História The Green Eyes - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally, Brooke, Cabello, Camila, Camren, Dinah, Fifthharmony, Jane, Jauregui, Kordei, Lauren, Normani, Norminah
Exibições 309
Palavras 2.254
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 30 - Thirty


- Camz? – Lauren a chamou enquanto entrava no quarto da namorada. – Você está pronta?

- Eu estou saindo. – Camila respondeu de dentro do banheiro e Lauren se jogou na cama dela.

- Talvez você devesse colocar um casaco. Hoje está mais frio. – Lauren falou assim que Camila saiu do banheiro. Ela vestia uma calça preta colada no corpo, uma blusa branca de mangas longas e uma de suas botas. 

- Eu não lembro onde está meu casaco azul. – Camila abriu o armário e vasculhou as roupas.

- Vamos, eu tenho uma jaqueta no carro. Você pode usá-la. – Lauren puxou Camila, fechando as portas do armário e beijando-a rapidamente nos lábios.

As duas não demoraram muito para chegar a escola. Austin estava junto de suas amigas. Lauren revirou os olhos e respirou fundo. Camila a puxou para mais perto do seu corpo, a segurando forte.

Eles conversaram por um tempo. Lauren tentando não prestar muita atenção no garoto. Ele não era tão ruim assim. Era legal com suas amigas e com Camila, mas ela jamais iria deixar que o garoto se aproximasse mais de Camila do que o necessário. 

Todos foram para as aulas e a manhã pareceu passar mais rápido que o normal. Logo todos estavam se despedindo em frente a escola. Austin chamou as garotas para irem ao cinema com ele no sábado. Todas aceitaram, menos Lauren que disse que iria receber a visita de sua melhor amiga. 

Lauren deixou Camila e Dinah em casa. Ela passou algum tempo se agarrando com Camila dentro do carro, até que Dinah bateu no vidro e disse que Camila precisava comer ou se atrasaria para a escola de música. Camila deixou que Lauren fosse embora.

"Camz, a Sofia já te disse o que eu dei de aniversário pra ela? Espero que tenham gostado de qualquer forma. Lauren" Mensagem enviada.

"Ainda não, mas assim que eu chegar em casa mais tarde eu ligo pra ela e pergunto. Eu vou para a aula agora. Te amo!" Mensagem recebida.

- Lauren! O Nino precisa dar uma volta. – Clara falou enquanto abria a porta para que o cachorro entrasse em casa. Rapidamente ele correu em direção a Lauren e pulou para ela no sofá.

- Tudo bem. Vamos, Ninoo! – Lauren riu e puxou o cão para fora do sofá e foi pegar a guia dele.

- Não demore muito. Está ficando frio lá fora. – Clara gritou para Lauren ouvir antes que ela saísse pela porta.

Ela realmente não demorou muito. Era quinta-feira e o parque estava quase vazio. O clima não estava muito bom para um piquenique no parque. Durante o caminho, Lauren trocou algumas mensagens com Alexa. Ela enviou o seu novo endereço e Alexa marcou que chegaria as 10h no sábado. 

- Lauren, por que diabos você deu um Ipad pra Sofi? – Camila falou assim que Lauren atendeu o celular. Camila tinha acabado de falar com sua mãe e sua irmã

- Eu pensei que assim vocês poderiam se falar por vídeo. Eu não acho que um notebook fosse ser bom e você não iria gostar se eu desse isso. Então um Ipad deve servir pra isso. Você sempre disse que queria ver mais sua irmã. Agora vocês podem se ver, mesmo que seja pela tela. – Lauren respondeu rápido e com voz ainda de sono.

- Ahmm... Okay. Obrigada por isso. Você estava... dormindo? – Camila perguntou incerta se tinha acordado a namorada. Não era tão tarde assim de qualquer forma.

- Sim, mas está tudo bem. Eu preciso comer algo. Você está bem? – Lauren bocejou logo após terminar de falar.

- Sim, estou bem. Desculpa ter te acordado, é que eu fiquei surpresa pelo seu presente. Você deve ter dado muito dinheiro nisso, não era preciso. 

- Cala a boca, Camila. O presente fui eu quem dei, apenas se certifique de usá-lo bem com ela. Espero que vocês fiquem mais próximas como antes. – Lauren saiu da cama e desceu a escada, encontrando Taylor na sala assistindo um filme enquanto comia um enorme hambúrguer. – Onde você pegou isso? 

- Peguei o que? – Camila perguntou do outro lado.

- Não você. Estou falando com a Taylor. – Ela respondeu rindo.

- Faça um pra você. Está tudo na geladeira. – Taylor disso empurrando Lauren que tentava dar uma mordida em sua comida.

- Camz, que horas são? – Lauren perguntou gargalhando enquanto se afastava de sua irmã, que voltou sua atenção para o filme.

- Humm... 20:24, por que? 

- Você já comeu? 

- Ainda não. A Dinah saiu com um garoto e ainda não voltou. – Camila disse e revirou os olhos enquanto sorria fraco.

- Certo. Eu vou chegar aí em alguns minutos. Comprarei algo para a gente comer no caminho. – Lauren pegou um casaco pendurado perto da porta e as chaves do seu carro. 

- Lauren, a mamãe disse pra você não sair. Ela, o papai e o Chris foram na tia Ellie. – Taylor gritou antes de Lauren sair.

- Camila, espera. – Lauren tirou o celular de perto da orelha. – E por que você não foi? E por que ninguém me chamou? 

- Eu não queria ir. O tio Clay está lá e eu não gosto dele. A mamãe disse que você não ouviu ela te chamando e foi sem você. – Taylor deu uma mordia enorme em seu hambúrguer. 

- Tanto faz. Eles disseram que horas iriam voltar? – Lauren vestiu o casaco.

- Talvez depois das 22h. – Taylor olhou para Lauren por cima do encosto do sofá. – Você vai sair? 

- Eu só vou na casa da Camila. Eu volto antes da mamãe chegar e se você ficar quieta ninguém precisa ouvir nada. – Lauren piscou para a irmã.

- Você vai ficar me devendo uma, Lauren. – Taylor voltou sua atenção para o filme.

- Okay. – Ela disse saindo de casa e indo para o carro. – Camz? Eu estou saindo de casa. A gente se fala quando eu chegar.

- Tudo bem. Cuidado. – Camila disse antes da namorada desligar.

Depois de alguns minutos, Lauren chegou em frente a casa da namorada. Camila abriu a porta antes que ela saísse do carro. A maior deu um beijo suave nos lábios da menor, que abriu um sorriso. Lauren estava com duas sacolas de lanchonete nas mãos. Elas foram para a cozinha e colocaram os lanches sobre o balcão. Comeram enquanto conversavam sobre algumas coisas e Camila dizia que tinha gostado da idéia do presente que Lauren tinha dado a sua irmã.

- Camz... a gente não pode fazer isso agora. – Lauren fechou os olhos com força e mordeu o próprio lábio. Camila distribuindo beijos molhados pelo seu pescoço.

- Por que não? – Falou rápido e logo já estava de volta ao seu caminho em tentar fazer Lauren perder o controle. Ela estava sentada sobre o colo de Lauren, com as pernas abertas e pressionava cada vez mais seu quadril em direção ao corpo da namorada.

- Eu tenho que estar em... droga Camz! – Lauren arfou quando Camila moveu a mão para seus seios sobre a blusa e os apertou com força. – Minha mãe vai me matar se souber que eu saí.

- Humm... que pena. – Camila riu e pressionou mais forte seu quadril contra o corpo de Lauren que desceu as mãos para a bunda da menor e deu um aperto forte, fazendo Camila soltar um gemido fraco.

- Droga! Não, não... eu preciso voltar. A gente faz isso outra hora. – Lauren jogou Camila para o lado no sofá e se levantou jogando o cabelo pra trás. 

- Ahh Lauren. Você foi rápida naquela manhã. – Camila disse com um sorriso malicioso. 

- Sim, mas... você vai me matar um dia. Mas não vai ser hoje. – Lauren riu e Camila a seguiu rindo junto. – Eu preciso voltar.

- Não. Por favor! – Camila fez bico e Lauren abaixou dando vários beijos suaves em seus lábios. 

- Eu venho te buscar amanhã para aula. Eu te amo! – Lauren sussurrou no ouvindo da menor que a agarrou pelo pescoço, puxando ela mais para baixo até que Lauren caiu de joelhos no chão e ficou entre as pernas na menor. – Camila!

- Eu também te amo, muito! – Aproximou seu rosto do de Lauren e iniciou um beijo mais calmo. Ela sabia que Lauren iria resistir e insistir que deveria ir embora.

...

Na manhã da sexta-feira todas as garotas estavam juntas conversando no corredor. Dinah contava animadamente sobre o encontro que teve com o garoto que Camila tinha visto outro dia em seu sofá. A maior estava super feliz porque o garoto parecia realmente gostar dela e fez Camila ficar feliz em vê-la feliz. 

Austin não se juntou a elas. Ele estava junto com o grupo do time de basquete. Normani tinha falado com seu primo, que também era do time e o garoto chamou Austin para se juntar a eles. Todos pareciam muito empolgados em uma conversa e sempre observavam as garotas quando elas passavam por eles.

A sexta passou rápido. Tudo seguiu como deveria que ser. Lauren voltou para casa depois da aula e ajudou sua mãe em algumas coisas. Subiu para seu quarto e fez algumas telas novas. Aproveitou tudo o que tinha aprendido nas aulas de artes.

Camila seguiu para escola de música e fez mais uma prova. Ela conversou rapidamente com Austin durante o intervalo, mas resolveu manter distancia do garoto, sabendo que Lauren não gostava muito quando eles estavam próximos. 

Dinah, Ally e Normani foram até a outra cidade e compraram os CDs que elas pretendiam levar da outra vez. Elas passaram mais algum tempo na cidade vizinha e compraram roupas em algumas lojas. Sentiram falta das outras duas amigas e enviaram algumas mensagens para elas. Só Lauren havia respondido. Camila permanecia focada nas aulas de música.

No sábado pela manhã, Lauren avisou a sua mãe que Alexa iria vir a visitar. Clara ficou feliz, pois realmente gostava da amiga da filha e estava com saudades da garota também. Lauren e Taylor ajudaram Clara em algumas coisas, enquanto Chris ajudava Mike com o jardim no quintal. 

- Hey, Alexaa! – Lauren disse e Alexa correu para abraçá-la, pulando em seus braços e a abraçando forte.

- Sua gay! Eu estava morrendo de saudades. – Alexa falou puxando o cabelo de Lauren e ela a devolveu um tapa fraco no braço. – A Camila está aqui? 

- Não, ela está em casa. Vem, entra. – Lauren a levou para dentro. Alexa cumprimentou toda a família da amiga e logo todos eles estavam falando sobre suas vidas e sobre as novidades durante o caminho. 

Eles almoçaram todos juntos, enquanto continuavam em uma conversa animada. Depois do almoço Lauren e Alexa subiram para o quarto da de olhos verdes. Alexa ficou bastante tempo dizendo a Lauren o quanto os quadros dela estavam melhores em tudo e que ela precisava de um em seu quarto.

- Então você resolveu o lance que estava na sua cabeça? – Alexa observou Lauren traçar algumas pinceladas na tela.

- Não muito. Eu estava tentado ao máximo deixar tudo isso e vê para onde eu iria agora. – Lauren olhou rapidamente para a amiga, logo ela entendeu o que o olhar da amiga significava. Lauren falaria sobre isso agora e precisava da ajuda dela para saber o que fazer.

- Certo, Lo. Eu acho que a Camila está feliz contigo. Eu não a conheço, mas tudo o que você me contou, então certamente ela está. Você nunca atrapalharia ninguém, você sabe disso e Lauren Jauregui, ouça isso. Todos ficariam honrados em te ter atrapalhando a vida deles. Porra, você é a Lauren Jauregui. – Alexa gargalhou e Lauren deu um sorriso fraco ainda pintando. – Vamos lá, Lauren.

- Eu sei, mas é que... E se um dia eu não for o que ela precisa, ou se eu atrapalhar ela nos estudos para a universidade e estragar sua vida e seus planos e... eu não queria pensar sobre isso. – Lauren jogou uma grande quantidade de tinta na tela.

- Ei, vá com calma. Você não quer todo seu quarto com tinta por aí. – Alexa a puxou para se sentar na cama junto com ela. – Está tudo bem. Vocês tem o próximo ano ainda. Não é como se ela tivesse que ir daqui a um mês ou algo para fazer a entrevista para a universidade. 

- É verdade. – Lauren sorriu.

- Então... deixe isso de lado por agora. Você tem um ano para pensar sobre isso, certamente até lá você já vai saber o que fazer. Aproveite todo o tempo que você tem com ela e não a deixe agora. Ela iria sofrer, você sabe e você não quer isso, certo? – Alexa segurou os ombros da amiga e os apertou.

- Não. Eu preferia morrer agora do que fazê-la sofrer. – Lauren deu um sorriso triste.

- Muito bem. – Alexa a puxou para um abraço. Elas permaneceram assim, abraçadas, por algum tempo. – Certo. Eu quero minha tela até a noite Srta. Jauregui. Volte a pintar.

Lauren riu e voltou à tela. Ela e Alexa passaram o resto da tarde conversando e rindo sobre besteiras. Clara levou algo para elas comerem na metade da tarde e Taylor se juntou a elas depois de um tempo. As três ficaram conversando e rindo sobre histórias bobas e relembrando quando ainda moravam perto uma da outra.

Camila passou a tarde com as amigas e com Austin no shopping. Eles foram ao cinema e comeram algo depois. Jogaram no arcade do shopping. Normani e Dinah sempre cortando e puxando Austin para longe quando ele se aproximava mais de Camila. As amigas sabiam que Lauren ficaria grata por isso. 

Elas gostavam do garoto, mas ele não era o certo para Camila. Ninguém era mais certo para Camila do que Lauren. Dinah sabia muito bem disso e defenderia eternamente o relacionamento das duas. Lauren tinha feito tão bem a Camila e ela não poderia perder isso jamais. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...