História The Heart of the Ocean - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Itachi Uchiha, Kisame Hoshigaki, Kizashi Haruno, Konan, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju
Tags Amor, Drama, Itakonan, Naufrágio, Sasusaku, Titanic, Tragedia
Visualizações 58
Palavras 2.568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yooo meu povo, como estão? Tudo bem eu espero. Venho com uma pequena fic para vocês. Com certeza todos conhecem a história desse grande navio, tão famoso em todo o mundo, por sua beleza, tamanho e sua fama de nunca afundar. Mas todos sabemos, que já esta no fundo do mar há mais de cem anos.


Resolvi fazer essa história. Pelo o fato de ter assistido o filme, pela a centésima vez, e ter vindo a inspiração. Vi tantas fic's sobre o Titanic, envolvendo tantos personagens. Por que não fazer uma Itakonan, não é mesmo? Quero juntar a minha obsessão pela a história dessa navio, com o amor que eu tenho por esses dois personagens. Já vou avisando, que me inspirei bastante no filme, escutando sua linda trilha sonora, para cada capítulo que irei postar. Não será uma fic grande, e com a história criada por mim, há cinco anos atrás. Mas com mudança de personagens é claro. Espero que todos gostem e pois estou fazendo com muito amor e carinho, para vocês!

Tenham uma boa Leitura!

Capítulo 1 - O Noivado


Fanfic / Fanfiction The Heart of the Ocean - Capítulo 1 - O Noivado


Irlanda, 11 de Abril de 1911. Mansão da família Haruno.



-Konan-San, Sakura-San… vamos apresse-se, seus pais estão esperando vocês no salão de festa!



A funcionária da mansão Haruno, logo entra no quarto das duas moças, avisando sobre o evento que estava para acontecer. Konan Haruno, a filha mais velha da família e Sakura Haruno, a mais nova, estavam prestes a oficializar o noivado, com os herdeiros da maior empresa de aço da Inglaterra, os Uchihas. O Casamento de ambas com os jovens, fora planejado quando os mesmos ainda eram crianças, tendo em mente que nenhum deles, deviam ao menos ir contra a vontade de seus pais. Nascidas em uma família de aristocratas, dona de estaleiros, tinha como seu dever, se comportar como damas da alta sociedade, e se casar com rapazes do mesmo nível que elas. A rosada mantinha seus olhos verdes, na face preocupada da irmã, que escova seus longos cabelos azuis, muito exóticos para a época que se encontram, mas sendo muito cobiçadas pelo o mesmo motivo. Embora família ser descendentes de japoneses, ambas nasceram na Irlanda, onde se encontrava o estaleiro da família, ao lado norte do país, que era muito famoso por fabricar navios a vapor, o meio de transporte mais cobiçado por toda a alta sociedade da época.



-Está preparada Konan?-Diz Sakura colocando seus brincos de rubi, olhando de canto para a irmã .



-Você se casará com alguém que odeia?-Diz Konan questionando a irmã.



-É o meu dever Konan, me casar com alguém que nosso pai deseja.-Diz a rosada cabisbaixa.



-Não somos obrigadas Sakura, poxa, olha a nossa idade!-Diz a azulada se levantando.-Temos que curtir a vida, viajar por esse mundo que só Deus conhece bem, e não ficar em uma casa, fazendo tricô e recebendo ordens de maridos.



-Eu sei minha irmã, mas não podemos. Nosso casamento logo estará marcado, temos que fazer o que nosso pai está pedindo.-Diz a moça segurando nas mãos da irmã.-Vamos fazer o que é certo, pelo menos dessa vez.



-Cerejinha, você anda muito segura disso. Seria por causa da beleza do Sasuke?-Diz Konan provocando a irmã.



-Claro que não Tenshi, eu o odeio mais do que tudo no mundo! Ele me irrita, com aquele jeito autoritário.-Diz Sakura corada, olhando para a janela.-Mas sua beleza, realmente é real. Impossível não cair naquela imensidão negra de seus olhos.



-Sakura, você encontrou o Sasuke apenas nas festas da família.-Diz Konan arrumando a saia do vestido.-E eu, tenho que aguentar o Itachi, toda vez que atravesso a rua. Pois aquele ser, veio da Inglaterra para me atazanar.




-Isso é porque, Itachi só vive no cabaré.-Diz Sakura rindo da cara da irmã que fecha a cara.-Ah vamos lá Konan, não vai me dizer que não acha ele bonito?



-Ele é… Simpático!-Diz Konan virando a cara.-Mas não significa que eu goste dele. Isso está fora de questão mimha irmã.



-Por Deus! O que fazem aqui ainda?-Diz Mebuki entrando no quarto.-O pai de vocês, está esperando, todos já chegaram!



-Ai mãe, temos mesmo que fazer isso?-Diz Konan soltando um suspiro.-Não precisa dessa festa toda. É um castigo de Deus.



-Minha filha, seu pai é muito importante, tem sempre que dar festas, quando tem uma novidade.-Diz Mebuki arrumando o colar de Konan.-Vamos lá, vai dar tudo certo, vocês irão se acostumar com os garotos. Que com todo respeito, são muito atraentes.



-Mãe… Olha bem pra minha cara de felicidade.-Diz Sakura entediada.



-Deixa de frescura, vamos logo meninas!



Mebuki segura nas mãos das filhas, as levando para o longo corredor da mansão. A mulher de Kizashi, dono do estaleiro, da Harland and Wolff em Belfast, sempre foi muito madura, em relação aos assuntos da família. No começo, a loira foi contra o casamento planejado das filhas, mas com muita conversa com o marido, entendeu os motivos sobre tal ato. A família tem aliança, de vários anos com os Uchihas, e deviam manter tudo isso, através de casamentos. Apesar que com ela não foi assim, pois se apaixonou pelo o pai de suas filhas,  em um dos seus bailes luxuosos. Mesmo sendo noiva do herdeiro da família Yamanaka, a mulher tinha um temperamento muito forte, e não fez o que sua família pediu. Com isto, a mesma foi deserdada, por se casar com Kizashi em segredo, que ao passar dos anos foi reconhecido pela a família do mesmo. A Haruno não queria que suas filhas se casassem apenas por aliança, mas teria que deixar isso acontecer.  Apesar de tudo, sempre estava rezando, para que suas meninas conhecem o amor verdadeiro, não importando de onde ele venha.



-Senhora Mebuki Haruno e suas filhas, senhoritas Konan e Sakura Haruno.- Anunciando um serviçal da mansão, fazendo com que todos os convidados, olhem para a enorme escadaria.




-Mas que saco, precisa disso? Esse povo olhando pra mim, eu vou cair aqui.-Diz Konan segurando a barra do vestido, enquanto descia delicadamente a escada.



-Tenshi, para de reclamar, pelo menos as garotas estão aqui.-Diz Sakura sorrindo para as amigas, que acenavam para as mesmas.



-Peço-lhes que tenham modos, nada de tratar as pessoas com ignorância, e nada de tentar derrubar o Itachi em cima da mesa de aperitivos Konan.-Diz Mebuki olhando para a filha, que dá um sorriso amarelo.




-Mebuki, quanto tempo não lhe vejo!



Ao descer a escadaria, Mebuki abraça a velha amiga de infância, que a recebe com muita satisfação. Ao terminar o momento, Mikoto sorriu para as duas garotas, que estão ao lado da mãe. Mebuki se mudou para a Irlanda, após se casar com Kizashi. Deixando sua amiga Mikoto na Inglaterra, mas as duas encontram-se sempre em eventos, para atualizar as fofocas. Os dois rapazes, que estavam atrás da mulher, mantém seus olhos nas garotas, que estavam ali presentes, mas logo saem de seus pensamentos, com um toque do mais velho.




-Itachi, Sasuke... Não vão cumprimentar as senhoritas?-Diz Fugaku tocando no ombro dos filhos, que apenas segura nas mãos de Mebuki.



-É um prazer senhora Haruno, vejo que está adorável esta noite.-Diz Itachi sorrindo de canto, como uma forma de provocar a azulada.




-O prazer é todo meu Itachi, vejo que também está um rapaz muito elegante, assim como seu irmão.-Diz a mulher, sorrindo para Sasuke, que apenas a cumprimenta se curvando levemente.




-É um prazer revê-la novamente senhora Uchiha.-Diz as duas irmãs, reverenciado a morena que estava a sua frente.-Sempre muito linda, como de costume.



-O prazer é meu senhoritas, sabe que não precisa dessas formalidades, logo seremos da mesma família.-Diz Mikoto sorrindo para as moças, mas logo fecha a cara com um pigarrear do filho mais velho.-Creio que Itachi, está ansioso para uma valsa. Pois as moças estão adoráveis.




-Quem eu?-Diz o Uchiha se fazendo de desentendido, mas é empurrado pela a mãe, para perto de Konan, que dá um passo pra trás.-Me daria a honra, senhorita Haruno?




-Fazer o que né…-Diz Konan dando a mão ao Uchiha, e logo toma um beliscão da mãe, que a olha feio.-Caramba mãe! Será um prazer Itachi.




O casal logo se direciona a pista de dança, onde alguns convidados já dançavam a bela valsa. Mikoto e Mebuki se retiram até a mesa principal, onde lá deixam a conversa rolar, casadas com homens importantes da alta sociedade, sempre tem algum assunto para colocar em ordem. Sakura fica no canto da escadaria, ao lado do herdeiro mais novo da família Uchiha. O moreno se mantém firme, olhando para as moças que por ali passavam, como sempre foi muito bonito,  havia sempre garotas ao seu dispor, e tinha consciência disso. O casamento com Sakura, era apenas para cumprir ordens de seu pai, e unir ambas as famílias, que estava prestes a lançar ao mar, um dos maiores transatlânticos da história naval e isso seria outro assunto importante, que iria ser apresentado naquela noite. Sasuke percebe o clima pesado com a moça, e resolve puxar assunto com a mesma, já que recebeu instruções, para ter bons modos com a futura esposa, mesmo não tendo vontade alguma de se casar com ela.



-Vejo que está procurando alguém senhorita Haruno.-Diz Sasuke olhando para a moça, que olhava atentamente para um grupo de garotas que por ali estavam.



-Estou procurando minhas amigas. Porque a pergunta Uchiha?-Diz Sakura encarando o mesmo.



-Nada demais, estou apenas cumprindo com o meu dever.-Diz ele sem expressar nenhum interesse.-Sabe, tenho que ser gentil com minha futura esposa.



-Desculpe Sasuke, mas não preciso de sua gentileza, pois assim como você, estou cumprindo ordens.



-Acho que esse espartilho, está apertando muito sua cintura Sakura.-Diz Sasuke olhando a moça de cima pra baixo. Ele odiava ter que admitir, mas ela era encantadora.



-Ah é mesmo? Bom se você quiser usar um, para tirar sua conclusão, posso providenciar isso.-Diz a rosada em tom de deboche.-Sabe, até que não é tão ruim usá-lo, comparado a ter que suportar certas pessoas.




-Não será preciso milady, já tenho em mente que isso está lhe apertando.-Diz o mesmo passando a mão em seu cabelo.-Pois vejo, que ele está impedindo de ir oxigênio para o seu cérebro.



Sakura se segurou para não arrumar um barraco por ali mesmo. O Uchiha tirava a rosada do sério, com seu jeito debochado, mas a mesma se lembrou dos conselhos de sua mãe para ter modos na frente dos convidados, pois as irmãs Haruno eram conhecidas por seus famosos barracos, em festas de família. A moça simplesmente, escondeu toda sua raiva, levantou a saia do vestido que usava e se retirou dali, deixando Sasuke apenas observando a atitude da mesma. Embora a odiasse, seu coração sempre batia forte quando se encontrava com a rosada, ele saía de seu juízo perfeito e se deixava levar, pelo os lábios finos da moça, que eram muito usados para boas intrigas com o rapaz, mas que mesmo assim o deixava encantado, ficando pensativo por alguns minutos, imaginando como seria a vida dos dois entre quatro paredes. E como seria aqueles finos lábios, cor de pêssego em encontro com os seus.



-Mas que saco!-Diz Itachi vindo até o irmão, com uma cara nada boa.-Terra chamando Sasuke!




-Que foi Itachi, a azulada te tirou do sério mais uma vez?-Diz Sasuke encostado em uma coluna, sendo libertado de seus pensamentos, observando o movimento do mais velho.



-Está estampado isso na minha cara não é?-Diz Itachi arrumando seus longos cabelos negros.-Sério, não tinha outra pessoa para o meu pai arrumar? Uma moça mais delicada e amável.



-Sinto lhe dizer meu irmão, mas se não for herdeira do estaleiro que está construindo o navio irmão do Olympic, está fora de cogitação.



-E pra isso eu tenho que aguentar, as pisadas da Konan no meu pé? Caramba, aquele sapato machuca! Nosso pai deveria ter feito o contrato com a empresa dos Yamanakas.



-Itachi, a filha do dono do navio, já está noiva do neto do dono da mina de carvão, por Deus cara! Para de reclamar, e cumpra o seu dever.




-Você fica aí dizendo isso, mas está doidinho para escapar hoje a noite, para ir ao cabaré ali da esquina.-Diz Itachi zombando o irmão.




-Ah meu caro irmão, isso está estampado na minha cara… Pois lá sim, tem moças adoráveis, se é que me entende.



Sasuke deu um sorriso pervertido para Itachi, que logo carrega o irmão para um grupo de rapazes, que estava por lá, onde se encontrava seus melhores amigos. Do outro lado do salão, Konan e Sakura estava acompanhada, de suas amigas, Hinata Hyuuga filha do banqueiro Hiashi Hyuuga  e Ino Yamanaka filha do dono do navio, Inochi Yamanaka, e presidente da empresa que estava construindo o mesmo. As moças conversavam sobre o baile, enquanto recebia olhares do grupo de rapazes que estavam alguns centímetros longe das mesmas.



-É impressão minha, ou o Sai está olhando pra mim?-Pergunta Ino retocando seu batom, fazendo Sakura rir.



-Porca! É lógico que ele está olhando para sua pessoa, você é noiva dele.-Diz a rosada tocando o ombro da amiga.



-Naruto está tão elegante, muito me admira, não olhar para nenhuma moça, que sempre passa por ele.-Diz Hinata corada olhando o loiro, que fica envergonhado com o olhar da Hyuuga.



-Hinata, é lógico que ele olha, o cara é normal minha filha.-Diz Konan fazendo cara de dor, atraindo a atenção das amigas.-Não liguem, é só o sapato que está apertando meu pé.



-Konan sempre reclama do sapato, mas quando vai em uma loja, compra caixas e mais caixas.-Diz Ino rindo da amiga.-Mas acredito que não é o sapato, e sim os calos que eles formam de tanto você dançar.



-Com um certo alguém que não tira o olho daqui…-Diz Hinata olhando a azulada, que discretamente olha para trás.-Não adianta disfarçar Konan, você está mais vermelha do que pimenta.



-Hinata minha cara amiga, eu tenho olhos, é claro que tenho que olhar para todos os lados.-Diz Konan se fazendo de desentendida.




-Para todos os cantos sim, mas para o Itachi é outra história.



Sakura provoca a irmã, que dá um puxão no longo cabelo da mesma, iniciando uma pequena discussão de irmãs, que logo se finaliza, com um olhar mortal de Mebuki Haruno. O baile continua com muita música, e fartura de comida, durante toda a noite. Todos os convidados se divertiam na mesa principal, onde estavam todos os matriarcas do grande projeto, feito por Inochi Yamanaka, desde de engenheiros a empresários, conversaram sobre o grande navio que estava prestes a ser lançado às águas no próximo mês. A embarcação começou a ser construída no ano de 1909, e já tinha sua estrutura pronta, seria testada para todos os habitantes da cidade, famílias tradicionais e jornalistas,  para que pudessem ver, um dos  titãs dos mares, fazer sua primeira aparição em público. Embora não estivesse nenhuma instalação interna, os engenheiros resolveram testar seu enorme e rígido casco, na frente de toda a população de Belfast. De acordo com o pai de Ino, aquela seria a aparição do século, seu projeto de criar os três maiores e luxuosos transatlânticos da época, estava finalmente acontecendo, graças as seus parceiros fiéis que lhe deram o maior apoio com tudo aquilo.



-Quero agradecer, a presença de todos os senhores e senhoras nesse evento, tão esperado por mim e minha esposa esta noite.



Kizashi resolve se pronunciar, atraindo a atenção de todos os convidados que ali estavam, recebendo aplausos por alguns minutos. O mais velho, faz um sinal com as mãos interrompendo as palmas, e vai até o canto do enorme salão, onde se encontravam suas duas filhas que olhavam tudo imaginando, o que estava prestes a acontecer. Ao perceber que seu pai estava se aproximando, as mesmas vão em sua direção com toda a classe, e são guiadas pelo o matriarca para o centro, onde os jovens Uchiha, já estavam posicionados.




-Estamos aqui esta noite, para oficializar o noivado de minhas filhas, com Itachi e Sasuke Uchiha, filhos do meu caro amigo Fugaku Uchiha e sua adorável esposa. Me sinto honrado, de dar minhas duas pedras preciosas em casamento, para esses nobres rapazes.-Diz Kizashi fazendo os dois casais, darem as mãos e se entreolharam com desprezo.




-É uma honra para o meu pai, mas pra mim é a pior punição que recebi dos céus.-Cochicha Konan, fazendo Itachi olhar de canto.-Podemos até nos casar, mas jamais vou me apaixonar por você Uchiha.




-Se é isso que a senhorita acha, irei concordar com muito prazer, pois estamos apenas cumprindo ordem.-Diz Itachi apertando as mãos da mesma.-Pois, assim como sua pessoa, me apaixonar por você está fora de cogitação.




-Fora isso, a oficialização do noivado de minhas filhas. Eu e meus companheiros, convidamos todos aqui presentes, para acompanhar o lançamento de um de nossos gigantes flutuantes.-Diz Kizashi cheio de orgulho.- O RMS Titanic!


-Só de imaginar, que irei navegar nele junto com a senhorita. Meu estômago revira.-Diz Sasuke olhando a rosada.



-Não vai se achando meu caro.-Diz Sakura com toda a classe.-Não pretendo, me apaixonar por você.




Continua…



Notas Finais


É aí gostaram? Esse é o primeiro capítulo, ficou pequeno e peço desculpas por isso. Postarei o outro amanhã!

Obrigada por terem lido e até amanhã.


Bjsss!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...