História The friend of my brother - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Visualizações 13
Palavras 1.464
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yooo estou de volta!!!! Tudo bem?!
Eu não postei ontem por que eu tive aula no parque e voltei super cansada, me desculpem!
Mais um :D
Boa leitura!!!

Capítulo 11 - I'm lost


Fanfic / Fanfiction The friend of my brother - Capítulo 11 - I'm lost

                                              Nem deu tempo dela responder, que uma moça nos parou...
           Ela era loira, alta, de olhos esverdeados. Estava com um vestido preto formal, saltos vermelhos, uma bolsa preta; Ela logo disse.
-XX: Olá, eu sou a Kyaila e estou procurando uma menina com o seu perfil... –Disse para Denise-
-Denise: Por que?
-Kyaila: Bem, sou olheira de uma agência de modelos, e estou a procura de uma modelo para estrelar a campanha da Marshmallow.
-Denise: Mas, eu não sou modelo.
-Kyaila: Sério? Bem mas vc poderia fazer um book e estrelar essa campanha seria um sucesso...
-Denise: Muito obrigada pela oportunidade, mas não sou a menina que vcs procuram...
-Kyaila: É realmente uma pena, mas se vc mudar de ideia aqui está o meu cartão. –Entregou o cartão para Denise e foi embora-
Ficamos paradas, porque ela nem se despediu e saiu do nada... De repente surge a ideia de levar ela para conhecer as praias de Los Angeles, fomos andando, chegamos e ficamos na areia,  tiramos a roupa e ficamos de lingerie, não tinha problema porque estávamos em uma área bem afastada. Depois de um tempo cansamos e sentamos na areia.
-Denise: Mia, vc já se decidiu com quem vai ficar?
-Eu: Ainda não, é difícil sabe, mas eu vi meu pai beijando outra mulher –Disse a olhando-
-Denise: Então vc vai ficar com a sua mãe?
-Eu: Não sei, é que eu não quero ficar com ela sabe? Mas eu também não quero ficar com meu pai...
-Denise: Então por que vc não mora com o Jack?
-Eu: Não sei...
-Denise: Por que não? Qual o problema? –Arqueou as sobrancelhas-
-Eu: Nenhum, é só que... –Pensei um pouco- Sei lá.
-Denise: Então. Conversa com ele...
-Eu: Pensarei no caso...
-Denise: Vamos? Já está ficando tarde.
-Eu: Aham –Disse me levantando e logo vestindo minhas roupas-
Ela se vestiu também e fomos caminhando pela areia, calçamos os sapatos, enquanto andávamos ríamos de coisas tolas, até que ela fala para tomarmos um milkshake então paramos na loja e sentamos em uma mesa.
-Denise: Tá gostando de morar aqui? –Perguntou depois de olhar o cardápio-
-Eu: Sim, apesar da rotina ser bem agitada como São Paulo, é legal –Disse a olhando- Bom as coisas também não são muito baratas isso é um pouco chato...
-Denise: Interessante...
-Eu: Por que vc não aceita fazer a campanha?
-Denise: Não tenho altura ou corpo para isso – Disse dando ombros-
-Eu: Mas pode ser uma oportunidade incrível. –Disse animada-
-Denise: Pode ser – Disse pensativa-
Escolhemos nossas bebidas e pedimos, enquanto esperávamos fiquei observando as pessoas enquanto a Denise mexia no celular. As bebidas chegaram e conversamos sobre coisas aleatórias.
-Eu: Até quando vc vai ficar? –Perguntei a observando- Não que eu queira que vcs vão embora, é só para eu me planejar.
-Denise: Eu não sei, talvez até o fim de semana...
-Eu: Legal, posso te apresentar aos meninos. –Disse sugestiva-
-Denise: O que?! –Arregalou os olhos-
-Eu: É, posso te apresentar ao Jack J, Nash, Taylor.
-Denise: Para! Não brinca com uma coisa dessas, eu não tô preparada psicologicamente menina...
-Eu: Relaxa, eles são legais. Vc vai gostar, melhor irmos –Disse olhando o relógio-
-Denise: Verdade, eu tenho que ir para o hotel que fica lá no fim do mundo... –Rimos-
        Pagamos a conta e deixamos uma gorjeta e fomos embora. Achei melhor acompanhar ela até o hotel, fomos conversando e rindo. Quando chegamos nos despedimos e eu até voltaria para a casa do Jack, se não tivesse me perdido no meio do caminho. Fui andando tentando mandar uma mensagem ou ligar para alguém, mas nada... Estava distraída, quando sinto um corpo se chocar com o meu;
Olho para frente e uma menina ruiva com olhos verdes, está com suco cor de rosa na roupa.
-Eu: Desculpa, eu estava distraída... –Disse me levantando-
-XX: Desculpar?! Olha o que vc fez! E é minha roupa favorita –Disse gritando e pegando o suco da mesma cor da mão da amiga-
E quando percebi, o suco estava em meu cabelo e um pouco na minha blusa, era só o que me faltava, suco no meu cabelo...
-Eu: Só falta chover agora... –Falei baixo-
Sabe aqueles filmes que a pessoa fala isso e começa a chover? Foi o que quase aconteceu, só demorou alguns minutos, já se passava das duas da manhã e havia poucas pessoas na rua, tive a ideia de perguntar para as pessoas que passavam na rua, porém estavam quase todas bêbadas então deixei quieto. Me sentei na calçada, peguei meu celular e comecei a ligar freneticamente para minha mãe, pois era o único número que tinha, pois é, de repente, a bateria do celular acabou. E agora?! E se vc tá se perguntando porque eu não voltei para o hotel em que a Denise está hospedada, eu também não lembro aonde era.
          Bem, como não sabia onde estava, sem celular e sozinha. A única coisa a se fazer é observar as pessoas bêbadas passando, e esperar por algum milagre certo? Comecei a chorar de desespero, será que eu ficaria aqui pra sempre? Eu viraria uma moradora de rua? O que ia acontecer? Eu tava desesperada...
Ouvi uma voz chamando meu nome, olhei para cima e era o Jack. O que ele tava fazendo aqui? Como me achou?
-Jack: O que aconteceu pequena? –Disse segurando meu rosto com suas mãos-
-Eu: Me perdi –Disse rindo sem graça e abaixando minha cabeça-
-Jack: Por que tá chorando? –Perguntou limpando minhas lágrimas-
-Eu: Promete que não vai rir? –Perguntei olhando seus olhos azuis-
-Jack: Prometo...
-Eu: Pensei que fosse virar uma mendiga –Disse e ele começou a rir- Vc prometeu que não riria! –Disse dando um tapa de leve em seu braço-
-Jack: Desculpa... vem aqui –Disse me puxando para um  abraço- Vc tá comigo agora, não vai se perder –Disse me olhando e sorrindo- O pessoal tá me esperando, vem conhecer eles... –Disse me puxando-
-Eu: Tá falando sério? –Arqueei as sobrancelhas-
-Jack: Sim, por que? –
-Eu: Olha o meu estado... –Ele me olhou rapidamente-
-Jack: O que tem?! Vc tá linda assim –Disse ainda me olhando-
-Eu: Acho melhor outro dia, meu cabelo tá com suco de sei lá o que, e eu tomei uma chuva. Vou para casa, mas obrigada pelo convite.
-Jack: Tá bom então, mas eu vou com vc para não ter risco de vc virar uma mendiga.. –Disse me zoando-
-Eu: Aff –Rolei os olhos- Pelo menos eu seria uma mendiga bem vestida.. –Disse sorrindo-
-Jack: Com certeza, e a mais linda –Ele disse e eu olhei para baixo sorrindo-
-Eu: Para! Vc tá me deixando sem graça –Disse o empurrando--Jack: Esse é o objetivo –Disse me abraçando de lado e sorrindo para mim-
Não disse nada apenas sorri, ele se desfaz do abraço e entrou no estabelecimento. Alguns minutos depois ele volta sozinho.
-Jack: Podemos ir para casa – Sorriu e me abraçou de lado-
-Eu: Não quero estragar sua madrugada... –Disse o olhando-
-Jack: Vc não estraga nada... –Disse sorrindo-
-Eu: Vai ser assim mesmo? –Perguntei o olhando-
-Jack: Com certeza, até o fim dos tempos –Disse rindo- Mudando de assunto, o que aconteceu? –Perguntou me olhando-
-Eu: Bem, eu saí com minha amiga que veio comigo pra cá, passeamos um pouco e fui levar ela até o hotel em que ela tá hospedada, fui caminhando aí me perdi... –Contei a história toda para ele-
-Jack: Mano, que menina idiota! Só porque vc estava distraída e sujou a roupa preferida dela? –Disse um pouco irritado-
-Eu: Ei –Disse o virando para que me olhasse- É passado, pra que se preocupar? –Disse dando leves beijos em seu pescoço-
-Jack: Não faz isso não... –Disse fechando os olhos-
-Eu: Por que Johnson? Qual é o problema? –Perguntei sussurrando em seu ouvido e escutei sua respiração ficar acelerada-
-XX: Olha a putaria –Alguém gritou-
        A nossa única reação foi rir, entramos na casa dele e cada um foi para seu quarto. Me despi, entrei no chuveiro, fiquei um bom tempo lá, debaixo daquela água quentinha, quando saí coloquei a lingerie e uma camiseta que mais parecia um vestido em mim. Desci as escadas e ele estava sentado assistindo tv, quando me viu abriu aquele sorriso contagiante.
-Eu: Bem melhor... –Disse me sentando ao seu lado-
-Jack: Tá com fome?
-Eu: Não, obrigada –Disse o olhando-
-Jack: Admirando minha beleza Mia?! –Perguntou me olhando-
Sorri para ele, Jack era lindo, mas o jeito que estava fazia qualquer garota suspirar, ele estava com os cabelos molhados e vestia uma calça, e estava SEM camisa. Sabe o que é isso produção?! Lembrei do que a Denise falou sobre morar com ele e acho que não é má ideia assim...
                                     -Eu: Posso te fazer uma pergunta abusada? –Perguntei o olhando séria-     


Notas Finais


O que vai acontecer?
Paro ou continuo?
Até sexta que vem
Bjs :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...