História Ghost boy - Imagine Yoongi - BTS - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Bts, Drama, Ficção, Horror, Novela, Romance, Sobrenatural, Terror, Tragedia, Yonk
Visualizações 976
Palavras 543
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - 15


Fanfic / Fanfiction Ghost boy - Imagine Yoongi - BTS - Capítulo 15 - 15


YOONGI P.O.V

Minha cabeça persistia em pairar no beijo entre S/n e seu professor Park.

Por que não perguntar? Minha mente dizia isso mas o coração dizia para deixar tudo da forma que estava, bem, eu decidi ouvir a mente.

•Yoongi- Então S/n… Por que beijou o professor Park?

•S/n- Park é meu primo, ele apenas tomou um beijo meu, não sou fã de incesto ainda mais comigo, o dispensei na hora. Jimin sabia que aquilo era errado.

•Yoongi- Hmmm.

Em nenhuma fase de vossa amizade Jimin havia dito que tinha uma prima.

Caminhavámos pelo parque em silêncio, seguravámos a mão um do outro e nenhum sorriso era estampado em vossos lábios. Nossa aparência era serena e olhar baixo, na verdade eu mesmo não sabia o que queria de minha própria vida. Se queria perder meus melhores amigos fantasmas ou me entregar apenas um mulher. Uma decisão intrigante, não?

Minha cabeça estava dívida em duas. Estava quase para gritar alí mesmo e soltar murmúrios para ver se me acalmava.

Namjoon não estava lá desta vez para me repreender, na verdade ele havia ido ao céu fazer uma visita para Deus. Mesmo Namjoon sendo um fantasma, Namjoon paraiva bastante pelo seu a procura de ser um anjo do Senhor. Já Jin não, Jin tinha o cargo de cuidar de mim a pedido de Deus.

•S/n- Então Yoongi, você já teve alguma namorada?

Não? Você é a primeira!

•Yoongi- Sim… Sim -dou uma tosse- já tive várias como a.... a me esqueci o nome dela, mas assim que lembrar lhe falo.

Deu um estalo com os dedos e olhei para a mesma sorrindo.

•Yoongi- e você… Já teve algum namorado?

•S/n- Bem, tive alguns mas nada sério.

Bem, eu nunca tive um namoro de verdade e sabe, apenas paixonites.

Andávamos e quando chegou a frente da minha casa eu sorri animadamente.

•Yoongi- Bom, aqui é minha casa, vou indo.

Acenei com a mão para a mesma e entrei em minha casa, fechando a porta e deslizando meu corpo sobre ela. Meu coração dava fortes batidas e parecia que queria saltar pela minha boca.

Animado como sempre Min saiu da porta e subiu a escada sorridente, até mesmo ao ponto de quase bater seu dedo midinho na quina da estante.

•Yoongi- Puta que pariu, quem colocou essa estante aqui?

•Jin- Foi eu por que?

•Yoongi- Nada.

Subi para meu quarto e fechei a porta com delicadeza… Eu comecei a desenhar no teto ,bem, eu ainda tentava fazer um desenho..... Um bom desenho.

Eu sorria igual a um bobo apaixonado.... Pera, eu estou igual a um bobo apaixonado!

Eu soltei o pincel no chão e comecei a pular na cama, cantava alguns versos de música e até mesmo sorria.

Depois de tanto pular desço da cama, ouvi batidas na porta e logo SeokJin entra.

•Jin- Namjoon não irá mais voltar para a Terra.

•Yoongi- Como?

•Jin- O senhor não deixa ele voltar.

Eu já estava fazendo careta em tentativa de engolir o choro.

•Yoongi- Não! Namjoon tem que voltar.

•Yoongi- Vamos ao céu agora!

" Meu filho que tiver o dom de ver os meus castigados, não poderá se envolver ou se apaixonar de alguma maneira por um de meus filhos, escolherá entre um dos meus condenados a alma na terra ou o amor eterno entre meu filho escolhido e uma humana.

Poderá se fazer somente uma escolha, amor ou amigos fantasmas"

~ Chuck (Deus)

C O N T Í N U A-



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...