História The Fourteen Reasons - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 13 Reasons Why, Bts, Hoseok, Jihope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kookmin, Namjoon, Suícidio, Taehyung, Vmin, Yoongi, Yoonmin, Yoonseok
Visualizações 105
Palavras 1.572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Fita 2, Lado A


Fanfic / Fanfiction The Fourteen Reasons - Capítulo 4 - Fita 2, Lado A

"Min Yoongi, você não negou os boatos quando pôde e isso me destruiu. Me destruiu porque eu confiava plenamente em você. Yoongi, meu melhor amigo, já pode respirar, falar de nossa história me dá ânsia, ainda bem que mortos não podem vomitar. Troque de fita p!ara saber o outro felizardo que marcou a minha vidinha inútil. Nunca se esqueça, Min, até depois do fim."

E com esta fala a fita do loiro acabou, Jeon respirou fundo quando percebeu que estava sem as outras fitas; precisava voltar para casa e terminar de ouvi-las.

Ele tirou os fones do ouvido e os guardou junto com o walkman, no bolso da sua calça.

Pegou a sua bicicleta e montou na mesma, observando a rua vazia, começou a pedalar para longe do parque, porém se sentiu desconfortável quando um carro diminuiu a velocidade e começou a acompanhá-lo.

Algumas gotas de suor escorregava pelo pescoço de Jungkook enquanto ele acelerava o passo e passava a mover as suas pernas cada vez mais rápido com os pés no pedalo, querendo se afastar do carro estranho que o perseguia desde que saira do parque.

Sentiu seu coração falhar ao lembrar da fala de Jimin, estava com medo:

Sim, você está sendo observado.

Ele olhou pra trás enquanto ainda acelerava, o carro quase ao seu lado. Ele forçou o seu corpo a ir mais rápido, já sentindo as pernas doerem pelo esforço feito, o moreno piscava rápido e a sua respiração completamente desregulada.

Sentiu o seu corpo ser arremessado para longe quando a sua bicicleta bateu em uma lixeira; a sua testa ardia e suas pernas tremiam. Viu o carro ainda lento passar direto de seu corpo e respirou aliviado, voltando até a bicicleta e só então vendo que havia se cortado quando seu dedo se sujou de sangue quando tentou limpar o suor da testa.

- Droga! - reclamou, montando em cima da bicicleta e indo para a sua casa que já estava próxima.

Chegando na residência, foi recebido pela mãe que assistia algum programa de culinária, ele tentou passar despercebido mas a tentativa foi em vão, já que a Sra. Jeon estava atenta e justamente o esperando chegar.

- Kook, filho, tudo bem?

Perguntou ao notar o estado do filho: a roupa que vestia completamente suja e sua camisa tinha um rasgo na lateral, causado pela queda.

- Sim. - murmurou.

A sua mãe se levantou rápido e o impediu de ir para o quarto, vendo finalmente o restante das consequências causadas pela queda.

- Oh, meu Deus! Jeon, o que aconteceu com você? - ela arrastou o menino até o sofá e correu pela casa para pegar as coisas que usaria para cuidar do ferimento de JungKook, voltando até o mesmo que tinha os olhos fechados e a mente á mil. - Me responda, JungKook!

- Eu cai da bicicleta. - contou. - Enquanto voltava para cá.

- Eu já te disse para usar o capacete! - reclamou. - Poderia ter sido algo pior, Kook. - ela terminou de limpar o ferimento e colocou um esparadrapo por cima. - Pronto.

- Omma, eu vou tomar banho e vou dormir. Estou cansado e as minhas costas doem. - ele disse, já se levantando e se despedindo da mãe que o encarou confusa.

O jovem nem esperou pela resposta da Sra. Jeon, apenas caminhou até o quarto e se trancou no mesmo. Retirou do bolso da calça o seu fone e o walkman, encarando profundamente o aparelho antes de soltar e inspirar profundamente o ar, o largando sobre a sua cama e, tirando a sua roupa suja e desgastada para poder tomar o seu banho.

Do jeito que veio ao mundo, JungKook entrou no box e ligou o chuveiro, observando a água começar a cair. Depois de um tempo apenas observando, Jeon colocou o seu corpo sob as gotas que caíam e se deixou relaxar, sentindo a água morna bater contra as suas costas.

Talvez ele tenha relaxado demais, ou apenas seja Park Jimin que jamais saira de seus pensamentos e memórias.

⏪ ▶ ⏩

- A água está boa para você?

- Uh... Sim. - respondeu o de porte menor, sentindo a água morna bater contra as suas costas.

- Quero que relaxe e se sinta a vontade, Jimin. - JungKook falou, entrando no box também e observando o quão belo o seu namorado fica com a cueca fofa que tinha como estampa alguns macaquinhos.

- Não olhe para mim assim, Kookie. - pediu, se sentindo ainda mais tímido. - Vai me deixar tomar banho sozinho? A água está realmente boa. - comentou e Jeon sorriu, entrando também debaixo do chuveiro.

- Se a minha mãe tivesse liberado a banheira para o meu banheiro, isso seria bem mais legal. - reclamou.

- Uh... Sem banheiras, JK. - resmungou.

JungKook deu de ombros. Virou Jimin de costas e pegou o sabonete líquido, despejando em sua mão e passando nas costas do namorado, aproveitando para fazer uma massagem nas costas do mesmo, o sentia tão tenso ultimamente.

- Ouviu um suspiro longo escapar dos lábios cheios de Jimin e deixou a água levar a espuma para o ralo, depositando uma trilha de beijos do ombro esquerdo até a bochecha dele, onde Park teve que virar para que os lábios de JungKook pudesse tocar os seus, olhando de forma profunda para ele antes de selar suas bocas.

Iria sentir falta deste contato.

⏪ ▶ ⏩

JungKook se pegou chorando com a lembrança. Foi a última vez que o mais velho foi ao seu banheiro. Aquela noite tinha sido uma despedida e ele nem ao menos reparou, percebia agora ao lembrar quantos 'eu te amo' Jimin tinha dito à ele, pela forma que ele se entregou tanto quando JungKook o tocou, quando ouviu o Park murmurar para si o quanto se sentiria culpado, caso fizesse o seu namorado sofrer. Tudo fazia sentido agora.

Jeon enxugou as lágrimas e saiu do banheiro, se secando e vestindo uma roupa confortável, sentindo o cheiro forte de Jimin em sua camisa. Ele adorava aquela camisa e sempre a vestia quando ia visitar o mais novo. Sentou-se na cama e pegou o walkman em suas mãos, retirando a fita que tinha acabado de ouvir, e se esticando para pegar a caixa e retirar a outra fita.

Fita 2, Lado A.

Respirou fundo antes de colocá-la, colocou os fones no ouvido e esperou a fita ser reproduzida.

"Desta vez, sem tanta enrolação. Dedico esta fita para aquele que, um dia, jurou de pés juntos nunca me abandonar. Não, Yoongi, não é outra fita para você. Desta vez iremos falar de Jung. Jung Hoseok. É feio prometer algo que você sabe que não irá cumprir."

Jeon deitou-se e fechou os olhos, ouvindo a voz do namorado através do aparelho.

"Nossa história começou na metade do ano passado, quando eu estava sozinho e aguentando calado toda essa porra que é o cyberbullying, por causa do Min. Você chegou na escola e me pediu ajuda, se sentia perdido. Bons tempos, você era um dos únicos que ainda não tinha me julgado por todos os rumores que aquela maldita foto causou. Dois meses depois você começou a mudar, se afastando de mim como se eu fosse um alguém com uma doença muito grave e contagiosa. Descobri então que você era gay, não me importei, também sou. Conversei com você sobre isso e mesmo assim você continuou se afastando, descobri também que estavas a ficar com Min Yoongi. Eu te contei o meu lado da história, abri o jogo com você e deixei bem claro que não tenho nada contra o relacionamento de vocês dois, só não queria que ele te machucasse da mesma forma que me machucou, e você disse que estava tudo bem. Nos aproximamos novamente. Eu tinha certeza que nossa amizade, nosso laço era real, ao menos para mim, mas Hoseok, você jogou toda essa porra no lixo. Eu lembro quando você riu de mim tão escandalosamente quando um dos seguidores babacas do Yoongi fez uma piada estúpida comigo, você e todo o colégio."

⏪ ▶ ⏩

Park Jimin caminhava tranquilamente para o seu armário, até esbarrar com Min Yoongi e seu grupo de idiotas, os encarou e viu o seu amigo, Hoseok, com as mãos entrelaçadas com a do loiro.

- Pessoal, a bunda do cara que deu no primeiro encontro no parque é tão grande que deve ter afetado a visão. - gargalhou, sendo acompanhado pelos alunos que observavam a cena. - Olha por onde anda, vadia.

E novamente as pessoas riram, inclusive, Jung Hoseok que tinha o rosto completamente vermelho de tanto rir.

E isto magoou Park de uma forma devastadora.

⏪ ▶ ⏩

"E então nós nos afastamos. O que chegou nos ouvidos dos outros foi que eu tinha tentado dar em cima de você, e você, como um bom mocinho, tinha me rejeitado pois era um cara comprometido e fiel ao cara que iniciou um inferno em minha vida, e o pior é que você sabia como ele fez isso, e adivinha só?! Você deu continuação a esse inferno da mesma maneira que ele começou. Você não desmentiu os boatos e me abandonou."

JungKook abriu os olhos e esmurrrou o colchão, sentindo raiva de Jung Hoseok. O maldito tinha falado com Jeon JungKook no dia anterior, na escola, dizendo que sentia muito pela perda e que gostava muito da pessoa que o Jimin era.

Falso! Covarde! Idiota!

Jeon xingava o de cabelos alaranjados mentalmente, puxando o ar para dentro e o soltando para fora de forma lenta, tentando se acalmar.

"Mas este é o seu lado, Jung. Se quiserem ouvir o meu lado, a verdade dita por um garoto morto, apenas vire a fita."


Notas Finais


Não aguentem o cyberbullying, ou qualquer tipo de bullying, quietos. Conversem com alguém e peçam ajuda.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...