História The finally is the die.. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Namjin, Romance, Shipps, Violencia, Yaoi
Exibições 23
Palavras 1.486
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Lemon, Slash, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


🌸🌚 Anneyonghanseyo, MEUS ANJINHOS! TUDO BOM?

Aqui está o capítulo de hoje bem atrasado..

BOA LEITURA! :3 ☀️⭐️

Capítulo 5 - Como assim?


 ~= JUNGKOOK: ON =~

MED: Seu irmão, ele o corpo dele entrou em um tipo de modo defensivo por causa da submersão por bastante tempo, ele também sofreu um choque de explosão na parte sensorial do cérebro fazendo ele desmaiar subitamente, não sabemos como o corpo dele irá reagir pelo trauma e a forte pressão da água nos órgãos deles, então só podemos contar com o tempo.

JK: Eu posso vê-lo ao menos?

MED: Claro, me acompanhe, mas ele está medicado então nao estranhe sua demora nas falas.

Eu adentrei o quarto em que o médico segurava a porta, observei Hoseok(ão) deitado sobre a cama que estava reclinada um pouco para frente, me aproximei rapidamente e segurei em sua mão, ela estava fria e pálida, mas seu rosto estava rosado agora, ele expressou um sorriso e me olhou um pouco cansado..

~= JUNGKOOK: OFF =~

~= HOSEOK: ON =~

Jungkook estava realmente mais bonito que o normal, ele estava parado ali me olhando e segurando minha mão com tanta preocupação, era tão fofo, logo eu comecei a me envergonhar..

JH: Hyung, eu estou tão cansado e fraco..

ALERTA, AQUI HOSEOK É MAIS NOVO QUE JUNGKOOK!

JK: Acalme-se, irá ficar tudo bem!

JH: Espero, hyung.. O quarto é muito lindo, até colocaram flores aqui pra mim.

Disse e me virei lentamente e toquei em uma das pétalas da flor e a tirei cuidadosamente, voltei as mãos de Jungkook e coloquei dentro dela, e ele logo disse.

JK: Vou ir pegar algo para você comer.

Eu assenti com a cabeça e logo ouvi a porta bater, eu disse levemente dando algumas risadas;

JH: Nem parece o Jungkook que eu conheço..

Mas subitamente ouvi uma voz estranha em troca do que eu disse.

MED: Bom dia, Hoseok.

Eu ainda assustado, subi minha visão ao quarto e observei o médico se aproximar e continuar falando algumas coisas..

MED: Já se passaram 1 ano e 7 meses, Hoseok, bom, só estávamos esperando você acordar para te dar alta.

O desespero me consumiu mas tentei me deixar calmo, olhei para o lado e observei o vaso de flores totalmente secas e caídas, o médico não me era conhecido mesmo, mas assenti com a cabeça que estava bem, ele logo desligou os equipamentos e algumas enfermeiras entraram, elas retiraram o vaso e as pétalas mortas, uma bandeja de café fria e desconectaram com cuidado os pequenos acessos, elas retiraram o lençol que me cobria e deixaram roupas minhas passadas e cheirosas em cima da cadeira, junto com sapatos e um colar muito bonito, após um tempo de arrumação todos saíram e me deixaram no quarto para eu me arrumar, me levantei vagarosamente e pisei no chão gelado, cambaleando, andei até as roupas e as peguei indo para o banheiro, o piso era extremamente liso e refletia tudo o que passava, ao chegar na porta do banheiro, com leveza, rodei a maçaneta e empurrei a porta revelando um local extremamente iluminado, entrei e me observei no banheiro, eu não havia mudado nada, toquei meus lábios e lembrei do momento em que havia acordado e visto Jungkook tentando me "ressuscitar", pensei no nosso beijo rapidamente mas logo encontrei meu foco e comecei a vestir minhas roupas..

~= HOSEOK: OFF =~

~= TAEHYUNG: ON =~

~= MENSAGEM MODO =~

TAE: Bom dia, hyung!

SG: Bom dia TaeTae.

TAE: Eu tô tão feliz, hyung..

SG: Por que?

TAE: Como assim você não sabe porque?

SG: Eu deveria?

TAE: É claro.

SG: Mas eu não sei, o.k?

TAE: Tudo bem, então.. Acho que eu vou arrumar algumas coisas, até mais, hyung!

TAE está ausente

~= MENSAGEM MODO: OFF =~

Eu não acreditava que Suga hyung não lembrava de que meu aniversário era hoje, isso me deixou um tanto chateado e furioso, eu havia feito tantas coisas no aniversário dele e ele nem se quer lembrou do meu, hoje provavelmente eu estaria cheio de fotógrafos ao meu redor, mu pai havia alugado um prédio extenso de festas para celebrar meu aniversário, ele nunca se importava comigo, mas queria demonstrar que fazia isto, e fazendo isto era uma incrível babaquice mas Xiul tinha me dito por o pior que meu pai seja ele sempre desejou meu bem, eu não acreditava nisto, ele sempre me fazia mal mas ela não acreditava.

~= TAEHYUNG: OFF =~

~= YOONGI: ON =~

Sera que TaeTae havia acreditado que eu não sabia de nada? Isto decidia todo o meu plano de fazer uma surpresa pra ele, e se caso não funcionasse? Ele morava bem longe de mim e as poucas chances de nós ver seria ele vir pro seu aniversário no centro sul de Seul, eu poderia pelo menos cuidar do meu Ta, fazia muito tempo que nos nos vimos bem de longe, eu não pude me aproximar, meu pai me olhou quando ia sair e não retirou os olhos de mim até o final do evento, mas eu soube que o irmão de Tae, Namjoon havia encontrado Jin naquele evento e conseguiram oficializar o namoro deles, isso me trazia uma felicidade e esperança para que eles pelo menos pudessem se conhecer melhor ..., logo me dei conta que estava perdendo muito tempo meus pais iriam para o norte da Coréia hoje, isso significava que a casa era somente minha, eu poderia fazer tudo de bom para que ele ficasse feliz no dia mais importante da vida dele pois ele havia preparado tantas coisas pra mim, me mandou uma cesta de café da manhã, flores a tarde e um bolo que ele mesmo fez pra mim, isso me deixou tão feliz que eu nem sabia como iria o agradecer, mas pelo menos iria o recompensa-lo um pouco..

~= YOONGI: OFF =~

~= JIN: ON =~

O dia hoje era perfeito, iria pro aniversário do irmão de Namjoon e poderíamos nos ver hoje, eu sentia falta de Namjoon, o abraço dele me confortava tanto, ele sabia como cuidar de mim tão bem como ninguém nunca cuidou, e minha primeira vez foi com ele, ele foi tão carinhoso comigo, eu tinha certeza que nosso destino era ficar junto, ele me completava e eu o mesmo dele, bom, era já na hora do almoço, deveria fazer uma ligação para ver como estava os preparativos..

~= LIGAÇÃO MODO: ON =~

Coloquei levemente o celular em minha orelha e esperei que ele começasse a chamar, eu estava tão ansioso pra ouvir sua voz que mal me aguentava.

NM: Olá, hyung! Que bom que você ligou, meu amor.

(Jin é mais velho que Namjoon aqui sim.)

JIN: Bom dia, Namie, como vai a festa?

NM: Estamos começando a arruma.... NAMJOON, VENHA CÁ AGORA!

Namjoon falava tão suavemente quando uma voz forte e grossa atrapalhou a ligação, após ela lhe ordenar para ir até ele a ligação encerrou-se e logo eu comecei-me a por a pensar porque ele haveria feito isso, ou o que estava acontecendo naquele momento.

~= LIGAÇÃO MODO: OFF =~

~= JIN: OFF =~

~= JUNGKOOK: ON =~

Eu não acreditava que após tanto tempo Hoseok não havia mudado nada, ele estava em coma todo este tempo e eu só pensava em como eu iria dizer que não gostava dele, ou até eu gostasse só não sabia ainda.. Hoseok chegou em casa e eu fui correndo abraça-lo, estava bem mais alto que ele e Hope estava com uma cara de bebê linda, ele logo ficou totalmente corado e com vergonha, parei e me afastei dele, corri para a cozinha para avisar a omma que estava dando ordens a algumas serviçais, logo todas pararam seus trabalhos e foram com omma para a sala recepcionar Hope, subi para meu quarto e procurei algo para dizer a ele, eu estava confuso, fui pego de surpresa com a notícia do médico que havia ligado dizendo que ele saiu do coma, sim, estava feliz mas não tão empolgado como eu deveria estar, precisava que Hope acreditasse que eu estava assim pois o médico me recomendou que ele não passe nenhum tipo de raiva ou explosão de qualquer tipo de sentimento pois como o coma está muito recente isto poderia acarretar outro acontecido pior..

JK: Calma, Jungkook, só tente ser legal.

~= JUNGKOOK: OFF =~

~= NAMJOON: ON =~

Eu estava entusiasmado com o dia que seria hoje, Tae também eu acho, era aniversário dele e tudo correspondia pra que desse certo e eu queria que isso acontecesse.

NM: BOOOM DIAAA!

Disse entrando subitamente no quarto com berros gigantes, me aproximei da cama dele e o balancei pra que ele acordasse

NM: FELIZ ANIVERSÁRIO, TAETAE!

TAE: Aaaargh, Namjoon, são 7 da manhã!

Continuava balançando meu irmãozinho que hoje iria ficar mais velho 1 ano, e sabia da surpresa de Suga, só que a pedido dele guardaria segredo para que não estragasse tudo, isto era tão expectativel, e mal esperava para ver Jin e seu rosto angelical.

NM: Vamos levantar logo, Tae!

TAE: Aaaah, tá bom..


Notas Finais


Espero que tenham gostado! 🦄

🌺 Desculpe o atraso, meus amores.

😘 ANNEYONG, XoXo! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...