História The first love (Imagine Jimin) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags First Love, Imagine Jimin
Exibições 29
Palavras 1.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


T
E
M
*
H
O
T

Sz...

Capítulo 3 - Talvez um novo amor?


Fanfic / Fanfiction The first love (Imagine Jimin) - Capítulo 3 - Talvez um novo amor?

    Mudei para Seul, era meu sonho e ele foi realizado da pior maneira possível. Olhando pela janela do táxi, com lagrimas em meus olhos, porém feliz por ter mudado para Seul, uma cidade grande, onde eu poderia ter muitas chances de virar uma empresária de bom sucesso, o que era o meu outro maior sonho, que no qual não poderia se realizar em Busan. Aí, falar em Busan dói meu coração, onde eu nasci, vivi e morei por toda minha vida e lá mesmo eu tive meu primeiro amor, o primeiro e único. A saudade era imensa daquele garoto lindo, simpático, que viramos amigos depois de um tempo. Ah, aquele garoto mexia comigo, fazia meu coração bater forte.

     Logo cheguei na casa de minha irmã, bom.. Eu não sabia se era a casa dela, ela só me passou o endereço e eu fui, pois nunca tinha visitado a casa dela. Cheguei na frente de um apartamento, ele era tão bonito por dentro quanto por fora. Cheguei na recepção e perguntei por Sohye, seu marido Wang e seu filhinho pequeno Yang. O recepcionista me indicou ao sexto andar no apartamento 24. Cheguei até lá e fiquei com receio de bater na porta, porém criei coragem e bati.

 

Wang: Olá, S/N!

 

S/N: O-oi, Wang! A Sohye está? -eu perguntei meio corada-

 

Wang: Sim -disse sorridente- Entra S/N!

 

S/N: Obrigada! -corei e me sentei no sofá-

 

    Logo minha irmã aparece..

 

Sohye: S/N! O que te trás aqui? Cadê o pai e a mãe? Está sozinha? -ela disse meio preocupada, se sentando no sofá ao meu lado-

 

S/N: Ah.. Sohye.. Acontecerem algumas coisas, e o pai e a mãe se separaram, o pai ficou em Busan e a mãe foi pra casa da vó em Daegu. -falei com os olhos cheio de lágrimas-

 

Sohye: O P-pai.. E a.. M-mãe?.. -falou um tanto surpresa e triste-

 

S/N: S-sim.. Então eu posso morar aqui.. Sei lá.. Por um tempinho..

 

Sohye: Sim.. Pode sim.. O tempo que for preciso.. -a maior me abraçou e então fui arrumando minhas coisas na casa dela-

 

    O tempo foi passando, foi passando um tanto rápido. Terminei o ensino médio, finalmente, em um colégio que tinha ali perto. Conheci novas pessoas, não muitas, mas algumas. Passou um ano e meio…

 

_07 de agosto de 2012_

 

    Um ano e meio depois, eu já estava na faculdade e conheci um garoto bonito, bem simpático, divertido, e gostava de algumas coisas que eu também gostava. Viramos amigos, e eu acho que ele estava criando sentimentos por mim, mas eu fingia não saber de nada.. Até aquele dia depois da faculdade…

 

_Flashback On_

 

JK: “S/N.. Eu preciso te falar algo..

 

     Estávamos em um pátio perto da faculdade, estavamos nos divertindo até que ele interrompe nossas risadas.

 

S/N: Sim, Kookie? -falei preocupada-

 

JK: Faz um tempo que eu queria falar uma coisa.. S/N.. Eu te amo!

 

S/N: Eu sei, bobinho! Eu também te amo! -disse sorridente-

 

JK: Mas não é apenas como um amigo.. S/N eu te amo, eu te amei desde o dia que você veio falar comigo.. Sou grato por ter entrado em minha vida.. -o maior falou corado-

 

S/N: Ah.. E-eu.. -eu mau pude falar algo e o maior fechou mais perto e me beijou.-"

 

     Aquele beijo era apaixonante, era inocente, por um momento me fez esquecer de Jimin.. Mas ainda ele era o amor de minha vida

 

_Flashback Off_

 

    Eu e Kookie começamos a namorar, eu aprendi a gostar dele, ele é tão lindo, me trata tão bem, nunca tive decepções com ele. Voltando… eu o convidei para vir aqui em casa, digo, aqui na casa de minha irmã, pois ela tinha viajado e eu já tinha 18 anos e então podia ficar em casa sozinha por bastante tempo. Era 21:14 da noite e ouvi a campainha.

 

S/N: Já vaaai! -gritei me levantando do sofá e atendendo a porta-

 

JK: Ai que saudade de você minha pequena! -o maior me agarrou em um abraço apertado.-

 

S/N: Haha, eu sei do que você tem vontade.. -disse em um tom malicioso-

 

JK: Essa minha namorada é muito esperta, e eu adoro isso! -Kookie disse me soltando, fechando a porta e me olhando com um sorriso de canto nos lábios.-

 

S/N: Não perca tempo amor! -me aproximei de seu ouvido- Foda a sua namoradinha.. -sussurrei no mesmo-

 

    Iniciamos um beijo quente, ele me pegou no colo e foi me levando até o sofá, e me jogando de leve no mesmo. Ele tirou a camisa dele e se deitou por cima de mim, descendo seus beijos até meu pescoço. Comecei a soltar uns gemidos baixos.

 

JK: Sua gostosa! Ah.. -ele gemeu baixo também ao ouvir meus gemidos.-

 

      Ele colocou sua mão por dentro de minha camisa e começou a massagear meus seios.

 

S/N: Ahh.. Kookie.. Hmm.. -disse entre gemidos, pegando nas mãos do maior e apertando a mesma que estava em seus seios.-

 

     Depois de um tempo o meu celular começou a tocar, o Kook ignorou o celular, pois não queria parar o momento que estava tendo comigo.

 

S/N: Hmm.. K-kookie.. Kook.. Ahh.. JUNGKOOK! -gritou não muito alto-

 

JK: Sim? Aish.. Esse maldito celular.. -suspirou e sentou no sofá parecendo meio desapontado-

 

S/N: Shhh.. É minha irmã. -me sentei no sofá e atendi o telefonema.-

 

_Ligação On_

 

S/N: Alô? Sohye?

 

Sohye: S/N? Tá tudo bem por aí?

 

S/N: Sim! Eu estou com o Kookie aqui, ele tá me fazendo companhia… e vocês estão bem aí?

 

Sohye: Não tente disfarçar. Ele tá fazendo uma “companhia” né safada? Então por que demorou a responder? -a mais velha rio-

 

S/N: É.. Por que.. Eu t-tava.. No banheiro.. Por isso demorei.. -eu ri envergonhada junto a maior-

 

Sohye: Aham, sei! Use camisinha! Qualquer coisa é só ligar, tchau! Te amo, garota!

 

S/N: Tchau, Maninha! Eu também te amo! -desliguei o telefone-

 

_Ligação Off_


   Falando com a Sohye, eu me sentia segura, durante esses quase dois anos com ela, ela sempre foi minha rocha, em quem eu segurava firmemente, quando sentia saudade de meus pais, que faziam muita falta em minha vida. Sou muito grata a Sohye por ter sido minha “mãe” nesses últimos tempos...


Notas Finais


NÃO TEVE HOT
Me perdoem ;-;
Caso tenham alguma dica para os próximos capítulos ou até mesmo uma nova fic, me dêem sugestões <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...