História The Girl With Cat Ears - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Ramiro, Simón, Tamara
Tags Híbrido, Luna, Lutteo, Matteo
Exibições 64
Palavras 318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa Leitura <3

Capítulo 2 - Em sua cama.


--21:39 -- Luna Pov's-

Depois que Matteo me "jogou" em meu quarto, não ousei sair de lá, com medo de meu irmão.

Se é que aquilo podia ser chamado de irmão.

Mas uma hora fiquei com fome.
Eu sabia que tinha que comer, ou poderia desmaiar, já que tinha ficado muito tempo lá dentro.

Então desci, e fui pra cozinha de cabeça baixa sem fazer muito barulho.
Estranhei ao não ver Matteo na sala ou na cozinha, mas deixei pra lá, apenas peguei meu saquinho de bolinhas de queijo e fui correndo para o seu quarto.
Mas acabei passando pelo quarto de Matteo.

E lá estava ele.
Dormindo.
Parecia um anjo.

Pena que era pior que o demônio quando estava desperto.

Fiquei tão distraída vendo Matteo dormir que nem percebi quando entrei no quarto.

Me repreendi por isso.
Mas não saí.

Me ajoelhei com cuidado ao lado da cama e fiquei encarando o rosto dele.

Ele fica muito bonito dormindo.
Não só dormindo...
Ele é bonito.
Muito bonito...

Levei minhas mãos trêmulas ao seu cabelo e pousei elas ali.

Por que ele me tratava tão mal?...
Eu realmente não tenho culpa de ter sido adotada....

Tirei minha mão dali e me levantei.
Quando me virei, senti alguém segurar meu pulso.
Matteo.

-- Merda... ~Sussurrei e tentei me soltar ainda de costas

-- Não vai...

Finalmente me virei.
Como assim?
Ele estava dormindo...
Será que ele é sonâmbulo?

...Eu estava ofegante, suando...
Tentei me soltar mais uma vez, sem sucesso.

Me senti sendo puxada, e abri meus olhos, olhando novamente aquele rosto.
Aquele rosto que por algum motivo fazia meu coração acelerar.

Ele ainda segurava meu pulso.
Com uma força que ainda machucava.

Eu não podia me aproximar assim dele.
De qualquer forma, ele era meu irmão.
Mesmo sem ser de laços sanguíneos.

Assim que saí do meu transe percebi...

Eu estava ao lado de Matteo,






em sua cama.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...