História The Exception - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Jaylor, Norminah, Romance, Trolly
Exibições 73
Palavras 1.822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem a demora para o novo capítulo, estava em semana de provas e não tive muito tempo, prometo compensar! Tá aí bolinhos, mais capítulo fresquinho, Boa Leitura💝💝💝💝💝😍😍😍😍

Capítulo 32 - Fights And Celebrations





 

Dois Meses Depois...





                      22 de Junho- Miami- EUA,

 

14:54 Pm.





 

                  Pov Taylor Jauregui...



 

Hoje é aniversário de Dinah, uma data muito especial para todos em que Lauren junto com Mani estão organizando um jantar na casa das Hansen Hamilton para comemoração.



 

Júlia está mega animada para o aniversário da mãe e não para um segundo, fomos até no shopping, mas não foi uma boa ideia. Já que eu apanhei quando Hansen pegou no flagra o momento em que dei uma olhadinha na bunda da vendedora, o que acabou ferrando pra mim.



 

:- Amor!!! Não tô achando nenhuma roupa que preste! - Escutei a voz de Júlia e olhei, percebendo que ela estava saindo do closet.




 

:- Como não? Você tem vestidos divinos, nesse mundo que tu chama de Closet princesa! - Tirei a atenção do celular, olhando diretamente pra ela.




 

:-Nada tá prestando! Eu acho que estou engordando! - Ela disse, parando em frente ao espelho.



 

:-Será que tá grávida? -Brinquei, me levantando da cama.




 

:-Será papai?- Ela disse debochada, nos fazendo rir- Sério, olha minha bochecha tá imensa.



 

:-Para de graça meu amor!- Digo ao chegar ao lado dela- Você não engordou e mesmo que estivesse, continuaria perfeita! - A puxei pela cintura.




 

:- Sério mesmo?- Ela sorriu sapeca, segurando meu rosto.




 

:-Super sério! -Roubei um selinho-Lembra do vestido vermelho, que você usou na noite em que jantamos na casa da sua vó Hamilton?




 

:-Lembro sim, aquele divino que comprei em Paris...- Ela fez cara de pensativa- Vou provar pra você analisar.




 

:-Ideia perfeita! Vai lá gatinha!- Digo assim que ela separou nossos corpos.




 

:- Já volto mozão!- Hansen correu de volta para o closet e voltei pra cama, me jogando na mesma.



 

Ela estava demorando alguns minutos e quando eu estava quase dormindo, ouvi sua voz.



 

:-Mamacita?!- Ela disse me fazendo abrir os olhos com rapidez, Hansen sabe muito bem que o espanhol me fode.



 

A encarei e meu queixo caiu ao ver que minha mulher estava com o vestido vermelho, sapatos de salto preto, batom vermelho e os cabelos presos...Foi minha perdição.



 

:-Oh Porra...Não faz isso não mulher! -Digo tomando uma postura ereta.




 

:- Cala- te mujer! Shii- Ela disse com a voz carregada pelo sotaque e se aproximou de mim, colocando o dedo em meus lábios.




 

:- Yo...Yo estoy...- Não consegui completar a frase, ao ver que ela estava tirando o vestido. Porra.. Ela tá tirando mesmo. Hansen caminhou sem pressa, expondo o conjunto de roupas íntimas preto e rendado. Finalmente minha mulher chegou até a mim e se sentou no meu colo.




 

:-Te gusta mi amor?- Ela perguntou perto do meu ouvido.




 

Agora que eu tô vendo...Porque ela quis tanto se aperfeiçoar no espanhol com a Camila. É pra me provocar essa jogadora.




 

:-Si...- Murmurei ao sentir os lábios dela começarem a trabalhar no meu pescoço.




 

:-Júlia minha querida eu...- Escutei uma voz desconhecida, vindo da porta do quarto e olhei assustada.



 

Era Regina, a tia de Júlia, acabei me esquecendo que ela estava passando esse fim de semana aqui no apartamento e parece que Hansen também.



 

:- Oh céus tia...Perdão! -Julia disse com as bochechas vermelhas.



 

:-Meu amor, meus parabéns! Toda Hansen deve ser a ativa!- Ela deu uma gargalhada- Podem continuar, eu só queria pegar um sapato emprestado, mas volto outra hora...Tigresas!




 

:-Titia...Por favor! -Júlia jogou um dos travesseiros na direção de Regina que gargalhada.





 

:-Boa foda pombinhas!- Ela disse num tom alto ao sair do quarto.





 

:-Pq sempre com a gente?! Puta que pariu, que vergonha! -Me joguei na cama, suspirando frustrada.




 

:-Não liga pra ela, minha tia é assim mesmo, doidinha- Ela disse ao deitar do meu lado.




 

:-Putz mano, até broxei agora! -Digo, sem conter a gargalhada.




 

:-Acontece né?!- Ela deitou no meu peito, ainda rindo do comentário.




 

[...]




 

20:30 Pm...



 

Para variar, Hansen se atrasou no momento de sua produção, nos deixando super atrasadas para o jantar de Dinah.



 

Não sei o porque dessa mulher se produzir tanto, já é linda de natureza.




 

:-Taylor Jauregui!!! Acelera esse carro, nós estamos atrasadas...Puta que pariu! Minha mãe vai surtar muito!- Ela disse, enquanto ainda estávamos a caminho de sua antiga casa.




 

:-Princesa calma! Quanto mais você me apressar, será pior porque eu fico nervosa! - Digo baixo, respirando fundo.



 

:-Perdão meu bebê! É que eu sou a culpada do nosso atraso né…




 

:-Já estamos chegando Okay? Acalme-se!- Me concentrei na estrada novamente, acelerando o carro.




 

:-Mas eu estou calma...Muito calma até- Ela disse.



 

Durante o caminho para a casa das Hansen, Júlia permaneceu quieta e eu também preferi deixar o silêncio se instaurar.




 

:-Chegamos! Até que não demorou muito!- Estacionei meu carro- Ei amor, eu não vou ficar por muito tempo, estou morrendo de dor de cabeça!




 

:-Não tem problema algum...É só marcar presença para a Mom não se chatear! -Julia saiu do carro e começou a caminhar.




 

:-Meu humor não tá muito bom hoje, espero que nada aconteça! -Sai do carro, fechando as trancas e corri para alcançar os passos dela.




 

:-Odeio quando você fica mal humorada! -Ela disse, arqueando sua sobrancelha.




 

:-Eu não tenho culpa! -A encarei.



 

:-E eu não tô dizendo que tem amor,só tô falando que não gosto...Simples! -Julia disse, parando para me olhar.




 

:-Vamos entrar logo, quero voltar para casa o mais rápido! -Peguei a mão dela, seguindo para a porta principal.



 

:-Eu prometo que não vamos ficar por muito tempo!- Hansen abriu a porta de sua casa, nos dando a visão ampla dos convidados, que não eram muitos.




 

De longe pude ver Keana, sim a vadia se recuperou do acidente e parece que ficou com parafusos a menos depois disso. A vaca vive dando em cima da Julia, para minha infelicidade.




 

:-Se você der confiança para ela, juro que nós vamos nos acertar depois!- Digo no ouvido de Júlia ao avistar, que Keana se aproximava de nós.



 

:-Do que você tá falan...-Issartel parou na nossa frente- Olá Kea!




 

:-Hansen querida, como você está?- Ela beijou a bochecha da minha mulher, o que me fez perder todo o humor que me restava.




 

:-Estou ótima e você? -Julia disse, olhando pra mim.



 

:-Bem melhor agora...Venha se sentar comigo e Meg!- Keana disse, a puxando pela mão. Balancei a cabeça em negação, tentando controlar minha raiva.



 

:-Filha da puta do Caralho!- Digo num tom baixo, me afastando e encarei Julia, que me olhava como se quisesse dizer" Fique aqui, não saia! ".




 

A ignorei indo na direção de Dinah. A Hansen mãe estava sentada, com Louise no colo, enquanto Normani e Lauren conversavam em um canto, Camila parecia se divertir com as crianças, está treinando para quando meu sobrinho chegar.




 

:-Norinha, que bom te ver por aqui!- Dinah abriu um sorriso ao me ver.




 

:-Hey Dinah, meus parabéns, muita saúde, paz e juízo! -Beijei a testa da mesma.




 

:-Obrigada gatinha! Cadê minha filha?- Ela perguntou enquanto eu me sentava ao seu lado, olhando Louise.



 

:-Está por aí...Oi princesinha da tia, eu tava com saudade, posso pegar um pouco?




 

:-Qual foi Jauregui? Quer todas minhas filhas pra você? -Ela brincou, entregando Louise para mim e peguei a bonequinha com cuidado.




 

:-Quero sim! Essa menininha é uma boneca!, céus! -Segurei a mãozinha da bebê que me encarava, ela tem os olhos da Julia, é incrível.




 

:-Claro né! É minha filha- Dinah disse, empinando o nariz.




 

:-Tá fazendo quantos anos, velhota?- Brinquei.




 

:-Seu cú! Velhota é o caralho, tô fazendo 39 anos de pura gostosura!




 

:-Valeu velha! Por favor não xingue, tem uma princesa no meu colo que não pode ouvir isso!




 

:-Vá se fuder Jauregui Jr!- Ela pegou uma taça de vinho, me entregando.



 

:- Esqueceu que é sua filha quem faz isso? -Ri baixo.




 

:-Sua...Cretina!- Dinah disse, acertando um tapa na minha coxa.



 

:-Ouxe sogrinha...Fica fria!- Mandei um beijo para a mesma.



 

Normani e Lauren se juntaram a nós, deixando o clima mais agradável. O meu humor estava até melhorando com elas me animando, o vinho também ajudava a me deixar mais alegre.



 

:-Daí ela veio xingando e...-Normani parou de falar e ficou olhando fixamente para frente.



 

:-Puta que pariu...- Os olhos de Lauren foram para o mesmo lugar e ela desviou- Bom, voltando o assunto.




 

:-O que foi gente?- Digo ao me virar para olhar.




 

Assim que meus olhos bateram na cena, eu desejei com toda força, está com problema nas visões. Keana estava falando algo no ouvido de Júlia, enquanto segurava sua cintura.




 

:-Taylor, por favor se acalma!- Dinah me pediu.




 

:-Como manter a calma?- Passei a mão pelo meu cabelo, nervosa- Vocês estão vendo isso?! Ela está dando trela para Keana...Comigo aqui! Não pode ser…




 

:-Relaxa Tay, tenta se distrair! Isso não é nada de mais- Normani disse, tocando o meu ombro.



 

:-É tudo de mais Hamilton !!!!!, a Keana quer a sua filha e não mede esforços em demonstrar isso e Julia sabe disso...Que porra!!, isso não vai ficar assim! - Larguei a taça de vinho, indo na direção das duas.





 

:-Taylor!!!- Escutei a voz de Lauren, mas ignorei.




 

:-Que porra está acontecendo aqui??!- Perguntei ao chegar na frente das duas.




 

                              Pov Júlia Hansen...




 

Estava super incomodada, em estar com Keana, de um lado para o outro, nem tive a oportunidade de ficar com minha família, ela insistia em me prender ali.




 

Issartel lançava flertes sempre que podia, me deixando numa situação super desconfortável na maioria do tempo. Assim que eu dava uma desculpa pra sair dali, ela me puxava para falar com uma outra pessoa.




 

Mas teve um momento em que a mulher passou dos limites ,assim que pôs a mão na minha cintura, para fazer uma pergunta...Que achei longa demais e mega indiscreta.



 

:-Que Porra está acontecendo aqui?- Escutei a voz de Taylor, próxima a nós e a única coisa que passou pela minha cabeça foi: Fudeu!




 

:-N-Não está acontecendo nada amor!- Digo com receio.




 

:-Eu estou dizendo a ela, como está magnífica essa noite!- Keana disse, piorando as coisas.




 

:-Não falei com você vadia!- Taylor a olhou com raiva- E você Hansen, vem comigo!




 

:-Hã? Ir para onde?- A olhei confusa.




 

:-Eita tá com ciuminho?!- Keana disse, com um sorriso debochado.




 

:-Cala a boca! -Taylor disse, se aproximando de Issartel.




 

:- Não se garante Jauregui?! Insegurança?- Keana a peitou, o que foi um erro.




 

:-Mandei calar a Porra da boca!- Mozão acertou um tapa no rosto de Keana, que provocou um estalo.




 

:-Amor!!!- A repreendi, com um tom de voz mais alto.




 

:-Agora vem Júlia! Vamos logo, porque eu não tô com paciência! - Ela segurou minha mão, me puxando com força para subir as escadas da casa de mama.




 

Acho que Taylor bebeu...Nunca a vi tão bruta e agressiva como hoje.



 

Chegamos até o meu antigo quarto,onde entrei primeiro.




 

:-O que foi Taylor??? Qual o motivo da grosseira lá de baixo?!




 

:-Pode me explicar porque ficou de graça com a Keana!!!!????, se você sabe que odeio a proximidade de vocês e a petulância dela!- Ela disse, se aproximando de mim, vermelha de raiva...


Notas Finais


Desculpe qualquer erro ✌✌✌✌✌😉😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...