História The Girl Who Had Bullying - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Bullying, Colegial, Estrupo, Gravidez, Justin Bieber, Morte, Sadomasoquismo
Visualizações 138
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooi, demorei? Um pouquinho,né?!
GENTE SORRY! eu faço os capítulos pelo celular, e como não deu para mexe essa semana...infelizmente não deu para atualizado! SORRY de novo!


Obs: Esse cap e meio pesado! então... Já avisando!!!!!

Capítulo 6 - .....


POV. CALANY


Estava perdida! Não sabia se tinha se passado minutos,ou horas...meus pensamentos estavam a mil,minha bunda latejava pois já não estava mais  aguentando fica na mesma posição,minhas costa escoradas agora pela extensa parede me dava um certo "apoio" 

Meu olhos uma vez ou outra varea pela extensão do banheiro,Justin não fazia a minima questão de interagir comigo,o mesmo estava do outro lado do banheiro,sua cabeça se encontrava entre suas pernas,agora dobradas,me impedindo totalmente de ver seu rosto

Vez ou outra escultava uns murmúrios ao lado de fora do banheiro, o som era quase inaditivel impedindo completamente de saber o que se passa lá fora

- Porra! - saiu dos pensamento com Justin andando de um lado ao outro,entre seus dedos pude observar um celular,ao qual ele apontava para todos os lados supostamente tentando procura sinal

- J-Justin? ...e..eu acho que nos banheiro da escola não tem sinal! - Justin para o que fazia e me encara com as sombraceiras frazidas

- Sério? você por um acaso sabe ao menos o que e um celular? - riu debochado, voltando  a tentar procurar sinal

- O diretor "cortou" qualquer sinal ou ponto de acesso a internet do banheiro pois muitos alunos matavam aula e vinha direto para o banheiro mecher  seus celulares,.... pera!  - corri ate minha bolsa que ainda estava na cabine, a qual eu tinha tomado banho, peguei a mochila que se encontrava em uns do suporte onde ficavam as toalhas, a levando para fora 

- O que você está fazendo?  Pera!  E macumba, né?  Tem galinha ou algo para você fazer seus "trabalhos " - o ignorei, coloquei a bolca no lavatório, fui de bolco em bolco tentando achar o que precisava  - Esqueçe Girina!  esses suas macumbas não vão fucio... 

- Achei!  - disse feliz ao ver meu celular agora em minhas mãos, enteropendo a fala de Justin 

- Ta você tem um celular, o que me surpreendeu,mas eu também tenho,e o que resolvel? 

Desbloqueio a tela do celular com a senha

- A questão e que baixei um APP recentemente que se chama Botão de alerta

- E eu tive uma foda com Simone na piscina da escola ontem quando estava tendo aulas de natação... - o olho chocada, mas me segurando para não me mostra abalada com suas palavras

- Esse botão e tipo um pedido de socorro sem precisar fazer ligação ou algo do gênero, basta aperta o botão vermelho que a mensagem de ajuda chegara a polícia, que pelo seus sistema locizara o local,vindo imediatamente.. e não prescisa de internet ou ponto de sinal - tentei mudar aquele assunto 

- Está esperando o que para aperta o botão,porra? - me encolho um pouco ainda com um certo medo do mesmo

-E-eu já fiz...des.. desculpa por te enrritar - saio de perto do lavatório e voltou a sentar no chão 

- Sua cara, seu corpo, seu cabelo, sua voz, me irrita!  então nem que você beije meus pés você merecerá minhas desculpas, coitados do seus pais devem tido cometido um pecado enorme quando mais novos... Porque realmente ter um troço de filha como você e o fim... E a pergunta que não quer calar!  Se feia dói? 

Olho para a brilhante cerâmica do chão para desfaça meus olhos brilhantes por conta das lágrimas, suas palavras me acertaram em cheio, como se ambos estivessimos em um jogo onde apenas um devia ganhar, ele simplismente venceu, pois suas palavras acertaram em cheio o meu coração fazendo-me se a perdedora, me restando apenas os estilhaços do meu coração quebrado como consolo 

Ele está certo... Posso ser a aluna mais estudiosa da escola, sendo um "orgulho'' para meus pais, mas tudo não passa de um agradecimento meu... 

 Quando as amigas novas da minha mãe chegam em casa e me olham com desdém, por seus olhos os enganarem ao pensar que sou a filha da empregada

Ou quando as vezes vejo o papai  triste por saudades da família que não ver a anos, após não serem de acordo com meu nascimento

- Eu... Você.. Você tem razão eu nao... eu nem mereço está aqui!  Nessa escolas, com vocês, que são.. são tão tudo,populares,bonito,engraçados...seus pais devem ser muito orgulhoso de ter um filho como você, aliás todos os pais dessa escola devem ser muito orgulhosos dos seus filhos, menos... - continuo olhando para o chão só que agora vendo meu reflexo no chão, pois avia uma pequena poça de água feita pelas minhas lágrimas, que caia do meu olho se colidindo com o chão - Eu devia era me matar!  acho que ninguém sentiria falta mesmo, dariam ate uma festa aqui na escola para comemora, né? 

Engulo em seco... 

-Mais ai eu lembro que sou covarde o suficiente para não me matar, sabe Justin!  eu adimiro essas pessoas, sabe porque? porque elas não são iguais a mim: medrosa, fraca, estúpida.. Elas vão fundo mesmo e simplesmente deixa de existir, elas não pensão!  Simplismente faz! 

- Eu acho... 

- Justin não se preocupe... quando eu morre não vou puxar seu pé!  sabe porque? Temos que ter motivo para tal ato, e te agradeço!  você está me ajudando a tomar o último passo da minha vida!    


- AQUI E A POLÍCIA! MÃO NA CABEÇA, SE NÃO VAI LEVAR TIRO!! 




Notas Finais


MEU DEUS!

CALANY "DESABAFANDO"

Justin com as suas falsas suspeitas da Lany fazer macumba

Só digo uma coisa apartir desse capitulo, O bicho vai pegar!!!

SORRY OS ERROS CAP NÃO CORRIGIDO! Amanhã eu concerto!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...