História The Green Eyes - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally, Brooke, Cabello, Camila, Camren, Dinah, Fifthharmony, Jane, Jauregui, Kordei, Lauren, Normani, Norminah
Exibições 225
Palavras 1.937
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 44 - Forty Four


 - Dinah, você pode segurar a Camila um pouco lá fora? – Lauren ligou para a amiga enquanto comprava algumas coisas no supermercado. 

- Eu não sei como segurar a Mila por um tempo lá fora. Ela mal quer levantar do sofá. – Dinah disse em um sussurro.

- Certo. Eu vou ligar para a Taylor. ... Você vai dizer que eu passei mal e vai levar a Camz pra minha casa, então eu vou ter tempo de levar as coisas depois. Okay? – Lauren jogou mais algumas coisas no carrinho do supermercado. 

- O que você está pensando em fazer? – Novamente Dinah sussurrou.

- Eu vou fazer um jantar para a Camz, já que ela não quer ir jantar fora comigo. Eu vou pra casa, quando eu terminar de preparar tudo, eu te ligo e você trás a Camila aqui. Vai dar tempo de eu arrumar tudo aí. – Lauren sorriu para seu plano, o imaginando em detalhes em sua mente.

- Tá, mas... o que eu ou a Taylor vamos dizer quando chegarmos na sua casa e você não estiver lá? - Dinah riu baixo e Lauren pôde ouvir Camila gritando algo para Dinah. – Eu já estou indo. Não sou sua empregada. 

- Ahm... Vocês podem inventar algo. Você me deve uma, Dinah! Acho que você deve lembrar. Seus pais iriam ficar com raiva se soubessem os seus planos para as férias. Vamos, você é melhor que eu em inventar histórias. – Lauren se dirigiu para o caixa. Ela já tinha o que iria precisar. 

- Certo, certo, certo!! Quando terminar, me ligue. Agora eu preciso levar essa porcaria de água antes que sua namorada grite novamente. – Dinah falou revirando os olhos e Lauren soltou uma gargalhada.

Elas desligaram e Lauren pagou suas compras, levando-as depois até o carro e dirigindo até sua casa. Taylor estava com Clara na cozinha, mas de alguma forma, Lauren conseguiu tira-las de lá. Ela conversou com Taylor sobre o que fazer quando Camila fosse até lá. Ela deveria dizer que sua irmã mais velha precisou sair, mesmo se sentindo mal, porque queria dizer algo muito importante para Camila. Lauren sabia que Camila era curiosa demais e que iria voltar correndo para casa.

Depois de passar algum tempo na cozinha preparando o jantar, Lauren ligou para Dinah. A amiga fez exatamente o que haviam combinado. Ela aproveitou o tempo que Camila estava fora com Dinah e levou o jantar para a casa da namorada, arrumando tudo rapidamente sobre a mesa e guardando a sobremesa na geladeira.

Camila havia ficado realmente preocupada e não perdeu tempo para voltar para casa depois de ter falado rapidamente com Taylor. Dinah e a irmã mais nova de Lauren estavam segurando o riso, porque sabiam que Camila estava quase surtando por não saber exatamente como a namorada estava. 

O carro de Lauren estava na garagem da casa da menor. Dinah havia combinado de sair com Ally e Normani para um show, então logo desapareceu de vista. Camila entrou em casa e encontrou Lauren deitada no sofá.

- Lauren!! Você está bem? Você precisa ir ao hospital? Eu posso ligar para alguém. Você... – Ela disse desesperada quando se aproximou dela. Lauren gemeu fingindo estar passando mal.

- Camz, eu preciso te contar algo. – Lauren segurou a mão da menor sobre seu peito e deu um pequeno sorriso.

- Não, Lauren. Você precisa de um médico. Eu vou ligar pra sua mãe. – Camila soltou a mão dela rapidamente e pegou o celular. Lauren tendo que quase pular sobre ela para tirar o celular de suas mãos.

- Eu estou bem. Era brincadeira. Não precisa ligar pra minha mãe. – Ela disse rapidamente enquanto as duas estavam de joelhos no tapete da sala.

- O que? – Camila franziu o cenho e ficou encarando Lauren que havia começado a rir.

- Desculpa, Camz. Eu precisava te tirar de casa por alguns minutos, e a Dinah disse que seria difícil, então a gente teve que fingir que eu não estava bem. – Lauren continuou sorrindo e Camila deu um tapa no seu braço, fazendo Lauren gargalhar.

- Mas que droga! Por que você fez isso? Por que eu precisava sair de casa? Você me deixou preocupada, Lauren. – Camila a empurrou e se levantou, Lauren seguindo seus movimentos.

- Amooor! Você disse que não ia dar pra gente jantar amanhã, e eu realmente queria fazer algo de especial com você antes de você ter que ir pra casa do seu pai. Se você não ia comigo para um jantar italiano, então eu tive que trazer o jantar italiano até você. – Lauren segurou as mãos de Camila, a mesma dando um pequeno sorriso e erguendo uma sobrancelha.

- Você comprou comida italiana? – Camila perguntou procurando pela sala alguma sacola de restaurante italiano da cidade, mas não achou nenhuma. 

- Não. Eu preparei um jantar italiano besta pra você. Eu ia fazer alguma coisa com peixe, mas você não gosta muito, então tive que fazer algo com massa mesmo. Pelo menos isso eu sei que você vai gostar. – Lauren a guiou até a cozinha.

- Eu tentei salmão uma vez. – Camila disse rapidamente encarando a namorada, Lauren dando outra gargalhada.

- Mas você não gostou muito. Tanto faz. – Ela puxou a cadeira para Camila sentar e a menor novamente sorriu. – Senta aqui. 

- Hmm.. Eu gosto quando você faz isso. – Camila sentou e esperou que Lauren se sentasse ao seu lado.

- Eu sei. Por isso que eu faço. – Lauren se aproximou rapidamente e deu um beijo rápido nos lábios da menor.

A mesa não estava tão arrumada, nada comparado a outro jantar que elas haviam tido um tempo atrás e que Camila tinha preparado para Lauren. Mas o vinho ainda era presente na mesa, dessa vez um vinho diferente. Algo mais harmônico a massas. 

Lauren destampou a travessa de vidro que havia levado e Camila pôde ver o que ela havia feito, no mesmo instante ela abriu um sorriso largo e olhou para Lauren, a maior sorrindo também e servindo as duas.

- Como sabia que eu estava esperando comer isso? – Camila perguntou enquanto observava Lauren colocar a comida agora no seu prato.

- Eu não sei, mas foi algo que eu consegui fazer e que encontrei tudo o que precisava no mesmo supermercado. – Lauren riu  colocando um pouco de vinho nas taças. 

- Eu deveria perguntar como você comprou o vinho ou não? – Camila segurou a taça e ficou misturando o líquido.

- É um dos vinhos do meu pai. Ele não vai se importar, eu juro. Não é como se fossemos beber a garrafa toda. Você pode provar a lasanha agora e me dizer o que acha. É uma receita da minha mãe. Se não estiver boa, reclame com ela. – Lauren falou gargalhando.

- LASAGNE ALLA BOLOGNESE! – Camila disse em tom alto e ergueu a taça de vinho para o alto. – Eu deveria casar com você agora. 

- Eu mal posso esperar para isso. – Lauren também ergueu sua taça e as duas brindaram.

Alguns minutos depois de terem terminado de comer e falado sobre assuntos aleatórios, Lauren decidiu que era hora para a sobremesa. Ela não estava certa se Camila iria querer comer mais alguma coisa agora, porque havia comido bastante da lasanha, o que fez Lauren anotar mentalmente em diminuir a quantidade de comida no jantar para duas pessoas e não cinco.

Lauren gargalhou alto quando Camila atacou a sobremesa que ela havia feito. Panna cotta havia acabado de entrar para a lista de sobremesas favoritas de Camila. Lauren comemorou mentalmente por Camila ter realmente gostado de sua comida. 

Elas voltaram para a sala e decidiram "assistir" a um filme. Se alguém perguntasse o nome do filme ou do que se tratava mais tarde, elas não iriam saber responder. "Existem coisas mais importantes para se fazer com uma Lauren Jauregui do seu lado no sofá, do que assistir a um filme." 


...

- Camila, acorda. Sua mãe tá tentando te ligar faz horas. – Dinah sacudiu Camila na cama. – Ahh, você me deve duas horas de sono, já que sua mãe me acordou antes do meu despertador. Ligue para ela. 

- Okay! – Camila afundou a cabeça no travesseiro novamente e respirou fundo. Ela sabia que a mãe queria dizer para não deixar o motorista esperando, para ter cuidado e não esquecer nada do que levaria e varias outras coisas.

Não era como se ela não estivesse empolgada em ir pra casa e encontrar sua mãe e Sofia, principalmente, mas ela estava bastante cansada da noite anterior. A sobremesa da sobremesa havia a deixado exausta. Ela nem ao menos lembrava de como havia ido parar na cama.

Jogou algumas roupas a mais na mala e guardou outras que só poderiam ser guardadas agora que ela não usaria mais. Ficou com o celular na mão a manhã toda respondendo mensagens rápidas que sua mãe enviava perguntando se ela havia colocado isso ou aquilo na bagagem. 

Dinah se despediu com um abraço longo e apertado. As duas quase gritando o quanto sentiriam falta uma da outra nas férias e que esperavam que Camila pudesse voltar um pouco antes das aulas voltarem para que pudessem aproveitar um pouco do tempo livre.

Quando Camila estava quase entrando no carro que seu pai havia mandado lhe buscar às 11h da manhã, Lauren estacionou mal o carro ali perto e saiu correndo para se despedir da namorada. Camila abrindo um sorriso enorme ao vê-la. 

- Desculpa, Camz. Acordei um pouco tarde, mas eu cheguei a tempo de me despedir. – Lauren a abraçou forte e respirou fundo o perfume da menor em seus braços.

- Eu vou sentir a sua falta. – Camila disse a abraçando de volta de afundando o rosto na curva do pescoço da maior.

- Eu vou sentir a sua falta também. Eu preciso que você me ligue ou me mande uma mensagem pelo menos uma vez no dia, ou em dois dias... eu não sei. Me deixe saber se você está bem, okay? – Lauren separou o abraço e tomou o rosto da namorada em suas mãos.

- Eu vou te ligar todo dia. Eu prometo! – Camila sorriu e Lauren deu vários beijos rápidos em seus lábios, logo voltando a abraçá-la novamente.

- Eu te amo muito, Camz! Não esquece! – Lauren sussurrou em seu ouvido.

- Eu te amo muito também, Laur! É impossível esquecer você. – Camila sussurrou de volta.


...

A viagem foi tranquila. Camila havia dormido quase todo o caminho. Ela realmente precisava de mais algumas horas de sono. Ao chegar, ela agradeceu por seu pai não estar em casa ainda e quase morreu de abraçar Sofia e sua mãe. O motorista levou todas as coisas dela para dentro e depois as subiu para seu quarto. Ela não ia conseguir fazer aquilo sozinha. 

Sofia o tempo todo falando o quanto estava com saudades da irmã e que Camila estava diminuindo, fazendo Camila e a mãe caírem na gargalhada. As três se juntaram na cozinha para terminar de fazer o almoço. Logo depois, almoçando as três sozinhas.

Alejandro chegou no fim da tarde e deu um abraço caloroso na filha. Camila não estava tão acostumada com esse tipo de carinho vindo do pai, mas não reclamou ou o impediu de abraçá-la. Ela não podia lembrar-se da ultima vez que ele a havia abraçado assim ou se já havia o feito antes.

No fim da noite, depois de levar Sofia para cama e ler algo para que ela pudesse dormir, Camila foi até seu quarto e tomou um longo e relaxante banho enquanto conversava com Lauren pelo celular. A de olhos verdes, extremamente feliz por saber que Camila estava fazendo aquilo que havia prometido. Depois de terminar o banho e se secar, ainda falando com Lauren, Camila caiu no sono, deixando a namorada apenas ouvindo sua respiração ficar cada vez mais suave e calma, logo a fazendo adormecer também.


Notas Finais


Gente, me sigam no tt pra gente conversar!! Me digam o que estão achando da fic lá, vamos interagir mais. @27_dragonfly
Amo vocês!!
Se cuidem!
2bjos
Emma


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...