História The Heartbeat - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Tags Pretty Little Liars
Exibições 5
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OLÁ, desculpa pela demora, mas fiquei meia ocupada para postar... aqui esta o segundo capítulo. Estou fazendo pelo celular, então me desculpa os erros. Boa leitura

Capítulo 2 - O primeiro dia, o primeiro crime.


Fanfic / Fanfiction The Heartbeat - Capítulo 2 - O primeiro dia, o primeiro crime.

P.V hanna

Então peguei meu caderno de Girls in the house, marquei biologia como a primeira matéria. A professora resolver fazer a chamada e cada um iria falar sua matéria favorita, fala sério parece que somos crianças, enfim, eu não gravei o nome de todos mas sim da anã de jardim que estava a minha frente, Nome dela era Aria Montgomery, e sua matéria favorita era redação. Já a menina que estava sentada atrás de mim, e se vestia feito uma menina de 10 anos, sendo que tínhamos 16... Se chamava Mona Vanderwalll  e que ela gostava de informática.

-Hanna Marin? - perguntou a professora, que era uma mulher de uns 34, a Raiz do seu cabelo era negra... com as pontas loiras, unhas bem feitas e bem vestida.

- Presente- falei em um tom não muito alto.

- Senhorita atrasada, bem a senhorita tem uma matéria que não seja mecher no celular e nem ir ao cabeleireiro?  - falou ela em tom de piada e alguns riram.

- Sim, eu gosto de artes, e a senhora, gosta de algo além de ter inveja de alunas?- perguntei firme, com o cu na mão, mas não iria deixar ela ganhar.

- Como é? - disse ela me encarando.

- Não se preucupe, foi uma pergunta retórica... Não precisa pensar na resposta- eu disse na lata.

Bateu o sinal e eu me levanto pra sair.

- Eu termino na próxima aula turma- disse a professora

- Uau você tem coragem - disse mona baixinho

Eu me viro para ela e dou um largo sorriso.

- Eu vim de longe, e não vai ser ela que vai passar por cima de mim.

Ela me lança um sorriso tímido.
- Qual sua próxima aula? - ela pergunta

-Educação  física, e a sua?- falo em um tom animado.

- química, até o recreio então... -ela fala saindo em direção a outra sala

-Até...- digo desanimada por ficar sozinha, então vou até o ginásio, junto a algumas pessoas... um ginásio tão grande, impossível de não achar.
O professor fez a chamada, não Havia ninguém que estava na aula anterior, pelo menos não alguém que eu tinha reparado. A primeira aula foi queimada, antigamente eu era o alvo mais fácil,  hoje em dia... eu continuo sendo o alvo mais fácil.

Bem o meu time era  Uma tal de Emilly, uma garota estranha chamada pagé (meu senhor, quem tem um nome desse?), Canoah ou Noé, eu sei lá  (Só nome estranho, mas  gato) e um garoto que não lembro o nome. Bem eu não foi a primeira a ser morta, mas me destrai com um garoto entrando na quadra, ele era diferente, loiro, alto...até que a bola me acertou em cheio.
Eu cai no chão, minha cabeça doía muito, eu não sabia oque estava acontecendo, acho que desmaiei.

P.V EMILLY

A garota loira estava caída no chão, eu me ofereci a levar ela a enfermaria, assim que ela acordou do desmaio dela, ela se parecia com a Ali, Loira, olhos claros... Não tão magra, ela tinha mais peitos e a Ali mais bunda. Oque eu tô falando?  Enfim levei ela lá.

- Obrigada por me trazer Emilly... - diz ela com uma bolsa de gelo.

-De nada... hm não sei seu nome- Digo constrangida.

- Hanna, Hanna marin - diz ela com um sorriso.

- Bem eu voltarei as minhas aulas, a infermeira falou que você está liberada por hoje, então até por aí hanna..- Eu pego minhas coisas vou é um direção a saída...

-Espera! Bem, eu tô sozinha nessa escola, você pode me dar o seu telefone? Se quiser marca de sair, ou até conversar - diz ela com um sorriso.

-Eu... claro, anota o seu no meu e eu anoto o meu no seu- trocamos os celulares depois de adicionar os contatos os destrocamos.

P.v hanna

Ela me deu um sorriso e saiu. Sua pele era morena,  seus cabelos eram negros como a escuridão, seu sorriso branco feito a neve, seus olhos eram castanhos escuros, além. De tudo era simpática.
Parei de viajar em Emilly e peguei minhas coisas, e fui tentar achar achar saída, indo em direção a porta me  deparo com mona.

-hey, oi! - diz ela animada.

-ah, oi! Você vai sair cedo também? - questiono, olhando para ela.

- Bem,  não.... mas tenho créditos com a diretoria, então eu posso... mas não sei se é uma boa idéia. - diz ela olhando para baixo.

- ah, podemos ir no shopping paquerar um pouco - duvido que ela já tenha feito isso, mona era bonita, mas faltava algo a mais.

- garotos não me paqueram - diz ela de cabeça baixa.

- podemos dar um jeito nisso! - digo com um sorriso.

- mesmo? Nossa se você conseguir podemos andar com a abelha rainha Dilaurents! - Diz ela super empolgada.

- Ou criar nosso próprio império, então vamos! - digo puxando ela por um braço.

Fomos a casa de mona jogar algumas coisas fora, praticamente o guarda roupa todo. Passamos na igreja e deixamos para a caridade. Fomos as compras. Primeira parada salão de beleza, consegui convencer mona a alisar o cabelo, segunda para compras, torramos todo o dinheiro de economia para a faculdade dela. Chegamos a loja da Tiffany's, minha loja favorita.

- Não temos mais dinheiro....- Eu disse desanimada.

- quem falou em comprar?- disse ela derrubando um anel dentro da bolsa- ops....

-Não... pirou? -sussurro

-relaxa faço isso todo ano - diz ela com convicção- porque você não tenta?

- okay... - nos vemos na porta.

Eu pego um oculos de sol,  ponho na cabeça?  Vou a bancada e peço para ver várias pulseiras, não compro nenhuma. Saio em direção a mona

- Ei, menina!  - grita uma voz grossa

- Eu? - falo virando para trás

-Esqueceu sua bolsa! - diz ele com um sorriso

- Ah obrigada! - pego minha bolsa e vou em direção a mona.

- Pensei que ia ser pega! - diz ela baixinho - vem vamos nessa.


Notas Finais


Eu sei que tem muito ponto de vista da hanna, mas é porque ela não conheceu todas as garotas. Pretendo fazer 2 capítulos de cada personagem, como principal (ex: próximos dois capítulos a personagem principal será a em).

Espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...