História The end - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Apocalipse Zumbi, Aventura, Sobrevivencia
Visualizações 15
Palavras 1.341
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Survival, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Taaaaa ai :3

Até as notas finais :b

Capítulo 18 - Um pouco de paz...


P.O.V PIETRA

-é....- antes de eu dizer mais alguma coisa, fomos surpreendidas por um barulho na porta, olhamos pra ela e era a Isabele batendo quase que de cara nela.

Isabele: -puta que pariu...- Ela olhou pra gente - oi pessoas.

Mirella: -uai, não era pra você tá no quarto?

Isabele: -era mais eu não estou - cruzou os braços.

-da....licença....? - coloquei o machado ao meu lado.

Isabele: -porque?

Mirella: -nada....só troca esse curativo la vai...

Isabele: -aff, parece que eu sou um bebê - ela saiu.

Mirella: -Pietra...?

-você não presisa saber o que aconteceu la - me levantei pegando o machado e saí do quarto.

P.O.V ISABELE

Fui até o quarto e passei a mão esquerda sobre a cama procurando a bandagem. Achei ela e me sentei na cama, comecei a tirar a velha da minha mão mas não tava achando a ponta da bandagem nova.

Ouvi passos e a Pietra sentou do meu lado, pegou a bandagem da minha mão e puxou meu braço direito.

Dava pra ver o que tinha acontecido, tinha um buraco enorme atravessando minha mão, e uma queimadura enorme em volta.

Ela começou a enrolar a bandagem na minha mão enquanto eu passava a mão no rosto, sentindo aquele corte enorme pela minha cara, era bizarro passar a mão na frente do olho direito e só enchergar borrões.

-....você.... -fui interrompida.

Pietra: -eu matei ele, mas porfavor não conta isso pra ninguém, nada que aconteceu la....ninguém presisa saber...- ela baixou a cabeça - me sinto um lixo.

-não foi culpa sua - ela terminou de enrolar a bandagem.

Pietra: -mesmo assim - se levantou com um olhar frio e saiu do quarto.

-.... - coloquei a mão esquerda no bolso e senti algo, tirei e vi que era aquele cordão que a Nohami tinha me dado. *suspiro*.

P.O.V NICOLE

Fui até a nossa nova "casa" e entrei com uma certa dificuldade porque aquela massaneta é o trem, chegando a sala estavam a Rafa, o Carlos, o André e a ruiva. Eles olhavam um mapa e André com uma caneta marcava alguns lugares.

-gente....? - eles me olhararam.

Rafa: -da pra chamar a Paula aqui?

-Pera ela ainda ta aqui?!

Rafa: -ta...tô com medo da Pietra ou a Isa toparem com ela....sabe-se la a reação delas....

-eu vô de uma vez antes que dê merda, onde ela ta?

Carlos: -eu vi ela na enfermaria....

-KHE? - saí correndo.

P.O.V MIRELLA

Fui até a garagem onde o pessoal tava, só estava a Letícia e aquele bebezinho, ela tava cantando pra ele dormir enquanto andava pela garagem sem ter me percebido.

-oi... - disse bem baixo para não atrapalhar. Ela se virou e sorriu quando me viu, deixou o bebê em cima de uma mochila forrada com cobertores e me chamou.

Fui até la devagar e me sentei do lado dela.

Letícia: -obrigada...se ficássemos um pouco mais teríamos morrido.

-de nada...e esse aí? - apontei o bebê.

Letícia: -não se lembra? é o Taylor - ela sorriu.

P.O.V PIETRA

Voltei pra cama e dei um cochilo, acordei com passos e quando decidi abrir os olhos eu não acreditei no que vi.

-o quê que.....- coloquei a mão no cabo do machado.

P.O.V NICOLE

Andei até o quarto da Isabele que era o mais perto, ela não tava la. Corri pro quarto da Pietra e antes de entrar a Paula foi empurrada pra fora do quarto com a lâmina do machado quase que esbarrada no pescoço dela, a Pietra tava com fúria nos olhos.

-PARA!! - corri até la e tirei a Pietra de cima da Paula - QUE ISSO?!

Pietra: -O QUE ELA TÁ FAZENDO AQUI?! PORQUE ELA TÁ AQUI?! ELA DEVIA TÁ MORTA E VOCÊS AINDA DEIXAM ELA VIR AQUI?!

-calma Pietra!! Foi ela que ajudou a gente entrar!! Se não fosse ela você não taria aqui!!

Pietra: -VAI SE FERRAR, ESSA MULHER TINHA QUE TÁ NO INFERNO!! PEGANDO FOGO JUNTO COM AQUELE....aquele....- foi diminuindo a voz - aquele.... - disse bem baixo enquanto soltava o machado no chão.

-o que....- ela saiu correndo, olhei pra Paula que me olhava assustada.

Paula: -me desculpa eu não...

-vem que você ja causou muitos problemas - interrompi ela e a puxei pra me seguir.

P.O.V ISABELE

Me sentei embaixo de uma árvore. As pessoas que passavam me olhavam estranho, eu tentava ignorar mas parece impossível.

Fiquei ali até escurecer, tentava pegar qualquer coisa com a mão direita mas a dor era insuportável, eu não conseguia usar ela pra nada.

Me levantei desanimada e fui andando por ai. Era uma noite de lua cheia e estava trovejando, iria chover logo...andei um pouco até chegar em um muro, olhei em volta e vi uma torre de vigia um pouco longe dali, não havia ninguém. Subi nela e dei uma olhada em volta, era uma floresta daquele lado, tinham dois zumbis batendo no muro na esperança de entrar, e bem longe dali você conseguia ver os relâmpagos e raios iluminando o céu por alguns instantes.

Me sentei na beira do muro observando as árvores até que um dos zumbis do muro começou a ir em direção a floresta como se tivesse visto alguma coisa. Olhei pra ele esperando ver o que tinha lhe feito desviar a atenção, não era nada de mais, era um esquilinho que passou como um jato, raspando no zumbi.

Me deitei olhando as estrelas, depois de um relâmpago começou a chover bem fininho, as gotas caíam no meu rosto e escorriam sobre ele como se fossem lágrimas, enquanto eu fechava os olhos lentamente.

P.O.V NICOLE

São 22:01PM e nenhum sinal nem da Pietra nem da Isabele, tipo, elas sumiram. Eu e a Mirella conversávamos de coisas aleatórias na cama até chegarmos a um assunto específico.

-sabe o que aconteceu la?

Mirella: -não...a Pietra não quis contar...

-não percebeu o machado? Acho que tem coisa com ele....ela não veio comigo e com a Isabele...Ela disse que precisava ficar....

Mirella: -que? - ela se sentou curiosa querendo escutar mais.

-eu não sei, e também quero saber o porque daquela marca na cara da Isabele, e na mão dela.

Mirella: -coisa boa não foi... - ela deitou na cama novamente e fomos interrompidas com a Rafa que chegava com a Pietra atrás dela.

P.O.V ISABELE

Quando percebi ja era manhã, a chuva tinha sido bem forte e eu agora estava em baixo da torre. Não quis ir pra casa porque pra mim, vai ser só perda de tempo se acostumar com coisas boas, essa de dormir em caminhas quentinhas com certeza não vai durar muito, esse lugar não parece seguro....

Eu tinha absurdamente pegado num sono ótimo e não sei como gostei tanto assim de dormir na terra. As gotas ainda pingavam no chão agora todo lamacento, e la longe dava pra ver as pessoas trocando de turno no portão. O clima estava frio e o vento batia na minha cara, o céu cinza por causa do frio começava aos poucos tomar a sua cor azul mas o sol tinha sumido.

???: -ou!! - ouvi alguém chamar, olhei pro lado e era um garoto, ele me era familiar... como se eu ja tivesse o visto antes, até eu me lembrar que ele era uma das pessoas que vieram no carro com a Mirella naquela noite.

-.....? - olhei o garotinho se aproximar rapidamente.

???: -moça vem comigo!! - Ele me puxou me levantando e foi me puxando pela manga da camisa, mulequinho rápido...

Ele me levou até um certo local do portão onde tinha um outro garotinho preso e chutando um zumbi que tentava morde-lo.

Peguei o garotinho pela mão e comecei a puxa-lo, consegui desentala-lo dali, enquanto o zumbi tentava passar por aquele buraco. O menininho agora me abraçava com força assustado.

Menininho: -brigado moça.... - ele disse olhando a todo momento para trás com medo do zumbi.

-o que cê tava fazendo ali?!

Menininho: -eu e o Maxuell tava brincando de esconde-esconde - ele olhou pro tal do Maxuell que era o menino que me chamou.

-só não volta mais aqui tá?

Menininho: -ta bem....- ele parou de me abraçar indo até o outro garoto (Maxuell) que saiu correndo e ele foi atras dele.

-meu Deus....- dei uma risada.

P.O.V MIRELLA

Nicole: -mano!! Já é manhã, cadê a Isabele?! - ela perguntava na cama.

Isabele: -bem aqui.... - ela dizia entrando no quarto respondendo a Nicole que agora olhava pra ela.

Nicole: -onde cê tava?!?

Isabele: -em algum lugar...- ela subiu na beliche.


Notas Finais


Pelomenos UM dia de folga dessa tensão de apocalipse nois merece naum? :v

Mais nn vai fica assim nn amigo...alegria de pobre dura pouco...*SEM SPOILERS :V

chauuuu e até o próximo.... :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...