História The Forgotten Girl - Second Season - Capítulo 19


Escrita por: ~ e ~edudiangelo

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, Teen Wolf, The Vampire Diaries
Personagens Alan Deaton, Alaric Saltzman, Alice Cullen, Bella Swan, Bonnie Bennett, Carlisle Cullen, Caroline Forbes, Charlie Swan, Chris Argent, Cora Hale, Damon Salvatore, Derek Hale, Edward Cullen, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Emmett Cullen, Enzo, Esme Cullen, Jasper Hale, Klaus Mikaelson, Lydia Martin, Malachai "Kai" Parker, Malia Tate, Matt Donovan, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Rebekah Mikaelson, Rosalie Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stefan Salvatore, Theo Raeken, Tyler Lockwood
Visualizações 66
Palavras 1.518
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey guys, tudo bem com vocês?
Mais um capítulooo ❤
Esse é praticamente o último, já que o próximo é o epílogo e eu espero realmente que vocês gostem!
Eu tô muito feliz e inspirada, amanhã (dia 9 no caso) é meu aniversário!!!
Obrigada pelos comentários no último capítulo, eu adorei todos!
Vamos ao capítulo?

Capítulo 19 - Chapter Nineteen - Back to the axes


Fanfic / Fanfiction The Forgotten Girl - Second Season - Capítulo 19 - Chapter Nineteen - Back to the axes

Anteriormente...

— Eu sabia que você ia ficar mais linda ainda quando se tornasse metade vampira. - Eu me desfiz do abraço e vi Stefan atrás de Damon, sorrindo - Sentiu minha falta?

— Aí meu Deus, Stefan! - Eu corri e o abracei, aquilo tudo podia realmente ser um sonho, e se fosse eu não queria que acabasse. - Você tá aqui, você tá vivo! Como você tá? Você está bem?

— Eu estou bem. - Eu sussurou me apertando mais em seus braços. - Eu estou bem.

The Forgotten Girl...

— Ok, agora só me digam uma coisa. - Eu disse enquanto amarrava o cordão do roupão e entrava no quarto de Stefan - Quem é o irmão mais sem juízo mesmo?

— Ah, fala sério. - Damon gemeu, sentando na cama ao lado de Stefan - Ainda não acabou?

— Não, não acabou! Eu devia matar vocês dois. Achou mesmo que uma fita iria me impedir de estar com a humanidade desligada agora se vocês dois estivessem mortos?

— Eu não tenho culpa de nada. - Stefan levantou as mãos, em sinal de redenção - Não pedi pra morrer.

— Ah, é mesmo? - Perguntei ironica - Todos sabemos que quem era pra ter morrido na Itália era eu.

— Maira, não começa - Stefan agora parecia irritado - Sabe como foi esses meses do outro lado ouvindo você dizer para todos "era pra ter sido eu" "Stefan estaria vivo se não tivesse se entrometido" - Ele me imitava enquanto andava pelo quarto - "Eu não pensaria duas vezes se tivesse que morrer para ter Stefan de volta"

— Eu menti em alguma dessas vezes? - Eu estava irritada - Se você não tivesse se entrometido não teria morrido.

— Gente, já chega. - Elena entrou no quarto com duas bolsas de sangue nas mãos - Tá todo mundo vivo, não está?

— Claro que está, mas se dependesse dos meus dois irmãos super responsáveis - Peguei uma das bolsas - Talvez se um dia eu desligar a humanidade um mate o outro pra me fazerem ligar.

— Mas que infantilidade. - Damon revirou os olhos - Agora, mudando de assunto, gostou do carro?

— Carro? - Stefan perguntou confuso - Ah, seu aniversário, não é?

— Fica tranquilo maninho, você ajudou a pagar. - Damon deu de ombros e Stefan o olhou ainda confuso.

— Ajudei? - A confusão no rosto de Stefan fez Damon e Elena rirem.

— Sim, você ficou tanto tempo de olho na nossa pequena irmãzinha que não viu qualdo eu peguei o dinheiro no seu cofre nada secreto. - Damom parecia se divertir enquanto falava - Falando nisso, obrigada por reabaster nosso estoque de bourbon.

— Eu ainda não tenho carteira então eu ter gostado ou não, não importa muito. - Eu mudei de assunto sem ânimo.

— An... Uma pergunta, cadê seu namorado? Theo, não é? - Damon perguntou, e eu me sentei ao lado dele.

— Eu... Eu terminei com ele, Damon. - Respondi abaixando o olhar - Theo me traiu... Machucou Seth... Acho que não ia mesmo dar certo.

— Uma pergunta. - Stefan levantou a mão e eu o olhei - O que é imprinting? Olha só, sinto muito por saber mas... Eu fiquei de olho em você todos os dias que estava do outro lado.

— Não quero falar disso... E, obrigada por me lembrar, tenho que conversar com o Seth.

— Algum problema? - Stefan perguntou preocupado

— Ela tem medo de perder o controle. - Elena respondeu por mim - E atacar ele.

— Nas lendas que Jacob me contou... Ele disse que um lobo, pelo menos da espécie deles... Só tem um imprinting com uma pessoa que tem o espito igual ao seu. - Eu abaixei o olhar - "É difícil restir ao nível de compromisso e adoração" - Lembrei da frase que Bella tinha me dito no avião enquanto íamos pra Itália, ainda com o olhar baixo - Não sei se estou pronta pra isso... E se eu acabar magoando ele?

— Impossível, a única pessoa que você consegue magoar na face da terra sou eu. - Damon brincou, e depois ficou sério - Mas, brincadeiras a parte... Você não consegue magoar quem você gosta, até mesmo se machucaria pra não ter que fazer isso.

— Concordo com ele. - disse Elena sorrindo - Você pode ser muito teimosa, mas o seu forte não é magoar as pessoas.

— Falando em magoar as pessoas... - Mudei de assunto rapidamente - Onde está Katherine?

— Queimando nos mais profundo fogo do inferno, talvez? - Damon comentou rindo.

— Estou falando sério. - Disse sem paciência - Consigo escutar Seth dormindo no quarto de hóspedes, mas não vejo ainda não vi ela, nem mesmo na tumba....

— Eu também estava falando sério - Damon me interrompeu, dessa vez sem piadas - Bonnie não a trouxe de volta.

— O que? Do que está falando? Vocês deixaram ela sozinha do outro lado? - Perguntei desesperada, ficar preso no outro lado era demais... Até mesmo para Katherine. Ela também estava morta no meu lugar.

— Katherine não estava comigo - Stefan disse com a voz desanimada.

— Como é possível Katherine ter encontrado a paz e você não? - Perguntei indignada e ele abaixaram o olhar - Damon estava mesmo falando sério... Katherine foi direto para o inferno, não foi?

— Eu sabia que Aro iria dar um jeito de nós matar... Caroline nunca os enfrentou, nem mesmo quando começaram com a tortura de tirar nossos anéis e nos colocar no sol - Stefan fez uma careta enquanto mechia em seu anel - Eu os enfrentei... Várias vezes. Principalmente quando ele leu minha mente e viu você e o Damon... Sabia que vocês eram as pessoas que eu mais amava, qur eram importantes pra mim. E Katherine, bom, você conhece a Katherine. Nos combinamos de atacar quando víssemos que eles fariam algo contra você ou ele, nos iríamos atacar. Eu também sabia que Edward leria minha mente então pedi para ele falar para Bonnie nos trazer de volta quando morreremos, sabia que ela seria capaz. Mas... Quando cheguei no outro lado... Katherine não estava lá, eu estava sozinho. Ela nos ajudou, mas eu não consegui ajudá-la.

— Você e Caroline...?

— Não voltamos - Ele respondeu rápido - Minhas chances acabaram assim que eu fiz meu acordo com Katherine.

— Acho que... Todos nós perdemos muito nos últimos meses. - Murmurei me encolhendo no peito de Damon, que me abraçou.

— Nos continuamos juntos - Stefan se sentou do nosso lado e colocou a mão em meu ombro - Nos somos família, pra sempre.

— Será que eu estou no meio dessa família? - Elena se ajoelhou na frente da cama, sorrindo.

— É claro que faz, Elena - Respondi me ajeitando na cama - Vou precisar de você pra arrancar o coração do Damon e do Stefan quando pra me trazer de volta quando eu desligar a humanidade.

— Deixa comigo - Ela prometeu e todos nós rimos.

— An... - Eu me levantei da cama quando escutei Seth acordar - Preciso falar com ele...

— Vai lá, boa sorte maninha. - Ouvi Damon dizer enquanto eu saia do quarto. 

Eu fui com os olhos grudados no chão enquanto eu pensava o que eu diria para Seth. "Tenho medo de ter sede demais e atacar você" seria cliché demais? "Preciso de um tempo para conseguir controlar a sede" poderia magoa-lo? Virei a curva dos corredores e como se eu precisasse ter um belo momento constrangedor, eu de cara com Seth.

Me desculpe. - Nos dissemos juntos e ele se afastou alguns passos. 

— Eu estava te procurando. - Ele disse e gesticulou para as paredes do corredor - Casa grande.   

Demorei  um ano para parar de me perder - Nos rimos, e ele pareceu sem graça - Podemos conversar? 

— Claro, claro, é... - Ele respirou fundo, tentando organizar as palavras - Claro, podemos.

— Meu quarto? - Perguntei apontando para porta ao lado, e ele assentiu e entrou no quarto, se sentando em uma cadeira - Seth, eu...

— Maira, eu ouvi - Seth me interrompeu - E você sabe não é? Sabe que eu não posso mudar isso, e sabe que independente da sua decisão agora, eu posso esperar. 

— Eu só ia dizer que eu quero tentar me aproximar de você... Mas não agora. Sabe o relacionamento que eu acabei de sair, e não que eu pense que você faria a mesma coisa, longe de mim. Mas agora eu quero aproveitar minha família e amigos. - Quando eu vi a pergunta se formando em seus lábios eu o cortei - Sim, eu sei que não tem nada romântico em ter um imprinting, não necessariamente. E por isso... Amigos? - Eu estendi minha mão para ele, ansiosa para que ele entendesse. 

— Amigos. - Ele apertou minha mão e me abraçou, eu sabia que com Theo tinha começado exatamente daquele jeito mas... Também sabia que teria um fim completamente diferente. 



“A verdadeira amizade multiplica o bom na vida e divide os seus males.”
Baltasar Gracián


The Forgotten Girl... 


Notas Finais


Eai gente, gostaram?
Estão preparados para o fim de mais uma temporada?
Volto logo com o nosso prólogo.
Até loguinhoo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...