História The Ghost Girl (G!p) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Carina Cabello, Chris Jauregui, Larry, Norminah, Sofia Cabello, Taylor Jauregui, Vercy
Visualizações 307
Palavras 3.330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeeeey babes entãaaao não deu para voltar antes mas.. aqui estou sem mimimi e bom capítulo <3.

Capítulo 18 - I.. You? Anything.. Me too, nothing.


Fanfic / Fanfiction The Ghost Girl (G!p) - Capítulo 18 - I.. You? Anything.. Me too, nothing.

Sofia Cabello Point Of View:

1 semana depois:

Eu não sabia que ficar olhando uma pessoa dormir era algo tão bom. Fazia uns 30 minutos que eu tinha acordado e estava olhando Taylor Jauregui dormir.. então era assim quando você gostava de alguém? Eu estava me sentindo de um modo tão estranho e eu gostava disso, sempre que eu estava com ela era como se o mundo parasse e nada mais importasse. Quando Taytay sorri nossa eu fico abestalhada e quando ela ri meu coração se enche de alegria! com a volta de Kaki as coisas estão parecendo ir na direção certa Alejandro e Mama parecem mais próximos, eu, Kaki e Cá somos super grudadas nem parece que nos separamos algum dia e o relacionamento da minha irmã mais velha com nossos pais também está bom, eu sei que ela tem medo mas estamos todos aqui para o que der e vier! Nunca mais ninguém irá nos separar.. e agora eu precisava acordar a princesa Tay precisávamos acordar e arrumar as últimas coisas para nosso voo, voltaríamos para Miami hoje e todo mundo estava muito animado. Passei a mão delicadamente sobre o rosto de Tay e ela se remexeu, lhe dei um selinho demorado e os olhos esverdeados encontraram os meus.

- Taylor: Huuumpf!

Me afastei para a observar e sorri Taylor coçou os olhos e fez biquinho ela odiava acordar cedo ri da preguiça dela e a abracei, ela pediu seus aparelhos e os coloquei nela, linda tão linda.

- Sofia: Bom dia preguiçosa.

- Taylor: Eu não quero acordar.

- Sofia: Taytay nós já acordamos.. não quer ir embora é isso?

- Taylor: Quero sim.. mas..

- Sofia: Mas..

- Taylor: Megan. O túmulo da Megan vai ficar aqui Sofi..

- Sofia: Bom se quiser podemos ir lá hoje, o que acha?

- Taylor: Sério?

- Sofia: Sim, é sério.

- Taylor: Obrigada, você é a melhor pessoa.

Ri da sua sentença e ela me beijou, Taylor tinha lábios tão macios e gostosos de chupar que me deixei levar.. ela sugou minha língua com vontade me fazendo gemer em sua boca e uma risadinha abafada foi dada, minhas mãos foram para seu quadril e a puxei para mim, ela ficou por cima e quando o beijo foi ficando quente demais resolvi parar, só que Taylor não.. Jesus!

- Sofia: Tay..

Não consegui terminar gemi descaradamente, é andar com Dinah não faz bem a ninguém! Ela se sentou no meu quadril e me olhava com aqueles olhos maravilhosos.

- Taylor: Sofi..

Seu sorriso era sapeca e quando íamos voltar a nos beijar alguém bateu na porta.

- Clara: Meninas? Acordaram?

Tay fez cara de emburrada e disse que não responderia, eu ri e a puxei para mim a abraçando e beijando seu rosto e respondendo em seguida.

- Sofia: Sim tia já acordamos logo descemos.

- Clara: Ok querida lembre Taylor do remédio não demorem o almoço está pronto.

- Sofia: Tá bom. Obrigada tia.

Ela disse um de nada rápido e sentimos os passos se distanciarem, olhei o corpo a cima de mim e me senti quente, Dinah não podia fazer isso comigo encorajando Tay a certas coisas.. Taylor Jauregui é a definição de perfeição cara! Ela é linda demais e só tem 14 anos! Não quero perder a virgindade rápido assim e nem a fazer perder a virgindade rápido assim queria que fosse um momento único nosso.

- Taylor: Desculpa se ultrapassei os limites eu..

-Sofia: Eu gostei, podemos sempre ter esses momentos.. mas.. iremos com calma sim?

- Taylor: Sim. Não quero descer, afs.

- Sofia: Precisa tomar seus remédios. Ok?

- Taylor: Ok.

Ela se levantou de cima de mim e apertei minhas coxas uma na outra, meu estado era deplorável e isso apenas com um beijo de Taylor Jauregui eu fiquei toda molhada! É realmente essa garota tem poder, me levantei a olhando tomar seus remédios e em seguida ela pulou no meu colo e assim fomos parar no chão, tenho 1,45 de altura e Taylor tem quase 1,70 ela é muito alta e eu bom eu sou uma mini gnomo.

- Sofia: Acho que deveríamos fazer o contrário.

- Taylor: É isso pode ser uma boa ideia Boo.

Nós gargalhamos e nos levantamos indo em direção aos banheiros de seu quarto, ela entrou em um e eu em outro, precisava de um banho tirei minha roupa rapidamente ficando só de calcinha e sutiã eu estava tão molhada era vergonhoso! Tirei as duas peças rapidamente e fiz careta sentindo o pré-gozo molhar minhas coxas, porra que coisa! Não tive tempo pra pensar ou me masturbar e entrei correndo dentro do box quase bati a cabeça mais isso é normal vindo de mim, eu respeito Taylor e quero que dê certo com ela.

[...]

Lauren Jauregui Point Of View:

30 minutos antes:

Fazia alguns minutos que Camz e eu estávamos acordadas, a latina me olhava com aqueles lindos olhos castanhos tão expressivos e agora sempre brilhantes.. ver Camila feliz e a cada dia mais conectada com seus pais e suas irmãs me deixa totalmente derretida por ela a ter feliz é me ter feliz, aprendemos tanto uma com a outra é como se nos completássemos.

- Lauren: Acha que devemos levantar?

- Camila: Não.

Ri do seu jeitinho manhoso que ela tinha toda manhã e puxei seu corpo para o meu nos apertando uma a outra.

- Lauren: Bom dia Pink Princess.

- Camila: Bom dia Lern Jergi.. ah Lolo vamos dormir de novo..

- Lauren: Não vamos não Boo, vai para de ser preguiçosa.

Camz fez biquinho e a beijei eu amava sentir os lábios de Camila de manhã, de tarde, de noite e de madrugada a qual é a todo momento! Como estávamos tão grudadas uma na outra podia sentir seu membro duro em seu ventre e achei bom mas.. Camzi não.

- Camila: Lo.. Lolo. Não faça isso.

- Lauren: Calma ok? Respira, você confia em mim certo?

- Camila: Sim em tudo.

- Lauren: Ok. Lembra do que falou com Dinah?

- Camila: Sobre.. Aquilo?

- Lauren: É.. eu sei que tem vergonha e fica constrangida mais quero te mostrar que é normal mi amor. Você quer tentar? Se for demais nós paramos.

- Camila: Hum.. eu confio em ti, só tenho medo.

- Lauren: Não tenha medo, não é nada demais ok?

- Camila: Não é errado?

- Lauren: Não Boo não é, quer tentar?

- Camila: Okay, eu confio em você.

Seus olhos demonstravam medo e eu não sei se isso era algo certo ou não, tinha medo de perder a confiança de minha garota e talvez para ela fosse errado. Camz tinha fechado os olhos e mordia o lábio freneticamente como sempre fazia, beijei a ponta de seu nariz e desci uma de minhas mãos para sua barriga fazendo círculos debaixo de sua camiseta do pijama e senti sua pele quente e arrepiada, desamarei sua calça e adentrei a mesma em seguida sua cueca, porra que tamanho era.. Pütz meu Deus! Quando vi Camila nua ela estava normal já parecia grande e agora a sentindo na minha mão, controle-se Lauren não a assuste!

- Lauren: Camz.. irei me mover ok?

- Camila: Ok..

Sua respiração estava falha e a minha então nem sabia como estava respirando, comecei a mover minha mão para cima e para baixo devagar olhando sua expressões e ela parecia confusa em gostar ou ter medo.

- Lauren: Respire fundo, é normal Boo.. está tudo bem?

- Camila: Si.. estou bem.

- Lauren: Vou aumentar os movimentos.

Ela concordou e comecei a mover a minha mão mais rápido a masturbando de um modo que nunca tinha feito com Keaton ou qualquer pessoa, Camila estava entregue seus olhos fechados a cabeça tombada para trás, os lábios entreabertos e então ela gemeu, Deus aquilo foi algo libertador e estranho de sentir, minha boceta estava molhada desci minha outra mão para meu centro e comecei a mover meus dedos com rapidez.

- Camila: Lo.. estou sentindo algo..

- Lauren: Sim amor, é normal.. você vai.. vai.. oh porra Camz. Não se assuste, eu estou me tocando.

Penetrei dois dedos gemendo alto e Camz fez o mesmo aumentei meus movimentos em seu pau e ela gozou, sujando minha mão e sua cueca, gozei em meus dedos apertando os mesmos e a beijei abafando nossos gemidos, quando meus lábios deixaram os seus ela ainda estava de olhos fechados, fiquei observando seus lábios entreabertos e beijei seus olhos a fazendo abrir  eles e me olhar.

- Camila: Isso é estranho. As pessoas fazem isso sempre?

- Lauren: Sim.. bastante. Da até calos.

- Camila: Ah.. você faz isso bastante?

- Lauren: Não vou mentir.. sim eu faço é uma sensação muito boa quando o orgasmo atinge todo o seu corpo. O que achou?

- Camila: É estranho, não sei dizer senti todos os meus músculos de um modo diferente. Não é necessário banhos gelados depois disso?

- Lauren: Não babe.. quando você se masturba você reúne toda sua energia e então seu corpo se acalma.

- Camila: Já tinha lido sobre.. interessante.

- Lauren: É sim.. o corpo humano é algo surpreendente. Bom vamos nos arrumar logo mama vem nos acordar para o almoço.

- Camila: Almoço? Que horas são?

- Lauren: Quase 12:00, vamos vou para o banheiro de dentro.

- Camila: É.. Lolo?

- Lauren: Sim?

- Camila: Você quer.. é quer.. tomar banho.. sabe?

- Lauren: Venha.

Tirei minha mão de dentro de sua cueca e minha outra mão de minha boceta que estava encharcada.

- Camila: Isso é..

- Lauren: Sim. Vamos!

Levantamos as duas da cama meio moles e Camz vermelha é vida, decidi que tomaríamos banho de banheira e a deixei encher enquanto nos despíamos.. Camila sempre olhava para baixo constrangida e puxei seu queixo a fazendo olhar para mim.

- Camila: Olha a diferença que..

- Lauren: Shh! Você é tão linda Deus vamos brigar muito por causa disso.

- Camila: Você estando comigo depois da briga é tudo que importa.

Dito isso me desarmei inteira. Ela ainda era a mesma Camila insegura e com medo de me perder, e perder a todos.

- Lauren: Não estamos em um sonho Camila Cabello acostume-se com tantas pessoas assim na sua vida.

Os olhos castanhos mais lindos do mundo encontraram os meus e a beijei, como sempre senti tudo de bom que ela me passava era sempre assim, quando estávamos totalmente sem ar acabamos de tirar nossas roupas e Camz se assustou com tanto gozo me senti com 13 anos e ela não deveria estar diferente, a acalmei e disse que era normal e mesmo envergonhada ela concordou entramos na banheira juntas uma de frente para outra.

- Camila: Mas tenho tanto medo eu.. não posso lhe perder.

- Lauren: E você não vai. Always and Forever babe..

A puxei para perto e nos abraçamos e foi ali que vi que eu descobri o óbvio eu estou amando Camila Cabello.

POV Autora:

Sofi e Taylor saíram correndo do quarto igual duas doidas, já eram 12:30 e as duas estavam mortas de fome e quando viram a comida já na mesa atacaram, já Sinu e Clara estavam preocupadas com Camila e Lauren na semana que tinha se passado as duas tiveram muitos pesadelos e um em especial as fizeram acordar assustadas no meio da noite chorando e suando frio claro que Sinu e Clara acudiram as filhas e a demora estava as preocupando.

- Clara: Quer subir?

- Sinu: Vamos.

Preocupada com a demora das meninas as duas subiram. Clara pegou a chave extra do quarto da filha e foram para o quarto quando tocou na maçaneta e a girou estava aberta, entraram no quarto e escutaram risos vindos do banheiro não queriam espiar mas o radar mãe falou mais alto, a porta também estava aberta e então viram que Lauren fazia cócegas em Camila que estava emburrada.

- Lauren: Aí meu Deus que bico fofo. Camz você é o ser mais fofo do mundo meu ursinho bravo.

- Camila: Não tem graça ok? Eu já disse que sou um tigre Lolo e a resposta é não!

- Lauren: Uhum vamos fingir que sim e a resposta é não? Certeza? Não? Mesmo?

- Camila: Sim é não!

- Lauren: Cameela! Please!

- Camila: Não Lauren! Não!

- Lauren: Ok eu não roubo então.

Sinu e Clara estavam perdidas e deveriam sair dali pois suas filhas estavam bem, mas.. a curiosidade falou mais alto e continuaram ali.

- Camila: Como quiser. Não tem como se roubar isso!

- Lauren: Camila mais é claro que tem! Vou roubar sua bunda pra mim!

- Camila: LAUREN!

- Lauren: Ok.. isso foi estranho, mas olha.. se me contar como que você sabe né..

- Camila: Eu sei o que?

- Lauren: Camziii você é magrinha, como tem uma bunda dessas?

- Camila: Lo.. você é muito estranha.

- Lauren: AAHHHJ JÁ SEI! Você é latina.. cubana.. huuuum.

- Camila: Você também é. E também tem bunda grande e branca como Chee diz.

Camila riu da fala e pensou: passar muito tempo com Dinah Jane não fazia bem a ninguém.

- Lauren: Karla Camila você está me zoando?

- Camila: Eu? Capaz Laur.. afinal você é Lauren Jauregui.

- Lauren: Eu vou te morder cubana! Que feio zoar a namoradinha.

- Camila: A o que?

Camila estava achando engraçado a revolta de Lauren do nada, ela realmente era branca demais e falava o que não devia quando estava nervosa.

- Lauren: Não disse nada..

Disse Jauregui fazendo bico e Cabello gargalhou.

- Camila: Lern.. Hey Lern..

- Lauren: Não, estou chateada me chamou de bunda branca.

- Camila: Aí Lauren, olha aqui.

- Lauren: Não quero.

- Camila: Nossa que bebê lindo. Que biquinho fofo.

- Lauren: Camzi eu não tenho bico.

- Camila: Não? Jura Planet Green Eyes?

- Lauren: Como?

- Camila: Seus olhos.. são duas galáxias. Amo seus olhos.

- Lauren: Ah é? Verdade? Eu também amo seus olhos.

- Camila: São normais.

- Lauren: São lindos, se eu pudesse roubar algo seu seriam seus olhos já que você não respeitou o jogo e não me deixou roubar sua raba.

- Camila: Porque é um jogo sem sentido, só inventou isso porque diz que sou linda, sabemos que não sou!

- Lauren: Quanta audácia! Camila eu vou dizer uma.. duas e mil vezes se olhe no espelho você é linda ok? Você é sim você vai se amar um dia eu sei, e continuando o jogo era o que eu roubaria em você então.. eu roubaria você pra mim, porque você é simplesmente perfeita nem pense em retrucar! Ganhei, pronto.

- Camila: Bom.. ok.

- Lauren: Sim ok, você é maravilhosa do modo que você é.

Disse Lauren beijando acima do coração de Camila que sorriu.

- Camila: Eu..

- Lauren: Você?

Sinu e Clara estavam sorrindo de orelha a orelha era engraçado ver tal momento e sabiam que um eu te amo poderia ser dito e esperavam por isso.

- Camila: É.. nada.

- Lauren: Eu também nada.

Camila fez careta e Lauren riu, ambas sabiam que se amavam mas resolveram guardar e esperar o momento certo que talvez não estivesse tão longe, concluindo que estava tudo bem ali Clara e Sinu saíram do quarto sem fazer nenhum barulho, felizes com as filhas e seguras de que aquele sentimento era eterno.

[...]

Camila Cabello Point Of View:

Lauren parecia que estava com um tipo de roupa super cara mas não.. era só uma cueca minha e uma blusa da banda que ela me apresentou e virei fã The 1975.

- Camila: Lolo você vai descer assim?

- Lauren: É. Devo dizer que você ficou maravilhosa de unicórnio? Porque está.

- Camila: Lern você vai colocar um shorts.

- Lauren: Nossa mandona em? Curti. Vou assim babe.

- Camila: Lo..

- Lauren: Camz o que tem? Logo iremos embarcar e então visto uma coisa decente e essa sua cueca ficou ótima em mim, já roubei.

- Camila: Eu só.. é.

A verdade? Sei que todos que estão lá em baixo são da nossa família e da família de Mani, Ally mas senti ciúmes de uma das primas da bolinho ela estava olhando Lauren quando todos chegaram no almoço, toda hora ela tocava nela e dizia que ela era linda e me senti insegura Jesy é linda e fiquei impressionada com tanta beleza e Lauren.. bom ela parecia não ligar e isso me deixou assim com medo.

- Lauren: Vamos então?

- Camila: Acho que vou ficar aqui. Não estou bem.

Suspirei e me sentei na cama tirando a touca do macacão de unicórnio e tive vontade de chorar, me sentia insegura e se Lauren quisesse Jesy? Ela é bonita deve saber fazer tudo que eu não sei.

- Lauren: O que foi Camz? É sua perna? A cabeça? Seu ouvido?

- Camila: Não nada disso, eu só.. não estou bem.

- Lauren: Bom se você não está bem eu também não vou. Venha vamos deitar.

- Camila: Não Lauren, você tem visitas eu posso ficar sozinha.

Deitei minha cabeça na cabeceira da cama e fechei os olhos não queria a ver sair e estar com Jesy, porém o que senti foi totalmente diferente.. no meu ombro direito Lauren repousou a cabeça e ficou me abraçou grudando seu corpo ao meu e assim ficamos.

- Lauren: Não vou a lugar nenhum.

- Camila: Mais e Jesy? Pensei que gostasse dela.

- Lauren: Eu gosto é uma grande amiga, espera..

Ah não. Lo percebeu agora vai achar que eu sou uma estranha e vai me deixar.

- Camila: O que?

- Lauren: Você achou que ela gostasse de mim?

Lo disse debochando e fiquei revoltada, isso não era engraçado e uma raiva esquisita me atingiu.

- Camila: Isso não é engraçado! E é meio óbvio que ela gosta de você, ficou passando as mãos em você a todo minuto e você por ser Lauren Jauregui gostou.. eu sabia que não estava à altura de ser é.. mais eu não achei que fosse te perder rápido.

- Lauren: Camz.. Jesy namora ela é meio que minha prima babe.

- Camila: Como?

- Lauren: Jesy namora Perrie minha prima, elas são noivas e ela é bem mais velha que eu.. ela me vê como uma irmã menor Boo, por isso os elogios ela não me via a uns 6 anos, awwwwn você estava com ciúmes? É isso!

Senti meu rosto esquentar e me senti uma boba, minha vergonha era enorme fechei os olhos não conseguindo olhar para ela e sua risada segundos depois foi estrondosa.

- Camila: Pare de rir.

- Lauren: Camz olha pra mim.

- Camila: Não eu não quero.

- Lauren: Camila eu só tenho olhos pra você, olhos, nariz, boca, vida! Tudo gira em torno de você e mesmo você achando que não me merece acredite eu que não te mereço, por favor olha pra mim..

- Camila: Você me merece Lo, eu só.. não consigo foram anos e mais anos tudo que eu já fui um dia não sou mais, estou aprendendo tudo agora diferente de todos, só.. não me deixe.

Dei um longo suspiro imaginando como seria viver sem ela e conclui que seria horrível, senti um peso em cima de mim e Lauren estava sentada em meu colo me abraçando como um bebê coala como comecei a abraçar todos nessa última semana, ela disse algo que não entendi e se aconchegou em meu corpo.

- Lauren: Eu nunca te deixaria Camila, você não sabe o quanto você é importante pra mim.

- Camila: Você também e mais do que importante para mim Lolo, não saberia mais viver sem você.

Abri meus olhos e os seus se conectaram nos meus, era incrível quando isso acontecia.. castanho no verde e verde no castanho, era algo inexplicável e eu só precisava disso, eu só precisava estar sempre com ela.


Notas Finais


Então meus amores o que acharam? 2 dos casais mais shippaveis porque sim, Lauren ensinando as coisas para a Camilita em! Sinu e Clara em mães babonas e Sofi em a boba apaixonada. Obrigada pelos 128 favs e as 5715 visus até o próximo Camibeijos ! <3 :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...