História The Forbidden - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Crime, Drama, Incesto, Romance
Exibições 116
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Oh God, help me


Fanfic / Fanfiction The Forbidden - Capítulo 4 - Oh God, help me

 

 

"Amor proibido é igual veneno: se acabar provando... pode acabar morrendo." 

 

P.O.V Justin Bieber

Eu continuava a encarar seu rosto, em nenhum momento quebramos o contato visual. Assim que ela chega no ultimo degrau, estendo minha mão para ajudar-la. Ela sorri em forma de agradecimento.

- Você esta muito linda. – digo sorrindo.

- Você também não esta nada mal.

Za e Ryan a encaravam como se fossem a devorar.

- Esses são meus melhores amigos, Za e Ryan. – ela diz um “Oi” baixo, provavelmente envergonhada.

A puxo levemente para perto de minha família. Assim que nos aproximamos, sinto Angel apertar minhas mãos. Minha mãe se levanta rapidamente para dar um abraço na pequena, a mesma não reage nos primeiro segundos, mas logo seus braços se enrolam ao redor da cintura da avó.

- Meu Deus, você esta tão linda e crescida. Me lembro quando você era desse tamanho. – ela simula o tamanho com as mãos, fazia um bom tempo desde a ultima vez que minha mãe foi visitar-la. Angel a encarava com um leve sorriso nos lábios. – Meu nome é Pattie. Jeremy, venha cá. – minha mãe chama por meu pai.

Após alguns segundos, meu pai surge da cozinha se aproximando lentamente sem expressão alguma. Angel e ele não se davam muito bem antes do acidente acontecer, apesar de eu não saber o motivo de tamanha implicância com a criança.

Angel logo nota sua presença, indo abraçar-lo fortemente. Todos encaram a cena confusos.

- Oh céus, eu me lembro do seu rosto! É tão bom encarar um rosto que me parece familiar em meio a esse caos. – ela diz sorrindo ainda abraçada com o mais velho, o mesmo a afasta levemente, talvez ele ainda não goste dela.

Ela se lembrava dele, mas não de mim?

- Bom, já que Angel já desceu. Vou pedir para os empregados servirem o jantar. – digo tentando quebrar o clima meio estranho que se instalou. – Vem comigo, babe. – digo para Angel, que logo me acompanha.

Após sairmos da sala, ouço a voz suave de Angel.

- Ele não gosta de mim...

- Ele quem? – pergunto confuso.

- O Jeremy, Justin. – ela diz revirando os olhos.

- É lógico que gosta, não fale bobeira. – digo tentando encerrar o assunto.

- Eu senti que ele não gosta. Perdi a memória mas nem por isso significa que não sou capaz de reconhecer quando gostam ou não de mim. – ela encerra o assunto por ali.

~º~

Nós estávamos apenas esperando meu primo chegar, o mesmo havia avisado que se atrasaria um pouco por conta de um problema. Muitos minutos já se haviam se passado quando tia Jenny disse que podíamos começar a nos servir sem a presença de Cameron.

Durante o jantar, minha mãe contava varias historias sobre a infância de Angel, ela se encontrava toda sorridente ao meu lado. Ryan e Za não paravam de encarar a minha pequena, o que estava me incomodando um pouco.

- Você é muito bonita, Angel. – diz Za, aproveito que o mesmo esta sentado em minha frente, e lhe junto a canela. – Ai! – ele exclama.

- Obrigada, uhmm, calma, irei lembrar... Za! Obrigada. – ela diz envergonhada. Za solta uma risada fraca.

Angel não percebeu que havia acabado de ganhar uma cantada, continuou rindo das historias de minha mãe. Ela estava feliz e isso automaticamente, me deixava feliz.

P.O.V Angel Bieber

O jantar estava sendo perfeito, Pattie contava historias sobre minha infância, a maioria delas envolviam minhas bagunças com tio Justin, percebo que realmente era muito próximos. Mary e Joanna já serviam a sobremesa quando ouvimos a capainha tocar, logo um rapaz aparentemente da minha idade surge na cozinha.

- Desculpe-me o atraso, minha moto resolveu quebrar no meio do caminho. – ele tinha olhos castanhos escuro e seu cabelo estava arrumado em um leve topete. Ele me encara lançando um belo sorriso mostrando seu conjunto de dentes perfeitamente alinhados.

Tio Justin se levanta indo cumprimentar o rapaz.

- Pequena, esse é Cameron, e Cameron, você já sabe quem ela é. – eles soltam um riso. Me aproximo deles, indo dar um abraço no garoto agora conhecido com Cameron. Ele envolve seus braços por minha cintura me dando um forte abraço.

 

- Bom, vamos voltar para sobremesa. – diz meu tio por fim.

~º~

Romel e Jenny, pais de Cameron, já haviam ido embora pois estava muito tarde. Pattie e Jeremy estavam se arrumando para ir enquanto Za, Cameron e o rapaz de olhos azuis no qual eu não me recordo do nome, estavam tomando uísque junto com meu tio. Eu estava sentada na poltrona de frente para Cameron jogando um joguinho qualquer no celular de Justin.

- Tchau querida, nós já estamos indo. – diz Pattie, me levanto dando um abraço na mesma, me aproximo de Jeremy porem ele simplesmente sai me deixando no vácuo. Todos perceberam sua ação o que me deixou constrangida.

- Tio Justin, eu estou um pouco cansada, irei subir. – Dou um beijo em sua bochecha, me despedindo dos meninos em seguida.

Me deito em minha cama assim que chego em meu quarto.

Eu não sabia, ou melhor, eu não lembrava o porque de Jeremy não gostar de mim. Assim que encarei seu rosto na cozinha, fui capaz de reconhecer rapidamente.

Me sentia um pouco triste, motivo também desconhecido por mim. Deixo algumas lagrimas escaparem de meus olhos. Eu não via a hora de finalmente poder recordar de minha infância, de meus pais, eu me sentia completamente estranha com uma mente totalmente em branco.

Após um tempo deitada, acabo pegando no sono.

 

P.O.V Justin Bieber

Já eram quase 3:30 am quando os meninos resolveram ir embora. Cameron como estava com a moto quebrada, ficou para dormir em casa, todos já haviam passado do limite na bebida principalmente eu.

-Eu vou me deitar, bro. Já sabe onde fica o quarto de hospedes né. – ele concorda dando mais um gole em sua bebida.

Me levanto cambaleando um pouco, subo devagar em direção ao meu quarto. Olho para a porta de Angel encontrando a mesma entreaberta, me aproximo para fechar-la e sou capaz de ver a minha pequena deitada sobre a cama ainda com os saltos e a roupa na qual usou no jantar, entro no quarto, encostando a porta. A menina se mexe fazendo seu vestido se erguer levemente deixando a mostra sua bunda redondinha. Engulo em seco.

Me aproximo da beirada da cama tirando seus saltos cuidadosamente. Em seguida busco um edredom para cobrir seu corpo. Assim que coloco o pano sobre sua pele, ela acorda.

- Tio... durma comigo. Por favor? – penso em negar porém ela me encarava de uma forma tão meiga que foi quase impossível. Retiro meus sapatos e minha camisa me deitando ao seu lado.

Ela se aproxima deitando sobre meu peito, jogando uma de suas pernas sobre a minha deixando sua intimidade coberta pelo pano da calcinha encostada em minha perna.

Pensamentos impróprios começam fluir em minha mente. Sei que é errado uma relação entre parentes, porém depois daquele beijo na qual ela me deu, eu não consigo parar de o quão bom seria ter-la em minha cama.

Oh Deus, me ajude. 

 

Continua...

NOTAS FINAIS.

 


Notas Finais


Scrr que o Justin já ta ficando safadenho skskks

Gente voces me desculpem por ter ficado sem postar.
Com o final de ano chegando, preciso me dedicar mais aos trabalhos e projetos escolares o que toma o tempo que uso durante a semana para escrever um capitulo bom para voces, então não irei mais postar todo domingo, porém assim que eu entrar de ferias (final de novembro) vai voltar a ter capitulos nos dias certos. Espero que não se importem com isso.

Enfim, espero que tenham gostado, vejo vcs no proximo cap, bjs bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...