no carro.
             - Cuidado ai pai, um outro idiota pode aparecer do nada e bater no carro. Não resisti, tinha que zoar com a cara dele.
            - Ha ha ha, muito engraçada. - Acho que ele ficou bravo.
            - James achou engraçado. - Respondi com meu clássico tom de ironia.
           - Conversamos em casa - Papai disse de um jeito sério porém amável. Pois é, esse é meu pai, Leon Scott Kennedy, o agente Federal mais sério e responsável da face da terra. Mas é o melhor pai do mundo.
          A viagem da escola até em casa foi bem tranquila, fora as bombas atômicas que o lindíssimo do meu irmão soltou, foi tudo tranquilo. Cheguei em casa e fui direto abrindo a porta da sala sem me importar com nada.
         - Makenzy! Aonde vc vai? - James gritou enquanto descia do carro. Parei e me virei, tempo suficiente para responder.
         - A surpresa lembra? - Me voltei para a porta, respirei fundo e a abri.
         - SURPRESA!
         - Tia Clarie! Tio Steve! Que saudade de vocês. - Corri e os abracei.
         - Hey pequena Kennedy, você vai nos derrubar. - Tio Steve disse rindo um pouco.
         - Desculpa tio, me empolguei um pouco. - Disse rindo mais ainda.
         - E ai minha pequena, como você está? Tá tirando notas boas na escola? - Tia Clarie pergunto e depois me deu um beijo na testa, como se ainda tivesse 10 anos. Mas tudo bem, eu meio que gosto disso.
         - Estou bem, mas minhas notas... Nem tanto, mas estou me esforçando pra melhorar. Tia, cadê a Ivy? Ela não foi na escola hoje, tá tudo bem com ela? - Perguntei enquanto estava no meu momento fofa, porque se tem uma coisa que eu não sou, é fofa.
         - Ela tá lá em cima, estava nos ajudando a preparar a surpresa de vcs. - Tia Clarie respondeu e logo em seguida James brotou de sei lá onde.
         - Que surpresa é essa hein? Vocês querem me matar de curiosidade? - Aproveitei a deixa e me intrometi.
         - Realmente, vocês querem nos matar, não é possível. - Perguntei com meu olhar intimidador, que de intimidador não tem nada.
        - Vocês vão ver, mas só no aniversário de vocês. - Papai disse enquanto entrava com um monte de sacolas do mercado eu acho.
        - Ah pai!  Não é justo! - eu to muito revoltada com isso, mereço saber que surpresa é essa.
        - Pai, fala logo, você está nos torturando! - James disse indignado, acho que ele está mais revoltado que eu.
        - Vocês veram. - Papai disse com cara de psicopata. As vezes ele me dá medo, mas só as vezes.
        - Então, meus gêmeos favoritos vão aguentar esperar? - Tio Steve disse também com cara de psicopata, as vezes desconfio de que todos da minha família, são psicopatas. Acho que nunca comentei, mas eu e James somos gêmeos, James é três minutos mais velho.


Notas Finais


Tchau :3 até o próximo Cap. ^_^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...