História The Heart Wants What It Wants - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Chaz Somers, Christian Beadles, Demi Lovato, Justin Bieber, Little Mix, Nina Dobrev, Paul Wesley, Ryan Butler, Selena Gomez, Vanessa Hudgens, Zayn Malik
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler, Selena Gomez
Tags Automutilação, Depressão, Drama, Romance
Exibições 10
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoal!!! Quem está de volta?? Euzinha mesmo, e espero que leiam meu recadinho!!!!

Capítulo 7 - O que aconteceu?


Fanfic / Fanfiction The Heart Wants What It Wants - Capítulo 7 - O que aconteceu?

Olá pessoal, aqui é a Cíntia. Pois é, estou de volta e pretendo continuar com a minha fanfic, espero que me perdoem pelo sumiço, mas quero que saibam que o mesmo foi muito construtivo para a minha vida.

Bom, como anda a minha vida???? Nestes dois messes que não postei aconteceram muitas coisas - e quando falo muitas, é porque foram MUITAS. Em primeiro lugar, eu fiz um intercâmbio com a minha escola para a Argentina. Aproveitei este momento para me distrair do que ocorria em minha vida naquele momento e foi muito proveitoso. Aconteceu muitas merdas - me desculpem pela palavra - nessa viagem. Nosso ônibus estava com o seguro vencido e os fiscais argentinos não queriam nos deixar passar, tivemos que mudar o trajeto porque uma ponte essencial em nossa rota tinha caído, almoçamos - eu não almocei - em um lugar muito precário - PRECÁRIO MESMO -, onde a comida estava podre - por isso não comi -, mas o restante da viagem foi muito legal.

A cidade em que realizamos o intercâmbio, Posadas, é muito legal, interessante e divertida. As pessoas praticam muitos exercícios físicos - apesar de eu ser MUITO preguiçosa, eu AMO esportes -, o que eu amei. Fomos a um colégio militar o qual realizamos intercâmbio online com os estudantes durante meses para conhecê-los. FOI MUITO FODA - desculpe de novo-, eles são muito educados, gentis e inteligentes, a comunicação entre nós e eles era muito divertida, pois nós tínhamos que fazer sinais e gestos para que um entendesse o outro. Eles nos levaram a um cinema 3D - eu nunca tinha ido a um cinema, muito menos 3D - e foi uma experiência muito show e inesquecível. Também realizamos um passeio num barco - que preciso dizer era lindo - mas para mim não foi algo muito agradável - bem diferente para minha amiga que ficou com um argentino MUITO LINDO, preciso confessar. Porque não foi algo agradável para mim? Simples. Eu passei mal - MUITO mal. Nós não tivemos em nenhum dos três dias de intercâmbio um almoço e uma janta, nós apenas comíamos porcarias (salgadinhos e doces) e saíamos para nossos compromissos, a única coisa decente que comíamos era pão no café da manhã - única refeição que tivemos - e só.

Então já dá para imaginar. Fomos lá nesse passeio para realizar o passeio em si e para jantar, mas a janta era umas comidas ruim e em pouca quantidade, eu odeio - ODEIO - desperdiçar comida mas nesse jantar foi meio impossível - a única coisa que comi por completo foi a sobremesa que não tava muito boa, mas era comestível -, nunca mais saio sem levar comida da minha mãe. Daí quando terminamos a refeição, começou uma festa e eu comecei a passar mal. Para mim tava tudo girando, eu tava quase vomitando e com uma dor de cabeça infernal, minha professora percebeu e me levou lá pro lado de fora do barco, junto com uma amiga que também tava passando mal. Nós parecíamos duas drogadas vendo tudo girar e quase vomitando, nós ficamos o resto da viagem - que foi muito tempo -, lá fora. Eu em especial segurando um poste do barco porque eu não conseguia parar de girar - mesmo quando nós já tínhamos voltado do intercâmbio, eu fiquei umas duas semanas achando que eu estava girando e ainda ficava escutando tudo em espanhol. Apesar disso, a viagem foi muito legal.

Quando voltei a minha realidade e rotina, todos os problemas voltaram, mas eu voltei do intercâmbio com muita autoestima e confiança, e resolvi eles. Como? Aquela minha " amiga" , que prejudicou todas as minhas amizades, o que eu fiz? Me afastei. Me afastei dela e das minha outras  "amigas" que nunca me escutaram ou me ajudaram. Isso foi muito bom. Eu estou muito mais feliz e bem comigo mesma. Parece que estou mais leve, que toda aquela nuvem preta que me cercavam e causava grandes tempestades em minha vida se foi, e deu espaço aos belos dias que venho tendo. E esta é o meu conselho para vocês. Se afastem do que não os faz bem. Se afastem daquilo que vocês sabem que não acrescentará nada de bom e útil para a vida de vocês, pois logo perceberão o quanto foi bom não ter mais estas coisas ruins em sua vida.

Minha saúde está melhorando, aos poucos, se eu continuar me cuidando. A única coisa ruim é que eu vou ter de usar óculos, ainda não fiz a consulta mas está mais do que claro de que preciso de um. Estou odiando a ideia mas.... O ano está quase terminando e ano que vem será meu último ano na escola, estou nervosa - MUITO nervosa - , porque ainda não tenho certeza de qual profissão quero para o meu futuro. Na verdade, eu queria fazer algo diferente, sabe? Não continuar nesse ciclo vicioso onde você nasce, cresce, estuda, sai da escola e vai para a faculdade, se forma e exerce a profissão que você escolheu, forma uma família e morre. Eu quero ser diferente. Eu quero fazer um intercâmbio ou para os Estados Unidos, Canadá, Londres ou Alemanha - país que minha família é de origem. Quero aprender novos idiomas, culturas e pessoas. Fazer novas amizades, e quem sabe não encontrar alguém para ser meu parceiro para o resto de vida que ainda tenho. E nessa troca de conhecimentos encontrar as respostas para as perguntas que mais me atormentam: "Quem eu quero ser no mundo? O que de bom posso fazer para o mundo? Quem sou eu? Qual o meu legado?

Mas enquanto isso, pretendo continuar com a fanfic e terminá-la. Quero que ela seja inspiradora para todos. Vou fazer o meu melhor para que isso aconteça. Espero que todos gostem dos capítulos que viram e obrigada a todos que gostam dela e que espero que continuem gostando. Gostaria que comentassem sugestões para o que possa acontecer com os dois, eu iria apreciar muito. Obrigada ao que leram estas minhas explicações e até os próximos capítulos.

Até!! Beijos e abraços!!!


Notas Finais


Obrigada a quem leu é muito importante, e por favor comentem sugestões para a história eu darei crédito, como disse é muito importante que vocês digam o que gostaram ou não gostaram.
E a foto do início do capítulo eu tirei lá em Posadas.

Obrigada novamente e até o próximo capítulo!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...