História The Golden Girl - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Álvaro Morata, Antoine Griezmann, Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão, Gareth Bale, Irina Shayk, James Rodríguez, Karim Benzema, Manuel Neuer, Marco Reus, Mario Götze, Mats Hummels, Mesut Özil, Pierre-Emerick Aubameyang, Robert Lewandowski, Sergio Ramos, Thomas Müller
Personagens Álvaro Morata, Antoine Griezmann, Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão, Gareth Bale, Irina Shayk, James Rodríguez, Karim Benzema, Manuel Neuer, Marco Reus, Mario Götze, Mats Hummels, Mesut Özil, Pierre-Emerick Aubameyang, Robert Lewandowski, Sergio Ramos, Thomas Müller
Tags Drama, Euro, Futebol!, Romance
Exibições 115
Palavras 1.647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá! Deixo vos uma imagem de minha nova crush: André Horta meia do Benfica e predentende de Raquel na fic!😍💕
Espero que gostem!❤
Beijos😘

Capítulo 39 - Unlucky Injuries


Fanfic / Fanfiction The Golden Girl - Capítulo 39 - Unlucky Injuries

-William? Está tudo bem? - eu perguntei ao meia que estava caído no chão depois de alguns exercícios de passes e roubos de bola.

-Não! Meu tornozelo, está doendo! - ele falou, visivelmente com dor. 

-Fernando! - eu falei me aproximando do técnico que falava com Nani. - William está se queixando de dor num tornozelo. É melhor levar ele a Carolina. - eu falei e Fernando quase que voou ao encontro de William, que logo foi logo levado para a sala da equipe médica portuguesa. 

 

Fomos dispensados do treino e nos sentamos esperando notícias de William, em uns bancos perto da porta da sala onde ele estava sendo examinado. 

 

[...]

 

-Lesão muscular de grau II? - Adrien perguntou preocupado.

-Sim, infelizmente não poderemos contar com William.- Fernando respondeu depois de quase duas horas de espera.

-Quanto tempo de recuperação? - Fonte perguntou.

-3 a 5 semanas. Mas com Carolina cuidando da lesão eu diria 2 a 3 semanas e ele fica apto.- Fernando respondeu sorrindo leve.

-E agora? - Cris perguntou visivelmente preocupado. 

-Agora chamarei alguem dos sub-21 que estão em treino também. Tentaremos que ele chegue ainda hoje para treinar de tarde. 

-Quem? - eu perguntei curiosa. Havia grandes talentos nos sub-21 então estava mesmo ansiosa por saber quem seria.

-Ainda não decidi. Agora se me dão licensa tenho um jogador para chamar. - Fernando falou e saiu em direção a seu escritório compartilhado com Joachim Löw. 

 

[...]

 

Estavamos todos na sala de refeições jogando Fifa, alemães contra portugueses. 

 

Estavamos precisando uma distração, pois a lesão de William nos afetou um pouco em termos de confiança para o jogo de amanhã e não podiamos mesmo perder esse jogo. Tinhamos a responsabilidade de ganhar à Alemanha mais uma vez, ainda mais depois de termos ganho o Euro e as Ballon D'Or. 

 

Responsabilidade acrescida para Portugal.

 

-Raquel é sua vez. - Rui falou me passando o controle. Iria jogar contra Reus e ele veria o que uma garota viciada em videogame era capaz de fazer.

-Pronta para perder? - Marco perguntou sorrindo vitorioso.

-Ah, querido. Eu nunca perco! - eu falei e pisquei para ele que riu.

Acabei ganhando dele 3-1 numa partida entre o Borussia e o Benfica onde, curiosamente, marcamos nós os gols no videogame.

-Não acredito! - Marco falou bufando.- Acabei de perder com uma garota no Fifa! Eu, Marco Reus, Rei do Videogame! - Marco falou nos fazendo rir.

-Se te faz sentir melhor, você não perdeu para qualquer garota, perdeu para a melhor do mundo! - eu falei vitoriosa e logo todo o mundo começou zuando Marco. 

 

Estávamos jogando entre risos e brincadeiras quando Fernando entrou na sala acompanhado por Joachim e William.

-Meninos! -Fernando chamou.- Como sabem William não poderá mais continuar na seleção, dadas as circunstâncias o treinador de sub-21 teve a gentileza de dispensar um dos meias para que nós podessemos ter mais opções no ataque. Depois de ponderar muito sobre qual dos meias escolher, tomei a minha decisão baseado no caráter que quero incutir na equipa e que ele pode trazer para vocês.- Fernando falou em inglês e minha curiosidade aumentou.- Entra! -Fernando falou para a porta da sala e logo um moreno de 19 anos bem meu conhecido entrou na sala para espanto de todos.

-André! - eu falei correndo para abraçar ele.- Que saudades! E parabéns! 

-Obrigada Raquel! Também estava morrendo de saudades suas.- ele falou me beijando na bochecha. 

-Podemos cumprimentar também o nosso novo colega? Ou o casal quer mais tempo a sós para dar uns amassos? - Quaresma falou e tanto eu como ele ficamos bastante vermelho o que fez os meninos rir. 

 

Olhei para Mario discretamente e vi seu maxilar cerrado tal como seus punhos,ou seja, ele está morrendo de ciúmes. 

 

André seguiu para cumprimentar todos nós e em seguida deu um abraço em Bastian, seu colega no Benfica, que lhe apresentou a seleção alemã. Claro que Mario não foi nem um pouco simpático para André e nem tentou se esforçar para se mostrar um pouco feliz com sua chegada, ao contrário de André que o cumprimentou com um sorriso enorme no rosto.

 

Meu Deus onde eu estou metida!

 

*****Mario POV*****

 

Como assim André iria jogar na seleção portuguesa? 

 

Eu não estava nada contente com essa novidade e fiz questão de mostrar isso mesmo para todo o mundo. Confesso que talvez pudesse ter sido um pouco mais educado ao cumprimentar André, mas ele chegou todo risonho e saiu abraçando Raquel, então digamos que meus ciúmes estavam ligados no máximo.

 

Não estava nem prestando atenção à conversa que se desenrolava entre Marco, Manuel, Bastian e Thomas, meus pensamentos estavam totalmente centrados em Raquel e seu novo namoradinho.

 

-Sunny, ouviu alguma coisa do que dissemos na última hora? - Marco perguntou me fazendo sair de meu transe. 

-Ah, desculpe. Não, não ouvi nada.- eu falei ainda muito distraído.

-Mario, qual é? - Thomas falou sério. Thomas NUNCA fala sério. - Você tem que deixar Raquel viver a vida dela em paz! Afinal quem fez merda foi você...

-Eu sei disso Thomas! - eu falei suspirando. - Mas você quer o quê? Morro de ciúmes dela! Não posso nem pensar nela e naquele André, me entra logo uma vontade de socar a cara dele! - eu falei passando as mãos por meu rosto.

-André é um cara muito legal, Mario. - Bastian falou.- Ele me falava muito de Raquel... - Bastian falou. 

-O quê? - eu perguntei surpreso.- Ele fala dela para você? - eu perguntei ao que ele assentiu. - E o que ele  diz?

-Só coisas boas! - Bastian diz.- Se desfaz em elogios para ela e até já me contou algumas coisas de quando eles namoraram! - Bastian falou rindo.

-Me conta Basti! - eu pedi me ajeitando na cama de Marco. 

-Então eles namoraram um ano e tal e acabaram por falta de tempo para estarem juntos. Segundo ele no ano seguinte, quando Raquel já estava no Benfica eles tentaram novamente namorar, e aí perceberam que não se gostavam mais. Acho que ainda ficaram algumas vezes antes de ela ir para o Euro...- Bastian falou e eu escutava com toda a atenção do mundo.

-Tenho certeza que ele ainda gosta dela. Não dá para enganar! - Manuel falou e os outros assentiram.

-E você? -Marco perguntou.

-Eu? 

-Sim, você! - Marco falou sem paciência. - Vai deixar que ele fique com ela com essa facilidade? -Marco perguntou me olhando nos olhos.

-E o que eu faço Marco? - eu perguntei abatido.- Ela ainda nem me perdoou por não ter confiado nela! 

-Reconquista ela! -Manuel falou. - Você já o fez uma vez, tenho certeza que saberá fazer de novo. 

 

[...]

 

Todo o mundo estava na sala para assistir à conferência de imprensa de Raquel e Cristiano, que era depois da de Manuel e Lahm. 

 

Ela entrou com com seu habitual casaco azul claro da relação e seu cabelo apanhado em uma trança que caía perfeitamente em seu ombro.

 

-Raquel, considera a equipa pronta a enfrentar a campeã mundial? Teme este confronto? 

-Claro que a equipa está pronta!- ela riu. E nossa, ela fica ainda mais bonita rindo!- A Alemanha é uma seleção muito forte mas seu título já foi ganho à quase três anos, então acho que nesse momento eles é que têm que nos temer.- ela falou.

-Quais os pontos fortes da Alemanha e como vão tentar ultrapassar essas mesmas forças? 

-A Alemanha têm uma defesa espetacular, mas também tem um meio campo forte, no entanto nós também temos uma excelente equipa e tenho certeza que estamos preparados para fazer face a todos os problemas que a Alemanha nos coloque durante o jogo.

-Em relação a Cristiano, ele tem sido alvo de duras críticas em relação às suas performances. O que em a dizer? 

-Nada, absolutamente nada a dizer. Cristiano é o melhor jogador do mundo, ele dá sempre tudo em campo e ninguém pode criticar o que quer que seja.

-Serem os vencedores da Ballon D'or coloca um nova responsabilidade em vossos ombros? 

-Claro que coloca, ainda para mais jogando ambos na mesma seleção. Mas tenho plena confiança que iremos corresponder às expetativas e que iremos fazer juz aos títulos de melhores do mundo. 

-Neste jogo, estará frente a frente com o seu ex-namorado Mario Götze. Irá encarar este jogo, por este mesmo motivo de forma diferente? - um dos jornalistas perguntou e senti os olhares de todos sobre mim, olhares de reprovação. Raquel se mexeu um pouco em sua cadeira, claramente desconfortável e respirou fundo antes de responder.

-De modo algum! Não misturo qualquer assunto pessoal com minha vida profissional, portanto para mim não será um jogo contra Mario mas sim um jogo contra a seleção Alemanha. - Raquel falou calma e em seguida eles sairam da sala de conferências. 

 

Acho que se fosse comigo não conseguiria manter a calma como ela fez, era suposto ser uma conferência sobre futebol e aquele jornalista misturou as coisas. 

 

Raquel entrou na sala pouco depois e foi se sentar ao lado de André que colocou seu braço em seus ombros enquanto ela encostou sua cabeça em seu ombro e ficaram falando em português. Esse menino é muito abusado! Me levantei de repente e segui para meu quarto. Pequei a pequena caixa que comprei assim que sairam os nomeados da Ballon D'Or, e fiquei olhando o seu conteúdo. 

 

Os meninos têm razão, eu não posso mais ficar chorando pelos cantos por Raquel. Eu a amo, e vou tentar conquistar ela de novo, só que André é uma variável inesperada na equação e não sei até que ponto ele está disposto a ir por ela. 

 

Mas eu sei que por ela eu faço tudo, e se para a ter de volta eu tenho que aguentar algum tempo sendo apenas seu amigo então eu irei aguentar.

Mas no final iremos voltar ao que éramos. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Beijos😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...