História The End - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Epidemia, Históriaoriginal, Novomundo, União
Visualizações 6
Palavras 957
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ao longo da história eu tento mostrar o quanto os personagens vão evoluindo, mas vai demorar até isto realmente acontecer.

Capítulo 2 - O início Parte 02


Fanfic / Fanfiction The End - Capítulo 2 - O início Parte 02

Por Elmer estar na faculdade, Joe tinha certeza absoluta de que ele saberia o que fazer, mas pelo visto ele não sabe (muito menos Joe). Mas Joe conhece a loja, da mesma forma que sabe, quando uma garota não está a fim de sair com ele.

-O único lugar que podemos ir, é para o banheiro que fica no segundo andar -sussura Joe, falando muito baixo que Elmer quase não o escuta.

A criatura vai se aproximando com cautela, vindo em linha reta sobre quatro patas. Joe sabe que aquela criatura vai ataca-los logo, logo. Cada vez mais a criatura se aproxima, o que vamos fazer, pensa Elmer, e está garota. Elmer olha para Joe que está com um sorriso extremamente nervoso e sombrio em seu rosto.

-Suba com ela Elmer, eu te dou cobertura.

-Está bem, vou tentar -Elmer responde e coloca a garota em suas costas com a ajuda de Joe, agora ele segue pela direita onde se encontra a escada.

Perto da porta Joe avista um extintor de incêndio e logo ao lado um martelo para quebrar o vidro do alarme de incêndio. Ele quebra o vidro e a aperta o botão do alarme, oque resulta em uma barulheira infernal, com a qual a criatura não estava contando. A criatura corre rápido na direção de Joe, que não perde tempo e arremessa o martelo na cabeça da criatura, que tonteia, cai e bate com grande força na porta que dá para a sala onde Brian está escondido. Com total nervosismo Elmer se apressa em subir as escadas com a garota, ele sobe sem problemas, pois tem os braços e as pernas um pouco fortes. Ele deixa a garota em segurança no banheiro e volta para ajudar seu "amigo", mas no meio da escada ele avista Joe com um pouco de sangue em seu rosto e também em sua camisa, um sorriso estranho se encontra em seu rosto jovem. Ele acabou com a criatura sozinho, pensa Elmer, mas e agora?

Mais criaturas idênticas a primeira (que agora está morta), começam a adentrar na loja pelo vidro quebrado da frente da loja.

-Vamos, anda logo Joe, tem mais criaturas entrado!! -Grita Elmer, o que chama a atenção das criaturas, apesar de estarem um pouco atordoada pelo barulho do alarme, ao mesmo tempo, Joe parece acordar de seu transe e olha para Elmer.

Joe corre o mais rápido que consegue, as criaturas o seguem com os olhos e tentam o perseguir com um muita dificuldade. Elmer percebe a pouca movimentação das criaturas, pega uma cadeira que fica ao lado da porta do banheiro e arremessa a cadeira com força  nas criaturas, as fazendo cair e perderem total atenção em Joe que chega ao fim da escada ofegante.

-O que você fez com a garota?? -Pergunta Joe para Elmer, que aponta o dedo indicando que ele a tinha deixado no banheiro em segurança.

Eles correm para o banheiro, entram e fecham a porta.

01

Brian babaca se trancou na despensa sozinho, onde se encontra apenas uma mesa e nada de mercadorias, ele corre para trás da mesa e ali ele fica encolhido como um animal acuado com medo. Em um ato de desespero ele tenta ligar para dia família (o que não resulta em nada), todas as linhas estavam congestionadas de ligações. O desespero toma conta ainda mais do corpo e da mente de Brian, que nessa altura do campeonato não consegue conter as lágrimas de medo, o que eu vou fazer, pensa ele, naquele lugar escuro sem nenhuma iluminação, a única e pouca iluminação que se encontra presente vem da tela de seu celular, que está firme em sua mão.

-O que vou fazer? -diz Brian para si mesmo, com as duas mãos envolta da cabeça.

O choro continua, porém um pouco mais baixo, dando para ser ouvido apenas dentro da sala. Ele segura a respiração e agora respira fundo, o choro finalmente acaba. O alarme de incêndio não ficou ligado por muito tempo, no máximo 1 minuto. Houve-se um estrondo na porta da salinha, as criaturas estão tentando entrar ali.

-Para onde eu vou? O que devo fazer? Me dá uma resposta Jesus -diz Brian baixinho, agora se ajoelhando no chão, colocando a cabeça no piso.

Brian depois de alguns segundos se levanta, olha ao seu redor e avista a sua porta de saída. Os barulhos aumentam, a porta não vai aguentar muito mais tempo, tenho que me apressar, pensa Brian. O desespero e o pânico se revelam rápidos na mente de Brian que se lembra, de que não é capaz de abrir aquela grande porta de correr, e sim Joe quem sempre abria e fechava a maldita porta. Ouvem-se barulhos de algo se quebrando, em sequência a porta da salinha voa longe, quase atingindo Brian que dá um gritinho de susto, a porta em questão foi arremessada com tanta força que destruiu um grande pedaço da porta de correr, dando assim uma chance para Brian fugir, que é claro o que ele faz sem perder muito tempo. Sendo um rapaz pequeno com baixa estatura, ele passa sem nenhuma dificuldade pelo buraco feito na porta.

O beco que fica no fundo da loja está vazio, sem nenhuma alma viva (nem morta) por ali, Brian não sabe o que fazer nem para onde ir, ele olha para trás e avista as criaturas que nem o percebem, olha ao redor e avista uma escada que dá no telhado da loja. Ele sobe rápido sem olhar para baixo, ao chegar ele contempla aquela visão medonha que enche seus olhos de medo. Pessoas mortas nas ruas, criaturas devorando pessoas que gritam sem força alguma na voz e totalmente sem esperança.

-O-o-o oque... -Tenta dizer Brian gaguejando muito -onde está a-a po-po polícia? -Ele não acredita em seus olhos, será o fim do mundo ou o apocalipse!?

02

Em outro lugar.


Notas Finais


Não é o fim, o capítulo 01 com sua última e terceira parte está quase pronto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...