História The Girl in my house (Reescrevendo) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Life Is Strange
Personagens Alyssa Anderson, Brooke Scott, Chloe Price, Frank Bowers, Kate Marsh, Mark Jefferson, Maxine Caulfield, Nathan Prescott, Personagens Originais, Rachel Amber, Ray Wells, Samuel Taylor, Victoria Chase, Warren Graham
Tags Amberprice, Camren, Chasemarsh, Marren, Pricefield
Visualizações 77
Palavras 1.056
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello. Agora sim, um capítulo totalmente novo. Embora todos sejam pra quem não leu quando postei da primeira vez. Enfim, espero que gostem.

Capítulo 4 - Asshole


Fanfic / Fanfiction The Girl in my house (Reescrevendo) - Capítulo 4 - Asshole

Chloe continuou para em minha frente, para piorar minha situação, além de manter aquele olhar que me deixa extremamente desconfortável, ela sorria de forma maliciosa.

-Tá nervosa, maninha?-Se aproximou ainda mais, eu dei uma passo para trás e cai na cama, fazendo ela gargalhar.

-To atrapalhando?-Uma garota disse, parando atrás de Chloe.

-Hey-Chloe se virou, puxou a garota e a beijou.

Me levantei da cama e saí rapidamente do quarto, esbarrando em Kate.

-Desculpe.

-Tá tudo bem-Ela sorriu fraco-Parece que você conheceu Rachel, ela é a namorada de Chloe-Falou.

-Quem é aquela?-Rachel perguntou.

-Max-Chloe falou e olhou para o corredor.

-E o que ela fazia aqui no seu quarto?-Ela esta visívelmente com ciumes.

-Ela dorme aqui comigo-Chloe respondeu, normalmente.

-Como assim ela dorme aqui com você?-Agora ela parecia mais irritada.

-Vem, Max-Kate segurou minha mão e me guiou ate o seu quarto.

Logo de cara já da pra perceber a diferença do quarto de Kate para o de Chloe. Aqui é tudo tão organizado, nada fora do lugar. Nada além de quadros pendurados na parede, e sem exageros também.

-Senta, Max-Kate falou, eu me apaixonei da cama e sentei.

-Adorei seu quarto-Disse, sorrindo.

-Obrigada-Agradeceu, retribuindo meu gesto e sorrindo.

Kate e eu ficamos conversando sobre vários assuntos, ela me contou porque escolheu administração e me mostrou seu talento para o violino. Ouvimos um barulho no andar de baixo.

-Meus pais chegaram-Falou, colocando o violino no lugar.

Nós descemos para falar com Joyce e William, apesar de trabalharem o dia todo, eles não pareciam cansados.

-Mais alguém ta afim de pizza hoje?-William perguntou.

-Eu tô-Kate respondeu rapidamente.

-Max?-Ele me olhou, assenti sem graça-Será que Chloe quer?-Falou, pegando o telefone.

-Quando que Chloe não quer pizza?-Joyce perguntou, William riu.

-Falando de mim, família?-Chloe desceu as escadas de mãos dadas com Rachel.

-Oi, Rachel-Joyce falou, William apenas acenou com a cabeça e começou a falar no celular.

-Eu vou levar ela em casa, não demoro-Chloe avisou.

-Não quer jantar com a gente, Rachel?-Joyce perguntou.

-Ah...se não fora incomodar-Falou.

-Não faz a tímida, Rachel-Chloe falou.

Nós ficamos assistindo uma Orphan Black na Tv, pelo que eu entendi eles sempre assistiam essa série juntos.

-Eu atendo-William falou, levantando quando a campainha tocou. Logo ele voltou com a caixa de pizza e um refrigerante.

-Eu pego os copos-Kate se voluntáriou.

Foi uma noite muito agradável, pensei que me sentiria uma intrusa ali, mas muito pelo contrário me senti como se eu fosse da família. 

Depois de assistirmos vários programas, todos, exceto Rachel, ajudamos a limpar as coisas.  

-Eu vou dormir. Boa noite-Kate falou, beijando a bochecha de Joyce e depois de William.

-Eu vou com você-Falei-Boa noite-Sorri para eles.

-E eu vou levar Rachel em casa-Chloe falou.

Kate e eu subimos. Ela se despediu com um beijo em minha bochecha e entrei no quarto de Chloe. A cama estava arrumada, acho que isso significa que nada aconteceu aqui. Apaguei a luz e me deitei.

11:00 A.M

Olhei às horas no meu celular e arregalei meus olhos, dormi demais. Joyce e William já devem ter saído e eu aqui dormindo feito uma preguiçosa.

-Acordou, bela adormecida-Chloe falou, adentrando o quarto.

-Deixa ela, Chloe-Kate falou, vindo logo atrás da irmã.

Me sentei na cama e me espreguicei.

-Desculpem-Falei, coçando meus olhos.

-Imagina, Max-Kate como sempre sorriu meiga-Vem comer alguma coisa-Falou, assenti e levantei da cama.

Fui ate minha mala, peguei minhas coisas para higiene e Kate me acompanhou até porta do banheiro.

-Precisamos ir até a faculdade hoje-Falou.

É verdade, tinha me esquecido. Não era algo tão importante, só precisava conhecer melhor o lugar.


Kate e eu entramos na caminhonete de Chloe, ela fez o mesmo em seguida. 

-Andrew vai estar lá-Chloe falou, lançando um olhar para Kate, deixando a mesma sem graça-Você falou do Drew pra Max?-Perguntou.

Kate tampou o rosto com as mãos. Confesso que fiquei curiosa, mas nao queria deixar ela ainda envergonhada.

O caminho todo foi entre provacaçoes de Chloe para Kate, eu sem conseguir evitar acabava rindo de algumas coisas. 

-Olha ele ali-Chloe falou, assim que estacionou o carro. Saimos do mesmo-Hey, Drew-Ela fez um toque de mão com ele.

-Katty-Falou de um jeito fofo, beijando a bochecha se Kate. Desta vez ela ficou vermelha de verdade-Olá-Me olhou sem graça.

-Oi-Respondi do mesmo que ele.

....

Esse lugar é enorme, parece que sempre tem algo novo para ser monstrodo. Conheci alguns professores, mas quem eu queria não havia chegado ainda.

-Chloe, pode vir aqui um pouquinho?-Uma mulher cheia de tatuagens a chamou, Chloe assentiu e foi até ela.

-Aquela é crush da Chloe-Kate contou-Quer dizer, professora de artes visuais-Falou.

-Ue, mas Chloe não namora?-Perguntei, confusa.

-Sim, mas Chloe não tem paradeiro. Além do mais, Rachel é só uma garantia para Chloe.

Eu olhei para a tal professora, ela é definitivamente linda: Cabelos bem pretos, pele bem branca, braços praticamente cobertos por tatuagens, olhos verdes e ela tem um piercing no nariz. 

Chloe parecia estar prestando bastante atenção, ela mantia um sorriso bobo no rosto.

-Não acredito-Falei, olhando para o homem que adentrava o prédio.

-Seu ídolo chegou-Kate falou, eu não olhei para ela, mas sei que sorriu.

Ele passou por Chloe e a professora, sorriu e continou vindo em nossa direção.

-Bom, senhor Jefferson-Kate falou.

-Bom dia, Kate-Ele sorriu simpático para ela. 

E eu continuava o encarando encantada e sem reação alguma, não conseguia falar absolutamente nada.

-Essa é Max, ela vai cursar fotografia-Kate contou, ele me olhou sorrindo.

-É mesmo? Eu sou o professor de fotografia-Falou, estendo a mão.

-E-eu sei-Gaguejei, e apertei a mão dele.

-Max sabe tudo sobre você.

-Parece que tenho uma admiradora-Falou em um tom divertido-Bom, seja bem vinda, Max. Tenham um bom dia, meninas-Sorriu e voltou a traçar seu caminho.

-Kate-Chamei, ela murmurou um "Hum?"-Me belisca-Falei, fazendo-a dar uma risadinha, eu a acompanhei, mas fiquei séria quando alguem apertou minha bunda.

-Que budinha gostosa-Um garoto loiro falou.

-Nathan caí fora agora-Chloe falou, se aproximando.

-Eu só tava aju....

-Vaza, Prescott-Ela parecia completamente irritada.

-Baixa tua bola, Price-Ele se aproximou dela.

-Acha que eu tenho medo de você?-Ela perguntou.

-Deveria. Sabe muito bem do que eu sou capaz, não sabe?.

Kate me olhava deseperada e eu estava no mesmo estado.

-To pouco me fudendo para o que você é capaz. Se você encostar na Max ou na Kate, ou em qualquer garota que não tenha pedido pra que você toque nela. Vai ver do que EU sou capaz-Chloe estava definitivamente alterada.

-O que está acontecendo aqui?-A professora de artes falou, parando do lado deles.

-Esse idiota apertou a bunda da minha irmã-Chloe contou, desta vez, sua voz estava um pouco mais calma.

-Vem comigo agora, Nathan-Ela falou autoritária.

-Você me paga-Falou, fuzilando Chloe com olhar.

-BABACA-Chloe gritou quando eles já estavam longe.

Em menos de um minuto realizei um sonho e fui assediada. Vai ser um ano difícil.


Notas Finais


Então, o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...