História The Glory Days - Capítulo 7


Escrita por: ~

Visualizações 93
Palavras 2.190
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello! 💖


VOCÊS PENSARAM QUE EU NÃO IA POSTAR HOJE NÉ?


Depois de um mês, de ter terminado o TCC e concluido a faculdade estou livre para continuar essa fanfic.
Eu realmente quero terminar essa história, mesmo não tendo o pique de antes para fanfics. E eu vou continuar, mesmo sabendo que talvez alguns de vocês tenham desistido, eu compreendo. Aos que continuarem a ler, fica meu agradecimento.


Link da música nas notas finais. Obrigada a Débora pela sugestão de música, se encaixou perfeitamente!

Espero que gostem! Boa leitura!

Capítulo 7 - Fight Song


Fanfic / Fanfiction The Glory Days - Capítulo 7 - Fight Song

- Desculpa. Eu estou tentando fazer isso da maneira menos pior. Estou sendo honesto. É o melhor a se fazer. – disse Dele.

- Então vai lá, Dele. Vai correr atrás da filhinha de papai! Adeus! – disse Ruby.

Ruby entregou sua cópia da chave da casa de Dele e foi embora.

Enquanto isso, em sua casa, Natalie estava deitada na cama, arrasada e chorando muito. Elisa já estava preocupada com a irmã. Maiara e Vânia foram para a casa delas e ficaram chocadas ao ver o estado em que Natalie se encontrava.

- Natalie, eu não te vejo assim desde que perdemos o vovô e o papai, Está demais já! – disse Elisa.

- Você está preocupando a gente. – disse Vânia.

- Você exagerou muito em relação ao Tottenham. Olha o estado que você se encontra. – disse Maiara.

- Você tem certeza que vai aguentar esse cargo? – disse Vânia.

- Vocês estão duvidando de mim? – disse Natalie.

- Não é isso! Estamos preocupadas com a sua saúde mesmo! – disse Elisa.

- Gerir um clube é uma tarefa dificílima. Você é jovem demais. Ninguém duvida do seu amor pelo Tottenham e da sua competência, mas tudo ao seu tempo. – disse Maiara.

- Está bem, gente. Eu vou melhorar. Agora eu só quero dormir para não pensar nisso. Confiem em mim, tudo vai ser resolvido. – disse Natalie.

Elas deixaram Natalie sozinha no quarto. As horas se passaram, mas Natalie não conseguia dormir. Após um longo tempo ela finalmente adormeceu, mas foi acordada três horas por Elisa.

- Bom dia! Você está bem? – disse Elisa, entrando no quarto de Natalie.

- Estou melhor. – Natalie disse, ainda sonolenta.

- Ótimo! Relaxe e não leia nada da imprensa esses dias. Eles são maldosos.

- Elisa, você está com cara de quem está escondendo alguma coisa. Por que você não quer que eu leia os noticiários?

- Só quero que você se preserve!

Natalie pegou o celular e foi ler os noticiários:

- “Mauricio Pochettino é flagrado jantando com Alex Fergunson. Sua ida para o Manchester United é cada vez mais certa...” O QUE? ELISA, COMO VOCÊ QUERIA ME ESCONDER ISSO? – disse Natalie.

- Porque eu não quero você surtando! – disse Elisa.

Natalie se levantou da cama na hora.

- A gente não pode deixar a situação desse jeito. Vamos deixar nosso técnico ir embora assim? Eu sei que o baque foi grande, mas temos que fazer nosso time acreditar! E eu preciso de você nessa! – disse Natalie.

- Eu estou contigo sempre! – disse Elisa.

 

Like a small boat on the ocean

Como um pequeno barco no oceano

Sending big waves into motion

Enviando grandes ondas em movimento

Like how a single word

Como uma única palavra

Can make a heart open

Pode fazer um coração se abrir

I might only have one match

Eu posso ter apenas uma partida

But I can make an explosion

Mas posso fazer uma explosão

 

Natalie foi para o banheiro, escovou os dentes e então disparou até a cozinha e pegou um copo de leite.

- Eu vou na casa do Pochettino agora! – disse Natalie.

- Mas assim, sem avisar? – disse Elisa.

 

And all those things I didn't say

E todas aquelas coisas que eu não disse

Wrecking balls inside my brain

Bolas demolidoras dentro do meu cérebro

I will scream them loud tonight

Vou gritar bem alto hoje à noite

Can you hear my voice this time?

Você pode ouvir minha voz dessa vez?

 

- Preciso falar cara a cara com ele. Nós temos que mostrar a todos que vale a pena ficar no Tottenham! Fale com os jogadores. Com todos eles!

- Ir na casa de todos? Acho que um telefonema para cada um dá, não é?

- Bom. Combinado então. Você vai ligar para todos os jogadores, porque a gente não pode perder nosso elenco! E eu vou falar com o técnico. – disse Natalie.

 

This is my fight song

Esta é a minha canção de luta

Take back my life song

Pegue de volta a minha canção de vida

Prove I'm alright song

A canção que prova que estou bem

My power's turned on

Meu poder está ligado

Starting right now I'll be strong

A partir de agora eu vou ser forte

I'll play my fight song

Eu vou tocar minha canção de luta

And I don't really care if nobody else believes

E eu realmente não me importo se ninguém mais acredita

'Cause I've still got a lot of fight left in me

Porque eu ainda tenho muita luta que ficou em mim

 

Natalie deu um beijo no rosto de Elisa e foi embora.

Elisa começou a telefonar para cada um dos jogadores. Ela perguntava como eles estavam, conversava com eles e dizia o quanto ele era importante para o time.

Natalie dirigia, mas no meio do caminho começou a chover, o que foi piorando o trânsito que já estava ruim.

- Calma, Natalie. Calma. Vai dar tudo certo. – ela dizia para si mesma.

Losing friends and I'm chasing sleep

Perdendo amigos e perseguindo o sono

Everybody's worried about me

Todo mundo está preocupado comigo

In too deep they say I'm in too deep

No fundo, eles dizem que estou no fundo do poço

And it's been two years

E fazem dois anos

And I miss my home

E eu sinto falta da minha casa

But there's a fire burning in my bones

Mas há um fogo queimando em meus ossos

And I still believe yeah I still believe

E eu ainda acredito, eu ainda acredito

 

Já a cerca de cinco minutos a pé de distância da casa de Mauricio Pochettino, o trânsito estava completamente parado. Após vinte minutos no mesmo lugar, Natalie decidiu estacionar o carro e seguir a pé. A chuva piorava e ia encharcando Nat.

Natalie chegou na porta da casa de Mauricio e tocou a campainha. Mauricio abriu a porta pouco depois e se surpreendeu ao ver Natalie.

- Por favor, não vá embora! – Natalie disse, ofegante e encharcada da chuva.

 

This is my fight song

Esta é a minha canção de luta

Take back my life song

Pegue de volta a minha canção de vida

Prove I'm alright song

A canção que prova que estou bem

My power's turned on

Meu poder está ligado

Starting right now I'll be strong

A partir de agora eu vou ser forte

I'll play my fight song

Eu vou tocar minha canção de luta

And I don't really care if nobody else believes

E eu realmente não me importo se ninguém mais acredita

'Cause I've still got a lot of fight left in me

Porque eu ainda tenho muita luta que ficou em mim

 

- Natalie, entra por favor. Minha nossa, você está toda molhada. – disse Mauricio.

- O trânsito... O trânsito estava péssimo. Aí no final eu vim a pé. – disse Natalie.

Mauricio pegou uma toalha e entregou para Natalie.

- Obrigada. – disse Natalie.

- Sente-se por favor. – disse Mauricio.

Natalie se sentou ao de Mauricio no sofá.

- Senhorita Levy, eu imagino que para você ter vindo tão de repente aqui em casa foi algo grave. – disse Mauricio.

- Eu sei que querem que você vá para o United. Todo mundo viu as fotos de você num restaurante com o Ferguson. Eu imagino que a proposta deles deve ser tentadora. Mas, por favor, fica no Tottenham. Eu acompanho esse time desde que nasci. Esse clube é minha vida. E eu nunca confiei tanto em um técnico como confio no senhor. Você mudou a filosofia desse time. E eu sei que se você continuar o seu legado será imensurável e muitas conquistas virão! – disse Natalie, emocionada.

Mauricio ficou surpreso e tocado com as palavras de Nat.

- Natalie, eu não vou sair do Tottenham. – disse Mauricio.

- Graças a Deus. – disse Natalie, fechando os olhos.

- E não houve nenhuma oferta do United. Eu jantei com o Ferguson porque somos amigos. Ele é uma inspiração para mim e eu disse isso a ele. Quero ser para o Tottenham o que o Ferguson é para o United.

Nat deu um berro de alegria e abraçou Mauricio. Ele se surpreendeu com o ato dela e riu. Natalie se afastou pouco depois.

- Sou muito empolgada, desculpa. Preciso ficar mais séria, meu cargo exige isso. – disse Natalie.

- Não, Natalie. Seja exatamente da maneira que você é. Isso te torna única. Você pode ser bem jovem, inexperiente, e se me permite, um pouco doidinha. Mas é tudo que você é que me faz acreditar completamente no seu projeto e sentir que o Tottenham é meu lugar. – disse Mauricio.

Natalie sorriu.

- Muito obrigada! É uma honra. – disse Natalie.

Alguém abriu a porta e apareceu repentinamente.

- Natalie? – disse Maurizio, um dos filhos do técnico, que joga na base do Tottenham.

- Oi! Eu vim ter uma conversinha com o seu pai sobre o time. – disse Natalie.

- Ah, sim. Acabei de chegar do treino.

Logo em seguida Sebastiano, o outro filho de Mauricio, apareceu.

- Natalie! Quanto tempo! – disse Sebastiano.

Natalie e Sebastiano se cumprimentaram. Ela começou a conversar com os dois filhos do técnico, que estavam empolgados com as ideias de Natalie para a próxima temporada.

Uma funcionaria da casa apareceu pouco depois avisando que o almoço estava pronto.

- Nat, almoça com a gente! – disse Sebastiano.

- Sim. Você é nossa convidada. – disse Pochettino.

- Está bem. – disse Natalie.

Natalie almoçou com a família Pochettino. Ao sair da casa deles ele voltou para a casa aliviada e sentindo que tinha uma parceria com o técnico que faria o Tottenham ir longe.

Nos dias que se seguiram, as irmãs Levy estavam mais tranquilas que o time do Tottenham não iria se desfazer. Enquanto isso, os jogadores já estavam concentrados com suas respectivas seleções para a Euro.

Elisa e Natalie viajaram para a França para acompanhar a Euro. Elas estavam em Marselha na estreia da Inglaterra. Quando Eric Dier fez o gol que abriu o placar, Elisa sentiu-se especialmente orgulhosa. Eric olhou em direção a ela e a reconheceu no meio da torcida. Elisa então mandou um beijo para Eric.

- Hummm... Já estão assim? – disse Natalie.

- Lá vem... – disse Elisa.

- Você gosta dele. Tá apaixonadinha. – disse Natalie.

- Não!

- Está sim. Tá pagando a língua por ter me dito que sou próxima demais dos jogadores.

- Não tenho nada com ele. – disse Elisa.

- Mas ta gostando. Reflita que você vai perceber.

O jogo de estreia terminou empatado. Inglaterra 1 x 1 Russia.

Elisa não conseguiu se encontrar com Eric após o jogo, mas mandou uma mensagem:

- Parabéns pelo gol! Sei que não foi bom ter empatado, mas vocês vão longe! Você é um orgulho para todos os Spurs!

Eric estava no vestiário sorriu com a mensagem de Elisa. Dele estava ao lado dele e viu.

- Ah, tá apaixonado! – disse Dele.

- Que isso... Não! – disse Eric.

- Mas seria ótimo, não é? Eu com a Natalie, você com a Elisa. Apoio. – disse Dele.

- Não sei...

- Seria! Pena que elas estão longe.

- Na verdade elas estão aqui em Marselha. Num hotel próximo ao nosso.

- O QUE? – disse Dele.

- Sim. Vai fazer o que? Ir atrás da Natalie?

- Mas é claro! Terminei meu namoro para isso. Eu amo a Natalie.

Dele se arrumou o mais rápido possível. Ele descobriu o número do quarto de Natalie e bateu lá.

Natalie abriu a porta e ficou boquiaberta ao ver Dele.

 

Oh it's magnetic, isn't it?

Oh, é magnético, não é?

The sense of something underneath the surfasse

A sensação de algo abaixo da superficie

When you're laying on thin ice

Quando você deita no gelo fino

Just a little bit masochistic

Apenas um pouco masoquista

A tentative ellipses

Uma elipse provisória

The parting of your lips and the ache in your eyes

O desejo de seus lábios e a dor em seu olhar

But I think I'm gonna kiss you

Mas eu acho que irei te beijar

All despite what we both know

Apesar do que nós sabemos

 

- Eu terminei com a Ruby. – Dele disse, entrando no quarto.

- Quê? – Natalie disse, surpresa.

 

This is the love that we won't get right

Que esse é um amor que não vai dar certo

Still if you said that you wanted

Ainda assim se você me dissesse que quer

I know I'll always have one more try

Eu sei que sempre darei uma nova chance

Oh, baby, I think we both know

Oh baby, eu acho que nós dois sabemos

This is the love that we won't get right

Que esse é um amor que não vai dar certo

Still if you said that you wanted

Ainda assim se você me dissesse que quer

I know I'll always have one more try

Eu sei que sempre darei uma nova chance

 

- Desculpa, eu estou meio avoado. O negócio é que eu te amo. E eu sei que você ainda me ama. – disse Dele.

Natalie foi em direção a Dele e seus lábios se uniram imediatamente. Eles colaram os corpos e trocavam beijos intensos e apaixonados, enfim liberando os sentimentos outrora reprimidos.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...