História The end. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, D.O, Kai
Tags Chansoo, Chanyeol, Kyungsoo, Kyungyeol
Visualizações 50
Palavras 277
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem dessa one-shot, dei meu sangue, suor e lágrimas escrevendo-a. :')

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Ele adentrou o cômodo tropeçando nos próprios pés; lágrimas caíam de forma incontrolável dos pequenos olhos, dificultando sua visão.

Chanyeol apoiou suas costas na parede coberta por aquele azulejo de tom creme, deslizando até estar sentado no chão frio. Levou sua canhota aos cabelos, segurando alguns fios enquanto fechava os olhos.

Ele chorava e soluçava; as palavras de seu ex-namorado ainda martelavam em sua cabeça. Kyungsoo havia terminado com ele de forma tão bruta, que a única reação do mais alto fora sair correndo do apartamento do baixinho.

~~~


Se levantou, ainda sem equilíbrio e encarou a banheira limpinha à sua frente.

Talvez, só talvez, ele quisesse sumir.

Chanyeol levou ambas as mãos ao rosto, em uma tentativa falha de limpar suas lágrimas.

"Eu estou saindo com o Jongin há uns meses."

Ligou o registro da banheira, deixando que um sorriso sofrido se formasse em seus lábios.

"Ele é mais interessante que você."


Se virou para o armário sobre a pia, abrindo-o e pegando sua amada caixinha de lâminas.

"Sinceramente, eu só te usei."

Adentrou a banheira, soluçando enquanto ajeitava a lâmina entre seus dedos.

"Eu nunca te amei, Park Chanyeol."

Fechou os olhos com força enquanto passava a lâmina pela pele de seu braço. Fazia quanto tempo que ele não se feria dessa forma?

"Suma da minha vida, uh?"

Dois cortes na vertical. Dois únicos cortes; um em cada pulso.

"Finja que não me conhece, caso nos encontremos algum dia."

Seu peito doía, doía mais que os ferimentos recém abertos em seus braços pálidos.

"Foi divertido brincar com seu coração."

A água da banheira tomava uma coloração avermelhada, e o Park aos poucos perdia sua consciência.  


Notas Finais


O que acharam? Não me matem, rsrs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...