História The Guardian Jeon Jungkook e Kim Taehyung - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Btshot, Hot, Jimin, Jungkook
Visualizações 34
Palavras 1.159
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!! Estou eu aqui mais uma vez... O que estão achando? Aceito críticas construtivas! ❤💙💜

Capítulo 5 - Está louco?


Fanfic / Fanfiction The Guardian Jeon Jungkook e Kim Taehyung - Capítulo 5 - Está louco?

Depois de nos divertirmos muito, brincamos de pega pega, como quando éramos crianças!

Jk- faz muito tempo... 

Ele veio em minha direção sorrindo lindamente e me abraçou de lado.

- está falando sério sr Jeon Jungkook? (Ri)

Jk- ué por que não?

- você já tem 17 anos! 

Jk- tá comigo! É melhor correr!

Ele me soltou e continuou rindo. Ele ameaçou me pegar e foi aí que eu corri com o susto. Nessa hora ele riu alto! Depois que eu me escondi, pude ouvir seus passos pela casa.

Jk- S/n? (Cantarolou) - vamos, apareça logo! Você sabe que eu sempre ganho!

Dessa vez eu tinha me escondido muito bem! Ele nunca ia me achar... Ele realmente sempre ganhava de mim, desde pequeno.

Depois de incríveis 10 minutos sem me achar, ele finalmente se calou e parou de se gabar. 

- pois é Jeon, tem uma primeira vez pra tudo não é? (Falei baixinho saindo do esconderijo)

Eu estava atrás do meu guarda roupa! Sim, meus pais fizeram uma pequena passagem alí, eles disseram pra mim só entrar alí em uma emergência. Disseram que aquilo era pra me proteger, não sei exatamente de quê! Eu não devia estar ali,  mas aquela era uma emergência! Eu tinha que provar pro Kook que eu ganharia dele ao menos uma vez na vida!

Sai de fininho, nem seus passos eu ouvi mais. Parece que ele desistiu. Coloquei só a cabeça para fora pra ver se ele estava no quarto, não o vi.

Sai por completo dali e fiquei de costas para fechar a porta e colocar o guarda roupa no lugar. Minha respiração estava rápida, devido a força que tive que colocar. Depois de arrumar tudo que me virei, lá estava ele. Quase colado em mim!

Meu coração quis parar pelo tamanho do susto!

- AHHH! Quer me matar??? Socorro!!! (Coloquei a mão no peito)

Jk- Eu disse que eu sempre ganhava. (Falou dando de ombros)

- Aff! Sai da frente!

Jk- eu calma! Isso foi só um jogo...

- não quero mais jogar!

Jk- como sempre, você não muda em? Você é uma péssima perdedora! (Começou a rir)

- GRR!

Me deitei na cama e fiquei de lado.

- está tarde...

Jk- ah, mas estava tão bom!!

- vamos dormir Kook, estou cansada!

Jk- mas está tudo bem? Quer uma água?

- não é crise, relaxe.

Ele se preocupou quando eu disse isso. Como já disse, tenho problemas de respiração, uma vez quase morri por que corri muito com ele, ele se desesperou e no final das contas que quase morreu foi ele de tão nervoso. Eu já estava completamente roxa por falta de ar quando a respiração voltou!

.

Ele se sentou na cama, ficou sentado um pedaço.

- não vai deitar? (Me sentei também)

Jk- v-vou pegar um pouco de água! Q-quer?

- tá... Não obrigada.

Ele se levantou passando as mãos nos cabelos e andando rapidamente.

KOOK POV

Eu até o momento tinha esquecido nosso beijo...! não esquecido claro! Mas estava distraído... Acho que ela também. Mas quando ficamos só eu e ela de novo, no mesmo canto do ocorrido e sozinhos... Não pude evitar que aquilo voltasse a minha memória.

Comecei a sentir umas coisas novamente, tinha medo de quer fazer algo de novo e ela não... corresponder! 

Tomei 4 copos de água sendo que 1 foi com açúcar pra ver se eu me acalmava.

Respirei fundo e andei em direção ao quarto dela. Andei de um lado para o outro la na frente da porta.

Sério, não sabia com que cara entrar! Estava tudo quieto, mas eu queria ter certeza que ela já estava dormindo pra evitar que aquele climão voltasse entre nós...

É, realmente já fazia. Bom tempo que eu estava lá! Anda não estava pronto para entrar... Até que...

- Jungkook, você vai fazer um buraco aí!

Ela disse e começou a rir.

Jk- Desculpa, tava pensando... (Ri de nervoso) 

Entrei um pouco tímido.

- pensando? HM, em que?

Jk- em nada não... Vamos dormir? Estou cansado...

- eu também, vamos... 

Nós nos deitamos um de costas pro outro... Eu sabia que não conseguiria pregar o olho, mas mesmo assim tinha que tentar... Passaram uns 15 minutos e ouvi a respiração dela ficar profunda... Nesse momento me mechi com cuidado para vela, ela já havia dormido...

Olhei no relógio do quarto dela e vi que ainda eram 11 horas...

Jk- o que eu vou fazer agora?

Falei baixinho para não acordar ela! Tive uma ideia bem louca... 

Me levantei e sai da sua casa, fui até a minha colocar um casaco e o boné para não ser reconhecido. Me lembro que o Jin me levava em um jardim lindo que pertencia aos curadores quando era pequeno. Apesar de fazer muito tempo... É eu realmente não sei onde fica exatamente! Mas eu sei onde ficam as fazendas deles! 

Fica muito longe do nosso povoado e é até crime o que vou fazer, mas eu quero fazer algo especial para ela... Odeio admitir isso mas, é o nosso último aniversário juntos. Ela odeia quando falo desse jeito... Só de pensar em ela me dando sermão pelo que acabei de pensar, sorri soprado.

Eu andei mais de uma hora! Até Finalmente chegar do outro lado da cidade, na verdade eu cheguei na divisa. Me coloquei atrás de uns arbustos como estava fazendo desde  o que cheguei onde não  é era mais permitido para mim. Estava prestes a cruzar a divisa quando fui pego pelo pulso por um homem

(Me ferrei bonitinho)

.

KOOK POV off

S/n POV

Não achei que fosse dormir tão rápido, mas agora que acordei não parava de pansar no jeito que o Kook estava... O que deu nele? Ele demorou muito na cozinha, parecia me evitar. 

Eu não me mechi para não acorda-lo, se bem que a cama estava leve de mais para ter duas pessoas alí. Me virei lentamente e não vi o Kook!

Tive medo, nunca tinha ficado sozinha... Não com tudo o que estava acontecendo!

Eu me levantei e andei pela casa procurando ele mas não achei.

- Kook, aonde você foi? Como pode me deixar sozinha?? 

Já eram umas duas da manhã e eu não estava me aguentando, fui até a casa dele! Quem sabe ele só me esperou dormir para ir para casa? O que seria estranho pois ele ao menos falaria comigo... Não é?

A porta da casa dele estava aberta, isso é bem normal aqui! Todos tem confiança. E não é diferente nos outros povoados.

Entrei, estava tudo calmo, só ouvia o range range dos meus passos no piso frio. Fui decreto para seu quarto estava uma bagunça como sempre... Não o vi lá mas não me desanimei! Pois esse ser sente muita sede!

Fui para a cozinha, esperando vê-lo sem aquela camisa chata, só com calças largas e com um copo de água na mão! Como já vi uma vez... 

Nossa, agora lembrei! De como era seu corpo... Ele era forte! Devido o trabalho aqui, era bem pesado. 

Senti uma coiso na barriga, aquele calor estranho de novo! Era isso que eu sentia sempre que ficava perto dele... Isso vem acontecendo de um tempo pra cá...

Minhas esperanças morreram quando não o vi ali...

Porra kook!! Onde você se meteu? Agora não conseguirei mais Dormir! 





Continua...



Notas Finais


Agora só sábado gente... O capítulo já tem seu centro é isso facilita de eu escrever o resto! Na verdade já tenho dois assim, então provavelmente sábado e domingo terá atualização!
O que estão achando???
Digam! Gosto quando vocês comentam! Isso me dá ânimo para continuar escrevendo pra vocês! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...