História The Game: NLTW ( Taegi ) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Kookmin, Namjin, Taegi, Vga, Vsuga, Yoonseok
Visualizações 89
Palavras 1.997
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Fantasia, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


CHEGAYYYYY
Como vocês estão?
Eu estou muito cansada, porem muito feliz por estar trazendo mais um capitulo fresquinho para vocês.
E MUITOOO FELIZ por estarem gostando e dando amor para NLTW <3
Te amo vocês <3
Sem mais delongas.... Boa Leitura <3

Capítulo 10 - NLTW- Capitulo 10


Fanfic / Fanfiction The Game: NLTW ( Taegi ) - Capítulo 10 - NLTW- Capitulo 10

POV Taehyung

 

Modo ligação On.

 

-Yeoboseyo?

-Oi, aqui é o Taehyung, lembra de mim ?

-Taehyung Oppa, claro que me lembro.

-Lee Samin...-Ela me corta.

-Me chame de Samin, Oppa.

-Okay...Samin, eu terminei o livro, sei que esta um pouco tarde más se quiser me encontrar em um café perto do colégio eu te entrego.

-Sem problemas Oppa, são 17:30 agora, te encontro as 18:20.

-Okay.

 

Modo ligação Off.

 

Desligo o celular, ficando com a maior cara de bobo, vou até o guarda-roupa, provando inúmeras roupas, até chegar a uma que me agradasse.- Desço as escadas, com o livro em minhas mãos.

-TaeTae aonde vai ? -Pergunta minha Omma com um sorriso no rosto.

-Vou devolver esse livro para uma amiga.-Mostro o objeto para a mais velha.

-Uma amiga?-Ergue a sobrancelha desconfiada.

-Por enquanto, só uma amiga...-Sorrio

-Bonita ?

-Omma...

-Tudo bem, tudo bem.-Ergue as mãos.-Vai lá com sua amiga que eu vou voltar a fazer o jantar.-Pisca para mim, e eu sigo para fora de casa.

 

[...]

 

Chego no café, esperando a garota em frente ao local.-Logo à avisto, como podia ser tão bonita? 

-Taehyung Oppa.-Sorri e eu retribuo.

-Oi Samin, vamos entrar ?

-Claro!-A menina, entra primeiro, e em seguida em faço o mesmo.

Sentamos em uma mesa e logo fomos atendidos.

-Tinha quase certeza, que não iria me ligar.-Falou bebendo um pouco do Café Americano.

-Eu prometi, que te entregaria o livro, após termina-lo de ler.-Sorrio.

-Más foi tão rápido, assim não terei uma desculpa para te ver novamente.

-Esta flertando comigo?-Ergo a sobrancelha.

-Que pergunta deselegante Oppa.

-Desculpa.-Seguro a mão da mesma.

-Tudo bem, só queria passar mais tempo com você, realmente gostei de você Taehyung Oppa.

-Também gostei de você Samin.-Dou um sorriso simpático.-Você é linda, simpática e inteligente, tem tudo que eu aprecio.

-Assim você me deixa envergonhada.-Ela cobre o rosto com as mãos.

-Não precisa ficar constrangida, eu só disse a verdade.-Ela retira as mãos do rosto.

-Você também é muito bonito.-A garota cruza os braços.-Más eu não sou qualquer uma que sai com qualquer garoto, sou uma moça de família, não quero brincadeira, sou de coisas serias Taehyung Oppa.

-Eu sei.-Sorrio achando fofa a atitude da mais nova.-Quer sair comigo Samin?

-É claro que sim Oppa.-Sorri radiante.-Más aonde vamos ?-Não tinha pensado em nada, como eu sou burro, eu nunca fui a um encontro antes, a não ser aquele que fui com o Baekhyun, Sehun e Chanyeol. Olho para todos os lados encontrando um cartaz com um anuncio de patinação no gelo, não muito longe daqui.

-Vamos patinar.-Sorrio.

-Que romântico Oppa.-Assinto verificando o horário em meu celular.

-Já esta tarde eu te levo em casa.-Ela concorda, pagamos a conta e saímos, andamos um pouco até chegar em uma especie de condomínio, porem era cercado por seguranças e só havia mansões dentro do mesmo. Paramos em frente a uma grande casa no tom verde.

-É aqui.-Ela aponta para casa.-Obrigada por me trazer Oppa.

 

-Não deixaria uma garota linda como você voltar para casa sozinha a essa hora.-Olho em volta do ambiente.-Só não sabia que existia um lugar como esse, e uma casa tão bonita quanto a sua.

-Nem se compara a casa dos Min no fim do condomínio.

-Min Yoongi mora aqui também ?

-Sim, conhece ele ?

-Um pouco...más nada de mais.

-Estou ansiosa para o nosso encontro.

-Espero que goste.-Seguro as mãos da garota.

-Estarei com você, sera meio impossível não gostar.-Ela se aproxima, me surpreendendo com um selar em meus lábios, a mesmo se retira  entrando na casa, me deixando igual um bobo mais uma vez.

Saio do condomínio, decidindo ir por um caminho diferente dessa vez.-Assim do nada Taehyung ? Alguma coisa dentro de mim pedia para seguir por um caminho diferente.

 

[...]

 

Estava andando perto dos becos em que meu Hyung foi salvo pelo Doyoung, quando ouvi um grito de socorro fui até o mesmo, vendo que dois homens desprezíveis estavam prestes a abusar de alguém. Na hora me apavorei, não sabia o que fazer, porem tive uma ideia.

-Ei vocês dois soltem ele agora!-Digo atraindo todos os olhares para mim.-Eu chamei a policia.-Minto.

-Filho da puta.-Os homens se levantam.

-Vamos logo, cara .-O mais baixo, pucha o amigo.

-Você me paga garoto.-Os homens correm em direção oposta a mim. E eu vou até a vitima, reconhecendo muito bem aquele rosto, me ajoelho ao mesmo.

-Yoongi?-Observo cada parte do corpo do menor  verificando se havia algum machucado, depois olho o rosto, retirando algumas lagrimas com a ponta dos meus dedos.-Você esta bem?

-Não vai me zoar?-Solta uma risada sarcástica.-O rei da escola, todo frágil e indefeso em um beco prestes a ser estuprado, você deveria tirar uma foto e ir embora. E ainda ter fama de herói. 

-Eu nunca faria isso! Não foi brincadeira Yoongi, você quase sofreu algo terrível, uma ferida incurável -O encaro serio.

-Você acha que eu me importo Taehyung?-Gargalha.-Eu sou um nada.

-Cala boca! Você é muito ridículo garoto.-O encaro desapontado, como alguém com o rosto tão bonito poderia dizer tais palavras ?

-Você não.-Tomba a cabeça para o lado.-Até que você bonitinho.-Sinto minhas bochechas queimarem, o que essa garoto fez comigo ?

-Caralho Min, não era nesse sentido que eu estava falando, porque você é...-Penso em minhas palavras.- Esta longe ser feio. 

-Porque não beija então?-Arregalo os olhos, por que ele disse tal frase ? Por que ele esta me deixando constrangido? 

-Você não esta bem.-Levo minha mão até a testa do de fios pretos azulados.

Noto que o mais velho estava, me fitando porem não tiro minha concentração da temperatura do mesmo, ele esta um pouco quente, sinto a mão do Min encostar na minha me fazendo desconcentrar totalmente, o mundo havia parado, me fazendo o olhar fixamente, e me perguntar de onde eu conheço esse garoto ? Por que ele tem esse efeito sobre mim ? Por que ele sempre me deixa sem respostas ? Por que de tantos poques? Quem é você Min Yoongi? -O menor desmaia sobre meus braços.

-Yoongi?-Dou um tapinha de leve no rosto do pálido, que agora estava mais ainda.-Não faz isso comigo pelo amor de Deus.

 

 

[...]

 

 

Mesmo com dificuldades, carreguei o Min até minha casa, o mais vergonhoso foi pegar o metro com esse saco de batatas, más eu consegui. Espero que todos já estejam dormindo a essa hora, abro a porta cm toda cautela. Me deparando com mais uma desafio: A escada.

Yoonzinho do meu coração, por favor colabore comigo.-Digo mentalmente, subindo cada degrau da escada, depois de muito esforço chego no meu quarto, colocando o mais velho deitado em minha cama.Me jogo ao lado do mesmo, passando meus dedos entre meus cabelos os tirando da testa.

-Quem diria Min, que de todas as pessoas do mundo, a que eu teria ao meu lado deitada em minha cama seria você.-Digo em um tom baixo, soutando um riso soprado.

Levanto para pegar alguns medicamentos, pano e água,com proposito de fazer a febre dele diminuir. 

-Como deixaram você sair nessa situação ? Esta queimando de febre.-O olho preocupado.

Sei que eu não gosto dele, mais os pais dele deveriam se preocupar, não é? Ele é rico pelo ao menos os empregados, alguém? Más ele estava sozinho em um beco, queimando de febre, quase sendo estuprado. Meu hyung ainda estava sóbrio, e tinha o Doyoung. Más  e o Yoongi ? Se eu não tivesse aparecido, o que teria acontecido? Não quero nem pensar, não iria gostar se acontece algo com ele.-O observo dormindo.-Ele parece tão frágil, e é tão pequeno, eu só queria voltar e quebrar aqueles monstros. Ele esta doente e ainda assim seria estuprado. Sei que ele não é um virgem como eu. Más mesmo assim ninguém merece ser violado contra a própria vontade.-Me deito o observando...sinto meus olhos pesarem e adormeço.

 

 

[...]

 

 

-Ei? Kim Taehyung? Idiota? -Escuto uma voz suave porem rouca, seria um anjo ?-Você pode acordar? Ou simplesmente tirar o braço da minha cintura e me dizer que PORRA ESTA ACONTECENDO?-Abro meus encontrando um Min Yoongi furioso.

-Desculpa.-Arregalo meus olhos tirando meu braço de volta da cintura do mesmo.-Você esta melhor?

-Com...-Coloco minha mão na testa do mais baixo, e o tenho impressão de que ele corou.

-Você esta melhor.-Sorrio.

-Então já pode tirar a mão do meu rosto.-Faço o que foi pedido, me afastando.-Me sinto bem melhor obrigada Kim.-Assinto levantando, oque não foi boa ideia, já que tropecei nos cobertores que estavam entre a cama e o chão e cai sobre o Min selando nossos lábios. Me separo o mais rápido possível, encontrando um Yoongi com os olhos arregalados e completamente vermelho. Minha barriga esta borbulhando, e estou sentindo muito calor o que é isso?

-Ei maninho, vamos logo antes que você se atra...O que esta acontecendo aqui ?-Viro para o meu Hyung que me olhava com um sorriso malicioso.

-Não é nada do que você esta pensando Hyung.-Me levanto indo indo até o mais velho.

-Min Yoongi?-Ergue a sobrancelha.-Você não é fraco mesmo, pegando o futuro chefe do Appa.-Brinca.

-Não é nada disso Taeyong, eu cai em cima dele.

-Aham sei...tudo bem maninho você pode transar com quem você quiser não vou te jugar, agora é bom você e seu "amigo" trocarem de roupa e descerem para tomar café antes que se atrasemos para o colégio.-Meu hyung se retira e noto que Yoongi esta no banheiro, enquanto espero o mesmo sair, arrumo meu quarto e me troco.

Vejo um ser com nariz vermelho e cabelos malhados sair do banheiro.

-O que estava fazendo ?-Vou até o mesmo.

-Tomando banho, eu estava fedendo.-Ele me mede.-Você também deveria tomar banho.

-Eu já tomei banho hoje, eu fui dormir as 5 horas da manhã, cuidando de você Yoongi, alias você não pode ficar com o cabelo molhado.-Vou até o banheiro e pego o secador o ligando e passando nos fios pretos azulados do mais velho.-Prontinho.-Sorrio .

-Taehyung...-Ele leva a mão até o objeto.-Eu poderia ter feito isso sozinho.-Sem se perceber, ele se enrolou no fio, nos deixando colados e presos.-Porra.

-Calma, eu vou nos soltar.-Pego o fio e começo a desenrolar, porem alguns movimentos nos aproxima mais.

-Taehyung...-Ele diz arrastado.

-Isso foi um gemido ?-Brinco.-Esta exitado comigo Min?

-O que ? Como ? Quer morrer jovem Kim Taehyung?

-Desculpa.-Dou risada da situação, consigo nos soltar, porem ele continua a me encarar.-Relaxa eu não vou contar para ninguém que você dormiu de conchinha comigo, e que você foi a concha menor.-Dou um sorriso divertido.-Ou que pediu para mim te beijar ontem.

-Como assim?

-Esquece Suga.

-Suga?-Ergueu a sobrancelha.

-Você parece doce quando sorri.-O vejo ficar vermelho.-Vamos tomar café?-Ele me segue, observando bem a pequena casa.

-TaeTae? Por que demorou filho ?-Ela vê Yoongi.-E quem e esse?

-Esse é Park Yoongi.-Ele me encara confuso e ouso meu hyung gargalhar.

-Aaa sim prazer Yoongi.-Ela vai direção ao  pálido.

-Prazer senhora Kim.-Se cumprimentam.

-Venham tomar café.-Assentimos.

-Aonde se conheceram garotos?

-Na escola, o Yoongi e da turma do Taeyong Hyung.

-Então você deveria chama-lo de Hyung, Kim Taehyung cade a educação que eu te dei?

-Desculpa Omma, o Yoongi hyung é o aluno mais inteligente da escola, já deixo avisado que hoje após a aula terei de ir a casa dele dar inicio ao projeto, que havia comentado.

-Tudo bem só não volte tarde, e agora tenho que leva-los para o colégio.-Assentimos e seguimos para o carro, aonde minha Omma continuou fazendo perguntas, e meu hyung apenas se divertiu com a situação. Ao parar em frente ao prédio saímos do carro.

-Boa aula meninos, e eu adorei te conhecer Yoongi espero te ver mais vezes.-O carro deu partida após nos despedimos.

-Park Yoongi ?-O menor pucha meu colarinho.-Eu por acaso sou irmão do Jinyoung e Chanyeol ?

-O Jinyoung e o Chany são irmão ?-Pergunto surpreso.

-Logico que são.-Ele revira os olhos me soltando.

-Bom não queria atrapalhar más vou ali falar com os meus amigos.-Nos informa Taeyong.

-Tudo bem Hyung.

-Eu também vou, e não esqueça o trabalho Kim.

-Tudo bem Suga.-Sorrio.


Notas Finais


Espero que tenham gostado estrelinhas, foi curtinho más foi de coração <3
Comentem o que estão achando, pois e motiva muito <3 Prometo responder todos os comentários <3
Te amo você e até a próxima :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...