História The Fame - Segunda Temporada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Fama, Gemêas, Justin Bieber, Revelaçao, Romance
Exibições 561
Palavras 1.337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeeeeey
Vamos nessa, segunda temporada começando e temos muita coisa pela frente.
Uma semana se passou, ainda estão com a raiva da Isabella?
Enfim boa leitura e desculpa qualquer erro.

Capítulo 1 - Capítulo 1


P.O.V Justin Bieber

Estava largado no sofá aproveitando um dos poucos dias de folga que tenho. Estava esperando o jogo de basquete começar. Enquanto isso passava um programa de esportes. Mas não prestava muito atenção quero mesmo é ver o jogo.

A seleção americana feminina de vôlei, está pronta pra ir em busca de mais uma medalha olímpica, atual campeã mundial e do último torneio de Montreux. Nossas meninas vão atrás da inédita Medalhada de ouro. Três vezes prata e duas bronze, a levantadora e capitã Alissa Glass espera quebrar paradigma.

- Já subimos ao pódio cinco vezes na historia, batemos na trave três vezes. Queremos muito que dessa vez pudéssemos sair campeãs, vamos lutar muito por isso.

Na busca pelo tão sonhado ouro, a seleção tem uma peça importante, a líbero Isabella Scott

Olhei pra televisão prestando atenção agora na matéria, não era estranho ouvir seu nome, só uma batia puta de uma saudade. Nunca mais a encontrei, as vezes que a vi foi pela televisão jogando. Ela conseguiu, realizou seu sonho de ser uma jogadora profissional, e hoje é uma peça importante pra seleção ganhar uma olimpíadas. Quem diria..

- A Isa é uma jogadora importante pro time, ela joga tanto de libero, tanto de ponteira passadora. Ela é ágil e tem fundo de quadra excelente. Com ela em quadra o time tem o passe na mão da levantadora e muitas chances de contrataque, já que sistema defensivo dela é muito bom. Isabela é o tipo de jogadora que não tem medo da bola, ela vai sem cima mesmo. Não se importa em levar bolada na cara e sair dolorida. É uma jogadora forte que dar energia pro time - falava o técnico

Mas a peça importante pra seleção de Kilary está ameaçada. Filha de Mãe brasileira e pai americano, Isabella Scott pode atuar também pela seleção Brasileira

- Ela foi convocada pela seleção brasileira também, agora ela vai ter escolher por qual seleção vai defender nas olimpíadas no ano que vem. Eu e ela temos uma relação muito boa e solida, sei que é uma escolha difícil pra ela. Então sugeri que ela jogasse o sula americano pelo Brasil, que é competição que ela nunca jogou, e que também não jogamos e depois ela decide pra qual seleção ela vai. Ela nunca jogou pelo Brasil vai ser a primeira vez. Ela quer ver vê se realmente ela tem espaço por lá e que não será cortada. Aqui na seleção americana ela já uma vaga certa. Ela sabe disse.

Com a vaga garantida pelos EUA, a jogoradora diz isso dificulta ainda mais sua escolha

Foi ai que ela apareceu, linda como sempre com seu cabelo agora maior, mas preso em rabo de cavalo e o uniforme azul da seleção. Sinto falta dela, não posso negar. Sinto falta do jeito, da voz, do cheiro. Apesar de tudo ela ainda tem meu coração, mesmo que eu tente esquecer-la é impossível, eu tenho uma cópia dela em casa. Voltei minha atenção à televisão

- É uma escolha difícil, espero fazer a melhor escolha possível. Eu já estou a dois anos na seleção dos Estados Unidos. É a primeira vez que fui convocada pela seleção brasileira. Impossível não ficar feliz. Eu sou brasileira, nasci no Rio. Mas a seleção americana tem enorme influência em que eu sou hoje. Desde que jogava pela faculdade eles já me olhavam, viam futuro em mim. Isso vai contar muito quando for decidir

Mãe aos seus 24 anos, Isabella diz que sua família é de onde ela recarrega suas energias.

Prendi minha respiração, ao ouvir falar da minha filha, a imagens de Bella brincando com a pequena na quadra apareceu senti o ar sair pelos meus pulmões, a pequena estava de costas pra câmera jogando a bola pra mãe que sorria. Ela estava feliz, sem duvidas estava nítido em seu rosto.

- Quando perdemos um jogo ou jogo mal. Quando chego em casa é minha pequena que me anima, me dar carinho. Impossível não sorrir.

Mas essa não a única decisão que a jogadora tem tomar. Com proposta de vários times no mundo, Isabella garante que ainda não parou pensar qual caminho seguir.

- Eu ainda não sei por onde vou jogar, tenho contrato fechado com a casalmagiorre até o mês que vem. Então esse meu foco, estamos na semifinal da liga italiana e temos que alcançar nosso principal objetivo que é chegar a final e ser campeã italiana, quando acabar aí sim eu vou parar pra ver todas as propostas - Bella dizia pra repórter sorrindo - Mas aqui é seleção, minha cabeça está totalmente no jogo de mais tarde, queremos esse título.

- E elas conseguiram - dizia a apresentadora depois que acabou a matéria - Ontem as meninas da nossa seleção foram campeãs da Nordeca. - passava fotos das meninas com medalhas e o troféu - Agora elas voltam pro seus respectivos clubes e voltam a se apresentar pela seleção em Junho. Onde iram disputar o Grand Prix e os jogos panamericano.disse finalizando o assunto vôlei e falando de ginástica. 

- Papai - ouço Hallie me chamar, olhei vendo a minha princesa descendo as escadas

- Devagar Hallie vai cair

- Vai não - falou pulando o ultimo degrau sorrindo - quelo ver Dori

- Quer ver nada, eu vou assistir o jogo - ela fez um bico sentando no meu colo - nem adianta fazer esse bico, não vou ver filme, vai ver no seu quarto, tem televisão lá - ela fez cara pobre coitada encostando a cabeça no peito, isso só funciona com a Julia.

- Pu favor - rir dela que juntou as mãos

- Não Hallie, por que você não assiste no seu quarto?

- Pu que lá é pequeno, Hallie gosta de gandi

- Aaaah, a Hallie gosta de televisão Grande?- ela assentiu - O Pai da Hallie também e ele vai ver o jogo

- Papai é mal

- Eu sou mal? Vou lembrar disso quando você me pedir bonecas e chocolates - ela me olhou séria, adora me desafiar essa menina - eu vou no banheiro e você nem pense em trocar de canal.

 

 

 

..

 

 

Quando sai do banheiro o barulho da televisão estava mais alto. Chegando à sala encontrei Julia petrificada olhando pra TV e Hallie sentada com o controle na mão e olhos fixos na televisão também. Olhei pra própria vendo a imagem de Bella. Ela estava no jogo de basquete do Warrios que iria começar, estava dando um entrevista ao vivo.

- Você tem proposta aqui no Warrios pra próxima temporada. Podemos sonhar com você em nosso time? - a Entrevistadora perguntou 

- Por que não? - respondeu sorridente - Eu ainda não parei pra ver as minhas propostas. Até o campeonato italiano não acabar eu não penso em outro clube a não ser o casalmaggiore

- Olha papai é a mamãe - Hall apontava pra televisão animada, respirei fundo. Senti o olhar de Julia em mim, mas não virei pra encara - lá, fixei meu olhos na grande tela da sala.

- Eu entendo, você joga em uma liga bastante forte. A Americana cresceu muito nos últimos anos, o que acha disso?

- Eu acho isso ótimo, esses três anos a liga Americana cresceu demais. Eu sei que tenho quatro propostas de times daqui, e fico muito feliz de ter grandes times interessados em mim. A liga Americana hoje pode sim ser comparada a Italiana.

- Espero que você venha pra nossa liga, melhor ainda sendo jogadora do Warrios- Isabella riu - Você gosta de basquete?

- Gosto muito, basquete e futebol. É uma pena que não vou conseguir ver todo o jogo, tenho que pegar um vôo daqui a pouco.

- Espero que goste do jogo e Boa viajem - desejou a entrevistadora e Bella sorriu agradecendo logo se sentando, o jogo iria começar

 

- Papai a mamãe vai viajar mais? - Hall perguntou com uma cara de choro. - Ela não vai vim ver a Hallie?

 


Notas Finais


Gostaram?
Sei que demorei pra postar esse primeiro capítulo. Mas vou postar com frequência aqui e a Irmã de Mentira que vai ter o segundo capítulo ainda hoje.
Provavelmente vou postar dia sim, dia não. E de madrugada como sempre.

Foi fraquinho esse capítulo mas é só introdução vamos ter muitas pela frente , até por que eu amo surpreender :)

Beeeeeijos,
Até madruga de quarta.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...