História The Heathens - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Ação, Drama, Gaaino, Konoha High School, Lutas, Naruhina, Naruto, Nejiten, Romance, Sasusaku, Shikatema, Suspense
Visualizações 403
Palavras 3.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom dia
Boa tarde
Boa noite


Acho que já está ficando clichê o pedido de desculpas kkk, essa capítulo aqui era pra ter sido postado ontem mas graças a luz que foi embora e só voltou hoje ele não foi postado, mas como prometido está aqui ... (Desculpem se tiver palavras erradas, é o maldito corretor e nós só conseguimos corrigir até a metade, não sei qualo o bug mas o Libre Office não está abrindo)

Boa leitura <3

Capítulo 6 - Capítulo VI - Dia livre(conhecendo a escola)


Fanfic / Fanfiction The Heathens - Capítulo 6 - Capítulo VI - Dia livre(conhecendo a escola)

Aquilo que você mais sabe ensinar, é o que você mais precisa aprender...

Richard Bach


 

----------------------------------------------------------------------------------------
 

Hinata Hyuuga


 

Quarto feminino – Domingo 7:00min – C.P.K


 

Tanto eu como o resto das meninas, acordamos com Sakura gritando em cima da cama “PREGUIÇOSAS… ACORDEM”, gritava ela repentinamente enquanto abria todas as janelas fazendo com que a luz refletisse sobre nós, fez isso até notar que todas estávamos sentadas sobre as camas, esfregando nossos olhos incomodadas com os raios solares.


 

– QUAL É O SEU PROBLEMA SAKURA? – Gritou Ino cobrindo-se novamente.

– O dia está tão bonito, vamos conhecer a escola … interagir com as pessoas …-- respondeu a rosada retirando a coberta dela.

– O meu sono também está bonito! – completou Ino desistindo, se cobrindo de novo porém Sakura retirou novamente fazendo com que a loira desistisse e levanta-se.

– SAKURA EU SÓ NÃO TE MATO PORQUE NÃO FAÇO MAIS PARTE DA AKATSUKI! – gritou Konan acertando uma almofada nela.

– Concordo com a sua amiguinha, da próxima vez que me acordar vou te bater até seus cabelos perderem a cor … entendeu? – Ameaçou Temari com um tom estressado tomando rumo ao banheiro.

– EI … – Gritou Tenten ao ser empurrada pela loira – Eu ia tomar banho primeiro! – reclamou.

– Falou certo … ia! – Temari bateu a porta na cara dela.

– Quanto mal humor! – resmungou Tenten.


 

Sakura aproximou-se de mim e encarou-me.


 

– Ela está sonâmbula! – falou ela fazendo todas as meninas nos encarar.

– Que? Eu não estou sonâmbula – completei.

– Ah … miane … eu achei que estava porque apenas acordou e ficou sentada ai … como se o gato tivesse engolido sua língua!

– Eu só estava observando a bagunça! – respondi.


 

Levantei-me e assim como as outras meninas tive que esperar Temari sair do banheiro já que ela foi a primeira a entrar.


 


 

Sabaku No Gaara


 

Quarto masculino – Domingo – 8:00min


 

Levantei-me e todos ainda se encontravam dormindo, eles faziam expressões engraçadas e eu fiquei reperando-as, Neji dormia de cueca e sem coberta e no fim ficava todo encolhido porque sentia frio, mas diz ele que não consegue dormir com roupa, Sasuke dorme com mais de dois travesseiros e a boca do Naruto está tão aberta que se eu fosse uma mosca entraria só de “trollagem”, se bem que deve ser nojento… então deixá pra lá! Sai sussurrava algumas coisas enquanto roncava e Pain apenas roncava, parecia até um motor … De repente suou um alarme que fez com que todos se assustassem e levantassem da cama rápido.


 

– Jutsu clones das sombras – gritou Naruto assustado.

– CHIDORI! – Sasuke pulou da cama como se esperasse um ladrão.

– PUNHO GENTIL – Neji também se assustou.

– Shinra Tensei – Pain ficou em pé em cima da cama.

– Liberação de terra – completou sai escondendo-se que nem uma toupeira.


 

Só me restou dar risada … fazia tempo que eu não gargalhava assim, ver todos se assustando com o alarme foi divertido.


 

– Bom dia, alunos e alunas do C.P.K– era a voz da Tsunade – Hoje o dia será livre, aproveitem para conhecer a nova casa de vocês e comportem-se! – Após ouvirem o recado todos acordaram e perceberam que se tratava apenas de um “despertador” da escola.


 

Continuei a rir, ri tanto até que do nada começaram a surgir lágrimas e minha barriga começou a doer.


 

– Está rindo do que panaca? – perguntou Naruto.

– Vocês realmente acordaram prontos para a guerra! – ironizei.

– Ufa … era apenas um despertador! – surgiu sai saindo do chão e jogando-se na cama novamente.

– Não acredito que vai dormir novamente! – Naruto puxou a coberta dele – Se arruma vamos tomar café e depois conhecer a escola … e as meninas que fazem parte dela! – ele mencionou a palavra “meninas” com tanta empolgação que nem parecia ser comprometido.


 

Sasuke espreguiçou-se e deu risada.


 

– Babacas … casados e com atitudes de solteiro! – provocou ele.

– Vai falar que você não gosta de “Meninas” – perguntou Naruto – Espera… você é Gay?

– Eu vou te mostrar o “Gay” – O uchiha estava indo para cima dele mas Sai o interrompeu.

– Naruto não falou por mal … – desculpou-se ele – Se você realmente for Gay saiba que não temos preconceito! – completou o branquelo correndo para o banheiro em seguida.

– BABACA… QUANDO SAIR DAI VOU TE MOSTRAR O GAY! – Gritou ele.

– Então você assume que é Gay? – perguntei entrando na brincadeira.

– Gaara até você? – falou Sasuke entre os dentes jogando-se na cama.


 

Pain e Neji apenas acordaram e levantaram-se, eles tinham algo em comum … OS DOIS ESTAVAM DE CUECA.


 

– Visão do inferno! – comentei.

– Adão e eva! – zoou Naruto – Eva e adão(pronunciem rápido essa parte e entenderam) – ele apontou para Sasuke e assim que o Uchiha entendeu a brincadeira partiu pra cima dele o enforcando.

– Quem é viadão? – falava o uchiha enquanto o enforcava e o Uzumaki apenas gritava.

Neji e Pain tentavam tirar ele de cima do loiro, e eu? Eu apenas ria disso tudo, porque quando tem treta na vida eu sou aquele que pega o balde de pipoca senta e assiste.

Após esse pequeno conflito logo cedo, todos voltaram aos seus “estados normais”, se arrumaram e desceram para tomar café, Sai e Naruto foram os primeiros a sair permanecendo no quarto apenas, Pain, o Uchiha e eu.


 

– Atrasados! – falou Temari entrando no quarto sem bater.

– Dá próxima vez bate, e se eu estivesse pelado? – reclamou Sasuke.

– Se eu quisesse ver coisa pequena faria amizade com um anão! – retrucou ela fazendo Sasuke entrar no banheiro sem graça.

– Noona… o que te trouxe aqui tão cedo? Porque a Temari que eu conheço dorme até meio dia!

– A maluca do cabelo cor-de-rosa acordou todo mundo sete horas, só não matei ela porque não posso! – respondeu minha irmã sentando-se na cama de Sai que ficava um pouco a frente da minha.

– Por acaso a de cabelo azul – Pain pigarreou – Já acordou?

– A Konan? Ela parece ser a mais normal entre eles, acordou, ameaçou a Sakura, se arrumou e deve estar andando por ai! – afirmou Temari – Porque? Já vai praticar bullyng com a menina? – ela aproximou-se dele – já sei … gosta dela?

– NÃO! – Gritou ele saindo do quarto completamente corado.

– Mas ele nem tomou banho! – falei. – Noona você não deveria provocar o Pain!

– Credo … não tem uma pessoa normal nesse colégio! – completou Temari


 


 

Naruto Uzumaki

Refeitório – 8:30

 

Assumo que estava muito empolgado com tudo, não sei porque mas acordei com um bom humor, aquele teste de ontem me deixou tão cansado que dormi feito um bebê e acordei cheio de energia.

Estava escolhendo meu café da manhã quando de repente senti alguém me abraçar por trás, e não … não era Sai graças a deus, mas sim minha doce namorada com seu perfume doce e seu jeito irradiante de ser.


 

– Ohio(Bom dia) – falou ela assim que me virei, ela vestia um short rosa cintura alta e uma blusa branca larga que tinha algumas letras também cor-de-rosa escritas em inglês, seu cabelo estava solto e jogado para o lado direito, do lado esquerdo continha uma presilha que dava um destaque para seu penteado, seus sapatos? Era sapatilhas da cor branca… ela estava muito linda, como sempre!

– Estou vendo que alguém acordou alegre… vamos tomar café? – perguntei virando-me apanhando uma maçã e entregando para ela que recusou.

– Shirõ(Não quero), já tomei café com as meninas! – respondeu ela. – Eu estava pensando em passar o dia junto, o que acha?


 

Eu já havia combinado com Sai de conhecer a escola, e eu também tinha coisas mais interessantes para fazer, passar o dia com a Sakura é o mesmo que ter aula de moda, apanhar, discutir e no fim ter que dar algum presente pra ela poder voltar a falar comigo.


 

– Ei … terra chamando Naruto! – a rosada me cutucou tirando-me do mundo da lua.

– Me desculpa boneca! – falei já esperando ouvir reclamações.

– Ah não… Naruto você nunca tem tempo pra mim!

– Boneca você chegou um pouco tarde, eu já combinei com Sai… porque não vai se divertir com as suas amigas han? – incentivei – As garotas novas… com certeza tem muita gente que você pode fazer amizade, menos os meninos … esqueça os meninos … não faça amizade com meninos!

– Até parece que você se importa! – ela deu as costas e me deixou falando sozinho.

– Ei … – gritei na esperança dela virar mas sem sucesso, bufei e voltei a fazer o que estava fazendo antes da rosada interromper-me.


 

Com cinco sanduíches, uma salada de frutas e um “copão” de suco sentei-me ao lado de Sai no refeitório e comecei a tomar meu café.


 

– Bichinho você tem a boca nervosa! – comentou Rock Lee.

– Nunca ouviu o ditado que devemos tomar café da manhã como príncipe, almoçar como rei e jantar feito um mendigo? – respondi.

– Não! – respondeu ele.

– Agora ouviu! – retruquei.

– Você e a dona encrenca brigaram? – perguntou Sai.

– E isso é novidade? Toma seu café e vamos dá um “rolé” pela escola que hoje ninguém vai estragar meu dia … nem a “dona encrenca”.


 


 

Pain Uzumaki

Jardim, 8:50min


 

A irmã do Gaara é realmente irritante, gostar? A Konan é como uma irmã mais nova pra mim, apesar de ser mais velha do que eu … Mas de um jeito ou de outro eu precisava vê-la e conversar com ela, porque não falou comigo ontem? Porque está tão diferente… Ela não pode simplesmente me abandonar sendo que sou a única pessoa que ela tem e vice-versa. Distraído em meus pensamentos acabei esbarrando em alguém que provavelmente caiu


 

– Porque não olha por onde anda? – falou uma garota de cabelos rosas.

– Mas você que esbarrou em mim! – respondi

– Ah … foi? Chesongamnida(Desculpa) – Ele desculpou-se mas quando ia saindo eu a segurei impulsivamente.

– Você viu a Konan? --perguntei.

– Não … mas provavelmente deve estar do outro lado do jardim ela ama as flores! – respondeu ela.

– Ok … – respondi aliviado por achar alguém que saiba me dar uma informação decente.

– Pode me soltar? – se ela não fala, eu não notaria que ainda estava segurando o pulso dela.

– Chesongamnida – desculpei soltando-a rapidamente.

– Eu heim … esquisito! – Sussurrou ela ao virar de costas me fazendo rir com seu comentário.


 

Rapidamente tomei rumo ao outro lado do jardim aonde provavelmente Konan estaria, dito e feito, ao chegar me deparei com a azulada encarando as flores, ela usava um vestido de alça curto na cor preta, um óculos preto mas com lentes transparentes e um all star cano médio da cor correspondente ao vestido.


 

– Noona! – falei aproximando-me, ela me encarou mas voltou a olhar para as flores. – Ei porque está fingindo que não me conhece? Me ignorando? Me tratando feito um desconhecido. – Ela deu as costas e saiu andando então rapidamente corri até ela e a segurei pelos ombros. – Konan … pare de agir assim!

– Depois de ter me abandonado naquela penitenciária vazia e sem vida você ainda tem o senso de me perguntar porque estou agindo assim? – falou ela me empurrando a cada passo que dava – Eu fiz de tudo por você… eu cuidei de você e permaneci ao seu lado, e tudo o que você fez foi me abandonar! – ela finalmente parou de me empurrar e começou a chorar.

– Não chore … você é irritante quando chora! – Repeti a mesma frase que falei a ela quando éramos criança, puxando sua cabeça em direção ao meu peito e abraçando-a em seguida.

– Babo (tonto, idiota, bobo), todo esse tempo eu fiquei muito preocupada e ressentida por ter sido deixada … – falou ela enxugando as lágrimas.

– Eu nunca mais vou te deixar outra vez! – encarei-a e ela me encarou de volta.


 

De repente a garota dos cabelos cor-de-rosa que me ajudou a encontrar Konan surgiu aos pulos gritando.


 

– SOLTA MINHA UNNIE, CARA ESQUISITO! – gritou ela. – NÃO VAI SOLTAR? VOU ACERTAR ESSA PÁ EM VOCÊ – ela pegou uma pá de cavar que estava no jardim e mirou na minha direção mas Konan repreendeu-a antes que jogasse em mim.

– Sakura está tudo bem … O Pain só estava conversando comigo! – respondeu Konan fazendo ela soltar a pá toda corada e sem graça.

– Bom é que ele … quer dizer … não que eu julgue as pessoas pela aparência você sabe que eu não sou assim… mas ele me segurou … ah deixá pra lá chesongamnida – curvou-se ela, se desculpando – eu não deveria ter pensado coisas ruins de você!

– O Pain é como se fosse meu irmão mais novo … – ela apresentou-me a rosada – Essa daqui é a Sakura … você deve conhecer ela de vista, ela é um docinho de pessoa e se tornou uma das pessoas que eu mais gosto!

– Se é amiga da Konan, é minha amiga também … prazer! – respondi estendendo a mão para ela que apertou enquanto dava um largo sorriso.

– Não quero atrapalhar … Mas unnie vamos encontrar a ino para caminhar e conhecer a escola? – ela encarou Konan de um jeito tão fofo que se fosse ao contrário eu não teria resistido.

– Não dá, preciso conversar com Pain … – recusou Konan.

– Primeiro o Naruto, depois você … francamente as pessoas tiraram o dia para me abandonar! – ela deu as costas e saiu caminhando em direção ao outro lado.

– Sakura não seja tão dramática! – gritou Konan observando-a se distanciar.

– Que figurinha! – comentei.

– Sim … ela é uma boa pessoa, apesar de ser “privilegiada” como seus amigos dizem ou acha que esqueci?

– Disse certo, meus amigos falaram eu não …


 

Ela sorriu e aproveitamos para conhecer a escola enquanto conversávamos.


 


 

Sabaku No Gaara

9:30


 

Após tomarmos café… e fazia tempo que não tomávamos um café decente igual aquele Temari e eu nos separamos, ela disse que ia procurar por Hinata e Tenten enquanto isso resolvi dar uma volta na escola já que não tinha nada para fazer. Primeiro caminhei pelo jardim, Pain parecia empolgado conversando com a privilegiada de cabelo azul … atacante … já está indo na onda do Naruto? Depois tomei rumo a outra direção que me levou para a quadra, era enorme, já me imaginei jogando basquete ali, o Sasuke vai adorar isso aqui, sentei-me na arquibancada e fiquei apreciando aquela quadra maravilhosa, até que de repente uma garota de cabelos loiros, a mesma daquele dia entrou correndo pela entrada da quadra(avá pensei que era pela saída).A loira vestia um top branco e uma calça moletom cinza, no pé calçava tênis laranjas de corrida, seu penteado era um rabo de cavalo enorme, ela deu duas voltas em torno da enorme quadra correndo até que se jogou no chão e ficou encarando o teto.


 

– Cansou? – perguntei – Vocês privilegiados são mesmos fracos! – completei descendo as escadas.

– Se você é tão forte assim porque está sentado me criticando invés de praticar exercícios físicos? – retruco ela observando-me descer.

– Eu não preciso de exercícios físicos!

– Ah não? – falou ela me medindo com ar de deboche – É tão magro que se bater um vento te leva pro deserto da onde veio!

– Escuta aqui …

– Não quero … a fraca aqui precisa correr! --ela sorriu e em seguida voltou a correr.


 

Ela só pode estar brincando né? Meus músculos são tão definidos isso é visível, as ninjas piram vou provar para ela que não sou fraco, comecei a correr atrás dela pela escola até que a alcancei.


 

– Você corre feito uma lesma! – provoquei.

– E por isso você demorou tanto pra me alcançar? – retrucou ela.


 

De repente nossa corrida foi atrapalhada por uma garota de cabelos rosas que puxou “estacionou” bem na nossa frente.


 

– Calma ai minha corredora, preciso da sua ajuda! – disse ela.

– Sakura eu preciso correr!

– Porquinha por favor!

– Porquinha? – perguntei.

– Ye(Sim)– ela encarou-me – Tchau!


 

A amiga esquisita dela e ela tomaram rumos diferentes, e eu? Eu voltei a ficar entediado novamente até que repente encontrei com Sasuke.


 

– Vejo que já socializou! – comentou ele.

– Que foi tá com ciúmes? – respondi com ironia.

– Achou algo de interessante? – perguntou o Uchiha que aparentava estar tão entediada quanto eu.

– Uma quadra de basquete serve?

– Tá brincando? – os olhos dele até brilharam.

– Vamos logo …


 

Hinata Hyuuga

Piscina, 10:00min


 

Eu e Tenten resolvemos tomar um pouco de sol, já que o dia começou ensolarado e o sol das 10:00 não era tão forte como o da meio-dia, sentamos na beira de piscina e ficamos admirando a brisa calma que aquele lugar tinha, os ventos batiam em nosso cabelo, sensações que a tempos não sentíamos.


 

– Isso até parece um sonho … – comentei fazendo Tenten me beliscar – Ei porque fez isso?

– Para você ver que não estamos sonhando!


 

De repente Neji chegou e juntou-se a nós, mas ele parecia entediado.


 

– O que houve? Porque não está com os meninos? – perguntei.

– Nada, porque quer que eu vá embora? – disse ele.

– NÃO! – Gritou Tenten fazendo nós encararmos ela. – Quer d-dizer, se junte a gente Neji … estamos apreciando o ar de paz que este lugar transmite!

– Ah … e vão aplaudir o sol também? – ironizou Neji.

– Que? – perguntou ela sem entender.

– Nada… ele te zoou! – completei


 

Sem que esperássemos dois rapazes que não me eram estranhos sentaram ao lado de Neji.


 

– Neji meu companheiro, porque não me apresenta suas amigas? – perguntou o rapaz loiro.

– Verdade … parece que diferente do Sasuke você seguiu nossos conselhos em? – completou o branquelo.

– Babacas! – comentou Neji.

– Me chamo Hinata Hyuuga, sou prima do Neji! – apresentei-me.

– Ah … eu reparei, vocês são parecidos… mas tem uma diferença, você é bem mais bonita que ele! – o garoto loiro piscou pra mim fazendo eu corar completamente.

– Me chamo Naruto… e essa mané aqui é o Sai!

– E você? Qual seu nome? – o tal do Sai sentou-se ao lado de Tenten.

– Noé … – respondeu ela.

– Noé?

– Da sua conta! – completou ela levantando-se enquanto Neji e Naruto riam.


 

Eu levantei-me e quando o Naruto ia se aproximar de mim, Neji o empurrou na piscina.


 

– Qual é Neji? – gritou ele todo molhado dentro da piscina( avá pensei que tava seco)

– Você é o tipo de pessoa que eu quero bem – Meu primo estendeu a mão para ele e Naruto a segurou. – Bem longe da minha prima! – Neji o soltou novamente fazendo com que ele afundasse de novo.


 

De longe Sakura observava tudo com os olhos cheios d’água, antes mesmo que eu gritasse por ela a rosada saiu correndo e foi seguida por Ino, vesti meu roupão e fui atrás delas.


 

(Do lado de fora da C.P.K)


 

Rasa Kazekage


 

Palácio de Suna 10:00min


 


 

Acordei tarde, não sei o que aconteceu mais dormi feito pedra ontem(e pedra dorme?), um sono pesado que veio de repente, levantei-me e fui até o quarto de Kankuro, eu sempre o acordava então provavelmente ele ainda está dormindo, ao entrar me surpreendi, ele não estava lá, nem lá e nem em canto nenhum da mansão e notei isso depois de procurá-lo em todos os cantos, será que sequestraram meu filho? Corri até meu escritório para ligar para a força policial mas fui informado que ele estava lá na sede principal, pronto para ir para a C.P.K como um ninja infiltrado. Tudo bem, se ele quer ir? Não vou impedi-lo, só espero que cumpra a sua missão e … cuide dos seus irmãos por mim!


 


 

Kankuro Miura


 

Escondido do meu pai, resolvi tomar essa decisão e fugir, porque? Porque pela primeira vez na vida eu escutei meu coração e não meu pai, pela primeira vez na vida quis fazer algo por mim com meus princípios, será uma experiência nova e diferente, com certeza vou aprender bastante e sairei de lá mais habilidoso.


 

– Desculpe interromper seus pensamentos! – falou um rapaz com um cabelo que parecia mais um abacaxi – Me chamo Shikamaru e iremos ingressar juntos amanhã na C.P.K.

– QUE? – perguntei surpreso.

– Nem todos os ninjas passaram no teste, mas a gente sim… devemos ficar por aqui hoje e começar amanhã assim que der inicio as aulas!


 

Aquilo me deu um frio na barriga, mas agora eu realmente estou pronto … seja o que tiver que ser!

 

---------------------------------------------------------------------

 


" Um dia você ainda vai olhar para trás e perceber que os problemas eram degraus que te levaram a vitória" (desconheço o autor)


Notas Finais


Por hoje é só <3 até (postarei novo capítulo somente no sábado)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...