História The Exception - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Jaylor, Norminah, Romance, Trolly
Exibições 157
Palavras 1.653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura bolinhos, espero que gostem❤

Capítulo 14 - History



Cap 14...
Miami, Sunday- 11:34 Am.
                             Pov Júlia Hansen...


     Acordei com o barulho do meu celular e me espalhei na cama morrendo de preguiça . Tateei a cama em busca de Taylor, porém só senti os lençóis e os travesseiros.

:- Baby?!-Abri os olhos lentamente, vendo a cama vazia e fiquei confusa- Ué?- Me Sentei e pude ver um papel em cima do  criado mudo me estiquei para o pegar, cocei os olhos na intenção de ver melhor e liguei o abajur.


    Desdobrei o papel e percebi que era a letra de Taylor, sempre reconhecível sua caligrafia perfeita:


   "Eu tive que ir embora, mas preferi não te acordar...você estava dormindo como um anjo. Primeiramente quero dizer que me lembro da noite de ontem e não me arrependo nem um pouco e sobre mim não é que eu não confie em você, só estava meio insegura entende? Enfim espero que me entenda, Te ligo depois que chegar da minha minha mãe, Com Amor, Tay <3"


         Sorri ao acabar de ler a carta, lembrando da noite passada, peguei o travesseiro ao meu lado e apertei o mesmo em meus braços, sentindo o perfume doce dela nele.


:-Jauregui, Jauregui...Você vai acabar me deixando louca! 


                                                  [...]


   Cheguei na na casa de minhas Mommys pelo fim da manhã, a minha mama Mani ligou pedindo para que eu fosse na casa delas. Iríamos ter um domingo em família, somente nós três ou melhor...Somente nós quatro! Louise em breve estará aí correndo pelos corredores.

:- Filha me ajuda aqui na cozinha!!- Ouvi a voz de Mommy Dinah e me levantei do sofá.


:- Estou indo- Digo ao correr até a cozinha. 


     Essa casa me lembra tanto a minha infância, passei momentos muito felizes aqui dentro. Ao passar pelo corredor acabei me lembrando de um deles.


                                 /Flashback On.../


:-Mommy não!!!! Socorrooooo- Eu gritava enquanto corria de Dinda Camila pelos corredores. Eu tinha desenhado no rosto dela com canetinha colorida, enquanto ela dormia e não contive a gargalhada ao ver o resultado, o que acabou acordando ela.


      A primeira coisa que Cabello fez ao ver com as canetinhas em minhas mãos, foi se olhar no espelho. Foi tão engraçado quando ela gritou meu nome todo e veio correndo na minha direção, me ameaçando um ataque de cócegas.


:- Estou aqui meu amor!, mamãe vai te salvar da Karla má!- Pulei nos braços de Mommy tentando me defender da Dinda.


:- Essa menina merece umas boas cócegas! -Dinda parou à nossa frente com os dedos posicionados.


:- Por favor não Camila linda! Eu te amo!- Digo em meio à risadas.


:- Só se salvou porque eu não resisto à essa carinha!- Ela abriu os braços e me joguei neles.


:-Você quem ensinou essas pegadinhas à ela Camila! A menina só tem 7 anos e já apronta com todo mundo! -Mama Mani disse enquanto nos observava.


:-Júlia é uma mini peste por culpa dela mesmo! Bem feito- Mommy riu da cara de dinda, a deixando emburrada.
                   /Flashback Off.../
    Não pude conter o sorriso ao ter essa lembrança, eram bons e velhos tempos.


        Cheguei na cozinha e abracei  Mommy Hansen que estava de costas, deitando a minha cabeça em seu ombro.


:- Eu te amo sua velhota!- Pude sentir o seu cheiro doce que nunca mudava, os anos podem passar mas minha heroína sempre será a mesma. A mãe louca, que mais parece minha melhor amiga.


:-Ihhh tô estranhando esse amor! Tu deu a noite passada né!?-Essa era a minha mãe e eu amava esse jeito nela, fala tudo o que pensa, totalmente sincera e espontânea.


:- Amor!!! Menos...- Mama apareceu na cozinha- Aproveite os carinhos de nosso bebê!


       Sorri para mama, seguindo até ela e dei um beijo em sua testa, me abaixar para beijar sua barriga também.


:- Eu te amo mama!- Ela sorriu largo para mim, pondo a mão em meu rosto.


:- Eu também te amo minha princesa! Muito- Ela disse num tom calmo, fazendo uma carícia em meu rosto.


:- Sei que estive ausente por bastante tempo, mas eu nunca, deixarei de amar vocês duas...As mulheres da minha vida!- Olhei para as duas.


   Mommy se aproximou de nós para um abraço coletivo.


         :-Você não deve se preocupar com isso minha filha, você será sempre a nossa princesa...Nem parece que à pouco tempo tava na minha barriga!- Mommy disse com um sorriso no rosto, segurando para não se emocionar .


        :- 18 anos é pouco tempo mãe?- Sempre gosto de zoar a idade dela...Por mais que não seja lá essas coisas, faço questão de a chamar de velhota.


        Mommy Dinah tem 38 anos anos. E me teve com 20 anos, sim ela fez essa loucura...Em plena à flor da idade quis dar um presente de aniversário para Mama Mani e esse presente fui eu...Loucura?! das grandes! Elas nem tinham se casado ainda. Mommy armou tudo, pegou um doador da família de Mama, para que eu pudesse ter os traços dela e fez a inseminação que deu certo de primeira.

        Dona Camila foi sua cúmplice, fico imaginando o quanto elas eram levadas juntas nessa época, sempre foram melhores amigas desde sempre.

        :- Mommy, me conta como você anunciou a sua gravidez para mama!- As duas se entreolharam sorrindo.


      :- Foi o melhor presente de toda a minha vida!- Mama disse, se sentando para contar a história.


:- Eu fiz a inseminação de surpresa,sem botar fé, porque eu nunca imaginei que daria certo. Só a Camila sabia da ideia e o primo da sua mãe, Daí um dia antes do aniversário dela eu fui ao médico e ele me deu a notícia de que eu estava esperando você, filha eu só sabia chorar no consultório!- Ela fez uma pausa para dar uma risada- Depois eu fui correndo para a casa de sua Dinda e lá foi mais louco ainda...Antes de vir para casa eu comprei uma caixa de presente e pus o exame dentro!- Mommy disse olhando a Mama com um sorriso imenso.


     :- Eu achei que ela tinha esquecido do meu aniversário, Dinah nem me deu parabéns quando nós acordamos .Já até  estava preparando as coisas para ela dormir no quarto de hóspedes e ela veio de surpresa...A recebi com mal humor,mas ela me deu parabéns fez um charme e disse que tudo fazia parte de uma surpresa- Mama Mani completou, me fazendo a encarar.


     :- Aí eu dei a caixa de presente para ela e fiquei observando cada detalhe, acho que que nunca vou esquecer!- Ela segurou a mão de Mama, segurando o choro de emoção- Então Normani abriu a caixa e leu o papel, me olhou confusa,releu...


     :- Então eu perguntei à ela de quem era aquilo, quando ela disse que era dela e um"  Parabéns Mama" e eu desmaiei filha....- Eu  não pude conter a risada ao ouvir ela contar essa parte.


:-Meu Deus Mãe...Você desmaiou mesmo???


:- Sim filha, ela desmaiou e eu fiquei desesperada na hora, tive que acordar a mulher com tapas na cara. Mas depois que ela acordou e foi só felicidade, nós comemoramos muito a notícia de sua vida!- Mommy pegou a minha mão, acariciando a mesma.


:-Claro né mãe! Eu sou uma estrela!-Joguei o cabelo, fazendo cara de metida.


:-Claro né amor! Filha de Dinah Jane!- Rimos juntas de nossa brincadeira.


:- Meu Deus!!!! Tô lembrando do dia em que você nasceu filha...- Mama disse com os olhos brilhando.


:- Foi o dia mais doloroso da minha vida, porém o mais feliz, você demorou 6 horas pra nascer...Sabe passagem estreita!- Se não fizesse esse comentário, não seria a minha mãe Dinah, não contive a gargalhada ao ouvir o seu relato.


:- Affs amor...Desnecessário! Amor lembra que você achou que ela não era nossa?!?- Mama Mani deu uma gargalhada ao lembrar.


:- Mas porque?!- Me fingi de ofendida, as encarando curiosa.


:- Você tinha olhos verdes filha! Depois de uns dias que passaram para mel-Mommy disse- Achei que tinham trocado você e dei a louca na maternidade.


:-Mas depois eu mostrei à cabeça dura aqui que você tinha a mesma marca no bumbum que ela tem!- Mama disse.


:-Eu ainda tenho essa marca! Parece até que tomei um tapa!- Digo .


:- Camila dizia que você tinha cara de joelho acredita!??? Enquanto a Ally te mantinha no colo totalmente encantada, ninguém te acalmava como ela!- Mama me disse.


:- Eu cai na real de que era mãe, quando amamentei a primeira vez, nossa filha...Você me maltratou!- Mommy fez uma cara sofrida.


:- Eu não me sufocava? Com tudo isso no meu pequeno nariz?- Perguntei fazendo cara de pensativa.


:- Sua mãe tinha uma tática, sempre foi uma bobona por você. Na verdade todos ficaram encantados por você filha. A  primeira neta de seus avós, primeira afilhada de Camila e Ally e nossa primeira filha...Nossa você foi muito mimada! -Mama disse olhando para mim e sorri.


:-Owwwn meu Deus Mommys! Que lindo!!


:- Outro momento muito engraçado foi a escolha de seu nome!- Mommy disse e rolou os olhos em seguida.


:- Eu queria Júlia e sua mãe Victoria. Já a sua avó Milika queria Jade, sua avó And queria Amy, Camila queria Megan e Ally Louise!- Mama contou, se concentrando para lembrar.


:- E vocês não deu ouvidos à sugestão e colocou o que queria né Mama?!  Eis me aqui! Júlia Hansen!- Faço cara de metida.


:- Filha humildade por favor!...- Mommy riu- O  nome é diferente, sua mãe ouviu no Brasil quando fomos passar as férias lá e apaixonou no nome!


:- Então eu sou americana, com forte descendência polinésia, raízes no Texas e nome escolhido, porque Mama o ouviu em um país Latino?... Uau mistura boa essa!- Procecei as informações, olhando as duas com um sorriso largo.

    Então assim que eu surgi, amei saber dessas histórias antigas de quando eu era bebê e até antes de minha existência. Mommys continuaram contando as histórias e me mostrando fotos, até que o dia terminasse.


 


Notas Finais


Desculpa qualquer erro❤❤😁😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...