História The Friendship And True Love 2.0 - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Forever In Your Mind, Jorge Blanco, Martina Stoessel, R5, Violetta
Personagens Dylan O'Brien, León Vargas, Liam Attridge, Ross Lynch, Violetta Castillo
Tags Leonetta, Revelaçoes, Romance, Violetta
Visualizações 61
Palavras 2.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura!!

Capítulo 5 - Vargas Em Los Angeles!


Fanfic / Fanfiction The Friendship And True Love 2.0 - Capítulo 5 - Vargas Em Los Angeles!

~~ Dois Dias Depois ~~

Point Of View Leon

Buenos Aires, 10 da manhã

Eram nove e meia da manhã quando eu estava acordando, era sexta e eu não iria ao stúdio, motivo? Hoje era o dia da viajem, devo admitir que estava um pouco ansioso para isso, levantei me e fui ao banheiro fazer minhas higienes e tomar banho, quando eram dez horas me preparei para sair de casa.

Carlos: Estão ansiosos?- pergunta meu pai ao entrar no carro.

Fran: Um pouco, estou bem animada.

Esmeralda: E você Leon?

Leon: Ah eu estou normal.- disse tentando esconder minha ansiedade, mas acho que não deu muito certo pois vi um risinho da minha mãe.

Carlos: Bom, então vamos logo se não nos atrasamos.

Então ele pediu ao motorista que seguisse caminho até o aeroporto, assim que chegamos lá fizemos o checking em seguida ficamos esperando um pouco, não demora muito e logo chamam nosso voo. É Los Angeles aí vou eu.

[...]

Point Of View Violetta

Los Angeles

Estava terminando de tomar café quando meu pai chega:

German: Filha só queria avisar que o meu amigo e a família chegam hoje.

Violetta: Ah ok.

German: Não volte muito tarde.

Violetta: Pode deixar. Preciso ir pai. Até mais tarde.

German: Até, boa aula.

Saí pegando a mochila e começando meu caminho até a escola, durante o trajeto parei um pouco pois meu celular estava vibrando, o peguei e era uma mensagem do Dylan dizendo para que quando eu chegasse na escola fosse até a biblioteca. Estava guardando meu celular novamente quando sinto duas mãos cobrir meus olhos. Tateei na tentativa de descobrir quem era até...

Ross: Adivinha quem é... - sussurrou em meu ouvido e estremeci.

Violetta: Será que é o loiro mais lindo do mundo.- disse e ele riu.

Ross: Com certeza.- tirou suas mãos dos meu olhos ficando de frente pra mim.- Como você está?

Violetta: Bem e você?

Ross: Estou bem... Mas vou ficar melhor depois disso.- disse aproximando seu rosto do meu, fechei meus olhos e deixei me ser beijada, o mesmo tinha uma mão na minha nuca e outra na minha cintura, e eu com as mãos em seu pescoço. - Agora sim posso começar bem o meu dia.- disse e eu ri.

Violetta: É melhor irmos logo se não vamos nos atrasar.

Demos as mãos e fomos até o colégio, chegando lá atraímos diversos olhares enquanto entrávamos, parecia até que todo mundo sabia que tinha algo rolando entre Ross e eu. 

Violetta: Não gosto quando eles ficam nos encarando assim.

Ross: É só não ligar, finja que não existem.

Chegamos na biblioteca e encontramos um Dylan meio... raivoso? Pelo menos era isso o que eu pensava.

Ross: Hey Dylan, o que você tem?

Dylan: Não ficou sabendo? Me tiraram do posto de capitão do time.

V: Por quê?- perguntei estranhando aquela situação.

Dylan: Tudo culpa do Liam. Aquele desgraçado me fez brigar com ele e aí o técnico viu e me suspendeu tirando meu posto de capitão e de queda não vou poder jogar.- disse bufando.

Ross: Esse Liam anda muito folgado para o meu gosto.

Dylan: Você acha que eu não sei... Minha vontade é de matar esse garoto. Porra mano é a semi-final do campeonato. - disse muito irritado.

Violetta: Calma Dylan, talvez tenha um jeito de você conseguir voltar para o jogo.

Dylan: Como? O técnico disse pra eu nem aparecer no treino.

Ross: É a coisa ta feia.

Dylan: Nem me diga... E vocês?

Violetta: O que tem a gente? - se vocês estão se perguntando se ele sabe do lance entre Ross e eu, a resposta é sim.

Dylan: Como vai a vida de namorados.

Violetta: Não somos namorados...

Ross: Ainda... Por enquanto estamos numa amizade colorida...

Dylan: Aí vida... Daqui a pouco meus melhores amigos estarão namorando e me excluindo...

Violetta: Larga de ser dramático que isso não vai acontecer.

Dylan: Claro que não.- disse irônico. - Você nem me cumprimentou direito hoje.

Violetta: Meu Deus como você é dramático Dy. - disse rindo e o abraçando.

Ross: Ah eu também quero.- disse se aproximando para abraçar também.

Dylan: Saí daqui Ross, você ta passando muito mais tempo com ela do que eu. - então ele me puxou para o outro lado e me abraçou de novo.

Violetta: Desse jeito vão achar que vocês são muito carentes e ciumentos. - disse e eles riram, logo toca o sinal e vamos para a aula.

[...]

Point Of View Leon

Los Angeles

Estava dormindo quando sinto alguém me cutucando, mas resolvo deixar de lado pois queria continuar dormindo, porém as cutucadas continuaram...

Fran: Leon acorda!!- disse Fran quase gritando enquanto me balançava.

Leon: Que é? - pergunto irritado.

Fran: Nós já pousamos, vamos. - disse revirando os olhos.

Me levantei, peguei a minha mochila e saí do avião, ficamos esperando pelas malas, assim que as pegamos colocamos num carrinho e vamos em direção ao estacionamento onde um carro nos esperava.

Fran: Finalmente em Los Angeles.

Esmeralda: Senti falta dessa paisagem...

Leon: Tenho que concordar que é bonito...

Carlos: Não vamos demorar a chegar.

Uns minutos depois chegamos, paramos o carro em frente a uma mansão, e era lindo, saímos do carro, tocamos a campainha e esperamos ser atendida. Logo uma senhora abre a porta.

Cida: Olá senhor e senhora Vargas.

Esmeralda: Oi Cida.

Carlos: Oi, como vai.

Cida: Bem obrigada, entrem.- então fomos entrando.- Nossa Francesca e Leon, vocês estão enormes.- disse e nós rimos. - Lembro de vocês bem novinhos.

Esmeralda: É verdade, as vezes ela cuidava de vocês.

Fran: Sério?

Cida: É... Bom eu vou chamar o senhor German, fiquem a vontade.- mas logo uma voz ecoa.

German: Não será necessário Cida, obrigado.

Carlos: German meu amigo, quanto tempo.- meu pai foi até ele e deram um abraço.

Esmeralda: German, como você está?

German: Muito bem. Fico feliz por terem aceitado meu convite. Leon e Francesca, como estão?

Leon: Bem obrigado.

Fran: Oi tio.- ela deu um abraço nele e eu apenas me limitei a dar um aperto de mão.

German: Por favor sentem-se, vou pedir para que tragam algo para vocês.- então ele chamou a Cida novamente, logo ela trouxe uma bandeja com alguns lanches e sucos, conversa vai conversa vem e minha mãe faz uma pergunta que me interessa muito.

Esmeralda: E então German, cadê a Violetta? Eu ainda não a vi. - disse olhando ao redor.

German: Ela já deve estar perto de chegar, ela está com os amigos.

Carlos: Ah sim, faz um bom tempo que não a vemos...

German: Sim...

Leon: É eu vou pegar um copo de água.

German: Claro pode ir a cozinha é por ali, a Cida deve estar por lá, qualquer coisa é só pedir pra ela. - disse apontando na direção.

Então me levantei e fui até a cozinha, chegando lá não encontrei a Cida... Pelo visto vou ter que me virar para achar um copo, procurei em alguns armários e logo achei, enchi o copo, enquanto bebia comecei a escutar várias vozes, então terminei rapidamente para saber o que estava acontecendo, e quando cheguei na sala simplesmente paralisei...

[...]

Point Of View Violetta

Los Angeles

Dylan: Mas você já precisa ir?

Violetta: Sim, prometi ao meu pai que não chegaria tarde, hoje temos visitas.

Ross: Mas você não pode ficar nem mais um pouquinho?- me pergunta com um rostinho triste.

Violetta: Eu queria muito loiro mas não vai dar, deixa pra próxima.

Dylan: Ah então tá né. 

Violetta: Preciso ir, tchau, Dy.- disse dando um beijo em sua bochecha.- Tchau loiro.- eu ia dar um beijo em sua bochecha também mas o mesmo virou fazendo com que nossos lábios se colassem por alguns segundos num selinho simples.

Ross: Tchau princesa.

Dylan: Tchau flor.

Depois da despedida corri pra casa, afinal não queria chegar muito tarde, já chegando em casa peguei um espelho para saber se estava apresentável, depois peguei as chaves e abri a porta.

Assim que entro e termino de fechar, vejo meu pai conversando com algumas pessoas provavelmente deve ser o amigo dele junto com a família, logo me aproximo.

Violetta: Olá.- digo deixando a mochila ao lado do sofá e indo falar com meu pai.

German: Filha que bom que chegou.- disse dando um beijo na minha testa. 

Esmeralda: Vilu querida, lembra de mim? - pergunta uma moça que por sinal era bonita.

Violetta: Ah mais ou menos.

Esmeralda: Imaginei, você era novinha ainda da última vez que nos vimos. Esmeralda, prazer. - disse me cumprimentando com um beijo e um abraço.

Violetta: Olá, prazer é meu.

Carlos: Violetta como você está? - me deu um abraço. - Sou o Carlos.

Fran: Bom já que ninguém vai me apresentar eu mesma faço isso.- disse e rimos. - Sou a Francesca, mas pode me chamar de Fran.

Violetta: Violetta, mas pode me chamar de Vilu. - disse simpática, essa garota parece legal. - An... pensei que tivessem um filho, papai disse que tinham...

Esmeralda: E temos, acho que ele se perdeu no caminho da cozinha.- todos riram, mas em seguida escutamos uma voz.

Leon: Falando de mim? - então um garoto alto de olhos verdes, lindo se aproximou e... pera eu disse lindo?

Carlos: Leon essa é a Violetta.

Violetta: Olá. - digo estendendo a mão.

Leon: Oi... - ele disse e retribuiu o gesto, não sei o que houve mas quando tocamos nossas mãos senti um arrepio e acho que ele também sentiu porque ficou me encarando por um tempo, mas depois falou: - É bom finalmente conhecer a famosa Violetta.

Violetta: Famosa? - pergunto rindo.

Fran: Ah é, desde que soubemos que viríamos pra nossos pais não pararam de falar de você, era Violetta pra cá, Violetta pra lá...

Esmeralda: Ah gente eu só estava com saudade dessa pequena.- disse me abraçando, percebi que ela adora abraçar.

German: Bom vocês devem estar cansados né, vou pedir para levarem a mala de vocês até lá em cima. Vilu pode mostrar o quarto para o Leon e a Francesca, tenho que falar com os pais deles, aproveita e mostra a casa.

Violetta: Só falta você dizer, aproveita e arruma as coisas deles.- disse rindo e outros a acompanharam.

Carlos: Essa Violetta hein, continua com o mesmo humor desde sempre.

Violetta: Fazer o que né, nasceu comigo.- risos.- Bom vamos lá, quanto antes começarmos o tour pela casa mais rápido vocês podem descansar.

Leon: Ta querendo se livrar da gente? - perguntou divertido.

Violetta: Talvez...- disse sorrindo. 

Ela mostrou a casa inteira a eles, conversaram bastante durante esse tempo, puderam se conhecer um pouco, já estavam no final do tour, quando ela mostrou aonde eles dormiriam.

Violetta: Bom aqui nessa porta é um dos quartos de hóspedes e do lado esquerdo tem o outro, e do lado direito a porta final é o meu quarto. Vocês podem escolher o quarto que vão ficar.

Fran: Ótimo, eu estou cansada.

Leon: Mas você nem fez nada.

Fran: Preciso fazer algo pra ficar cansada?

Violetta: Tecnicamente não.

Fran: Finalmente alguém que me entende.- comemorou colocando um de seus braços por cima dos meus ombros.

Violetta: Bom gente, fiquem a vontade eu preciso ir porque tenho que fazer lição.

Fran: Ah sério?

Violetta: Sim mas se quiserem depois da janta poderíamos assistir um filme.

Fran: Eu quero!

Violetta: E você Leon?

Leon: Claro.

[...]

Violetta foi para o quarto e Leon a acompanhou com o olhar, desde que a viu ficou encantado por ela, não conseguia parar de olhá-la e sua irmã percebeu bem, isso.

Fran: Não consegue parar de olhar pra ela né?

Leon: O quê?- perguntou perdido.

Fran: Vish... To falando que você não consegue parar de olhar pra ela. Impressão minha ou tem alguém gamadinho nela?

Leon: Fran não fala besteira. Você não queria descansar? Então vai lá...

Fran: Eu vou mas o assunto não acabou.- ela disse e ele revirou os olhos fazendo-a rir, então ela entrou no quarto, o mesmo fez ele.

Tomou um banho, se trocou e foi olhar o celular para ver se tinha alguma notificação, havia algumas mensagens dos amigos, respondeu a todos e uma coisa não saia de sua cabeça, uma coisa não, um nome... Violetta. A garota dos olhos cor de mel que o encantou com seu jeito doce de menina. Estaria ele gostando dela? 


Notas Finais


Espero que tenham gostado...
Comentem... Mereço né?
Até a próxima...

PS: Leiam a minha fic I Won't Let You Go

https://spiritfanfics.com/historia/i-wont-let-you-go-7584309


Beijos da Kath!! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...