História The game love | Amor doce |Armin - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~Mufett-Chan

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Priya, Professor Faraize, Rosalya, Violette
Visualizações 82
Palavras 1.463
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HII PESSOAS
Bem sabe aquele hot que a Mayu estava devendo?
Bem agora está aqui, espero que gostem ^^

Capítulo 24 - Cap Especial


Fanfic / Fanfiction The game love | Amor doce |Armin - Capítulo 24 - Cap Especial

°•°•Rin Pov's On•°•°

Estava andando pelo shopping quando eu passo na frente da nova loja que tinha aberto, uma loja de langerie né? Bem… Acho que eu deveria fazer uma surpresa pro Armin... Mesmo que nesses últimos dias ele não tem me dado atenção… é melhor dar um presente de vez em quando

Entro na loja e provo várias peças até que acho uma boa, era uma langerie vermelha com rendas, ela era boa para dar um certo volume nos seios… literalmente eu achei aquela peça perfeita. Levei a peça até o caixa e paguei, hahaha acho que o Armin vai gostar dessa surpresa.

//Quebra de tempo\\

Chego em casa e vejo o Armin jogando no ps4, subo e guardo as compras e desço

Rin-Armiiin?

Armin-Oi Rin?

Rin-Eu quero atenção- Digo entrando na frente da tela

Armin-Rin pode ser depois? Eu tô quase zerando

Rin-Ok… eu vou ir tomar um banho…

Subo as escadas e tomo um banho rápido, vou até a cama e pego a langerie que eu tinha deixado separada pra usar, eu coloco a mesma e ponho uma meia três quartos vermelha, por cima ponho um roupão para não ficar com a langerie a mostra, desço e vejo o Armin ainda jogando o mesmo jogo… será que ele tem save? Tomara que sim por que eu estou me arriscando muito. Vou até a parte de trás da TV e puxo o cabo que conecta o vídeo game, logo em seguida eu escuto um grito

Armin-RIN O QUE VOCÊ FEZ? EU TAVA NO FINAL

Rin-Desculpa Armin… é que… depois que você comprou esse jogo você não tem dado uma certa atenção pra mim…

Armin-Rin Desculpa… você poderia ter pedido para mim pausar o jogo para a gente conversar… Mas do mesmo jeito não desligue ele

Rin-Ok… Desculpa… Mas se quiser eu te dou um pedido de desculpas descente

Armin-Como assim ?

Eu vou até o Armin e sento no colo do mesmo e logo começo a rebolar

Armin-R-Rin ahh

Ele fala seguido de um suspiro, depois eu consigo sentir a sua ereção, eu tiro o roupão e eu vejo os olhos dele brilharem

Armin-Haha você estava tão carente assim?

Assinto e o mesmo me deitar no sofá começando a me beijar, depois de nos separarmos pela a falta de ar ele vai descendo os beijos pelo meu maxilar, depois o meu pescoço, até chegar em meus seios, ele tira a parte de cima e abocanha o meu seio esquerdo e massageia o direito, em seguida ele troca os movimentos fazendo isso no meu outro peito, ele desce os seus beijos pela a minha barriga e ele vai até a minha intimidade massageando meu clitóris por cima da calcinha, eu solto um gemido alto, e o mesmo apenas dá uma risada nasal, ele coloca a minha calcinha para o lado e penetra um dedo, depois de algumas estocadas eu começo a rebolar no único dedo em busca de mais contato.

Armin-Você quer mais?

Rin-Sim-digo pausadamente entre os gemidos

Armin-Quantos dedos você quer?

Rin-T-três ahhhh-Dou um gemido longo

Armin-Ok seu pedido é uma ordem

Ele coloca mais dois dedos na intimidade começando a me estocar rápido, depôs de alguns segundos ele chega perto da minha vagina e pressiona a sua língua contra o meu clitóris, eu gemi mais alto do que antes, depois disso ele começa chupar o meu clitóris enquanto me estocava com os seus dedos, depois de alguns minutos eu acabo me desmanchando nos dedos dele, ele leva os seus dedos até a sua boca e os lambe

Armin-Como sempre, o seu gosto é extremamente doce

Ele me beija fazendo eu sentir o meu próprio gosto assim agente fica até a falta de ar chegar, eu desço lambendo abdômen dele até a sua parte íntima, eu retiro a calça dele juntamente com o boxer conseguindo ver o membro dele totalmente pulsante com o pré gozo escorrendo, eu dou uma lambida na sua glande e vejo o mesmo tombar a sua cabeça para trás, eu começo uma masturbação lenta que depois vai virando rápida

Armin-Rin ahhh, por favor me chupa-Ele diz entre os gemidos

Eu não demorei para fazer o que ele pediu, eu dei uma lambida na extensão, e logo em seguida eu começo a chupar o seu membro, eu colocava o seu membro até o final da minha garganta, assim fazendo o mesmo gemer razuavelmente, depois de alguns minutos eu sinto as suas veias engrossarem e ele goza na minha boca, eu rapidamente engulo e subo o beijando, eu tiro a última peça de roupa ficando totalmente nua e assim pego o membro dele é posiciono na minha entrada, e em questões de segundos eu sento nele começando a cavalgar, depois de um tempo com as cavalgadas lentas, o ritmo vai aumentando, depois de várias estocadas nós gozamos juntos, eu encosto a minha cabeça em seu peito tentando recuperar o meu fôlego perdido e o Armin faz o mesmo

O Armin em questões de segundos se levanta comigo no colo

Armin-Vamos tomar um banho

Ele me leva até o banheiro de cima e me coloca em cima da bancada, logo em seguida ele liga a porteira para enxergar a banheira, depois ele joga alguns sais de banho, quando a banheira encheu ele desligou a torneira e me pegou de cima do balcão e me pôs dentro da banheira junto com ele, eu estava em cima do seu colo… e você acha que eu não vou querer deixa-lo exitado? Começo a rebolar de propósito, mas fazendo parecer que eu estava tentando me acomodar não demorou muito para mim sentir o membro dele ereto de novo, haha parece que a minha maracutaia deu certo

Armin-Rin por que você está fazendo isso?

Rin-An? Fazendo o que Armin?

Armin-Não se faz de tonta, eu sei que você adora me provocar

Rin-Armin senpai, você tem que parar de pensar assim, eu só queria ficar mais confortável no seu colo!

Armin-Desta vez você não me engana com estas desculpas Rin… Você vai ter o que merece.

Eu me encosto no abdômen dele, ele começa a massagear um dos meus seios, com a sua mão livre ele vai até a minha intimidade e penetra três dedos de uma vez, com isso eu apenas estava gemendo como louca, com a sua boca ele lambia e dava chupoes no meu pescoço, com certeza iria ficar marcado no dia seguinte, depois de alguns minutos eu gozo nos dedos dele, logo em seguida eu apenas viro pra ele e digo

Rin-Armin, por favor me fode

Armin-Haha com prazer

Ele posiciona o seu membro na minha entrada e me pressiona para baixo fazendo eu sentar novamente em seu membro, eu começo a quicar e rebolar no seu membro, naquele banheiro só dava para ouvir os nossos gemidos, bem… acho que a vizinhança inteira vai saber o nome do armin, por que os meus gemidos estavam muito altos, a única coisa que eu sabia era gemer o nome dele.

Depois de algum tempo eu me levanto da banheira e saio dela, logo em seguida eu me apoio na bancada e empino a minha bunda

Rin-Armin, por favor, m-me fode

Armin-Rin… eu não acho que isso seja um problema agora mas, eu só queria avisar… Amanhã você não irá andar

Ele me penetra de surpresa me fazendo soltar um grito de prazer, ele me dá várias estocadas, eu só conseguia gemer o nome dele é falar para ele ir mais forte e rápido, depois de muitas estocadas eu gozo, depois de mais algumas 10 estocadas ele se desmancha dentro de mim, ele me solta e eu acabo caindo no chão sem forças nenhuma para levantar, ele percebe e da um pequeno riso

Armin-Haha vem- Ele me pega no colo e me leva de volta para banheira-Agora vamos tomar um banho sério ok? Sem gracinhas, mas se isso acontecer você será punida!

Eu assinto e fecho os olhos aproveitando a água, por mais que eu querece ser punida eu não tinha forças, eu sabia que eu não conseguiria andar amanhã, mas eu acho que valeu a pena, o prazer que eu senti, foi a melhor coisa da minha vida.

Depois de alguns Minutos relaxando o Armin me puxa para fora da banheira e me enrola numa toalha, ele me coloca em cima bancada denovo e puxa a tampa do ralo esvaziando toda a banheira, ele me leva até o quarto e me joga uma calcinha e uma blusa dele. Quando eu termino de vestir as peças eu percebo que ele já está com uma calça de Moletom

Armin-Vamos dormir por que o dia de hoje foi muito cansativo

Rin-Concordo Armin-sama

Eu me deito e ele se encaixa atrás de mim, e assim dormimos de conchinha

//Quebra de Tempo\\

Acordo e vejo que Armin ainda está na cama, eu cuidadosamente tiro o braço dele de cima de mim e vou até o banheiro, quando me olho no espelho percebo os chupoes e lembro da noite de ontem

Armin-Nem sei como você consegue andar-Ele diz me abraçando e beijando o meu pescoço

Rin-Haha eu também não

~The end



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...