História The Heart Wants Whats it Wants - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Jaxon Bieber, Jeremy Bieber
Tags Demi Lovato, Dramas, Jelena, Justin Bieber, Selena Gomez
Exibições 105
Palavras 1.587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meus amores, tudo bem com vocês? Comigo está tudo ótimo. Bom, sobre a fic lésbica, ou melhor AS fanfics lésbicas.
Isso mesmo! Não será somente uma, mais várias. Na verdade, irei fazer um especial, o nome e Homossexuais, não irá somente ter fanfic lésbicas, também irá ter algumas fics gays!
No começo, eu iria escrever um one talvez, de algum casal lésbico, da escolha de vocês. Mais vocês me deram várias ideias. Amo vocês meus leitores de The Heart Wants Whats It Wants e The Lie Of My Life!
Voltando ao foco, irei fazer mini-fics com vários shippers homossexuais, são eles.

▪ Larry – Louis Tomlinson e Harry Styles – One Direction.
▪ Semi – Selena Gomez e Demi Lovato – Disney.
▪ Carlena – Cara Delevingne e Selena Gomez – Atrizes.
▪ Carmen — Camila Cabello e Laurent Jauregui — Fifth Harmony

Infelizmente, haverá somente um casal gay, Larry, me perdoem eu não tenho muitas ideias, esse casal foi ideia de uma leitora, mas como eu disse era de início apenas sobre casais lésbicos. Outra coisa, pode ser que demore um pouco para as mini-fics serem postadas, eu quero encomendar capas e etc. Vale também ressaltar que as estórias serão inspiradas na música “ Problemas ”, Ana Carolina. Então terá um pouco de drama e alguns hot´s.

Capítulo 7 - Meu Coração e dela, só dela


Fanfic / Fanfiction The Heart Wants Whats it Wants - Capítulo 7 - Meu Coração e dela, só dela

Capítulo 7 – Meu coração e dela, só dela.

 

    Um dia se passou. A cidade amanheceu bem iluminada naquela manhã, todos os habitantes acordaram bem-dispostos, acerto dois, quais não estavam nada dispostos, apenas prostrados em suas camas imersos a inúmeros pensamentos. Justin queria tomar uma decisão, mas estava confuso, seu coração lhe dizia algo, porém, sua cabeça lhe dizia outra totalmente oposta. O que parecia tão certo por um lado, por outro se tornava errado, estava tudo tão incerto, decisões em sua cabeça eram tomadas e abortadas em questão de segundos.

    Selena havia chorado boa parte da noite, dormindo apenas pela manhã novamente. Despertou, nada fez, permaneceu deitada, a vontade de chorar era imensa, a falta de privacidade nunca forá tão incomoda, sabia que Justin não havia acreditado naquilo, se tivesse, isso prova que é um completo babaca. Suas lagrimas eram quase sem motivos, com todos esses anos de carreira já devia ter se acostumado com isso, mas com certeza isso não era o que acontecia. A mesma já não se encontrava perdida em seus pensamentos, mais sim, em lembranças.

 

   Estávamos tão perto um do outro, podia sentir sua respiração em meu rosto, meus olhos caíram em seus lábios, apossou-se de mim uma imensa vontade de beija-lo.

   — Sel, gosto de você! — Por algum motivo sua voz sairá rouca, fazendo com que os pelos de meu corpo se arrepiarem.

 

   Senti seus lábios nos meus, sua boca era macia, se moldava perfeitamente a minha. Seus lábios brincavam com os meus, sentia borboletas no estomago, sempre achei patéticas essas comparações, mais agora, entendo perfeitamente. Sua língua pediu passagem, eu concedi, senti uma corrente elétrica passando por todo o meu corpo. Agora seus braços estavam em minha cintura, me puxando mais para ele, meus braços foram para pescoço, minhas mãos puxavam seus cabelos macios, eu amo esse cabelo!

   Quando o ar se fez necessário para nos dois, infelizmente, pois por mim o beijaria para sempre. Justin finalizou nosso beijo com selinhos molhados, suas mãos estavam em minhas bochechas enquanto distribuía selinhos em minha boca. Ele se separou de mim, suas mãos foram para as minhas, as segurando e apertando levemente, olhávamos um nos olhos do outro, aquele olhar dizia tudo, palavras não eram necessárias.

 

   Aquele foi o melhor beijo que os dois já haviam dado. Os dois já haviam beijado outras pessoas, ele principalmente, mas aquele beijo foi especial, tinha uma essência que os outros não tinham. Aquele foi o primeiro de muitos beijos.

   Selena sentia falta daquela boca, das mãos passeando por seu corpo. O calor que sentia quando faziam amor, quando se amavam com loucura, fazia tanto tempo desde da última vez, isso a fazia lembrar que, com certeza muitas outras sentiram tudo o que ela sentiu nesse tempo, eram tantas que dava até desgosto pensar em todas que passaram por sua cama, isso quebrava o coração da morena de tal maneira que a dor era insuportável, fazia ela se sentir louca. Ele foi o primeiro, nunca havia deixado nenhum outro a tocar como ele a tocou, ele foi o primeiro e o último, ela já havia tentado outras vezes, mas sempre dava errado, ela simplesmente travava, não dava era impossível.

   O que mais doía, não era ele ter se deitado com outras. Na realidade o que mais doía, era sabe que eles não teriam um final feliz, que no final ele ficaria com alguma supermodelo, ele se casaria, teria filhos. No entanto, ela ficaria do mesmo jeito, sem evoluir, poderia sim ter outros relacionamentos, com o tempo talvez as necessidades do corpo falassem mais alto, e ele conseguiria se entregar a outros homens, mais a probidade de ter filhos ou até mesmo de se casar, era totalmente nula, ela não conseguiria. Todo esse amor, essa paixão chegava a ser doentia, como é possível um ser humano parar a sua própria vida por uma pessoa, enquanto essa mesma pessoa não parou essa vida em nenhum momento, pelo contrário, seguiu em frente como se nada tivesse acontecido, talvez o amor não fosse saudável, mais sim uma doença que te mata aos poucos. O primeiro estágio dessa doença e uma felicidade tão plena, aparentemente infinita, aos poucos as coisas mudam, o que era tão perfeito vai se corrompendo, se destruindo, quando se toma consciência da verdadeira situação das coisas, já e tarde demais.

 

   Justin Bieber Ponto de vista

 

    Nem sempre fazemos aquilo que queremos, pois por mim ficaria todo o meu dia pensando, deitado em minha cama, mas tenho uma agenda a cumprir. Contragosto me levantei, era uma sensação parecida com a da preguiça, só que menos tensa, não e como se eu estivesse com vontade de dormi ou somente ficar deitado, o problema e o meu estado de espirito, digamos assim, eu não estou com animo, não estou alegre o suficiente, animado o suficiente. Tomei um banho rápido e vesti uma roupa qualquer, eu tinha mais ou menos meia hora para chegar ao meu destino, minha sorte e que depois daquela maldita entrevista a minha agenda de shows iria dar uma diminuída, eram shows demais, já não era mais saudável. O transito não estava muito bom, mais cheguei a tempo, minhas roupas e acessórios já estavam devidamente separados, somente os vesti, arrumaram meu cabelo, meu rosto, aqueci minha voz, comi alguma coisa, e finalmente deu a hora do show, nessa noite eu teria três shows, cada um com mais ou menos uma hora e meia, eu poderia ir para casa umas duas e meia da manhã, são praticamente dez horas.

  Como havia dito, as duas e meia da manhã já poderia estar em casa. Quando cheguei em casa, me senti melhor, eu preferia ficar sozinho quando não estava muito bem, todas as vezes que brigava com Selena era desse mesmo jeito, eu ficava insuportável, ninguém me aguentava, quem ainda conseguia ficar algumas horas perto de mim era Ryan, nessas ocasiões o mesmo me dava inúmeros conselhos, muitos desses conselhos me ajudaram muito com a minha Morena, aquela garota era dura na queda, muito birrenta e marrenta, ficava extremamente arisca quando brigávamos, as vezes chegava a ser engraçado.

 

  Flash Back

 

 Havíamos brigado por bobagem naquela ocasião, totalmente sem importância para mim. Havíamos acabado de reatar, no tempo que estive solteiro fiquei com algumas garotas, uma delas era Alysson, uma loira bem bonita, antes de reatar com Selena deixei as coisa claras para Alysson, mas aparentemente a mesma não entendeu o que eu disse, desde então a mesma não parava de me mandar mensagens, algumas bem picantes, em umas dessas muitas vezes Selena estava com meu celular, Alysson envia um foto totalmente nua, Selena ficou puta da vida, quase perdi meu celular naquele dia, a mesma o jogou em mim com tanta força que achei que o coitado iria se quebrar em pedaços. Dois dias se passaram, Selena não respondia minhas mensagens, ignorava meus telefonemas, Ryan me aconselhou a ir na casa dela e pedir perdão, por que a culpa era minha por ter me envolvido com a garota.

  Segui seu conselho, fui até a casa daquele ser teimoso. Eu tinha uma cópia da chave, entrei facilmente, subi direto para seu quarto, e lá estava ela, deitada em sua cama, com uma de minhas blusas, ela estava dormindo. Me aproximei cautelosamente para não acordar a morena que dormia, vai saber o que ela vai arremessar em mim dessa vez, acariciei seus cabelos macios, sua respiração ficou mais rápida, sinal de que logo se acordaria, seus olhos se abriram, a mesma sorriu a me ver, era natural, Selena era sempre extremamente manhosa ao acorda. Me abraçou, tanto com suas pernas como com seus braços fazendo com que eu ficasse por cima da mesma, sua pele estava quente pelo sono recente, me arrepiei.

 

 — Você veio me ver? — Perguntou. Sua voz estava rouca.

 — Sim minha Princesa — Respondi. Sorri, ela também sorri.

 

   Seu rosto se aproximou do meu, sua boca encostou na minha, suas mãos foram para meu pescoço. Seu beijo era rápido, quente fugaz, minhas mãos puxaram sua cintura para cima, rolamos pela cama, fiquei sentando a fiz sentar em meu colo. Sai mão puxando meus cabelos, vez ou outras suas unhas dançavam por minha nuca, me fazendo arrepiar, minhas mãos apertavam sua cintura a incentivando a rebolar em meu colo, gememos quando a mesma subiu e desceu mais rápido em meu colo. Meu pau já se encontrava duro, mas seria impossível não ficar duro com uma morena gostosa pra caralho subindo e descendo tão gostoso no meu colo. De repente a mesma parou. Gemi frustrado.

 

   — Não! O que você está fazendo aqui? — Saiu da cama ficando em pé, de costas para mim, pude ver a poupa de sua bunda, fiquei ainda mais duro. Respirei fundo, foco Justin.

 

  — Minha princesa, vamos conversa, não temos motivos para ficarmos discutindo — Tentei acalmar os ânimos.

 

   — Não? — Se virou, olhou-me incrédula — Não temos motivos? — Sorriu irônica — ENTÃO ME DIGA JUSTIN BIEBER, O QUE VOCE FARIA SE UM KID BENGALA ME MANDASSE UMA FOTO DO PAU DELE? — Gritou. Fodeu!

 

  —Meu amor, vamos esquecer isso, hum? — Abracei-a por trás, fazendo-a sentir o quando eu estava duro, involuntariamente a mesma rebolou seu trapeiro durinho em meu pau— Você sabe que eu te amo — Garanti.

 

   Demorou, mais eu finalmente consegui convence-la que eu não queria nada nem com Alysson, nem com ninguém, somente com ele.

 

Fim Do Flash Back

 

Sorri ao lembrar desse momento. Era verdade tudo o que disse a ela naquela tarde, eu amo somente a ele, posso até sair com um e com outro, mas meu coração e dela, só dela.

 

   


Notas Finais


Ainda estou aceitando idéias para casais homo.Beijos sua loucas, comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...