História The Friendship And True Love - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Forever In Your Mind, R5, Violetta
Personagens Andrés Calixto, Angeles "Angie" Saramego, Broduey, Camila "Cami" Torres, Diego, Dylan O'Brien, Esmeralda Di Pietro, Federico, Francesca Cauviglia, Germán Castillo, León Vargas, Liam Attridge, Lisandro Ramallo, Ludmila Ferro, Maxi Pontes, Olga Peña, Pablo Galindo, Ross Lynch, Violetta Castillo
Tags Leonetta, Revelaçoes, Romance, Violetta
Exibições 53
Palavras 2.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Cheguei meus leitores, está aí o capítulo de hoje.
Espero que gostem, esse foi um dos capítulos que gostei de escrever.
Boa Leitura!!

Capítulo 15 - Acidente


Pov's Narradora

Passou mais ou menos uns três meses, a relação de Leon e Violetta não poderia estar melhor, está cheia de muito amor entre eles, onde fazem de tudo um pelo outro, esse sentimento crescia cada vez mais, que os consumia cada vez mais.
Nesse momento Violetta está levantando, para poder ir tomar café, era sexta feira, terminou de se arrumar e desceu.

V: Bom dia pai.

G: Bom dia filha, é filha eu vou ter que viajar amanhã para L.A, resolver umas coisas.

V: Nós não vamos nos mudar de novo né?- perguntou meio preocupada.

G: Não, não, eu só vou mesmo ter que resolver umas coisas.

V: Ah tudo bem, pai eu estava pensando quando eu estiver de férias, voltar para lá, para fazer uma visita.

G: Se você quiser podemos ir.

V: Sim, eu estou com saudades dos meninos.- ela disse uma sensação ruim repercutiu pelo seu corpo, ela pensou que não era nada de mais, então não se importou.

V: Bom eu já vou indo.

Ela saiu, e quando abriu a porta se deparou com o seu lindo namorado.

L: Nossa adivinhou que eu ia tocar?- risos

V: Na verdade foi muita coincidência. Vamos?

L: Não sem antes o meu beijo de bom dia.- dito isso ela o beijou, eles estavam sem nenhuma pressa pare que ele acabasse, mas o ar se fez presente.

L: Agora podemos ir.

Eles saíram de mãos dadas, chegaram ao stúdio e foram ao zoon, encontrando o pessoal por lá.

V: Bom dia pessoal.

Todos: Bom dia.

Fran: Hoje é a apresentação das músicas, estou um pouco nervosa.

D: Não se preocupe meu amor, vai se sair bem.

V: Maxi você conseguiu terminar a base da minha música?

M: Consegui, e modéstia parte ficou muito boa.

V: Sério obrigada.

M: Que isso.

O pessoal começou a conversar sobre coisas aleatórias, quando de repente Violetta sente uma mal estar, um pouco pior que no café da manhã.

L: Meu amor, está tudo bem?

V: Ta sim, eu só preciso tomar um pouco de água.

Lu: Vilu, o que foi??

V: Nada não, eu só preciso beber um pouco de água.

L: Vamos eu vou com você.

V: Não precisa...

L: Eu insisto, vem.- ele a puxou e eles foram, voltaram e Pablo havia chegado, todos apresentaram suas músicas, o dia havia sido normal, o pessoal iria a um parque depois do stúdio.

*Los Angeles*

Pov's Ross

Eu sou Ross Lynch tenho 17 anos, moro em L.A. meus melhores amigos são o Dylan e a Violetta, mas infelizmente ela foi embora há uns meses, eu sinto muita falta dela, eu tenho uma paixonite por ela, mas nunca contei porquê não queria estragar a nossa relação, até porque ela me enxerga apenas como um amigo.

Nesse momento estou na escola, estamos na última aula, finalmente, não aguento mais, o Dylan estava ao meu lado, não estávamos prestando atenção, a nossa conversa estava bem mais interessante que a aula de química. O sinal tocou e saímos. Fomos o caminho todo conversando.

R: Vamos passar lá em casa para pegar a bola e aí deixamos as nossas coisas por lá.

D: Pode ser, eu vou dormir lá mesmo.

R: Você tem falado com a Vilu, ou tem notícias dela?

D: Não, já tem um tempinho que não nos falamos. E você?

R: Também não, sabe as vezes parece que aos poucos estamos nos afastando.

D: Sei como é, também acho isso, mas temos que seguir com a nossa vida né.

R: Eu sei, quer saber depois eu vou tentar falar com ela.

Chegamos em casa, largamos as coisas, trocamos de roupa, pegamos a bola e fomos a praça jogar. Chegamos lá estávamos jogando bastante, até que a bola escapou, então fui buscar, percebi que ela tinha ido parar na rua, fui buscar mas me esqueci de olhar para os lados quando escuto um grito do Dylan, porém quando me dou conta, uma escuridão se apossa fazendo com que eu fique inconsciente.

Pov's Dylan

Me chamo Dylan, moro em L.A., meus melhores amigos são Ross e Vilu, ela teve que se mudar, nós ficamos tristes até porque ela era a nossa melhor amiga, o Ross tem uma queda por ela, mas ele nunca disse nada. Então eu estou aqui na praça com o Ross jogando bola, até que ela escapa indo parar na rua, ele disse que ia buscar, fui junto com ele, quando ele estava indo buscar a percebi que um carro em alta velocidade estava se aproximando rapidamente, mas só deu tempo de gritar seu nome:

D: ROSS!!!!!!!!!!- disse me aproximando dele, pessoas que estavam ao redor se aproximaram, um deles ligou para a ambulância, eu já fui logo ligando para os pais deles, eu estava desesperado.

A ambulância havia chegado, eu fui junto, até porque não podia deixá-lo, chegamos lá e o levaram direto para emergência, eu queria ter ido junto mais não deixaram, eu estava sozinho, os pais dele ainda não haviam chegado, nesse momento eu precisava da minha amiga, então resolvi ligar para ela. No segundo toque ela atende.

D: Vilu?.- disse com a voz embargada.

*Buenos Aires*

Pov's Narradora

B: Todos prontos para irmos?

C: Eu estou.

Todos: Sim.- responderam mas o celular da Violetta toca.

V: Gente esperem um pouco é o Dylan.- disse se afastando poucos centímetros.

Leon se juntou as meninas e perguntou:

L: Quem é Dylan?

Fran: É o melhor amigo dela.

M: Ei achei que eu fosse o melhor amigo dela.

C: Mas ele é de L.A.

L: Ah então é esse Dylan.- disse se recordando que Violetta já havia falado dele.
 

Ligação On

D: Vilu?

V: Oi Dylan tudo bem?- disse estranhando um pouco o tom de voz do amigo

D: Não, não está, eu preciso de ajuda...- disse e era possível notar que ele estava quase chorando.

V: Dy o que foi? Você está me assustando.

D: É o Ross...

V: O que houve com ele?

D: Ele sofreu um acidente.

V: ELE O QUÊ??- disse espantada, chocada.

D: Me ajuda eu to aqui sozinho não sei o que fazer.

V: Fica calmo, eu vou dar um jeito.

D: E se algo acontecer com ele?

V: Calma ele é forte, vai sair dessa.- ela estava começando a chorar. Os amigos perceberam e se aproximaram.

D: Vilu eu tenho que ir os pais dele chegaram.

V: Ta, mas me avisa qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, me liga quando quiser desabafar.

D: Tudo bem, obrigado.

V: Espera antes de ir, eu vou tentar ir voltar aí amanhã.

D: Sério?

V: Óbvio, só preciso falar com meu pai.

D: Ok, tchau.

V: Tchau.

Ligação Of

C: O que aconteceu amiga?

Lu: Você está chorando.

V: Aconteceu que meu melhor amigo sofreu um acidente.- disse chorando, Leon logo foi abraçá-la.

L: Calma vai ficar tudo bem.

V: Eu espero, o Dylan ta lá sozinho.

F: Hey prima ele vai ficar bem.

V: Gente eu preciso ir para lá, o Ross ta no hospital e o Dylan não ta aguentando isso, ele precisa da minha ajuda.

L: O que? Isso é loucura.- disse meio inconformado

V: Não é loucura, são meus melhores amigos, precisam de mim.

L: Violetta...

C: Amiga tem certeza?

V: Claro que tenho, não acredito que não me apoiam, quer saber eu já vou.- disse saindo, Leon se sentiu mal pelo que disse e foi atrás, mas o pessoal impediu.

Lu: Calma deixa ela esfriar um pouco a cabeça, é muita coisa para ela assimilar.

L: Mas eu tenho que falar com ela.

Fran: Vamos fazer assim, mais tarde passamos na casa dela.

Todos: Ok.

Pov's Violetta

Eu sabia que algo de ruim iria acontecer hoje, só não imaginei que fosse ser com alguém que estivesse tão longe de mim. Não acredito que o Ross está numa cama de hospital agora, ele é meu melhor amigo, não merecia isso, preciso ir vê-lo, não acredito que o Leon não me apoia, poxa se fosse com ele eu iria fazer a mesma coisa. Nem as meninas me apoiaram, mas quer saber eu vou de qualquer jeito.
Espera mas como?... Ah já sei, meu pai disse que estaria indo para lá, então eu irei com ele. Cheguei em casa correndo e ainda soltando umas lágrimas, fui até o escritório do meu pai, bati e escultei um 'entra'.

V: Pai...- disse chorando.

G: Minha filha o que foi?- disse se levantando para me abraçar.

V: O Ross... ele...- estava soluçando, que quase não conseguia dizer.- ele sofreu um acidente.

G: Meu deus! Como ele está?

V: Eu não sei, quando o Dylan me ligou não tinha notícias.

G: Sinto muito, tem algo que posso fazer por você?

V: Pai, será que eu podia viajar com o senhor amanhã? Por favor, preciso ajudá-los.

G: Ah, tudo bem, se isso vai te deixar melhor. Então partiremos pela manhã. Vou pedir para o Ramalho comprar mais uma passagem.

V: Obrigado pai, essa é a melhor notícia.

G: De nada, peça para Olga te ajudar com a mala.

Ela saiu mais contente, mas não muito ao se lembrar que seu amigo estava no hospital, ela subiu, tomou banho e colocou seu pijama, que era uma calça e uma regata, junto as suas pantufas, ela desceu e encontrou o pessoal na sala.

V: O que fazem aqui? Se for para falarem que não concordam com a minha atitude podem ir embora.

C: Viemos pedir desculpa.

L: Principalmente eu, desculpa, eu sei que eles são seus amigos, eu só não queria que você fosse embora.

V: Mas eu não vou embora para sempre, é só uma visita, sabem que se fosse com qualquer um de vocês eu faria o mesmo.

C: A gente sabe, só que é meio difícil.

V: Eu prometo que vai ser rápido.

Fran: Quando você vai?

V: Amanhã.

L: O que??? Amanhã??? Já???

V: Sim, meu pai vai viajar amanhã para lá mesmo, então eu vou com ele.

L: Nem deu tempo de aproveitarmos o dia hoje.

V: Eu sei mas...

O: Pequena estou indo arrumar sua mala.- disse seguindo para o quarto.

V: Tudo bem.

F: Prima preciso ir, amanhã eu te ligo antes de você ir viajar.

C: Eu também.

V: Ok, tchau gente.- o pessoal foi embora, só o Leon ficou.

L: Você está melhor?

V: Um pouco.- eles se sentaram no sofá.

L: Vou ficar com saudades.

V: Eu também vou. Mas não esquece de uma coisa.

L: O que?

V: Eu te amo!- disse e ele ficou muito feliz, tanto que era inevitável não sorrir com isso.

L: Eu também te amo!- eles se abraçaram e ele cochichou em seu ouvido- muito.- disse e deram um abraço bem apetado, não durou muito porque

German chegou.

G: Então...

V: Oi pai.

G: Já comprei as passagens partiremos às 4h.

V: Tudo bem.

G: Leon fica para jantar?

V: É fica!- disse fazendo uma carinha fofa.

L: Claro, com você fazendo essa carinha é até meio impossível de dizer não.

G: Bom já vou indo, comportem-se.- risos após German sair.

L: Sabe você está muito fofa com esse pijama.

V: Obrigado.

O: Pronto pequena, agora podemos ir jantar, se quiserem podem ir se sentando.

Eles se levantaram, sentaram-se, logo em seguida German chegou e se juntou, o jantar foi calmo e cheio de conversas, ele haviam acabado e Leon estava se despedindo de sua amada.

L: Eu já vou indo. É que horas você vai mesmo?

V: O avião decola às 4h. Por quê?

L: Vou me despedir, não posso deixar você ir sem antes te dar um último beijo.

V: As vezes você fala como se eu nunca fosse voltar.

L: Não é isso, é que eu vou ficar com muitas saudades, e os meus dias sem você não serão os mesmos.

V: Não se preocupa, irei te ligar todos os dias.

L: Quanto tempo pretende ficar por lá?

V: Não sei....

L: Então tá, preciso ir, boa noite.

V: Boa noite.- se beijaram.

L: Eu te amo.

V: Eu também te amo.

Ele se foi, e ela subiu para a cama, pegou o celular mas não havia nenhuma chamada ou qualquer mensagem do Dylan, o que fazia a deixar preocupada, então com muito custo tentou dormir.


Notas Finais


Então é isso... Comentem o que estão achando e até o próximo capítulo!
Beijos da Kath! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...