História The Girl - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Abutre, Anthony "Tony" Stark, Carnificina, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Edward Allen "Eddie" Brock / Toxina, Edwin Jarvis, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Flash Thompson / Venom / Agente Venom, Halloween, Heimdall, Homem-Areia, Jack O'Lantern, Jane Foster, Kraven, Laura Barton, Loki, Luke Cage, Maria Hill, Mulher-Aranha, Mulher-Hulk (Jennifer Walters), Mulher-Hulk Vermelha (Betty Ross-Banner), Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Pepper Potts, Personagens Originais, Peter Parker, Sam Wilson (Falcão), Tia May, Wade Willson (Deadpool)
Visualizações 26
Palavras 1.280
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Colegial, Drabble, Droubble, Ecchi, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Josei, Luta
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Pansexualidade, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Capítulo V- A minha maldita amada droga


*Autora : Cliquem nesse link(https://www.youtube.com/watch?v=1hkf-46m6uM) ou pesquise ´´Patricinha de olho azul´´, isso define a relação de Peter e Gabrielly.

  ////Gabrielly on ///
Acordei e ví que Peter não tava do meu lado , rapidamente fiz minha higienes pessoais , coloquei a primeira roupa que ví , que era do Peter, fazendo ficar enorme  em mim, rapidamente peguei minha foice que já estava completa e quando fui na cozinha , ví a seguinte cena:
Peter estava flutuando tentando ficar no chão, suspirei e fiz um movimento de descida, e Peter caiu sem entender nada. E então falei:
-Vamos ter que te treinar , ainda bem que você ganhou só ser imortal, e voar .-falei pegando sua mão .
-O-O-O q-q-quê ?!-falou corado
-Vai se trocar , coloque uma roupa esportiva de preferência.- falei me trocando colocando uma legging preta, uma regata folgada branca e um tênis preto esportivo, fiz um rabo de cavalo e peguei minha foice , que estava em forma de caneta, fiquei na sala até que Peter chegou, e MANO KRL QUE HOMÃO DA PORRA, estava com cabelos molhados e uma regata branca, uma calça jeans e um tênis preto, 
-Vem fica perto de mim-falei pegando em sua mão
Quando Peter se aproximou, não resisti o puxei pela gola da camisa e instantemente  o beijei , o beijo era cheio de paixão e ao mesmo tempo sensual , Peter estava supreso, mas depois retribuiu , tive que flutuar para ficar na altura dele. Mas o maldito  ar ´´nos´´ separou , mas para mim nunca acabaria por falta de ar pois sou imortal, mas tudo bem ainda não sei se Peter seja imortal e tbm não quero nem testar, ele pode morrer ..... Mas um  dia ou não vou ter que testar....
Peguei a mão dele, apertei e me concentrei , imaginando várias sombras nos engolindo  e instanteamente fumos para um lugar , especificamente um campo de terra, não gosto de ir em campos que a natureza está presente, não gosto de destruí-la .
-Faça o que eu faço.- falei fazendo um movimento que estica a mão 
-Ok-falou fazendo o tal movimento 
-Agora lança a sua teia só que com mais impulso-
-Ok-Peter lançou a teia que quando atingiu a parede de terra, ela quebrou, Peter estava supreso.
Supreso ?-falei sorrindo para ele
-Lógico né - falou devolvendo o sorriso
-Está chegando a lua cheia ...-falei sussurrando 
- O quê ?-falou não ouvindo
-Está chegando a lua cheia ,Peter.- Naquele momento senti meus olhos mudando de cor , para o vermelho.
-E o que que tem ?- Falou sem entender 
-Peter, eu sou uma lupina ou lobisomem, ou seja na lua cheia vai chegar meu cio.
-
O-O-O-q-quê ??-falou envergonhado
-Peter, a gente é companheiro , e quando tá chegando o cio, nossos olhos ficam vermelhos,sedentos pela luxúria do toque do companheiro-Falei com minha voz de alpha, a minha mais grave, indo ao encontro de Peter, que andava mais para atrás , indo de encontro com a parede
-Ga-Ga-Gabrielly ??-falou envergonhado
-Peter, eu já estou sedenta pelo seu toque não está vendo,tsc-falei olhando para ele,com meus olhos mais vermelhos e meu cabelo,tsc, já estava rosa.
-O-Oq-Oquê?-falou confuso já que meus olhos estava vermelho , e meu cabelo rosa
-P-P-Peter-falei respirando o alto mais possível, estava sendo sufocada pelo cheiro doce de Peter 
-Gabrielly ??Fala o que eu faço ! Gabr-mal terminou que eu caí em cima dele , quase fechando os olhos.
-Gabrielly por favor me fale o que eu faço, por favor eu não quero perder você!!-falou , quando senti pingos de água no meu rosto, Peter estava chorando desesperado
-M-M-Me beija Peter.....-falei quase apagando e foi nesse instante, que eu me senti os doces lábios me beijando as lágrimas dele caiam na minha bochecha, me senti renovada , estava dependente dele , ele era a minha droga, a minha cocaína...
E por aquele maldito ar me falta .
-Obrigado , Peter-falei abraçando ele
-De-de nada-falou envergonhado
-Peter, seus olhos estão...rosas *risos*risos*-
-E que que têm ?-falou irritado
-Isso quer dizer que sou eu que domina na hora do sexo, você é o passivo , seus olhos são da cor rosa a cor dos passivos-falei sorrindo pra ele
-Ei ! Eu não sou o passivo!
-Então prove , Peter

 

 Peter me encurralou colocando a sua mão do lado da minha cabeça , eu era baixa tinha 1,48 , enquanto ele , 1,80, Peter então falou:
-E agora Gabrielly ?-falou dando um riso sem humor
-Baby boy, não e assim que vai fazer você virar ativo-falei inclinando a cabeça
-Ah é ?-Falou sacástico 
-Sim , vou demonstrar-falei empurrando ele de leve, fazendo eu ficar em cima dele , puxando-o pela gola da camisa e beijando-o
-É assim que você vira ativo, baby-falei mordendo de leve seu lóbulo de sua orelha
*Anotar mentalmente: deixar às vezes o Peter tentar ser o ativo*
-
Baby boy, você é adorável quando tenta ser ativo ...-falei pegando em suas bochechas
-Ei! Pare isso dói-falou massageando as bochechas
-Venha antes, que eu fique sufocada pelo seu cheiro doce-falei puxando pela mão , fazendo eu sentir a sua respiração em meu pescoço
-
O-o-ok-falou envergonhado , virando o rosto , tentando cobrir sua vermelhidão
-Peter, não precisa fazer essa voz , fique com a voz normal,sei que você está tentando ficar com sua voz normal -falei olhando em seus olhos
-Ah aleluia !-falou e quando percebeu, sua voz estava mais grossa, o que me fez arrepiar instanteamente, e Peter como não foi sonso viu o que causou em mim e deu um sorriso  no canto da boca , juntamente com um riso sem humor

-Umm a ativa está virando a passiva ?-falou se  aproximando 
-Cla-cla-claro que não baby boy-falei corada
-então por quê está corada ?-falou ainda com um sorriso no canto da boca, agora me prensando na parede

AHH É ASSIM MERMO PRODUÇÃO ? ENTÃO VAMO ENTRE NO JOGO DELE PRA DEPOIS TER UMA SUPRESA 
Ok  Gabrielly, tenta ser uma garota frágil, coisa que você não é....
-Po-Por nada- falei me virando ainda corada , mas agora com um sorriso discreto
-Está arrepiada , por causa da minha voz grossa?-falou mordendo de , leve meu lóbulo de minha orelha esquerda
PORRA BABY BOY, GROSSA ESSA É SUA PICA QUE EU ADORO CARALHO! SE QUER ME FODER ME BEIJA!
-Claro que não , baby boy, aliás , você vai ter uma punição por me provocar-falei fazendo a minha voz de  alpha lúpus
E Peter, claro, se corou e se arrepiou pela a minha voz

-Sabe o que acontece com garotos maus , baby boy ?-falei o empurrando, ficando sentada em seu colo, ou seja em cima dele.
-o-o-o quê ?-Peter falou corado
-As mommy´s punem-falei fazendo uma trilha de beijos até chegar em seu pescoço, Peter já estava gemendo,  e abri sua calça , segudamente com sua cueca que também foi tirada. 
-Quer que eu te puna , baby boy ?-falei pegando de leve seu pênis grosso

-Q-Q-Quero Gabrielly-falou gemendo
-É Gabrielly , baby boy  ?-falei pegando com mais força fazendo o seu pré-gozo sair
-M-M-Mommy!-falou ainda gemendo
-Errou, é Gabrielly , Peter-falei pegando seu pênis e o masturbando , depois peguei o coloquei em minha boca, fazendo movimento de vai-e-vem com minha língua em sua glade.

Estava adorando aquilo,e parei , Peter estava confuso e depois ficou irritado
-Peter!-falei o chamando
Peter virou o rosto, com as bochechas estufadas
Suspirei e peguei seu pênis, e rapidamente sua face estava rubra, fiz movimento vai e vem até que seu gozo saiu, adorava aquele gosto, era doce mas nem tanto,limpei Peter, e coloquei suas roupas, ele parecia um baby *ironia*




AUTORA: Querem que a punição ! Deixem nos comentário!



 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...