História The Game - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Kakashi Hatake, Madara Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags E-sports!au, Narusasu, Narusasunaru, Sasunaru, Sasunarusasu
Exibições 28
Palavras 4.588
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Esporte, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shounen, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eaaee, clã??!
Mais um capitulo para tus o/
Nesse, será explicado mais sobre o jogo da fic, BNK e como é sua mecânica.
Veremos também o time Bunshin jogando XDD Qual será o resultado da competição?
Façam suas apostas!

Capítulo 3 - Level 2: Play For The Glory


 

“No matter how they fight today

No matter how much honor they’ll display

We’ll dominate”

 

 

Você roda a sua arma calmamente e sorri. "A mira é o inimigo" diz enquanto abre a lojinha rústica que tinha tudo o que você precisava e mais um pouco. O bicho idoso que cuidava do estabelecimento mostrou quais eram suas recomendações para você. Seu ouro inicial apenas dava para comprar um item inicial para ampliar seu dano de ataque básico e potions. Ah, essas eram importantes para manter uma boa sobrevivência na lane. Não queria ter que voltar para a base logo de cara. Não queria ser first blood. Tinha que confiar no seu suporte e prestar bastante atenção em possíveis armadilhas do jungler. Você iria começar com calma, apenas matando as tropas inimigas para obter ouro, e, quando houvesse uma brecha, começaria o massacre.

 

"Chegou a hora." 

Ouviu Sai dizer ao seu lado. Olhou para a TV a sua frente para confirmar o que o amigo havia dito. Finalmente. Os 20 minutos de espera haviam passado. Naruto agora começava a sentir os primeiros índices de nervosismo. As pernas bambeavam enquanto levantava, as mãos davam algumas tremidas e tinha que se lembrar que respirar era uma ação natural, não forçada. Nesses últimos minutos tinha confirmado as estratégias de combate com os companheiros e bebido um copo de café, na qual os organizadores dispunham para os competidores. A sala estava organizada, tinha vários sofás e mesas para os respectivos grupos; ao centro tinha uma mesa maior com diversos lanches naturais e sucos. Tudo muito saudável na visão de Naruto, mas achava que era essa a intenção dos organizadores. Não era aquela coisa VIP que imaginava ser. Aquela coisa de ter um espaço só de sua equipe e cada um avisava ao garçom qual caviar eles preferiam. Naruto concordou que aquilo era muito exagerado de sua parte. Não eram astros do rock e sim, amadores. Então já tinha que se dar por agradecido por essa oportunidade. Riu em sua mente. Duvidava muito que a situação podia ser assim com os jogadores profissionais.

 


Analisou a dupla inimiga. O suporte tinha sustain ao contrário do seu que tinha uma combinação de defesa e dano. Para o ad carry deles não achava que era uma boa, pois gastava as habilidades de seu supp muito rápido, o que não dava para realizar uma jogada contra eles mais agressiva; apesar de estarem em vantagem por usarem campeões com atributo agua no mapa da Agua. Você observa as suas condições e as do inimigo. Para os primeiros 5 minutos de partida, você estava indo muito bem. O farm estava pelo menos com 15 de vantagem, graças ao harass que Shino dava e não tinha gastado muito chakra a toa. Você avisa a Shino para se esconder na brush e aguardar. Tinham acabado de destruir a ward inimiga, portanto eles não tinham visão pelos próximos segundos. Massacrou a onda de minions com sua arma que lançava raios e jogou sua segunda habilidade que pegou na dupla. Eles ficaram paralisados e Shino ajudou no atordoamento e no dano. Pegaram eles de surpresa. O suporte tentou curar o atirador porém era tarde demais. Você estava dando muito dano com seus tiros de laser. Tentaram fugir, mas seu último ataque teve o alcance necessário para retirar a vida do adversário e este cair no chão. Logo, seu corpo despixalizava no ar. Você dá um sorriso maroto para Shino.

"Nice!" você comemora correndo atrás da elfa e garantindo o segundo abate.



Três partidas ocorreriam no mesmo momento. O time Bunshin competiria contra os The Klileles na primeira rodada. Visto de longe, eram um bando de moleque magricela com cabelos coloridos. Não pareciam estar nervosos. Pareciam estar na mesma situação eles próprios. Naruto focou em um de cabelo roxo. Ele tinha... Algo diferente no olhar. Era algo determinado. Naruto encheu-se de animação. Seria mil vezes mais divertido jogar contra um cara que tem esse olhar psicopata no rosto do que um que só falta chorar e correr para a mamãe. Não sabia que lane ele era, mas Naruto sentiu que ele daria trabalho não importasse onde estivesse. Depois da primeira rodada, os pares seriam trocados. Quem tivesse 2 derrotas estava desclassificado. Quem tivesse 2 vitórias iria direto para a semifinal ou final. E quem empatasse, faria a repescagem. 

Naruto queria terminar aquilo o quanto antes. Queria sentir como era estar em uma final. Ele achava que seu grupo tinha condições sim. Só implorava para eles não trollarem nessa altura do campeonato. Em meio a isso, uma moça com bastante maquiagem pediu para acompanha-la. Ela tinha um sorriso forçado, observou Naruto. Não era como se ela gostasse realmente de trabalhar nesse cenário e sim, que ela faria tudo o que lhe pagassem. Ficou em choque por um momento. Por que ele estava tão observador ultimamente? Ele não era assim. Riu em mente. Talvez isso fosse sinais de nervosismo? Seu subconsciente tentava o fazer prestar atenção em coisas triviais e não o que estava em jogo? Era uma hipótese. 

Desde quando fazia hipóteses?

Andaram por um longo corredor até um palco enorme aberto com várias cadeiras em volta. Já tinha um pessoal na plateia que os aplaudiram quando entraram. Naruto abriu um sorriso. Aquilo era muito legal! Olhou para seus amigos e eles tinham a mesma expressão no rosto. Não tinha taanta gente assim. No máximo havia cem lugares e a cada momento mais pessoas chegavam. Parecia ser um galpão que ficava no parque. Assim como vários outros, mas aquele fora alugado para a competição. No centro no palco estava 6 bancadas com 5 computadores cada. Na frente do monitor, um papel informava quem sentaria em cada cadeira. Era demarcado por função no jogo, então Naruto encaminhou-se para a que dizia “ADC”. Do seu esquerdo, Shino e no direito Kiba. Sai e Chougi ficavam com as extremidades. As bancadas ficavam consideravelmente distantes umas das outras, para não deixar uma equipe escutar as estratégias da outra. Preso no teto, havia três monitores grandes que iriam mostrar os três jogos ao mesmo tempo.

Naruto analisou os equipamentos. Com certeza não era que nem seu baby, mas aqueles computadores até que eram decentes. Havia um headset para cada um e a cadeira era confortável. Deviam ter feito uma rede fodida para aguentar tudo isso. Para cada par de bancada, os cabos de rede levavam até um rack de telecomunicações que ficava estrategicamente em um local mais privado. Naruto torcia para que toda a instalação daquele ambiente tivesse sido feito adequadamente, pois, não gostaria que houvesse lag no seu jogo ou que qualquer outra coisa atrapalhasse seu desempenho. Naruto sabia que era chato com essas coisas. Afinal, além de montar seu próprio PC, ele também fora aquele que fez toda a rede de sua casa. Da parte da conexão de internet até os equipamentos de segurança da casa dos Namikaze. Conseguira aprender tudo isso por conta própria e por alguns amigos da escola que manjavam de tecnologia. Não tinha certeza se estava perfeito, mas estava mais que suficiente e nunca teve problemas com conexão. Ao menos, claro, se o próprio servidor do jogo estivesse fora do ar.

Foram instruídos a acessarem sua conta e fazerem as últimas alterações em suas configurações de jogo. Os computadores já estavam ligados então apenas com o arrastar do mouse, a tela saia do modo de hibernar. Naruto abriu um sorriso quando viu a tela de login brilhar com suas animações de tirar o fôlego e música empolgante. Escreveu seu nickname e sua senha, logo carregando seu perfil. Havia um convite de partida customizada, realizada pelos organizadores da competição. Clicou e viu que seus amigos já estavam entrando no jogo também.

Colocou o headset e olhou em volta. Ao fundo um cara com microfone falava animado, dando introdução ao campeonato. Ele apresentava cada time e dizia o nome e o nick de cada integrante. O público batia palmas e assobiava para seus favoritos. Naruto achou incrível quando o locutor começou a falar sobre o time Bunshin. Apresentou cada um: Shimura “Gaka” Sai; Inuzuka “Inu” Kiba; Uzumaki “Hokage” Naruto; Aburame “Insect” Shino e Akimichi “Chō” Chouji.

Terminado as apresentações, os times entraram em suas respectivas telas de “picks e bans”. Este era o momento mais crucial do jogo. Era onde escolhiam os heróis com que iriam jogar e quais iriam banir para que o time inimigo não pegasse. Como não conheciam com quais campeões os adversários eram fortes, seria por acaso e dedução quais escolheriam para banir. Cada time podia banir até três personagens, assim, seis personagens não poderiam ser escolhidos no jogo. Como o jogo havia centenas de personagens, isso acabava sendo uma tarefa difícil. Mas eles já haviam discutido sobre isso. Discutido sobre quais campeões couteraria (ou seja, anularia) as habilidades dos que eles iriam escolher ou que eram fortes até demais naturalmente.

O time adversário resolveu fazer uma composição apenas de campeões que são favorecidos no mapa da agua. Era uma boa estratégia, o que acabava eliminando algumas chances de o time Bunshin pegar um herói bom desse mapa. Mas Naruto avisou que prosseguiriam normalmente, iriam escolher outros estilos de personagens. Na sua vez, escolheu um atirador com a habilidades de trovão, o que poderia bater de frente com o suporte inimigo que era tipo uma elfa da água. Chouji e Shino escolheram campeões de habilidade da terra; e Kiba e Sai do ar. Então haveria bastante equilíbrio e nem tanta desvantagem assim no early game (1).

 

Na onda de jogos online, Bijuu no Kōgeki surgiu. Vinha com uma nova perspectiva de juntar elementos da sociedade com os de ficção. BNK é um MOBA –Multiplayer online battle arena– um jogo de estratégia na qual você tem que destruir a base inimiga e compete com pessoas em tempo real. Para isso deve-se atacar tropas, inimigos e derrubar as torres que protegem o território adversário.

O jogo era no formato 5 vs 5. Ou seja, cinco jogadores contra outros cinco. Cada um deles ocupava uma função e uma área do mapa. O mapa possuía 3 lanes – caminhos: O Top (caminho superior do mapa) Mid (caminho do meio do mapa) e Bot (caminho inferior) O padrão era uma pessoa no top, mid e jungler; enquanto no bot haveria duas pessoas. 
 

No topo ficava mais as personagens com ataque corpo-a-corpo, melee, com uma vida mais resistente. Era uma lane mais "guerra fria" já que os caras pensam mais em farmar as tropas para ganhar dinheiro e assim ficar forte para as Team Fight (jogadas onde todos os integrantes dos times estão presentes e trocam dano). No mid, ficava principalmente os magos. Era uma lane mais perigosa já que ali é uma área de transição da lane superior para a inferior e a selva. Então, era comum os midlaners e os junglers combinarem uma estratégia para conseguirem derrubar o guardião da torre inimiga (o denominado gankar) pois o caminho do meio é o mais fácil para se alcançar o objetivo de chegar na base inimiga. No bot ficava os atiradores e os suportes. Atiradores costumam serem bem frágeis no início do jogo, por isso tem a ajuda do suporte que os ajuda nas jogadas e sobrevivência. O suporte possui um papel importantíssimo no jogo. Muitas vezes é ele que starta – inicia as jogadas; ele é o que protege o time de grande parte do dano, tanto tankando (tanks são os mais resistentes ao dano por fazerem itens de armadura e de vida) quanto dando sustain (habilidades que fazem recuperação de vida na sua equipe).  E na selva ficava, portanto, o jungler. Este matava os monstros que ficava nos lugares mais remotos do mapa, pegando seus buffs (na qual disponibilizava vantagens temporárias para seu herói); ajudando os laners quando era chamado e colocava ward (sentinela) nas brushs (matinho que deixa os inimigos invisíveis), para ter visão do mapa e saber onde os adversários estão, ou onde estão se escondendo.

Diferentemente de outros jogos do mesmo estilo, Bijuu no Kōgeki apresenta 5 mapas diferentes, cada qual representando um elemento: Fogo, Agua, Terra, Vento e Trovão. As regras eram as mesmas, o que mudava era o design do mapa assim como os monstros da selva. As Bijuu também mudavam.

Mas o diferencial de BNK era sua perspectiva da realidade daquele mundo. O jogo era baseado nas lendas antigas de criação do universo. Uma história de aventura, intrigas e magia que originou a vida que era conhecida hoje. Bijuu no Kōgeki tratava da história dos terríveis monstros de caudas, denominadas Bijus e da deusa Kaguya. No princípio, havia apenas a deusa-mãe em meio ao chãos. Em meio a esse vazio, ela criou dez criaturas para ajudá-la a dar forma ao mundo que queria crias. Cada monstro era diferenciado pelo seu número de caudas e eram encarregados de criar os elementos para esse planeta. Eram dois Bijuus para a terra, fogo, ar, agua e trovão. Com este trabalho, deu-se a forma da terra, mar e do céu. Assim, o planeta com agora uma forma, desenvolveu os seres vivos e por fim os humanos, na qual, Kaguya gerou para serem conscientes e para existir criaturas com a sua semelhança. Os Bijuus até então, viviam em paz com os humanos e a natureza. Eram considerados, assim como Kaguya, deuses criadores que requeriam suas adorações.

Após alguns milênios, quando os humanos desenvolveram civilizações e tecnologias, surgiu um homem que fascinado pelas histórias, foi em busca de se encontrar com os monstros. Partiu, então, em uma longa aventura pelas terras para confirmar os mitos que seu povo contava. Sua busca insaciável obteve êxito. Logo, se via de frente a enorme criatura de dez caudas. A Juubi tinha uma consciência diferente a dos demais irmãos. Afinal, ela havia ajudado Kaguya a criar os humanos e ajuda-los em sua evolução. Mas, começou a ser rejeitada pelos outros Bijuus por causa de os humanos estarem mudando. Eles estavam mais cruéis com seus semelhantes e individualistas. Incitavam guerras, fome por poder e sede pelo ouro. Então, os monstros da natureza culpavam Juubi por tal acontecimento, pela mudança na pureza dos humanos. A dez caudas exclamava dizendo que isso era necessário para a evolução deles e do mundo, mas os outros não concordavam. Assim, ela percebeu que na verdade, era mais parecida com os humanos do que imaginava. Começou a criar ódio, raiva e sede por vingança.

Ao se deparar com aquele humano pequenino, porem com determinação no olhar, viu uma grande oportunidade de obter o que queria. Então deu ao homem, chamado Indra, poder. Com esse poder, ele capturaria os outros Bijuus e dominaria o mundo. Assim, uma guerra foi iniciada. Indra devastava tudo o que encontrava pela frente, caçando como um predador pelas criaturas com caudas. Com o poder da Juubi, capturava e absorvia seus poderes. Ao ver o caos que instaurava, as cinco ultimas criaturas restantes bolaram uma estratégia para poder derrotar a Juubi. Assim, escolheram um garoto, chamado Asura, devoto as forças da natureza e lhe deram poder para conseguir derrotar Indra. Uma luta épica foi batalhada entre aquele que queria atacar as Bijuus e daquele que queria protege-las.

No fim, Asura derrotou Indra, obtendo a vitória e foi declarado rei daquelas terras por eliminar o mal. As Bijuus absorvidas foram libertadas e Juubi foi posta encarcerada nas profundezas da terra por sua traição. Para agradecer, o garoto, agora rei, dividiu seu reino em cinco grandes nações com o título de Agua, Terra, Fogo, Vento e Trovão; em homenagem as criaturas de caudas. Estes seriam sempre bem-vindos e adorados por aquelas terras.

Em algumas versões da história, Indra e Asura eram irmãos; filhos de Hagaromo que na verdade era prole de Kaguya, que se apaixonara por um mortal. O que explicava a força, o poder deles e também o êxito em que tiveram de se conectarem com as Bijuus. Alguns bardos dramatizavam e contavam que toda essa batalha era prevista no destino, mas a vitória de Asura era incerta. O mundo poderia ter se convertido em caos e dominado pela vingança da Juubi. Mas no fim, tudo acabara bem.

E assim, a partir dessa história originou os 5 grandes países que controlavam o mundo. Claro que sempre houveram grandes guerras por dominação e dinheiro, mas atualmente existia um tratado de paz que não permitia mais tais disputas e todas as complicações deveriam ser resolvidas por meio de reuniões.

Baseado nessa mitologia, Bijuu no Kōgeki foi elaborado. Porém, ao mesmo tempo que você tinha a missão de Asura, ou seja, proteger seu território e sua Bijuu; também tinha que ser como Indra e atacar a Bijuu alheia. As Bijuus eram representadas como uma estátua no jogo. A estátua era magica e criava tropas para ajudar os jogadores nas partidas. Para vencer o jogo, era necessário derrubar as torres que protegiam o território inimigo e assim abrir um caminho até a estátua da criatura e destruí-la.

Cada mapa apresentava duas diferentes Bijuus representantes de tal elemento. No mapa Água, ficava a seis caudas, Saiken, do lado esquerdo; no direito a três caudas, Isobu. No mapa Vento, uma cauda Shukaku e sete caudas Choumei. No mapa Fogo, duas caudas Matatabi e cinco caudas Kokuou. No mapa Terra, quatro caudas Son Goku e dez caudas Juubi. E por fim, no mapa Trovão: oito caudas Gyuuki e nove caudas Kurama.

 

Aquilo era muito imprudente e você sabia disso. Shino tinha voltado à base para se recuperar e comprar novos itens enquanto você achava que iria seguir de boas. Apenas você estava na bot lane, matando os minions e chegando na Tier 2 (2) e atacando-a. você estava sozinho e não tinha visão da selva inimiga. Então, você sabia que iriam vir te atacar, já que estava vulnerável, e você sorria com a ideia. Demorou mais do que imaginava, mas logo, três caras te cercavam e você nem se importava em fugir. Iria bater de frente. Eram o AD Carry, o Suporte e o Jungler inimigo. A torre deles havia acabado de se destruir, então seu trabalho por hora estava completo. Viu diversos ataques virem em sua direção e até conseguiu desviar de algum deles, acertando o que aparentava ser o mais vulnerável dos três e focando todo seu dano nele. Claro que após alguns segundos, seu corpo jazia no chão assim como sua visão ficava em tons de cinza.

 

–Porra Naruto, cê ta chapado? Que merda você tá fazendo? –Kiba perguntou, inconformado com a jogada de seu ad Carry. Naruto não se aguentou e deixou uma sonora gargalhada escapar.

–Haha! Desculpe! Queria ver o quão espertos eles eram. E pelo jeito não são, já que demoraram preciosos segundos para me atacar, o que me deu a oportunidade de derrubar mais uma torre deles. Eles foram muito imprudentes em gastarem a ultimate (3) em mim e antes de morrer, ainda matei um. Então eu acho, meu caro, que temos a vantagem aqui. –Explicou sua estratégia enquanto esperava seu personagem ressuscitar e comprar novos itens com o dinheiro que juntara.

–Humpf. Da próxima vez avisa. –Kiba murmurou.

–Nah. Não precisa de muito para vencer essa partida. A rota inferior está bem avançada assim como a superior que Chougi está levando muito bem. O gold deles está medíocre perante o nosso, então, nosso próximo passo é ajudar Sai na mid lane e abrir um caminho. –Naruto explicou, voltado ao jogo em direção ao caminho central. Kiba, warde (4) os matos da selva. Chougi, desça com cuidado para a mid lane e avise quando eles surgirem. Shino, dê proteção ao Sai. E Sai, concentre sua ult apenas no ADC (5) inimigo. –ordenou aos companheiros as próximas ações. Iria dar um fim rápido para aquela partida. Já tinham enrolado demais. O time adversário claramente não eram páreo para o time Bunshin.

–Hai! –confirmaram em uníssono. Já estavam acostumados a receber ordens de Naruto. Não era algo que percebiam frequentemente, pois já era natural. Naruto liderava com naturalidade e não havia o que contestar. Incrivelmente, ele tinha uma visão de jogo que era muitas vezes, exata. Sabia prever o inimigo ou virar um jogo se estivessem perdendo. Era essa visão que trazia vitorias ao time Bunshin, e eles não reclamavam desse gosto.

“Ace! (6) –a voz feminina da narradora ecoou pelo mapa. Você percebe a excitação tomar-lhe conta. O coração começa a bater mais rápido quando se depara com a enorme estatua acinzentada da criatura de três caudas, Isobu. Fazia lembrar uma tartaruga, com um casco espinhento e o diâmetro bem largo. Você e seus companheiros haviam feito uma jogada fenomenal. Perceberam uma abertura no time inimigo, conseguindo dizimar todos eles. Shino e Kiba fizeram uma ótima iniciação, atordoando três adversários de uma só vez. De resto, foi muito simples eliminar os restantes que tentaram fugir. Tinha sido até que uma partida fácil apesar que o time adversário tinha vantagens por utilizarem apenas champs com atributo água nesse mapa. Como praticamente todas as torres Tier 1 e Tier 2 tinham caído, então valia muito mais apena irem atacar direto a Bijuu do que irem fazer Dragão (7) para aumentar o poder de suas tropas. Em segundos, já tinham abrido caminho da outra base e atacavam as últimas duas torres que protegiam a Bijuu. Ainda faltavam muitos segundos até os inimigos ressuscitarem e tentarem proteger a estátua de três caudas. Logo, a Bijuu explodia a sua frente e o brasão com o dizer “Vitória!” flutuava à sua cima.”

–Ae muleque! Vencemos! –Naruto comemorou retirando o headset da cabeça assim como os amigos. Levantaram rapidamente da cadeira e se abraçaram animados. Ao fundo conseguiam ouvir as palmas e os gritos da plateia, mas até isso parecia surreal. Não estavam acreditando que tinham conseguido. Que chegaram lá, que a vitória era deles!

O primeiro jogo havia sido fácil até demais. Dominaram o tempo todo e ela terminou mais rápido do que esperavam de um campeonato. Esse time acabou ficando em último lugar no final da competição. É, realmente não pareciam estar preparados para esse nível de desafio. A segunda partida foi mais lenta e complicada; o adversário colocou muita pressão no início do jogo. Então o tempo todo eram surpreendido e os atacavam todos de uma vez alguma lane. Mas Naruto bolou uma estratégia de contra-ataque e assim viraram o jogo no final, trazendo a 2° vitória, levando-os direto para a final.

A final com certeza foi algo incrível para eles. Só de conseguirem chegar nela, deixava-os felizes. Kiba estava o mais nervoso do time, demorou um pouco para acalma-lo durante os intervalos das partidas. Depois da 1° rodada, os próximos jogos ocorriam um de cada vez, fazendo com que a final só ocorresse depois de duas horas. Foi a partida mais longa e difícil do dia. Era contra aqueles caras de olhar determinado que conheceram no hall de espera. As especulações de Naruto estavam certas: o cara de cabelo roxo era um perigo.

A princípio, não sabia em que posição ele jogava, mas teve suas dúvidas retiradas quando a partida começou. Só podia ser ele na mid lane. Achou que era o Sai que estava trollando logo na final do campeonato. Sai era dessas mesmo, sempre forçava para ser o First blood apenas para o rival abaixar a guarda. Mas, depois da terceira morte seguida de Sai, Naruto percebeu que eles não estavam de brincadeira. Avisou a ele para jogar mais safe (8) e não sair muita da proteção de sua torre.

Quando o inimigo viu que não tinha mais abertura para um abate, encaminhou-se para a rota superior, pegando um Chougi desprevenido. Já nos primeiros minutos de jogo, aquele cara estava muito forte e se não tomassem uma atitude, aquilo terminaria em proporções drásticas. Sorte (ou habilidade no caso) que Naruto estava se dando bem, como sempre, na rota inferior. Não tinha trocado muitas farpas, mas as que houveram, eles saíram vitoriosos. Então, as team Fight estavam bem equilibradas.

A jogada mais arriscada foi aos 37 minutos de jogo quando a esquipe Bunshin tentava fazer seu 3° kraken. A outra equipe também já tinha conseguido dois buffs do kraken, então, tentavam correr para ter alguma vantagem. Mas, a equipe The Klilens, conseguiu se sair melhor em posicionamento e ataque ao contestar o kraken, mas acabou perdendo a team Fight. Apenas Kiba sobreviveu e fugiu rapidamente. Eles foram espertos em não perseguir Kiba e ir fazer o objetivo do dragão para aumentar o poder de suas tropas. As torres da rota do meio do time Bunshin jaziam todas no chão. Por outro lado, conseguiram abrir caminho pela rota inferior e superior. Estavam praticamente empatados em gold, abates e torres. Mas se eles fizessem o boss, o jogo começaria a pender mais para um lado.

Sabendo disso, Kiba tomando todo o cuidado do mundo, ficou à espreita da cova do dragão da terra. Ele tentava se acalmar. Já tinha feito aquilo incontáveis vezes! Poderia fazer mais uma. O seu time estava contando com isso, contando com ele. Essa era sua chance. Ao seu ouvido, Naruto contava os segundos para seu ataque. No sonoro “agora!” imediatamente jogou seu ataque mais poderoso no dragão, se revelando aos rivais. Comemorou muito quando a voz feminina confirmou seu grande feito: “O time azul derrotou o dragão!”. Ele conseguiu roubar! Kiba queria muito poder ver a cara dos adversários naquele momento. Fora totalmente absurdo aquela jogada. Seus amigos comemoravam e o elogiaram também. Ao fundo ouvia o público indo a loucura pelo seu roubo. Todo mundo gamava em uma roubada daquelas. Mesmo quem nunca tivesse jogado um jogo daquele gênero, tinha que admitir que aquilo era bonito de se ver. Mas ainda tinha jogo para jogar.

Naruto e os outros deram respawn (9) e seguindo as ordens do loiro, focaram na rota inferior que estava mais vulnerável. Com as tropas agora muito mais poderosas, foi rápido destruir as torres restantes. O time rival não tinham abertura para proteger sua base. Eram muitas tropas a serem destruídas e eles já tinham abatido o mid laner deles. Em um piscar de olhos, eles já dominavam tudo. Por fim, assim como na lenda, a Juubi era derrotada e os espólios da vitória eram erguidos.

Naruto riu consigo quando percebeu o desconforto de Shino em ter as pessoas em volta dele parabenizando e o cumprimentando. Ele próprio não se importava. Na verdade achava aquilo maravilhoso! Finalmente conseguira sentir essa sensação. A sensação de dever cumprido, de sonho realizado. De gosto da vitória, do de quebrar barreiras e superar limites. Tinha conseguido! A vitória era deles! O valor do prêmio nem era tão alto. 5 mil para a equipe, ou seja, mil para cada um. O segundo lugar ficava com metade disso. Mas o importante foi ter jogado com honra, com maestria e alcançado a glória. Tinha jogado pela glória.

Em meio a comemoração e toda balburdia do local, Naruto não percebeu quando uma figura diferente se aproximou. Havia várias pessoas a sua volta, inclusive seus amigos. Pessoas que nem conhecia vinha conversar com ele sobre suas melhores jogadas na competição e suas falhas. Infelizmente, eram todos garotos. Se pelo menos fosse uma bela garota o elogiando ele acharia mais interessante. Mas de qualquer jeito agradecia, cortês.

De forma inusitada, a figura que havia aproximado, estendeu-lhe o braço e em sua mão, parecia haver um pedaço de papel. Mecanicamente, Naruto pega o objeto e percebe ser um cartão. Fica sem entender. Estava atordoado demais com os últimos acontecimentos que não conseguia prestar atenção em nada. Seu torpor ficou ainda mais intenso quando a figura em sua voz rouca disse:

–Tenho uma proposta para você.


Notas Finais


Ohhhhhhhh quem será a misteriosa figura que apareceu?? Falem suas teorias!! Quem cês acham que pode ser??? Uhhhh~~~~

Eae clã? Gostaram?

Intaum, eu queria saber muita a opinião de vocês sobre como eu escrevo o que esta acontecendo no jogo. Eu apresentei para vocês duas alternativas: uma é em terceira pessoa contando o que aconteceu no passado (o que vocês viram no final do capítulo) e a outra é em segunda pessoa na qual eu escrevo na forma de "Você" como se o leitor estivesse jogando, tipo, como se o leitor fosse o Naruto XD Eu resolvi colocar dessa maneira pq achava que prenderia mais a atenção para esses momentos mais técnicos se você não for conhecedor do assunto. Desde que eu li uma fic de Dramatical Murder nessa técnica, eu falei "preciso escrever uma fic assim!" Mas como não daria para ser 100% desse jeito, resolvi botar só nas partes do jogo mesmo. É a minha primeira vez fazendo algo do tipo e gostaria muito de saber o que acharam XDD

GLOSSÁRIO TIME!!!

(1) Early Game - Começo do jogo, os primeiros dez minutos masomeno
(2) Tier 2 - Como denominamos as torres. A Tier 1 é a primeira torre que você derruba do adversário, dae depois tem a Tier 2 para derrubar :v e assim por diante até chegar na base
(3) Ultimate - Geralmente o ataque mais poderoso da sua personagem. Pode assumir diversas formas
(4) Warde - Conjugado de "wardar" que deriva de "ward" que significa botar sentinela no mapa para visualizar os inimigos em locais onde você não conseguiria enxergar. (Linguagem de gamer é foda pqp kkkkkkkk)
(5) ADC - ADcarry - um champ Carry é um pouco fraco no início do jogo, mas que mais tarde fica extremamente forte, podendo "carregar" o seu time para a vitória. Normalmente possui um alto dano, porém pouco hp e defesa. AD carry no caso é um champ cujo dano principal é do auto ataque. (atirador)
(6) Ace - Quando seu time consegue matar todos os integrantes do time inimigo em um curto espaço de tempo
(7) Dragão - No caso da fic minha gente, preste atenção para não confundir! O Dragão é o boss máximo do jogo, como se fosse o Baron no League of Legends. E no caso, o Kraken (que eu peguei de Vainglory) fica no lugar onde o Dragão fica, como boss menor.
(8) Jogar safe - parar de ser retardado e tomar cuidado nessa budega
(9) Respawn - Recussitar

E ahh, o quote do capítulo é da música Last Whisper do album de metal do League of Legends da banda Pentakill ♥

Deixem seus comentários o///
E até o próximo o///


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...