História The Fredbear's without limits - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine, Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Ballora, Bendy, Bidybab, Bonnie Hand Puppet (Bonbon), Bonnie the Bunny, Boris the wolf, Carlton, Charlotte "Charlie", Chica the Chicken, Circus Baby, Dave, Endoskeleton, Ennard, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Fritz Smith, Funtime Foxy, Funtime Freddy, Golden Freddy, Jason, Jeremy Fitzgerald, Jessica, Mangle, Marionette, Michael, Mike Schmidt, Minireena 1, Minireena 2, Nightmare, Nightmare Balloon Boy, Nightmare Bonnie, Nightmare Chica, Nightmare Foxy, Nightmare Freddy, Nightmare Mangle, Personagens Originais, Phone Guy, Plushtrap, Purple Guy, Sammy, Shadow Bonnie, Shadow Freddy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Fangle, Fnaf, Fronnie, Goldentrap, Plushtrap X Plushbear, Shadow Fronnie, Toy Fronnie
Visualizações 38
Palavras 2.511
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Nossa, capitulo cheio de drama que eu fiz com muito sal e açucar...
Tem momento Frennie, Toy Fronnie, Goldentrap só tem treta.

Um pouco do passado do golden pra ficar bem salgado.

Capítulo 7 - — Grups — the end


Fanfic / Fanfiction The Fredbear's without limits - Capítulo 7 - — Grups — the end

╔═━───━▒ ✦ ▒━───━═╗

— Grups —

╚═━───━▒ ✦ ▒━───━═╝





≈ Golden’s Narrative ≈



Nois — Freddy, Spring, Funtime Freddy, BonBon e Bonnet — entramos no prédio escolar, BonBon e Bonnet foram para a sala deles, o Funtime foi para outra, e graças a Jesus — ou não — eu fiquei na sala do Freddy.


Quando entramos na sala vimos alguns conhecidos — Chica, Foxy, Bonnie, Spring Bonnie, e Ennard — eu sentei no fundo, Freddy sentou junto a Bonnie e o Spring sentou ao meu lado — Idiota — pensei, ele não larga mais do meu pé.


O professor entrou na sala ele era ruivo, olhos verdes e sardas, ele parecia jovem, começou a falar, e tagarelar — O nome dele era Fritz e dava aula Geográfica — ele começou a passar a matéria.


Quebra do tempo


Depois da aula do Fritz tivemos aula de História — com o chato do Mike — e português — com o Scott — quando finalmente tocou o sinal do intervalo, todos saíram correndo, menos eu, Spring — Óbvio, ele e o tipo de grude Clichê que não pede uma oportunidade de me atormentar—, o Freddy e o Ennard.


–Me esperem cassete!– Freddy foi atrás dos “grupinho” dele.


Ennard saiu vendo Baby correr no corredor, e eu fiquei terminando a letra de uma música que eu estava compondo, ignorei a presença do Spring continuei compondo.


–Golden? Isso é um poema?– Ele pegou meu caderno lendo a música.


–Me devolve!– ele levantou o caderno –Eu não vou agir como uma garotinha! Me devolve logo o caderno!– eu falo e ele coloca o caderno na mesa.


≈ Spring’s Narrative ≈


Sim talvez eu esteja sendo um tanto obsessivo…. Já tentei fazer amizade com o Golden de várias maneiras:


Sendo gentil, o mimando – levei um tapa –, sendo um pouco menos obsessivo, agindo como um louco que ama Kpop – Levei outro tapa –, sendo chato, sendo manhoso, ficar provocando ele…. Nada deu certo… Seriamente, eu não estou pensando em desistir. Não tão fácil…


Confesso que com essa obsessão, acabei que comecei a gostar do Goldie, porém ele sequer liga pra mim… Friendzone total.


do nada o Candy e o Bonnet passaram no corredor gritando:


–NOTE-ME SENPAI!!!–


O que esses dois estão tramando? será que o Bonnet sabe que o Candy gosta da BonBon? E será que o Candy sabe que o Bonnet gosta da Cindy? Acho que isso vai dar merda…


–Dois idiotas– falou golden, sua orelhas se abaixaram em um ato um tanto fofo.


–NOTE-ME TAMBÉM SENPAI!– dessa vez quem saiu correndo foi o Funtime….


–Três – o corrigi…


–Quatro– ele corrigiu –contando com você...– ela falou amaçando a folha do caderno e jogando no lixo.


–Ain…– fiz a expressão mais Gay que consegui –Doeu seu fela de uma mãe– que eu pretendo transformar em cunhada…


–Gay...– Ele Falou.


–Sou mesmo!– ele corou, –E parece que não é só eu...– ele virou a cara e inflou as bochechas, VONTADE DE MORDER!


–Eu não sou!– ele virou para mim ainda inflando as bochechas –Sou bi… E diferente!–


–deixa eu ver se acredito… Não..– eu falei me sentando na mesa do professor –Até seus irmãos mais novos já assumiram…. Menos você! – eu falei.


–Já disse não tenho nada a assumir… Eu sou assexual… Ponto final...–


–Tanto faz...– e disse e sai andando para a cantina…


≈ Golden’s Narrative ≈


O Spring saiu, e finalmente meu silêncio sagrado… Eu não aguento mais! E sempre a mesma coisa! Ele começa a me provocar eu fico vermelho, e ele sai como se nada tivesse acontecido… 


–cara chato da porra...– eu falei.


≈ Narrative ≈


No refeitorio os Toys estavam conversando, Toy Bonnie comia um Dunet, enquanto tomava algo que parecia suco de morango, mas na verdade era iogurte.


Toy Freddy adimirava a beleza do menor, enquanto Toy Chica e Mangle conversavam sobre seu “superShipp”enquando Carl comia seu pacote de kit kat sem falar nada.


Toy Chica vestia uma blusa rosa, uma saia completamente colorida uma bota branca e uma meia calça laranja.


Já Mangle, usava um vestido branco escrito “I’m Machine” em rosa e com uma jaqueta preta, calçando uma sapatilha preta.


Carl, era uma garota rosada dos olhos alaranjados, trajava um vestido marror estilo lolita, uma meia branca e uma sapatilha preta.


Carl era verdadeiramente despressivel graças a sua mãe, uma garota homofóbica deixava sua mãe tão orgulhosa — desonravel — mesmo não se importando muito com os argumentos de sua a mãe, a rosada ainda achava — isso — errado.


Ao contrario de sua irmã Mangle, que era, simplesmente fanática por coisas desse tipo.


•~•


em outro lugar não longe dali, estavam Chica, Freddy, Foxy, Suzie, Bonnie e Frank.


Chica era loira, não tanto quanto sua irmã Toy, a mesma tinha penas em sua cabeça, vestia um vestido rosa bebê e uma meia amarela com uma sapatilha rosa.


Já foxy usava um moletom com uma raposa “fofa” que ele argumentou ser dada pela sua vó — mas não precisa ser esperto para saber que ele verdadeiramente é dono de uma personalidade fofa, porém totalmente pervertida —,uma calça preta e um tênis branco.


Bonnie não é um grande mistério, completamente inocente, vestia uma blusa roxa, um casaco branco, uma calça branca e um tênis preto.


Freddy, por vez vestia uma blusa preta e o mesmo casaco que todos os seus irmãos primos e… Bem todos os Fredbears, castanho com pelúcia castanha escura., uma calça jeans preta, com uma bota qualquer.


Suzie, a rosada vestia uma saia marrom e uma blusa branca, uma meia branca e uma sapatilha preta.


Suzie não era como Carl, mesmo sendo gêmeas idênticas, as duas não tinham nada em comum,a garota mais nova era uma fujoshi completa, tinha até carteirinha feita por Mangle.


Frank, já era mais, oculto, o garoto tinha cabelos brancos, olhos cinzas e pele clara, , uma blusa branca, uma gravata cinza uma meia branca e uma tênis social preto, seu cabelo estava amarrado em dois coques em forma de Maria chiquinhas.


Frank era o tarado do grupo, mesmo com sua aparência angelical, o garoto não tinha um pingo de vergonha na cara, um fundashi também de carteirinha.


•~•


Na sala de aula do 3°AC, os Nightmares falavam sobre os novatos, Nightmare Freddy Somente ficava calado.


Bem nem sei por que estou falando dos nightmares, não são tão importantes para a vida no planeta terra.


•~•


Golden se levantou — para falar a verdade ele estava morto de fome —, saiu da sala vendo Spring mexendo em seu armário.


–Já estava com saudades?– Spring riu, sendo ignorado por Golden, –está me ouvindo? não me ignora!– a mais velho bufou –Da para parar de ser mal educado e me responder?– o mais novo o mais novo mordeu a língua já com raiva.


–Minha falta de interesse não tem nada haver com minha educação!– o mais novo gritou e saiu andando, ignorando o olhar de alguns alunos


Shadow Freddy E Shadow Bonnie se aproximaram do menor.


–Nossa que dó do Spring– disse Shadow Freddy rindo.


–Dó? Cassete, aquilo doeu até em mim– Shab Riu.


–vão me deixar em paz ou continuar me infernizando?– Golden reclamou e os dois Shadows se afastaram.


Golden verdadeiramente não queria ser assim, mas a vida o forçava a ser cada vez mais duro com si mesmo.


Quando era pequeno, ele via coisas horríveis, sua mãe era abusada por seu pai, ele nunca contava o'que tinha visto, até um dia seu pai… Eram memórias torturantes. Ele não se limitava a lembrar do homem que um dia chamou de pai, jurou que nunca iria sentir um pecado tão forte como o amor.


–Que droga…– murmurou, indo para os dormitorio, deu uma desculpa qualquer sobre dor de cabeça para a supervisora — Simone —, e foi para o seu quarto, ignorou sua fome e foi dormir, Spring Trap era uma pedra em seu sapato, ele odiava o loiro mais velho.


Quebra do tempo


Spring estava preocupado com o loiro mais novo, Golden havia faltado todas as aulas, isso deixava o mais velho extremamente preocupado.


–ele sempre mata aula, não se estresse com isso– Toy argumentou.


–Nossa que mal imagem do Goldie...– Falou Funtime –Ele só fica puto muito fácil–.


–Você só fala isso porque e o preferido!– diz Freddy.


–Sabe qual e o nome disso?– perguntou Frank –TPM, Tarado punheteiro de merda–.


–Oque isso significa?– perguntou Toy Bonnie


–Nada Toy...– Toy Freddy falou passando a mão no cabelo do azulado.


–Quanta inocência – murmura Bonnie.


–como se você também não fosse– fala Spring.


–E você é um pervertido de merda, não pode falar nada do Bonnie– diz Frank.


–pois e...– o urso mais velho fala.


eles entram no prédio do dormitório.


–QUEM GOSTA DE COMER LEVANTA A MÃO! E QUEM GOSTA DE DAR TAMBÉM – Funtime gritou mais foi ignorado.


–Você está poluindo a mente dos meus primos arrombado!– Spring Bonnie falou.


–poluindo nossa mente?– Toy Bonnie pensou alto.


–Colocar pornô nas nossas mentes Toy– Bonnie fala, e Funtime o encara como se ele fosse uma assombração –Que foi?? eu ouvi o Frank falando–.


–Bonnie… nunca repita o'que o Frank Fala...– Freddy disse colocando a mão na cabeça do menor.


–ta– disse calmo.


–Bipolar– murmurou Spring.


–Eu moido (。・ω・。)– disse toy Bonnie.


–Moide forte?– perguntou Frank.


–Moido–.


•~•


Freddy e Bonnie entraram no quarto e Bonnie se deitou na cama.


–Seriamente, eu acho que não estou respirando– Freddy falou sendo encarado pelo mais novo.


–se você não estivesse respirando não estaria vivo– Bonnie suspirou –eu vou tomar banho– Freddy assentiu.


O mais novo saiu do banheiro um pouco depois, com uma calça preta e um moletom de Unicórnio.


Bonnie deitou na cama e Freddy foi tomar Banho.


≈ Freddy’s Narrative ≈


Quando sai do banho vi Bonnie dormindo na minha cama, sentei do lado dele, acariciando seus cabelos, ele abraçou minha cintura um pouco vermelho.


–Bonnie, eu sei que você não está dormindo– eu falei.


–To sim– ele falou, eu dei um beijo em sua testa e deitei com ele –Obrigado Freddy–.


–Claro coelhinho– MEU coelhinho.


≈ Toy Freddy’s narrative ≈ 


Toy Bonnie estava tocando guitarra enquanto eu ouvia Survive the night no Youtube.


–Uhun?– ele parou de tocar –Posso ouvir também?– Ele perguntou sorrindo.


–Claro– ele se sentou no meu colo — coelho atrevido, inocente do caralho, lindo da porra —, e eu corei.


Era muito fofo, ele tentava cantar algumas partes, porém sempre errava uma ou duas palavras, até que ele parou de tentar e apoiou a cabeça em meu ombro.


Eu o encarei, ele havia dormido, parecia um anjo de tão fofo.


–Meu coelhinho inocente– eu o coloquei na cama e fiquei obcervando o azulado dormir, acariciei sua bochecha e sua boca rosada se abriu minimamente, era tão tentador, queria juntar nossos lábios e…


Eu afastei esses pensamentos da minha cabeça e fui tomar banho, o dia ainda não havia acabado.


•~•


≈ Narrative’s ≈


Spring andou em direção ao quarto de Funtime Freddy, ele queria saber o motivo do ódio de Golden, ele precisava saber.


Bateu duas vezes na porta e entrou, vendo Frank e Funtime discutindo sobre algo.


–Funtime, eu posso falar com você sobre o Golden?– O Albino acentiu e Frank encarou os dois.


–Ja entendi, Tchau para vocês– o mais novo saiu do quarto.


–Oque foi? Parece serio...– Diz Funtime.


–Bem… Por que… Porque o Golden me odeia?– o mais velho perguntou em um tom melancólico.


–Bem… Ele… E difícil explicar...– o mais novo coçou a nuca –O Golden… Sofreu muito quando pequeno–.


–Como assim?–.


–Foi na época que nosso pai sumiu, eu… Eu era pequeno só tinha quatro anos e Freddy e Golden seis, toy Freddy era um bebe renchonchudo e… Bem isso não importa, eu so ouvi falar sobre um estupro, e que nossa mãe era abusada pelo mm nosso pai.– Suspirou –Golden era o único que sabia sobre isso, agente não sabe quem foi a vitima, mas não fui eu, nem o Freddy, nem o Toy…–.


O mais velho ficou pasmo 


–Bem… Acho que você entendeu, mas o Golden nunca falou sobre isso, eu não posso confirmar… Mas… Bem, eu vou tomar banho…–Funtime empurrou o maior para fora do quarto.


Spring se cobriu de ódio, aquele monstro havia machucado seu Goldie, aquilo que Golden havia sofrido em sua vida toda por culpa de seu próprio pai, se fechando em um manto de amargura.


Voltou para seu quarto vendo Golden dormindo, ou quase isso, o Dourado piscava lentamente, algumas lagrimas saiam de seus olhos negros.


Ao olhar o mais velho Golden colocou o traviseiro no rosto.


–Oque você quer?– O mais novo perguntou com a voz abafada pelo traviseiro.


–Nada Goldie...– o apilido chomou a atenção do mais novo.


–Não me chame assim como se fosse meu amigo, eu não tenho amigos...– Diz o loiro menor.


–Isso e idiotice, você se limita a viver, ou a confiar nas pessoas ao seu redor, sem pensar em como elas se sentem ao serem ignoradas por você...– O maior suspirou.


–Você não sabe, não fale como se estivesse no top trouxas do ano...– o menor ri, ainda com o traviseiro no rosto, aquela frase era com certeza, o fim da linha.


–NÃO FALE COMO SE ESTIVESSE NO TOP FODÕES DO ANO, POR QUE VOCÊ NÃO ESTA! PARE DE ACHAR QUE OS OUTROS SÃO IGUAIS A SEU PAI! O UNICO TROUXA AQUI E VOCÊ!– Spring soltou, ouvindo soluços.


–E-eu te odeio Spring...– o menor tirou o traviseiro do rosto, estava com tanto ódio… –Pare de falar de mim, pare de tentar ser meu amigo, pare de tentar tirar minha razão, você não sabe oque aconteceu…. Minha vida não lhe interessa–.


–Vai tomar banho, temos que ir na palestra– o mais velho ignorou o menor, já que o loiro não se importava com os outros, por que Spring teria que se importar com ele?.


–Eu não vou– Golden colocou o traviseiro em cima da cabeça novamente. 


≈ Foxy’s Narrative ≈


Eu e Suzie estávamos no colégio, havíamos interrompido a aula da Professora Mary — irmã do Mike —, quanto ela varria a sala eu tinha que por todas as mesas em ordem, aquilo era uma chatice.


–Culpa sua!– eu falei.


–Quem mandou roubar meu celular!–.


–Eu estava brincando cassete!–


–Froda-se– a rosada falou e do nada duas garotas entraram no local, uma delas era idêntica a Suzie e a outra era albina com mechas rosas — Kawaii —.


–Suzie sua viada Fela da puta, onde ‘ce ‘tava sua merda – a albina falou e eu dei um faceplam.


–Bem… esse filho de uma mãe roubou o meu celular!– apontou para mim –Ai eu fiz um escândalo e agora temos que limpar a sala!–.


–Foi só uma Brincadeira Suzie! A Chica que apostou com a Toy Chica de que eu era medroso, aí eu, em minha defesa, peguei seu celular humilde e escondi…–.


–Não chama a Brenda de celular humilde!– acariciou o celular coberto de gliter.


–que bosta Cupy...– eu falei, e ela me mostrou o dedo do meio.


–Cala a boca Foxy– a menor murmurou.


≈ Narrative’s ≈


Candy e Cindy estavam conversando sobre a palestra Dog e Rachel apenas observavam os gêmeos conversarem, talvez se Cheaster estivesse aqui, os dois irmãos felinos não estariam Fofocando sobre Cat, Blank falava com Rat, que não se importava com oque a mais nova falava.


–Chegamos!– disse Cheaster ao lado de Cat.


–Finalmente! Vamos para a palestra!– Candy disse apresado.







Notas Finais


Eu sei, muito drama para só um coração aguentar...

Mas bem...

~bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...