História The Fame - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Complicações, Fama, Harry Styles, Relacionamento, Sexo
Exibições 26
Palavras 1.707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ei galerinha, suave na nave? Então fechou.

Então meninas, fiquei sem postar aqui, pois o ser não humano aqui, não estava decidi em se continuava a história ou não, mas, cá estou eu, reescrevendo o segundo capítulo. Irei reescrever os capítulos postados, menos o primeiro, pois ele é a minha base. Farei um mudada no enredo, mas, nada que vai acertar diretamente a história. Comunicadinhos, rápidos, para vocês serem direcionados para o capítulo.

📌As primeiras falas dos rapazes, foram retirada do site UOL, já que a jumenta aqui, teve que pesquisar.
📌Algumas coisinhas mudas, mas, é apenas o básico.
📌Espero que entendam o meu lado :3
📌A Rebeca vai causar demais, esperem é verão. Já começamos no pique.

Acho que era só isso. Amanhã capítulo novo em 'Apenas uma Fã' que está na reta final.
Boa leitura :P

Capítulo 2 - Capítulo II


Fanfic / Fanfiction The Fame - Capítulo 2 - Capítulo II

8 de Maio de 2014 - Zona Oeste do Rio de Janeiro*

Narração : Rebeca M.

O local estava lotado de fãs loucas, incluindo eu é as minhas amigas. Bem, muito mais elas do que eu, que estava aqui mais para acompanhar. Gosto muito da banda, tenho coisas deles, mas, ainda prefiro ser eclética. Me encostei na tal grande, já quê as minhas amigas me fizeram comprar o ingresso dá grande, que também era o tal do VIP; enfim, era dinheiro jogado fora, na minha humilde opinião. Haviam diversas adolescentes histéricas, acompanhadas das suas mães, já impacientes. Olha, ponto em comum entre nós.

O show estava com alguns longos minutos de atraso, é isso seria descontado no tempo que as fãs teriam com eles. Ótimo. Não sou insensível ou algo do tipo, apenas realista. Todas sabemos que dois minutos depois eles estarão perguntando os nossos nomes novamente... Enfim, realmente não vale apena. Apoiei os meus cotovelos nas grades, e o meu rosto sobre as minhas mãos. Senti alguém cutucar a minha cintura, é era a Helena, minha amiga, bem, uma delas.

- Rebeca, desfaz está cara de bunda. - disse levemente séria, me fazendo rir. - Sua puta mal comida, para de ri caralho. - ela estava ficando com as suas bochechas rosadas, mesmo sendo uma linda morena de cabelos encaracolados. - É sério Rebeca, respeite nós, as fãs.

- Tá, tudo bem Lena, vou respeitar as fãs de 12 anos, é vocês, com quase 18 anos. - disse com certo deboche, mas fiz a menina rir. - Bem, depois que tudo que envolve eles acabar, iremos comer, tá?! Estou varada de fome, é preciso urgentemente comer. - disse levando a minha mão a minha barriga, fazendo uma careta.

- Mas você só pensa em comer não é mesmo Rebeca?! Nossa garota, não consegue ficar pelo menos cinco horas seguidas sem reclamar de fome? - perguntou Marina, com uma certa raivinha na voz. Ri em negação. - Por favor Beca, para de reclamar só por uma hora. - pediu me abraçando lateralmente.

- Posso tentar, mas não prometo explodir de fome quando estivermos dentro da sala onde as senhoras irão enlouquecer quando forem tirar fotos com eles, não me culpem por estar resmungando. - disse é sorri sem mostrar os dentes. Helena balançou a cabeça, negando o meu comentário.

Mais alguns longos minutos passaram, é com eles a minha melhor amiga, á impaciência aumentou. Novamente abaixei a minha cabeça, esperando que o show começa-se logo para eu poder sair deste local, cheio de adolescentes histéricas. Escutei mais gritos agudos e muito, mas muito irritantes, é quatro deles vieram das minhas amigas. Revirei os olhos e levantei a cabeça, vendo os cinco lá no palco, com sorriso estampados em seus rostos. Where We Are, este é o nome da turnê deles aqui no Brasil. Olhei para os lados, encontrando fãs aos prantos. 

Jesus, desnecessário, muito desnecessário.

Eles olharam para todos os lados, parcialmente encarando todas as fãs e os fãs enlouquecidos com a presença deles ali. Eles falaram algumas palavras, as quais eu não prestei atenção. Eles iniciaram a apresentação deles com uma música conhecida por mim; Midnight Memories. Todos cantavam junto á eles. O show até que estava sensacional, sinceramente, para mim, estes cinco, com um rostinho de gay não eram de nada; me enganei. O show estava chegando ao fim, é a minha fome estava apenas aumentando. Liam pegou o microfone e se aproximou da ponta do palco, junto aos outros meninos.

- Que lindo país vocês são! Em quatro anos, nunca tivemos uma recepção como esta. - ele esticou um pouco o braço, pegando a bandeira do nosso país, de uma menina que estava ao meu lado; a menina sorriu abobada, é de seus olhos escorreram lágrimas.

- Amamos o Brasil! Obrigado por estar aqui, Rio de Janeiro. Vocês são demais! - se pronunciou Harry, sorrindo, que muito, mas muito descontraído, abaixou uma parte da calça que vestia, mostrando uma tatuagem com o nome Brasil; aí sim as fãs foram a loucura.

- Vocês são um público muito especial. Nunca vamos nos esquecer. - disse Liam, começando a cantar Moments.

Todas as fãs estavam loucas, gritando, cantando, literalmente dando um show. Os meninos continuaram cantando, enquanto no telão, passavam algumas fãs, que faziam perguntas á eles. A primeira pergunta veio de uma brasileira, Beatriz Castro, 15 anos. Que perguntou se eles sabiam sambar. Eles logo se colocaram, ou pelo menos tentaram sambar, arrancando mais gritos das fãs, é risadas minhas. Liam se esforçava, rebolando e sambando para as suas fãs maravilhadas registravam o momento encantadas. Uma hora e quarenta minutos depois, eles começaram a se despedir, pois o show havia acabado. É foi aí que eu tampei os meus ouvidos, tentando inibir os gritos de tristeza das fãs enlouquecidas.

 

 

 

- Eu estou para morrer, sério, estou tremendo, me ajudem. - é mais uma vez, uma fã de aproximadamente 15 anos, estava chorando, sendo abanada pela sua mãe, que tentava ajudar a filha, para que ela não desmaia-se. Eu estava sentada em uma cadeira que havia ali, ao lado de Fernanda, que olhava atentamente o seu celular.

- Meu Deus, alguém ajuda essa menina, não preciso ver mais uma adolescente desmaiada, é demais para mim. - disse prendendo os meus cabelos em um coque alto perfeito. Helena me encarou com uma carranca, repreendendo o meu comentário. Tinha uns vinte minutos que nós estávamos ali dentro, junto a mais algumas adolescentes. - Eu estou com fome. - disse cruzando as pernas, olhando fixamente para a porta. - Eles foram em Londres tomar banho, é depois iram voltar para tirar fotos com as fãs?

- Nossa, você reclama demais né garota?! Se não que ver eles, o que faz aqui? Sabe quanto tempo eu esperei para ver eles? Não né? Pois você não tem ideia do quê um amor de fã. - disse a tal menina, que iria ''desmaiar''. A olhei e revirei os olhos, balançando a cabeça negativamente. - Mal amada, é isto que você é!

- Garota, tomar a dor de outra pessoa, que daqui a trinta segundos não irá lembrar a porcaria do seu nome é demais? Não acha? Bem, acha mesmo que a sua mãe queria tá aqui? Não né?! Ela poderia estar muito bem, fodendo com o seu pai ou com o namorado dela, mas não. Gastou o olho da cara para vir aqui, lhe trazer, então sossega a xuranha e me deixa em paz. - disse, é bufei logo em seguida. A mãe da garota me deu um sorriso cúmplice. Gostei muito. A menina cruzou os braços, com um enorme bico.

Laila me olhou, segurando a risada, que se saísse, ia ser o fim dos tempos.

- Tadinha da garota Beca. - se pronunciou Marina. - Quando estivermos saindo, você vai pedir desculpa para ela e para a mãe dela. - neguei, e encarei a porta, que foi aberta, revelando cinco seres com um enorme sorriso em seus rostos. A menina que possuía um enorme bico o desfez, indo ao encontro dos seus ídolos. - Vamos esperar todas as meninas falarem com eles, quero que eles lembrem de nós, é que guardem com carinho os nossos presentes. - elas assentiram sorrindo.

Bem, já que eu iria ver o show, já tinha pagado um absurdo para vê-los, não custava nada comprar uma lembrancinha para eles, né?! Enfim, um urso de pelúcia enorme, tipo, muito grande mesmo, foi comprado para cada um deles. Bem, nós comprarmos eles juntas, é mandamos bordar o nome dos cinco em cada urso, que tinha um cheirinho especial, o nosso perfume. É para variar, eu fique com o cacheado. Todas as adolescentes falaram com eles, é logo se despediram, com lágrimas nos olhos. As meninas se aproximaram, é ficaram se reação.

- Oi meninos, tudo bom? - perguntei sorrindo; meu rosto pode rasgar. Em minhas mãos estava o enorme urso. - Bem, pelo o que perceberam, estas quatro mulas não estão conseguindo dizer uma palavra sequer, então, deixa que eu falo tudo. - estendi o urso em direção a Harry, que me deu um sorriso com as suas covinhas. As meninas seguiram o meu ato, entregando os ursos aos donos. - Bem, elas querem uma foto com os cinco.

- A, claro. - disse Liam sorrindo. Meu Deus, esse garoto é muito fofo. Elas foram até eles, com os olhos marejados. Aí meu Deus, quem vê assim, nem pensa que são um bando de pedreiras. Tirei duas fotos deles, que continuaram me encarando. - Não vai tirar foto com a gente? - perguntou todo fofo. Meu Deus, eu morro desse jeito.

- A, não, eu só vim acompanhar elas; é também imagino que estejam cansados, é querem dormir o mais rápido possível. - disse guardando o meu celular, no bolso de trás do meu short curto de cintura alta preto. - Bem, acho que já vamos indo, não é mesmo meninas? - perguntei as olhando. Harry sorriu, e passou a sua direita em seus cabelos.

- Não querem dizer os nomes meninas? - perguntou, sorrindo descaradamente para mim. - Quem sabe vocês não poderiam apresentar um pouco do maravilhoso Rio de Janeiro para nós? - ele sorriu novamente, pegando na minha mão, é beijando em seguida. - Qual o nome e o número da jovem moça?

Revirei os olhos, lhe dizendo o meu número.

- Rebeca Monteiro. - disse dividindo o meu olhar com os outros integrantes. - Estás são: Laila; Marina; Fernanda; é Helena. - disse apontando para cada uma, que sorriu, sem medir esforços. Senti o meu celular vibrar, deduzindo ser a minha mãe, que irá viajar está madrugada. 

- Iremos á praia amanhã, se quiserem conhecer um pouco do nosso Rio de Janeiro, estaremos dispostas. - disse Fernanda. Nem um pouco descarada? Sim ou claro? Tim. Os meninos sorriram assentindo, e logo em seguida pegando o número de cada uma delas. - Bem, já vamos.

- Tudo bem meninas, iremos mesmo ligar para vocês. Quem sabe não vamos para o hotel onde iremos ficar, o Fasano. - disse Louis, passando a sua língua por cima dos seus lábios um pouco avermelhados. - Até amanhã meninas.

Demos um breve aceno, é saímos da sala.

The Fame*

Continua*


Notas Finais


Bem, eu postei um capítulo em 'Apenas uma Fã', dizendo que eu estava sem PC, pois havia dado um temporal horrível aqui na minha cidade que eu fiquei por quase dois dias inteiros sem energia, mas, assim que deu outro pique, é a energia voltou, o meu amado Bernardo, voltou a funcionar. ( Sim, eu coloquei Bernardo para ser o nome do meu PC; não gostou taca o processinho ;*). Então, amanhã, como o normal, tem capítulo novo em 'Apenas uma Fã', é quem não conhece, link abaixo :) . Beijo *3*

Link - https://spiritfanfics.com/historia/apenas-uma-fa-6684534


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...