História The Endless Bridge. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Chanbaek
Exibições 8
Palavras 731
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Awn sla, comentem ai, não sei se ficou bom :v

Capítulo 1 - OneShot


BaekHyun P.O.V.

 

Lost in skies of powered gold

Perdido nos céus de ouro pulverizado

Caught in clouds of silver ropes

Pego em nuvens de cordas prateadas

Showered by the empty hopes

Banhado pelas esperanças vazias

As I tumble down

Enquanto eu caio

Falling fast to the ground

Caindo rapidamente no chão



 

Era 04:50 da manhã e eu estava em cima de uma ponte, mais ou menos, à 50 metros do chão. Com os braços abertos, lágrimas e um sorriso no rosto. A vida é mesmo muito irônica não é? Você pode ter tudo, mas ter nada ao mesmo tempo. Dinheiro, casa, comida, dentre outras coisas. Mas, quem precisa disso se não é feliz? Dinheiro não traz felicidade, comida, não irá preencher o vazio do meu coração, uma casa, não preenche a saudade, raiva, ódio, e, principalmente, a dor. A dor. Ela tomou posse de mim. A vida tirou tudo de mim, então, porque não tirá-la de mim também?
 

-- 11 horas antes ---

 

Eu estava prestes a sair do trabalho quando escuto meu chefe chamar pelo meu nome, Kim JongDae, ou Chen. Eu, mesmo nervoso, fui até ele, um pouco desconfiado, admito.

-- S-sim?

-- Bem, eu sinto muito lhe informar, mas…,  eu terei que demitir você…, você sempre foi um ótimo funcionário, mas, eu precisava escolher entre você e Kim MinSeok. Sinto muito.

As lágrimas, mesmo que poucas já tomavam conta do meu rosto.

-- M-mas, eu preciso do dinheiro! M-minha mãe está no hospital! Eu preciso cuidar dela!

-- B-bem, isso não será um problema…

-- Claro que será! Eu não cago dinheiro Chen! Como vou pagar a quimioterapia?!

-- BaekHyun, sua mãe.., ér.., hoje pela manhã…, ela faleceu, ela estava com muita dificuldade em respirar, câncer no pulmão não é nada fácil, então…, sinto muito.

As lágrimas vieram com tudo, eu não podia acreditar, mas eu precisava. Minha mãe, que sempre me apoiou, quando eu disse que queria seguir a carreira de música ( tal coisa que não pude fazer por estar trabalhando em um lugar para conseguir o dinheiro necessário para sua quimioterapia ), quando eu disse que era gay, e estava gostando de um menino da minha sala, tudo. Vieram como flashes.

-- Adeus, Chen.

Foram as únicas coisas que eu consegui dizer. As últimas.

 

-- Agora --

Apenas uma carta. Para ChanYeol. Dizendo que eu o amava. ChanYeol. O menino que eu perturbava todos os dias. Irritava-o. Apesar de alto, era tão frágil. Queria ter tido coragem para dizer o quanto eu o amava. E que, tudo o que eu fazia com ele, era por amor. Um jeito extremamente escroto de dizer isso. Eu já havia batido nele. Eu não merecia ele. Por amar ele, eu iria livrá-lo de mim. Por amar ele, eu deixaria ele viver, feliz.

 

-- Carta --

 

De: BaekHyun

Para: ChanYeol

 

Bem, antes de tudo, quero que saiba que isso não é uma pegadinha ou algo de mal gosto. Isto é sério. Bem…, por onde começar? Ok. Você já sentiu as famosas “borboletas” no estômago? Você, alguma vez, já sentiu sua barriga revirar todas as vezes que, apenas via esse alguém sorrir? Você podia estar na fossa. Mas o sorriso dele, te deixaria muito, mas muito melhor. Sabe o nome disso? Amor. ChanYeol. Amor. O que eu sinto por você, é amor.  ChanYeol, eu te amo. Eu. Te. Amo. E,  por te amar eu quero (preciso) livrá-lo de mim. Eu sou um monstro. ChanYeol, eu sinto muito por tudo que fiz com você, quero que saiba que estou muito arrependido. Sério, acredita em mim. Por favor. E, me faça um favor. Seja feliz. Por favor. Adeus, ChanYeol. Para sempre. Adeus.


 

Byun BaekHyun, o monstro apaixonado.


 

 

 

 

 

-------------

 

 

 

 

 

É só pular BaekHyun, só pular. A carta, já está entregue à ChanYeol. Eu a entreguei. Então, esse é o meu fim. Ou talvez, o meu começo. Quem sabe?

-- Um -- Um passo a frente -- Dois -- Fechar os olhos -- Três -- Pular.

 

Adeus, mundo. 


 

I know I'll wither

Eu sei que vou murchar

So peel away the bark

Então descasque a pele

Because nothing grows when it is dark

Porque nada cresce quando está escuro

In spite of all my fears

Apesar de todos os meus medos

I can see it all so clea

Eu posso ver tudo tão claramente

I see it all so clear

Eu vejo tudo tão claramente


Notas Finais


Nossa desculpa, ficou muito curto .-.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...