História The end - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Apocalipse Zumbi, Aventura, Sobrevivencia
Visualizações 14
Palavras 597
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Survival, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Então,

Isabele viajava por seu universo mágico chamado imaginação, até pensar em trazer um capítulo um pouco...diferente, por assim dizer.

Entaum estas aki né :v

Até as notas finais :3

Capítulo 19 - E pensar que...


Nicole~

Eu acordo todo dia pensando o porque de eu ainda estar viva.

Eu me lembro de antes, me lembro daqueles medos bobos, o de chegar em casa e ver sua mãe te esperando com uma chinela na mão, porque você não a avisou que iria ficar até mais tarde na escola, para fazer um trabalho. Aqueles dias em que íamos pra rua, ficar a toa rindo uma da cara da outra, ir embora tocando as campainhas das casas e sair correndo, ou então, ficar dando socos umas nas outras quando ver um fusca azul.

Dos dias chatos de aula, daquela sala fria onde passei a maior parte da minha vida. Das professoras chatas que zoavamos sem parar depois da aula. Dos tombos intermináveis e dos micos que cada uma passou....

Eu acordo todos os dias me lembrando de que, se aquele dia eu tivesse ficado em casa, eu poderia ter salvado minha família. De quando chegamos em casa e não havia ninguém, mas eu não podia me amolecer, eu não podia deixar elas verem.

E quando você ouve os gemidos dos zumbis...você se lembra que morrer, talvez tenha sido o melhor....

Mirella~

E pensar que isso realmente aconteceu. Pensar que você está viva, que por a mais pura sorte, você sobreviveu.

Ver aquelas pessoas que você menos imaginava, se tornarem as únicas pessoas que você tem "família".

Pensar que eu achava a escola um lugar chato, pensar que deixei de fazer tanta coisa pra me contentar com coisas bobas.

Pensar que o mundo deu conta de mudar drasticamente em pouco tempo....Pensar que no meio disso tudo eu....continuo aqui....

Pietra~

Se passa tanta coisa por sua cabeça, são tantas....perguntas...

Naquele dia que tudo começou, quando eu liguei la pra casa e....quando eu recebi a notícia...*suspiro* porque?

Eu não consigo me olhar no espelho e pensar..."ta tudo bem" eu me sinto como um pedaço de papel, rasgado em vários pedaços...a dor de saber que ja te usaram, e você não pôde fazer nada. Aqueles olhos te olhando com prazer, e você não tinha nem forças pra pedir ajuda. Eu me sinto um objeto, "eu me sinto culpada".

Porque eu fiz isso? Porque lutei pela minha vida? Talvez não tenha sido o certo. Minhas mãos ja se sujaram com o sangue de outra pessoa "valeu a pena?".

"Eu...eu tenho medo....eu...estou medo...não senti nada...nada por ter feito aquilo..."

Não sou a mesma pessoa que eu um dia fui. Eu mudei...mas não posso deixar que o medo me domine, que o medo me vença, que o medo me consuma.

Isabele~

Quem diria....Walking Dead....The last Of Us....Guerra Mundial Z....séries, jogos e filmes de zumbis....meros entretenimentos que eu adorava tanto....e achava tão...legal, essa ideia de...zumbis.

Não é como parece.

As noites mal dormidas pensando se estão todos bem, se nenhum zumbi vai entrar, ou se nenhuma pessoa vai te achar.

O medo de ver um zumbi cara a cara, a vontade de correr que você tem, de esconder sua cara embaixo da terra. A vontade de chorar a todo momento, as lembranças constantes que você tem, da sua família, daquelas tardes em cima do morro, vendo o sol se por.

Olha para as únicas pessoas que te restam e lembra que você não pode fraquejar, não pode parecer fraca diante delas.

Tem que seguir, manter sempre o seu sorriso no rosto, mesmo nos momentos mais difíceis, mesmo se for mais um dos inúmeros sorrisos falsos "não quero que se preocupem comigo".

Diante do espelho, eu reflito o porque de eu ainda estar nesse mundo, porque ainda continuar viva? Pra algum dia ver o fim disso tudo? Pra algum dia descobrir um motivo pelo qual ainda estamos aqui? Apenas...porque sim?

"Apenas continue viva...

Continue aqui comigo...

Não me deixe....

...Eu presiso de você."


Notas Finais


E esse capítulo foi um capítulo especial, diferente dos outros.

Me veio essa ideia do nada e eu achei legal, fazer um capítulo como esse....trazendo o pensamento de casa uma.

Espro que tenham gostado pessoas :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...