História The Estrange Girl - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Visualizações 100
Palavras 1.466
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


GNT estava tão empolgada que consegui, 2 caps no mesmo dia. Então sem mais delongas a Fic.

Capítulo 12 - It's Fight


Fanfic / Fanfiction The Estrange Girl - Capítulo 12 - It's Fight


Já dentro da limusine, partiu escola.

- Oque foi Homura Chan?- Kanato me pergunta

-Nada Kanato, não precisa de preocupar..- falo desviando o assunto, ele faz uma cara de preocupado, e volta a falar com o Teddy.

Eu estava entre Laito, e Reiji. Pra variar.

Laito não tava falando comigo, e o Reiji estava agindo estranho.

Chegamos na escola, como sempre um monte de garotas em volta, e tals.

Eu ignorei os comentários, algumas cantadas dos garotos, falando que os Sakamakis já me tinham, e ninguém nunca me pegou. Essas coisas idiotas que os garotos fazem.

Era aula de educação fisica, o uniforme, era um short saia, não era tão curto, mas algumas garotas subiam até o ultero. E uma blusa cavada branca com a logo da escola.

Era Handebol, eu ainda não tinha jogado, desa vez por falta de professores, eram meninos junto com meninas.

Um monte de garotas ja vieram pra cima de mim, perguntando se eu queria ser do time delas.

Eu era do time oposto ao de Ayato e Laito, e os outros garotos nos observavam da arquibancada, pelos acontecimentos de ontem. Sim o Reiji contou, que um vampiro invadiu a casa e tentou me morder, agora não desgrudam os olhos de mim.

Ayato e Laito, ficaram agindo estranho quando muitas garotas, vieram me perguntar se eu queria ser do time delas. Afinal eu tenho abilidades não humanas, não sou bem considerada humana mais então....Sou a melhor.

No time dos garotos, tinham mais eram putas que queriam ter uma chance de "esbarrar" sem querer e cair em cima deles.

O time de lá começou, Laito e uma garota estavam no meio, e garota passou pro Laito, ele foi arremessar pro Ayato que estava atrás de mim, eu dei um pulo e peguei a bola, não era um pulo sobre-humano, mas era muito bom, já que aquela bola tava a tipo 100Km por hora, se eu fosse só humana, poderia ter deslocado o meu braço. Sai correndo com a bola, driblei um puta qualquer lá, e fiz um gol, e bola bateu na mão do goleiro, mas eu joguei com tanta força que ele não conseguiu segurar.

As pessoas do meu time aplaudiram e gritaram, os garotos só ficaram de boca aberta. Fazer oque?...

A rodada recomeçou, duas putas ja estavam no meio foi bem fácil tirar a bola delas, eu corri driblei umas pessoas, e como eu não sou fominha, passei pra uma garota lá do meu time, ele passou pra outra, e essa garota fez um gol.

Todos comemoraram.

- Marshmalow, você joga bem..- Ayato falou meio boquiaberto.

- Sim, a modéstia parte. Laito você tambem joga muito bem- falei pra cortar o clima do Laito não falar comigo.

- Arigatô Homura Chan, mas não é nisso que eu sou melhor. ..- ele dá um risinho. Geralmente eu ficaria com raiva mas fiquei feliz dele estar voltando ao normal comigo.

Estavam os de 4-2, ganhando bem. Eu fiz 2 gols ,aquela garota fez mais um e um outro garoto fez mais um.

Estávamos na marcação pra não deixar uma daquelas putas do outro time passar. Uma garota foi driblar ai ela "escorregou" e atropelou um monte e gente.

Eu cai no chão e fiz um corte em cima da minha mão, e puta bateu a cabeça, e unhou a cara de um garoto, e uma garota cortou em cima da dobra do dedo, e ralou o joelho. Os vampiros começaram a olhar como a todo mundo ali fosse morrer.

Eu acho que eles acham, que se um humano se arranhar ele já morre. Mas os humanos não são fracos assim.

A garota do joelho se levantou, os garotos ficaram tipo ela não deveria ter morrido? Eu estava com um corte no braço, nem sei como eu fiz, ralei meu cotovelo também, e estava saindo sangue no meu braço todo, o jogo acabou pelo acidente e como sempre o meu time ganhou, eu e os outros fomos a infermaria.

Reiji e Laito chegaram pra me ver.

- H-Homura Chan você está bem? Se machucou?- cara ele é burro ou oque.

- Não Laito. Esse sangue aqui é falso.-ele fez bico e sentou numa cadeira lá perto. O Reiji ficou em pé me encarando como se estivesse com pena da minha existência, que droga.

-Gente eu só me cortei. Os humanos não morrem fácil assim, até o fim do dia, todo mundo já vai estar andando normal. E logo isso cura, relaxa.- o Reiji me olhou tipo duvidando.

Eu ja tinha feito o curativo. Reiji saiu e eu fiquei só com o Laito na enfermaria. Ele não estava bem.

- Laito Kun, se não quiser não precisa ficar aqui, a enfermeira só falou pra eu ficar aqui até o sangramento parar.

- E-Eu sei...- ele estava muito mal.

-Olha, está com sede né? Se quer um pouco de sangue, pega ai- estendo o meu pulso.

Ele mordeu meu pulso como se aquilo doesse no coração dele, eu ignorei, e aproveitei os curativos pra enfaichar o meu pulso.

- Me desculpa, eu te machuquei mais ainda.- ele falou meio triste, chega dava pena.

- Relaxa. Sou uma humana não uma boneca de porcelana, não quebro fácil assim.- falei ironica- E além do mais, você não ta bem. E eu não queria ver você atacando pessoas por aí.

Ele me dá um sorriso e eu vou com ele até a limusine.

Estava tudo normal. Até que uma explosão na estrada faz a limusine capotar, eu pulo pra fora do carro. Eu não vi se eles conseguiram sair.

Me escondo numa moita, como o esperado eles saíram e me procuraram.

- Eu estou aqui!- gritei e fui andando até lá, por sorte, eu não me cortei.

- Você está bem?- o Suruba pergunta.

- Sim...oque foi isso?- Eu pergunto.

- Eu não s- Subaru ia responder, mas sua barriga é atravessada por uma espécie de lança. Não havia dúvidas era uma nivel (ou classe) A.

Uma garota de cabelos vermelhos e longos, estavam soltos a ela deu um sorriso.

E veio em minha direção. Os Sakamakis foram tentar ataca-la, era driblou e os esfaqueou na barriga, por pouco não os matou, só deixou alguns deles inconcientes.

Não havia dúvidas, eu teria de lutar, ali e agora, não importa. Tenho que protege-los.

Invoquei minha espada, oque surpreendeu a todos. Quando é uma batalha séria como essa. Meio que ficamos com um uniforme. Como ela.( Autora-Chan: Usei a aparência de personagem de Akame Ga Kill, por que se encaixa na descricao da Homura de olhos vermelhos).

Os olhos dela já estavam vermelhos, senti mais olhso esquentarem , já deviam estar vermelhos.

- ahhh, então você vai lutar, pra defender um bando de vampiros?.- ele fala. Não sei porque mas aquilo me deixou com raiva.

- Quem é você e oque faz aqui?- peruntei com minha voz seria, sim. Eu posso ser séria quando eu quero.

- Meu chamo Yuno, Yuno Karique. E você é?- ela pergunta após a apresentar.

- Sou Homura Yoshida.- me apresentei.

"Você está ferrada" escuto uma voz na minha cabeça, era Twilight, minha espada. Ela falava comigo as veses, pra dizer que eu me fodi. E claro que na minha mente.

- hhh- ela da um risinho. E me ataca, tentando enfiar a lança na minha cabeça,eu bloqueio na mesma hora e a empurro. Depois dou um chute na sua barriga, ela começa a deslizar pra trás, firma os pés no chão e parte pra outro ataque.

Ela tenta me empalar mirando a lança na minha barriga, eu desviei pro lado, fazendo um corte no braço dela. Ela ficou com raiva e tentou me atacar, eu desviei mas sai com um corte no braço.

A luta continuou assim por uns 2 minutos.

Até que ela fica em cima de mim, sentada mas minhas pernas. E tenta me esfaquear na cabeça.

-Homura!- escuto um grito de Reiji.

Eu dou uma joelhada na barriga dela, a mesma cospe sangue, coloquei uma força sobrenatural nesse chute.

Logo dou um chute fazendo ela ir pra cima e empalo ela com a espada, bem no coração, minha espada matava qualquer coisa, vampiro, Demon, etc...

Ela morreu eu fui até o Reiji.

- Reiji você está bem?- ele começou a encarar os meus olhos que no momento estavavam vermelhos. Até ele desmaiar.

Pego o meu celular. E ligo pra Midori.

Ligação On

Eu: Alô? Midori?

Midori: Sim, oque foi?

Eu: Tinha uma nivel A, e ela atacou a gente..

Midori: Espera, onde você está?

Eu: Estou no caminho perto da mansão Sakamaki, não aparece ninguém aqui.

Midori: Ok, eu vou com a Hayuno  ai.

Eu: Espera! Você vai trazer a agência pra cá?

Midori: Sim, eles resolvem isso. Vamos é a melhor opção.

Eu: Tudo bem...Espera um pouco. Você não estava na mansão daqueles outros vampiros?

Midori: Sim mas eu sai, fugi. Só estava lá pra te vigiar de perto.

Eu: Ata...Espero.

Ligação Off

Em pouco tempo vários soldados, e paramédicos chegaram e começaram a resgatar todos. Estavam inconsientes.

Resolvemos levá-los para a base da BIS, Base de Investigacaos Sobre-Humanas.

Reiji On

Eu acordei, me lembrando das cenas do que ouve ontem.

- Homura!- eu não consegui me levantar estava acorrentado, em um...Hospital?


Notas Finais


GNT obg por tudo. Vcs comentaram e me deu vontade de escrever mais um cap, lembrando que a Yuno e a arma dela, e a Roupa estão na capa, e Homura Também.então BYE BYE.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...