História The Fat Girl - Capítulo 63


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p
Visualizações 352
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eai galera desculpa demorar postar nessa fic, mas é que estou com alguns problemas...

Capítulo 63 - Dona


Pov Camila

Eu estava a horas sentada em cima do balcão desejando que as horas passassem rapidamente, o que eu mais queria naquele momento era chegar em casa e ver meus dois bebêzões.

- Oh Muié!!!.- Disse um homem com um chapéu de cowboy me tirando dos meus devaneios.

- hãm?...O que foi moço?.- Digo confusa.

- Tem uma cobra alí oia!!!.- Olhou desesperado para uma senhora que puxava uma tomada do restaurante como se estivesse lutando.

Vou correndo rapidamente para tirar a senhora do fio que estava lá mas ela não parecia querer soltar.

- Isso não é uma cobra Senhora, SOLTA!.- Digo a puxando.

- Quem disse que ocê sabe de alguma coisa?, Olha o tamanho dessa cobrona.- Apontou para a tomada.

- Olha aqui eu...- Paro de falar assim que vejo o homem tomando banho na fonte do parque só de cueca.

Corro para fora do restaurante esbarrando em todo mundo sentindo vergonha alheia, quando chego na fonte vejo uma cena que nunca desejei ver.

- Mamãe?, O que é aquilo na cueca do moço?.- Disse uma garotinha com os olhos tampados pela mãe com a boca aberta perplexa.

- O que ocêis tão olhando?, Nunca viram um homem tomando banho?.- Perguntou se ensaboando na Fonte.

Tirei o homem de lá como se eu tivesse obrigação de tirar-los daquele mico.

- Eu não entendo Ocês não viu?, Viemo pra cá mó felizão, Pode nem tomar um bainho.- Disse indignado.

- Oh meu deus,onde estão os parentes de vocês?.- Pergunto olhando para os dois.

- Nois tamo procurando A Camila ela trabaia aqui uai, Meu nome é Karlos  Cabello e essa é a minha cremosa Paola Cabello!.- Disse a abraçando de lado.

- Meu deus você é o vovô Karlos?.- Digo surpresa.

- Do que Tu ta falano?.- Paola me olhou Confusa.

- Eu sou a Camila.- Dou uma risada.

Eles olharam surpresos um para o outro e logo vieram correndo me abraçar, um abraço duplo.

- Minha netinha, Cadê meu fio?.- Pergunta meu vô.

- Eu levo vocês para lá.- Pego no braço dos dois e vou andando pela rua constrangida pelo acontecimento anterior.

Pov Lauren Jauregui

- Isso..Isso!.- Digo mexendo na cama colocando pétalas de rosa em formato de coração.

Eu estava a horas arrumando aquele quarto esperando ela chegar mas ela estava demorando mais do que o esperado.

Depois de alguns minutos no sofá sentada a esperar Camila, escuto o barulho da campainha e logo presumo ser a Latina.

- AMOR!!, que saudade bebê.- Me abraçou manhosa.

- Porque demorou tanto?.- Dou um selinho casto nela.

- Você não vai acreditar no que aconteceu...- Me contou tudo me fazendo rir em algumas partes do mico que eles passaram.

- Eu tenho uma surpresa, preciso que você feche os olhos e me siga.- Pego em sua mão e a levo para o jardim.

- Surpresa é?... O que seria essa surpresa?.- Disse Maliciosa.

- Deixa de ser safada amor.-Sorrio divertida. Subimos na casa da árvore que havia no jardim bem alto.

- Eu não tenho culpa...Opa.- Riu ao esbarrar na cadeira.

- Pode abrir os olhos.- Olho com esperança para ela.

Ela sorriu e abriu os olhos lentamente e ao abrir-los completamente abriu a boca admirada sem acreditar.

O jardim estava todo enfeitado,e a grama estava cortada e aparada mas algo chamou a atenção de Camila, a grama estava aparada em forma de letras.

Formando um lindo "Quer Namorar Comigo?", Sentiu lágrimas de felicidades correrem pelo seu rosto.

- E aí você aceita ser minha princesa?.- Falei nervosa.

- É claro que eu aceito sua boba.- Sorriu alegre e me beijou com carinho e paixão eu sei que já disse isto mas o beijo de Camila era diferente de todas as pessoas que havia beijado, era viciante e doce com gosto de morango, sua língua acariciava a minha sem pressa, quando ela mordia meus lábios meus pelos se arrepiavam automaticamente, meu corpo já estava completamente entregue para Camila, era só ela estalar os dedos que eu estaria lá por ela.

- Eu estou tão feliz Camz!.- Digo entre um beijo e outro.

- Se você está imagina eu?.- Me puxou para outro beijo mas com muito esforço eu recuei.

Ela me olhou sem entender, fiz um sinal para que ela ficasse parada alí mesmo.

Voltei para a casa da árvore segurando uma caixinha aveludada e preta, Camila ao olhar a caixinha percebeu o que eu iria fazer e me deu um sorriso de derreter qualquer um.

- Então err... Eu não sou muito boa com palavras mas eu vou tentar dizer o que eu sinto, desde que eu te conheci eu já era apaixonada por você, depois daquela droga de aposta eu confesso que eu fiquei magoada, mas eu tambem errei contigo no passado e você é humana todos erramos, acredito que você mudou de verdade. E me deu o melhor presente da minha vida...Agatha a nossa princesa.E por último não menos importante, você me deu amor Camz tudo o que eu mais nescessitava você me deu, e eu prometo fazer de tudo para retribuir o seu amor.- Coloco a aliança em seu dedo sorrindo apaixonada.

- Você não sabe a tremenda felicidade que estou sentindo agora.- Enxugou as lágrimas que insistiam cair sobre seu rosto.

- Claro que eu sei amor, o que eu sinto é totalmente igual.- A puxo para um beijo delicioso.

- Tenho outra surpresa.- Termino o beijo.

- Qual?.- Começou a dar beijos preguiçosos no meu pescoço

- Vamos para o quarto você vai ver!.- Digo pegando na mão da latina enquanto subia as escadas.

- A senhorita está cheia de surpresas heim, tenho que confessar que estou adorando.- Me jogou contra a parede e começou a beijar só que dessa vez um beijo mais ousado...mais quente diria eu.

- Ca...Camila.- Digo tentando lutar contra os seus beijos.

- Hum?.- Fez um som nasal mordendo o lóbulo da minha orelha.

- Vamos continuar isto no quarto.- Digo abrindo a porta a deixando outra vez surpresa.

Ao ver a decoração ela  me abraçou carinhosamente e disse:

- Isso Foi lindo Lolo!.- Sussurrou no meu ouvido me puxando para um beijo.

E foi assim que nos amamos pelo resto da noite, uma hora com carinhos e beijos algo mais lento, mas tambem tivemos momentos quentes e selvagens naquela cama no nosso lar.















Notas Finais


Vocês querem hot?, Acho que não vou fazer nesse capítulo
To fazendo hot demais kkk mas se vocês quiserem é só falar.
BEIJÃO♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...