História The end of silence - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Tags Swanqueen
Visualizações 214
Palavras 662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


No capitulo anterior, aconteceu algo quente... Ma agora vai esquentar mais ainda!!!

Capítulo 6 - Sem chão, por um istante


-Regina, eu sei que isso te machucou de alguma forma!- Emma percebe que Regina abaixou a cabeça, e disse algo que Emma não entendeu -Desculpa Regina, pode repetir?-

-Você não entende Emma! Robin me disse uma vez, que se a esposa dele estivesse viva ele voltaria para ela, mas ele tinha certeza de que ela estava morta, por isso estava comigo!-

-Regina, não desanime por isso, Robin é casado com Marian, você não gostaria de ve-lo feliz?-

-Emma você não esta ajudando em nada!- 

-Okay, tudo bem! Mas Regina, você deve seguir em frente! Existem mais pessoas que gostam de você Regina!-

Regina faz uma cara coriosa, e olha para Emma, -Como assim Emma? Tipo quem?-

naquele momento Emma tinha decidido revelar tudo que sentia por Regina, por isso naquele istante Emma se sentiu sem chão, tonta, tudo em sua volta girava, mas ela não deixaria de expulsar aquele negocio estranho que vivia dentro dela, que a deixav insegura enquanto Regina não soubesse sobre o amor de Emma por Regina, por isso Emma se sentou,

-tipo eu Regina!-

-Hãm? Emma? Não entendi!-

-Regina, estou apaixonada por você! Faz muito tempo já!-

-Emma... Eu... Eu não...Eu não sei como... Reagir!-

-Nem eu Regina!-

-Emma, eu não entendo, resolveu me contar isso para me ver melhor?-

-Sim Regina! Como acha que eu me sinto vendo você triste? Vendo você se debulhar em lagrimas? Como acha que eu me sinto, vendo alguem no qual eu penso todas as noites, se esta bem, se esta feliz, se esta precisando de algo, alguem que eu penso muito em fazer feliz, triste assim? Com lagrimas pelos olhos?-

-Emma... Eu não sabia que eu significava isso tudo para você!-

-Sim Regina! Simboliza!- Regina sorri,

-Emma, sabia que em um momento da minha vida eu cheguei a pensar em você gostar de mim? Pois tem horas que você paraliza em mim, mas pensei que éra bobeira da minha cabeça, até eu paraliso quando estou muito cansada! Mas hoje você fez renascer esses pensamentos me dare certeza disso!-

-Regina, sim, eu daria de tudo para ter você do meu lado durante dois minutos sempre que você virava as costa e se despedia de mim, eu queria apenas dois minutos para te dizer tudo que eu te disse hoje! Mas nunca consegui!-

-Emma, eu vou para casa, preciso tomar um banho e pensar sobre isso!-

-Okay Regina, eu irei para casa!-

-Emma-

-O que foi Regina?-

-Podemos conversar melhor sobre isso hoje a noite?-

-Regina eu...- Regina enterrompe -Emma, eu quero saber sobre isso!-

-Regina, eu ia dizer que sim!-

-Tudo bem então!-

-No grannys?-

-Não, o Grannys é um lugar muito publico para esse assunto! Na minha casa, e vou logo avisando, gosto muito de você, mas isso não é recíproco!- Regina se teltransporta para casa, e Emma snte uma facada ao ouvir as ultimas frases de Regina, mas resolve ir para casa.

David ve Emma chegando em casa, -E ai, como foi com a Regina?- Emma da um sorriso curto em um lado da boca e responde,

-Eu falei que resolveria o caso!- Emma sobe para o quarto, Mary se encosta em David que a abraça, Mary sorry, -Parece que nossa menininha cresceu!- David termina o comentario exclamando -E Está mesmo apaixonada!- Os doi dão risadas juntos.

Emma desce do quarto arrumada, e se depara com Mary e David, -Onde você vai desse jeito Emma?- Pergunta David, -vou me encontrar com a Regina!- 

-Ha é?- Exclama Mary sorrindo -Mãe, não comece, e sim, é!- 

-Deixe éla Mary!- exclama David, Emma sorri -Obrigada pai por me compreender!-.

Emma chega na casa de Regina, e ve Robin saindo, -Regina? O que o Robin estava fazendo aqui?-

-Ele veio conversar comigo sobre a Marian, esta dificil, mas acho que eu me acostumo! Vamos, entre.-

Emma conta tudo para Regina, que não gostava de Emma, mas estava amando saber o que significava para alguem, ela significava mais para Emma do que para o Robin.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...