História The Girl with Blue Hair 2.0 - Capítulo 6


Escrita por: ~

Exibições 29
Palavras 2.539
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Harem, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hi Guys <3
Boa leitura
Se é novo aqui favorita!
Não se esqueçam de comentar!
Beijos
E vamos ao capítulo!

Capítulo 6 - It's True I love you


Fanfic / Fanfiction The Girl with Blue Hair 2.0 - Capítulo 6 - It's True I love you

Atlanta, Geórgia, EUA, 17 de Fevereiro de 2017 - Sexta

 

3h53

 

Eu acordei cedo, mas não porque tive um pesadelo. Eu dormi cedo e acordei cedo. Me levantei e fui ao banheiro, tomei um banho e minutos depois saí e vesti uma roupa íntima azul escura, um moletom cinza que aparece a barriga, um short preto rasgado, meias listradas rosas e brancas até o joelho, calcei um Vans azul claro e fiz uma maquiagem antes de sair do banheiro. Quando acabei vi que eram 4h50 e fiquei no meu quarto olhando pro teto até dar a hora de ir pra escola.

 

6h35

 

Eu desci e não tinha ninguém na sala ou na cozinha, me sentei no sofá e liguei a tv no canal de notícias.

 

    -Pequena Reedus de novo, nós a vimos saindo do colégio Atlanta High School, mais cedo com o ator Chandler Riggs. Eles foram para a casa dele, como vemos nessas fotos. E nessas vemos ela saindo da casa dele. Ela parecia estar em choque. O que será que aconteceu? Mais notícias iremos informar, sou o Jason Stevenson e até amanhã no Atlanta News. - O noticiário falou e eu queria quebrar a tv. Eu subi as escadas peguei meu celular e saí de casa indo para a escola.

 

    -Por que essa merda não abre? - Falei com raiva batendo no meu armário que eu tentava abrir. Eu desisti de tentar abrir e fui à sala de música, peguei o violão e me sentei no chão e comecei a criar a melodia da música. Tinha se passado 5 minutos, eu parei e me levantei para ver o quadro de horários e vi que não tinha aula nos primeiros 3 tempos, então eu tinha duas horas e quinze minutos para compor a melodia. Peguei meu celular e coloquei no silencioso, caso alguém tentasse me ligar ou mandar mensagem.

 

9h15

 

Eu ainda estava compondo, mas parei para ir na cantina. Desci as escadas e chegando lá muitas pessoas me olharam, inclusive Mingus, Hana, Kate, Sam e Chandler, Eu peguei uma maçã e saí da cantina voltando à sala de música.

 

    -Sasa… - Chandler falou segurando meu pulso antes de eu entrar na sala.

 

    -Não quero conversar… - Falei puxando meu pulso de suas mãos.

 

    -Você não vai ficar me ignorando por isso, né? - Perguntou.

 

    -Você falou que me ama! Eu não quero conversar. - Falei, entrei na sala, ele me seguiu e trancou a porta.

 

    -Você vai me escutar! - Disse e se encostou na porta.

 

    -Igual da outra vez? - Perguntei e ele assentiu. - Eu sei que você me amava, mas você não me ama agora, você só acha isso, só porque eu voltei. Me desculpa se eu não sou aquela menina que você queria que eu fosse. Me desculpa se eu não sou como eu era antes. Me desculpa se eu não estive aqui quando você precisou de alguém. Me desculpa por… - Fui interrompida por um beijo de Chandler. Eu estava precisando tanto daquilo, mas eu o afastei. - Eu… Não sei se te amo. - Falei rapidamente e ele me deu um selinho. - E você está complicando…

 

    -Eu te amo! É verdade, eu te amo, mas você não pode simplesmente ignorar todo mundo. Você pode não me amar, mas eu espero, quero esperar esse dia chegar, quero estar aqui. - Falou e o sinal tocou. - Agora você vem, temos aula de Matemática. - Me puxou até a sala.

 

    -Silêncio! - Professor Farley falou ao chegar na sala. - Irei falar as notas, por ordem das notas começando por… George, Jennifer e Mingus 5. - Ele começou. - Brianna, Julie e Nancy 5,5. Douglas, Katelyn e Saphira 6. Edward e Peter 6,5. Yasmin, Dennis e Hana 7. Chandler e Joseph 7,5. Deborah e Jane 8. Eric e Kelly 8,5. Laura, Rose e Sam 9. - Ele parou fazendo suspense, eu poderia ter tirado 9,5 ou 10. - Mary e Victoria 9,5. E a única com um 10, Saphira. Parabéns! - Falou feliz. - Quero que todos venham aqui para pegar suas provas e tirarem dúvidas. - Me levantei e peguei a minha prova que tinha um 10 escrito de caneta vermelha.

 

    -Mano… O papai vai me matar! - Min falou chegando ao meu lado.

 

    -Se fudeu… - Sussurrei. - Ele vai… O que ele vai fazer comigo? - Perguntei olhando para Mingus.

 

    -Eu não sei, nunca tirei um 10! - Falou e o sinal tocou. - Que legal… Química. - Falou com um falso entusiasmo.

 

    -Pelo menos o professor é legal. - Falei e fomos ao laboratório.

 

    -Bom dia classe! - Professor Ford disse e eu peguei meus fones e os coloquei nos ouvidos e me deitei na mesa dormindo em seguida.

 

11h30

 

    -Senhorita Reedus! - O professor falou tirando o meu fone e eu acordei.

 

    -Bom dia, David! - Falei sorridente.

 

    -Por que está tão feliz? Você dormiu na minha aula, eu podia te levar para a sala da diretora. - Ele falou me ameaçando.

 

    Mas você não vai, porque eu tirei 10 em Matemática! - Falei e ele me olhou com uma cara de bravo. - Já to indo… - Falei e me levantei indo para a diretoria. - Bom dia Lynn Thompson, ou Senhora Thompson? Acho que Senhora Thompson é melhor. - Falei do lado de fora da sala, esperando ser chamada pela secretária.

 

    -Saphira? Já pode entrar. - Nicole, a secretária falou.

 

    -Bom dia Senhora Thompson. - Eu falei e sentei na cadeira em frente da mesa da diretora.

 

    -Senhorita Reedus, soube que sua família te achou. Isso é uma boa notícia, mas o que você irá ganhar por dormir na aula não vai ser uma boa notícia. - Ela falou e eu revirei os olhos. - Você vai ficar de detenção hoje, irá limpar as quadras de basquete. Agora pode sair. - Eu saí da sala dela e fiquei na quadra de basquete.

 

12h

 

As aulas acabaram e eu fui para o vestiário para não molhar as minhas roupas enquanto eu limpo a quadra. Só tirei o moletom e o guardei no armário, fiz um coque no cabelo e peguei os produtos de limpeza. Comecei a limpar a quadra e mãos rodearam a minha cintura.

 

    -Chandler! O que você está fazendo aqui? - Perguntei me virando.

 

    -Eu não ia perder ver você limpando a quadra! - Ele falou e me deu um selinho. - E também chamei o pessoal pra te ajudar. Gente pode entrar! - Gritou e Mingus, Kate, Sam e Hana entraram. 

 

    -Valeu gente! - Falei e começamos a limpar, alguns minutos depois estávamos brincando, os meninos estavam correndo atrás da gente, as meninas. Eles estavam com um balde d’água querendo jogar na gente.

 

    -Chandler, não por favor! Eu tô seca! - Falei correndo, mas eu escorreguei e cai no chão e Chandler caiu em cima de mim segundos depois. - Você tá muito gordo! - Reclamei. - Mingus! Larga esse balde. Agora! - Gritei, mas Mingus jogou a água em cima de mim e de Chandler. - Mingus! - Gritei.

 

    -Isso tá ficando muito pornográfico, quem acha? - Kate perguntou e ela, Hana, Mingus e Sam levantaram a mão.

 

    -Chandler? Sai de cima dela. - Mingus falou.

 

    -Por que vocês não fazem a mesma coisa e se pegam? - Chandler falou e me beijou. Ele saiu de cima de mim e me puxou para seu colo.

 

    -O que está acontecendo aqui? - Ouvi a voz do meu pai e sai rapidamente do colo de Chandler.

 

    -Que bom que é você! Imagina se fosse a Senhora Thompson? - Min falou aliviado.

 

    -Oi Norman. - Chandler disse.


    -Eu ia buscar vocês todos para ir ao set, mas vejo que estão ocupados. - Meu pai falou.

 

    -Leva a gente por favor. Se eu falar uma coisa você leva a gente? - Perguntei ao meu pai.

 

    -Já receberam alguma nota? De que? - Ele perguntou.

 

    -Matemática e eu tirei 10! - Respondi animada.

 

    -E vocês? - Meu pai perguntou ao resto.

 

    -6… - Kate falou.

 

    -7… - Hana disse.

 

    -7,5… - Chandler falou se levantando.

 

    -9! - Sam falou animado.

 

    -E você, Mingus? - Meu pai perguntou e ficou na frente de Mingus.

 

    -5… - Ele sussurrou.

 

    -5! Caralho! Mingus! - Meu pai gritou.

 

    -Acho que é melhor a gente terminar aqui. - Falei e começamos a secar a quadra.

 

    -Quando vocês acabarem vão direto ao vestiário. - Meu pai falou e se sentou na arquibancada. Demoramos 20 minutos para secar e fomos direto ao vestiário, tomamos banho e eu vesti a minha roupa reserva que eu guardava no armário. Uma roupa íntima azul, uma blusa branca que mostra a barriga, um short preto, um tênis preto, fiz uma maquiagem simples e saí do vestiário com as meninas.

 

17h

 

    -Já era hora! - Os meninos falaram juntos.

 

    -Todos pro carro! - Meu pai falou e fomos correndo pro carro. Ninguém queria ir na frente com meu pai então ficaram Chandler, Mingus e Sam, comigo, Kate e Hana entre as pernas, respectivamente. Depois de uns 20 minutos chegamos ao estúdio. - Vocês seis vão ficar aqui que eu vou pro set de gravação. - Meu pai falou e entrou no set.

 

    -Ok… - Falei e me joguei no sofá.

 

    -Quem quer brincar de verdade ou desafio? - Kate perguntou com uma garrafa nas mãos.

 

    -Mas eu acabei de deitar aqui! - Reclamei.

 

    -Levanta! Preguiçosa! - Min falou e eu taquei uma almofada nele. - Ai!

 

    -Vamos. - Hana falou e sentamos nós 6 em volta da garrafa e a giramos, caiu em mim e na Kate.

 

    -Verdade ou desafio? - Kate perguntou.

 

    -Desafio… - Falei cabisbaixa.

 

    -7 minutos no céu com ele. - Kate falou apontando para o Chandler.

 

    -Mas que merda é essa? - Perguntei.

 

    -Você vai ficar 7 minutos dentro de um armário com o Chandler, é simples. - Respondeu e eu me levantei e fui até o armário e Chandler me seguiu. Nós entramos e ficamos nos encarando, ele se sentou e me puxou para seu colo.

 

    -Por que sempre tão linda? - Chandler sussurrou colocando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha e me beijou. Um beijo calmo no começo, que começou a ficar selvagem, as suas mãos estavam em minha cintura e as minhas mãos estavam dentro de sua camisa, arranhando seu abdômen com minhas unhas. Quando o ar começou a ser necessário nos separamos, pude sentir seu membro rígido embaixo de mim. - Quanto tempo já se passou? - Ele perguntou e eu peguei meu celular no bolso do short.

 

    -2 minutos. - Respondi e guardei meu celular.

 

    -Ainda? - Perguntou e eu revirei os olhos.

 

    -Você quer ficar conversando ou… - Respondi e em seguida o beijei, ele estava com as mãos em minha cintura e em seguida as abaixou indo de encontro com a minha bunda, ele a apertou e eu gemi baixo.

 

    -Vocês são dois moleques transantes! - Ouvi a voz de Jeffrey e me separei de Chandler.

 

    -A culpa é da Kate. - Falei saindo do armário com Riggs atrás de mim.

 

    -Você que pediu desafio… - Ela retrucou.

 

    -Mas valeu a pena. - Chandler falou e eu dei um tapa em sua cabeça. - Ai.

 

    -Se não estivessem num armário teriam transado. - Sam falou. - Esse é o meu garoto!

 

    -Calem a boca! - Falei e eles ficaram em silêncio. - Vocês vão na Comic Con, né? - Perguntei e todos assentiram. - Temos que arrumar as malas… Eu vou pra casa, vocês vem? - Perguntei e eles negaram. - Vai comigo? - Perguntei me virando para Chandler.

 

    -Vou. Andrew fala com o Norman que eu levei a Sasa em casa. Tchau gente. - Chandler falou e fomos em direção da minha casa.

 

    -Assim… Você vai me ajudar com a minha mala, né? - Eu perguntei pra ele.

 

    -Eu vou ficar deitado na sua cama, é isso que eu vou fazer. - Ele falou rindo e pegou minha mão entrelaçando os nossos dedos.

 

    -Sério? Ok. - Falei abrindo a porta de casa e entramos.

 

    -Você vai com que roupa para o evento? - Ele perguntou se jogando na minha cama.

 

    -Você só vai ver na hora. - Eu falei e ele resmungou algo que eu não entendi.

 

    -Eu posso cochilar enquanto você arruma? - Ele perguntou.

 

    Vai, depois eu te acordo, você já arrumou a sua mala? - Perguntei e ele assentiu.

 

21h

 

    Eu já tinha acabado a minha mala e estava indo para a cozinha, fiz um sanduíche e comi. Abri a geladeira novamente e peguei o chantilly. Fui para o meu quarto e peguei meu telefone, coloquei chantilly na mão de Chandler que estava adormecido e comecei a gravar. Fiz cócegas no nariz dele e ele cutucou o nariz com a mão de chantilly e seu rosto ficou cheio de creme, eu comecei a rir, ele acordou e começou a correr atrás de mim e eu parei de gravar.

 

    -Sasa! Volta aqui! - Ele gritou ainda correndo atrás de mim. - Te peguei! - Falou quando me pegou no colo. Eu peguei o chantilly do nariz dele e comi.

 

    -Tá bom. - Falei.

 

    -Vamos… - Ele falou e voltamos ao quarto. - Eles já devem estar voltando. - Chandler falou se sentando na cama. - Eu vou pedir para a minha mãe trazer a minha mala, já volto. - Saiu do quarto, eu fui para o banheiro e tomei um banho, quando acabei vesti uma roupa íntima preta, um moletom vermelho escuro grande, um short cinza e meias pretas até o joelho, saí do banheiro em seguida encontrando Chandler, Kate, Mingus, Hana e Sam sentados na minha cama de pijama. - Finalmente! - Chandler exclamou.

 

    -Por que todos estão aqui? - Perguntei bocejando em seguida.

 

    -Vamos todos juntos amanhã. - Kate respondeu.

 

    -Meninos. - Falei e eles me olharam. - Saiam.

 

    -Magoou! - Chandler falou e eu lhe dei um selinho.

 

    -Vocês não vão dormir aqui! As meninas vão, bem eu espero… Vai que vocês saem no meio da noite e o Chandler chega aqui. - Falei e todos riram.

 

    -Boa noite! - Os meninos falaram e saíram.

 

    -Boa noite! - Eu, Kate e Hana falamos um pouco alto para eles ouvirem.

 

    -Como vão vocês? - Hana perguntou me olhando e eu a olhei com uma cara confusa. - Você e Chandler, sua idiota. - Eu corei.

 

    -Que fofa! Tá corada! - Kate exclamou apertando minha bochecha.

 

    -Para. - Falei. - Nós somos só amigos.

 

    -Amigos não se beijam! - As duas falaram juntas e fizeram um high-five em seguida.

 

    -Mas não namoramos, nós somos… - Pensei por um tempo. - Amigos.

 

    -Sei… - Kate resmungou.

 

    -Mas é sério, somos só amigos! E como vai você e Mingus? E você e Sam? - Falei apontando para as duas.

 

    -Somos só amigos! - As duas exclamaram ao mesmo tempo e fizeram novamente um high-five.

 

    -Você. - Apontei para Hana. - Não sei o que acontece com você e o Sam, mas com você, Kate. Você e o meu irmão estão se pegando também que eu sei! - Falei. - Vamos dormir que eu estou com sono. - Me deitei e elas se deitaram, me deixando no meio.

 

    -Boa noite. - Falamos todas juntas.

 

[…]


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Comentem para me avisar de qualquer coisa, como melhorar e essas coisas! Bye Guys!

Roupa Saphira: http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=220409381


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...