História The Fact - Capítulo 69


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais
Tags Harry Styles, One Direction, Romance
Visualizações 165
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olá genteeeeeeeeeeeeeee

Capítulo 69 - Casa do Niall


Fanfic / Fanfiction The Fact - Capítulo 69 - Casa do Niall

Nossas malas já estavam mais que prontas quando o dia vinte e seis chegou, eu e Harry iríamos passar os três dias com os rapazes e depois iríamos passar o ano novo sozinhos com os duendes e fadas que habitavam a tal casa na floresta que Harry falou. Depois do ano novo,mais precisamente no dia dois, Harry já estaria em Londres novamente enfim terminando Dunkirk.

-Eu sei que tinhamos combinado. Harry falava com a mãe, e pedia desculpas, mas depois que ela ouviu que Zayn também estaria por lá, ficou feliz e deixou de lado a tristeza, ela sabia tanto quanto eu, e talvez até mais, que Zayn era uma peça fundamental para a felicidade de Harry, então que ele passasse um tempo com ele.

Quando nosso motorista nos deixou no aeroporto, fomos para a área de embarque, chegamos em cima da hora. Nos sentamos e acabei cochilando em seu ombro e só acordei quando já estávamos sobrevoando a Irlanda. Harry trabalhava em suas músicas, em composições e melodias, parecia concentrado e eu estava certa, ele nem havia reparado que eu havia acordado. Batucava um ritmo com a caneta e anotava algo logo em seguida. Eu não queria o atrapalhar e muito menos a comissária de bordo queria, quando se aproximou me encarou constrangida.

-Já vamos pousar. Falei enquanto encostava na mão de Harry. Ele me encarou surpreso e sorriu. -Como estão as músicas?

-Muito bem, eu acho. É muito estranho estar trabalhando sozinho pela primeira vez.

-Eu sei, mas também sei que você vai se sair muito bem.

-Obrigado por falar isso e me motivar, as vezes eu quero esquecer tudo isso.

-Nem pense nisso. Falei o beijando.

Quando chegamos na Irlanda fomos recebidos pelo motorista de Niall, ele nos levaria para a casa dele, e pelo visto era uma casa nova, Harry também nunca estivera lá. Eu observava a natureza da cidade, as casas e as pessoas, tudo era novo aos meus olhos. A casa de Niall era gigante, era uma mansão, ele tinha que parar de chamar aquilo de casa.
-Vocês finalmente chegaram! Niall apareceu na porta animado vestindo um pijama. -Pensei que haviam se perdido.

-Olha,provavelmente vamos nos perder nessa mansão quando entramos. Harry falou fazendo Niall cair na gargalhada.

-Calma meu amigo, vou te dar um mapa. Agora vamos entrar, está muito frio para ficarmos aqui.

-Os caras já chegaram? Harry questionou.

-Já, vocês foram os últimos. Ele respondeu enquanto entrávamos dentro da enorme mansão de pé direito algo.

-Hey. Vibrou Liam quando nos viu passando pelo corredor com as malas. Logo Zayn e Louis apareceram também. Todos pareciam bem a vontade um com outro, até Harry parecia bem quando cumprimentou Zayn. Tantas coisas já haviam acontecido entre os dois, que eu me surpreendia com a capacidade de Harry, de superar as coisas.

A noite chegou e junto mais alguns convidados de Niall e dos rapazes, amigos de infancia e amigos de tour. Uma fogueira no jardim impecável de Niall e dois violões, era como se um dia, eles nunca tivessem brigado ou entrado em pausa na carreira, a amizade continuava bem alí, diante dos meus olhos, como eu torcia para um dia ver.

-Vou dormir, ok? Falei enquanto me preparava para levantar.

-Eu vou com você. Harry falou me encarando.

-Não, fica aqui com seus amigos. Não é todo dia que isso acontece. Falei e ele concordou com a cabeça.

-Boa noite meninos, até amanhã. Falei e eles reclamaram mas entenderam, por fim roubei um beijo de Harry e segui para onde dormiríamos. A casa realmente era gigante, eu teria aceitado o tal mapa que Niall ofereceu para Harry, enquanto caminhava acabei passando pela cozinha para beber água, com o copo já em mãos uma garota aparece, alta, cabelo preto e olhos verdes, linda de verdade.

-Hey. A cumprimento e ela sorri.

-Mia, certo?

-Sim, e você?

-Alison, Harry te contou que já tivemos um caso? Ela perguntou e eu quase engasguei. Não era o tipo de coisa que eu queria ouvir a essa altura da noite.

-Bem, não. Deve ter sido uma coisa muito besta, pra ele nem fazer questão de mencionar. Respondi dando o que ela queria. Seu sorriso quase desapareceu, mas pelo visto ela seria uma daquelas que adoram ser a última a falar numa conversa.

-Bem, ano passado, numa festa dessas, porém na casa antiga de Niall, numa ilha muito parecida com essa. Ela falou enquanto passeava pela cozinha apoiando a ponta dos dedos finos na ilha de mármore preto que ali ficava. -Suas mãos foram ágeis, subiram meu vestido de uma vez só, e me penetrou, ah, eu ainda posso sentir a vibração que meu corpo teve quando ele entrou em mim com força. Ela completou mordendo os lábios e passando a mão pelos cabelos. -Não é bom quando ele é duro com a gente? Quando ele quer nos possuir de qualquer jeito e em qualquer lugar?

-Acho melhor eu me retirar. Falei tentando conter todo o meu nojo e ódio que sentia naquele momento.

-Mas eu ainda não terminei.O jeito como ele me comeu naquela noite, foi como se ele nunca tivesse comido alguém daquele jeito. Você não dá do jeito que ele gosta não? Me parece ser uma daquelas garotinhas cheias de não me toques. Se eu fechar meus olhos ainda lembro do gosto dele na minha boca, e o jeito que ele gemeu quando gozou. Você é capaz de deixá-lo assim? Ela perguntou. E antes que eu pudesse responder ela finalizou. -Eu acho que não.

Eu não entendia o motivo de toda essa história, não entendia o que ela ganhava me contando isso, mas eu só conseguia pensar que em algum momento do ano passado ele havia transado com essa garota nojenta. Respirei fundo e tentei não transparecer toda a maldita insegurança que pairava sobre a minha cabeça. Será que ele ficou com ela na época em que estávamos separados ou quando estávamos juntos? Eu não tinha certeza de nada, ele já havia me traído antes, claro eu também, mas ele é quem estava transando com essa garota no ano passado e não eu.

-Não me interessa o que você acha, Alison. Boa noite. Falei indo em direção a porta,mas ela se pôs entre a saída e eu.

-Eu sinto que logo eu terei Harry nessa ilha novamente, já posso sentir seu toque quente em minha pele e sua boca em meu pescoço, posso quase ter um orgasmo só com a ideia. Então não ache que está a salvo do fim desse seu relacionamento ridiculo. Nós dois vamos acabar aqui essa noite.Ela encerrou apontando pra ilha com um sorriso malicioso.

-Atrapalho? Liam apareceu com olhos curiosos.

-Não meu bem.Já estou indo lá para fora. Ela falou passando por mim e soprando um beijo para mim.

-Eu odeio essa garota. Comentei bebendo minha água.

-O que ela falou?

-Você sabe o que ela falou. Reclamei e ele engoliu a seco. -Preciso conversar com Harry.

-Eu entendo, mas isso é passado Mia.

-Eu sei, mas eu preciso conversar.

-Vá em frente. Mas não leve a sério seja lá o que ela falou que iria fazer.

-Tudo bem. Falei deixando o copo de água na cozinha e fazendo meu caminho de volta para a fogueira, e quando cheguei meus olhos se voltaram para um Harry feliz e sorridente, mas lá estava ela, se aproximando dele com seu sorriso. Quando ela estava prestes a se sentar ao lado de Harry, o chamei e ele se virou sorrindo. Alison me fitou com ódio nos olhos, mas com um sorriso nos lábios.

-Senti sua falta. Falei enquanto tomava o lugar onde Alison queria se sentar. Harry pegou uma de minhas mãos e segurou perto de seu peito e me beijou.

-Eu também senti a sua.

-Eu já sei sobre Alison. Comentei em seu ouvido. E ele parecia surpreso, e então se virou para Alison, ela sorriu e soprou um beijo para ele que fechou o rosto e cravou uma ruga entre suas sobrancelhas.

-O que ela falou? Ele perguntou calmamente, mas parecia nervoso e constrangido.

-Muitas coisas,eu só quero saber uma coisa. Falei e antes que eu pudesse perguntar ele já havia respondido.

-Nós não estávamos juntos, eu juro. Ele falou sério e meu coração voltou a bater normalmente.

-Obrigada.

-Eu jamais faria aquilo de novo, ela não foi nada.

-É passado, mas ela disse que tentaria algo hoje.

-Ela nunca vai conseguir nada comigo, eu sou seu, apenas seu.

 


Notas Finais


eu já sei como os próximos caps vão ser, depois desses dias e do ano novo, vai ter premiere do harry, depois ele vai mostrar as musicas pra mia, e vou tentar explicar as musicas com fatos da história, então me aguardem kk

enfim,se quiserem me achar
Insta https://www.instagram.com/clarapinkie/
Twitter - @clarafigueredo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...