História The Feeling - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Camren
Visualizações 315
Palavras 1.302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Orange, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha quem voltou u.u

Capítulo 33 - Capítulo 33


 

POV Camila

 

 

-Camila, acharam o Harry

-Que? Como? Onde ele tá? Ele tá bem?

-O que aconteceu Camila? - Lauren me olhou preocupada, coloquei no viva voz, assim ela poderia escutar também

-Ta no viva voz Dinah, pode falar

-Ele mandou uma mensagem para o Louis, pedindo pra ligar pra ele, segundo o Louis ele estava chorando e com medo, ele pedia ajuda, mas não disse onde estava, então ele levou o celular pra rastrearem a ligação e depois de mó tempão finalmente acharam onde ele está, estamos indo pra la agora

-E onde é esse endereço? 

-Vou mandar por sms o endereço, estamos saindo daqui, se chegarem antes, não entrem, esperem a polícia

-Okay, não se preocupe Dinah, nos vemos já – Lauren diz e em seguida pisa fundo no acelerador – Espero que ele esteja bem 

-Eu também – estávamos perto do local e quando chegamos a polícia já estava lá, assim como todo mundo, meus pais, os pais de Harry, Louis, Dinah, Normani e até os pais da Lauren – Oi, o que tá acontecendo?

-Eles estão arrumando um jeito de entrar, a porta da frente está fechada e é muito pesado para arrombar – meu pai é o primeiro a falar 

-E quem são aqueles? - indico com a cabeça para uma viatura

-Eles estavam do lado de fora com armas de fogo, mas assim que viram a polícia largaram as armas e foram entrando por contra própria nos carros – olhei novamente para o carro mais próximo e vi que um deles estava chorando? Os policiais deram algumas voltas no barracão (que era bem grande por sinal) e não encontraram nenhuma outra entrada 

-Eu vou resolver isso – Dinah avança em direção a enorme porta, tira um grampo do cabelo e começa a mexer na fechadura, todos ficaram parados, apenas olhando o que ela estava fazendo e de repente a porta se abriu 

-Como ela fez isso? - minha mãe me olhou incrédula 

-Anos de experiência mama – percebi que os policiais pararam todos na porta e meu coração gelou, corremos para perto e a visão que se seguiu foi a pior de toda a minha vida

-O.... o que aconteceu aqui? - Louis nos olhava segurando as lágrimas  

-Um massacre, é isso que aconteceu aqui – o um dos policias se aproximou – os filhos dele também estão ai – ele indicou o delegado que agora estava ajoelhado diante dos filhos em prantos, não conseguindo conter mais o choro, me entreguei a ele assim como os outros

 

 

POV Louis

 

 

Eu não acredito que o amor da minha vida pode estar no meio desses estudantes mortos, todos.....todos mortos, quem foi o mostro que fez isso com eles? Por Deus, o que se passa na mente desse louco?

 

-Vou procurar o Harry – disse enxugando algumas lágrimas

-Vou com você – Camila e eu olhamos cada um daqueles corpos e nem um sinal de Harry – Louis, olha – ela indica uma porta no fundo do local e seguimos até la, abrimos a porta de vagar e encontramos um escritório, escuto Camila gritar e de repente várias pessoas entraram no local, olhei rápido para onde ela estava e o vi ali, caído no chão e com uma arma na mão – corri para perto me jogando no chão 

-Saiam daqui – alguns policiais tentavam me tirar de perto dele, mas eu não conseguia, não podia acreditar naquela cena, ele não podia ter morrido, por que ele fez isso? Por que se matou? Não........foi ele, o tempo todo, foi ele que machucou todas aquelas pessoas, mas por quê? - saiam por favor  

-Louis......vem – Camila e Lauren me puxavam para longe do corpo, mas eu não queria deixa-lo ali, depois de muito relutar conseguiram me tirar de perto dele, Dinah e Normani choravam abraçadas logo atrás de nós

 

Saímos de lá o fomos direto para a casa de Camila, nenhum de nós conseguiu parar de chorar em nenhum momento, nem mesmo os pais de Camila, o Sr Cabello se lamentava pela perda e se culpava por nunca o ter aceitado de verdade, eu não conseguia raciocinar, minha cabeça doía, estava tudo rodando, os choros e as vozes ao me redor pareciam tão distante. Depois de uma hora ainda muito abalado, ouvimos a campainha tocar, Alejandro atendeu a porta e logo voltou com algo nas mãos 

 

-O que é isso papa? - Camila se levantou e foi até o pai que voltará a chorar – é do Harry, está endereçado a todos nós – Todos levantamos e Camila abre a carta

 

 

“Oi, eu sei que vocês devem estar confusos e se perguntando o que está acontecendo e o porquê de tudo isso, vou explicar, mas peço que me perdoem.  

A algum tempo Stive tem me atormentado e tomado conta de mim, da minha mente, do meu corpo e da minha personalidade, ele me obriga a fazer coisas as quais na maioria das vezes não me lembrava, tentei fugir por várias vezes dele, mas era impossível, estava sempre por toda a parte, acreditam que ele até me bateu e me fez desmaiar? ( RISOS) enfim, ele é um péssimo unicórnio e várias vezes me colocou contra vocês e peço desculpas por isso e por todos os problemas que causei, não sei como cheguei até esse lugar e nem como todas essas pessoas vieram parar aqui, mas eu sei quem as matou, foi eu....eu as matei, eu as torturei e as escutei pedindo por piedade, para deixa-las viver e por mais que eu quisesse parar, eu não conseguia, meu corpo não me obedecia e eu sentia prazer em fazer aquilo, os atendados no colégio ocorreram porque eu mandei que o fizessem, eu sei disso, tá tudo aqui dentro da minha mente, tudo registrado e agora eu sei, agora eu lembro, eu sei que apenas desculpas não vão adiantar, estão todos mortos, todos sofreram muito antes de ter a paz eterna, porém eu peço desculpas a todas as famílias e amigos dessas pessoas, eu tentei tantas vezes fugir daqui, fugir de mim mesmo e esse foi o único jeito que encontrei, um tiro bem no meio da cabeça, se isso não funcionar, voltarei para assombrar vocês, brincadeira a parte, eu não sei bem o que escrever aqui, não sei qual vai ser o sentimento de vocês quando descobrirem que o mostro sempre fui eu. 

Mãe e pai: me desculpem por não ser o filho perfeito, o filho que se da orgulho de ter e que vocês podem dizer – esse é o meu garoto, estamos orgulhosos de você – sempre fui um incômodo para vocês e sei disso, lamento ter causando tanto desgosto para a nossa família, nunca vou poder recompensá-los por serem os pais mais perfeitos do mundo.  

Tio Alejandro: sei que o senhor nunca me aceitou de verdade, mas sei que lá no fundo o senhor nunca deixou de gostar de mim, por favor srº e sraª Cabello, cuidem bem da minha menina, ela é uma das coisas que mais agradeço a Deus por ter tido em minha vida. 

Aos meus amigos e ao amor da minha vida: eu amo fortemente cada um de vocês e vocês não tem ideia do quanto eu lutei para melhorar, o quanto eu lutei para não mata-los enquanto dormiam, foi difícil pra mim e muitas vezes fugia de casa para não causar problemas, amo cada segundo que passei com vocês, todos os momentos bons e ruins, cada segredo que escutei, morrerá comigo hoje, por favor...guardem apenas as melhores memórias que tiverem comigo, lembrem-se que amo muito todos vocês.

Eu sei que já disse isso, mas nunca será o bastante, me perdoem, por favor me perdoem, sei que sou uma pessoa horrível, eu sei que é difícil de perdoar alguém como eu que fez mal a tantas pessoas, mas todos vocês fazem parte de mim e preciso do perdão de vocês para ir em paz.

Com amor Hazz.” 

 

 

 


Notas Finais


O que estão achando da Fic?

Até a próxima :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...