História The Heir Of The Crime. - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Batman, Cameron Monaghan, Esquadrão Suicida, Gotham, Harry Styles, Jared Leto, Justin Bieber, Margot Robbie
Personagens Alfred Pennyworth, Avril Lavigne, Barbara Gordon, Bruce Wayne (Batman), Cameron Monaghan, Canário Negro, Carmine Falcone, Cassandra Cain (Batgirl), Comissário James "Jim" Gordon, Coringa (Jack Napier), Dick Grayson, Dr. Jonathan Crane (Espantalho), Dr. Thomas Wayne, Edward Nygma, Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Jared Leto, Jason Todd, Jerome Valeska, Lucius Fox, Margot Robbie, Martha Wayne, Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Personagens Originais, Sarah Essen, Selina Kyle (Mulher-Gato)
Tags Batman, Esquadrão Suicida, Harley Quinn, Selina Kyle, The Joker
Visualizações 742
Palavras 3.632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Minhas puddinzinhas , eu quero agradecer pelos comentários é favoritos ,me desculpem qualquer erro de português ,eu espero que vocês gostem do capítulo
OBS : A FOTO DE CAPA NÃO TEM NADA HAVER COM O CAPÍTULO EU SÓ COLOQUEI PORQUE ACHEI BONITINHO.

Capítulo 26 - Capítulo 25 - Capítulo especial.


Fanfic / Fanfiction The Heir Of The Crime. - Capítulo 26 - Capítulo 25 - Capítulo especial.

            3 MESES DEPOIS.

                 POV HOPE.

                ⚜⚜⚜⚜⚜⚜⚜

Hoje a mansão estava uma bagunça. Motivo: Era natal.

Alice e Jake estavam eufóricos esperando presentes de natal.

- HOPE, ANDA NÓS TEMOS QUE COMPRAR OSRESTO DOS PRESENTES!! - Ouvi minha mãe gritar do andar de baixo me chamando.

Eu desci as escadas com cuidado, minha barriga ainda não estava tão grande, eu estava apenas com 4 meses, mas ela já estava um pouco elevada. Eu tomo todo o cuidado possível.

- Já estou pronta,Mãe. - Eu falei sorrindo quando terminei de descer as escadas.

- Cadê o pirralho? - Alice perguntou aparecendo na sala com um pote de Nutella na mão e um gorro de Papai Noel na cabeça.

- O Puddin o levou para ficar na boate! - Harley respondeu a pergunta mexendo no celular provavelmente falando com Joker.

- Uhhh. Eu quero Nutella!! - Eu falei parecendo uma criança manhosa tentando pegar o pote da mão da Alice.

- SAI DE PERTO DA MINHA NUTELLA SUA GORDA!! - Alice gritou afastando a Nutella de perto de mim.

- MÃE, A ALICE NÃO QUER ME DAR NUTELLA!! - Eu gritei cruzando os braços parecendo uma criança emburrada.

- Alice, dá a Nutella para Hope! - Minha mãe falou.

- Mas por que eu tenho que dar,Tia Harley? - Alice perguntou emburrada.

- Porque ela está grávida, e não se nega comida pra grávida! - Minha mãe falou com as mãos na cintura.

- Então eu vou engravidar também! - Alice falou com raiva fazendo minha mãe e eu rir.

- Alice, deixa de fazer birra, eu compro mais Nutella para você. - Minha mãe falou sorrindo e segurando no ombro da Alice.

- Aff. Toma sua gorda! - Alice falou me entregando a Nutella.

- Eu nem estou tão gorda. Eu só estou com apenas 4 meses. - Eu falei comendo a Nutella e pegando minha bolsa no sofá.

- Vai ser engraçado a Hope com um barrigão enorme e tentando fazer a unha do pé!! - Alice falou sorrindo enquanto saiamos da mansão.

- Ei, isso não é engraçado. Eu passei a mesma coisa duas vezes, quando eu estava grávida do Jake eu tive que pedir para o Puddin pintar minha unha! - Minha mãe contou sorrindo.

- Hahaha. Essa cena eu gostaria de ter visto. O grande The Joker pintando a unha da mulher grávida! - Eu falei rindo entrando no banco do carona do carro da minha mãe.

- Eu não sou a mulher do seu pai. Para ele eu sou apenas um brinquedo! - Harley falou enquanto dirigia. Agora ela estava triste.

- Não liga para isso não mãe. Alice, Jake e eu amamos você. - Eu falei tentando fazer Harley sorrir.

- Eu também amo vocês,meus bebês! - Minha mãe falou feliz.

- Agora chega dessa melação se não eu vou vomitar! - Alice falou fazendo uma careta e Harley e eu rimos. - Eu só espero que a Alícia não seja tão grudenta. - Alice falou me fazendo rir.

- Primeiro: Você não tem certeza se vai ser uma menina. Segundo: Se for menina, ela não vai se chamar Alícia! - Eu falei sorrindo.

- Vai chamar ela de que? - Alice perguntou.

- Hayley! - Eu respondi sorrindo e passado a mão na minha barriga.

- É feio! - Alice falou.

- Não é.

- É sim.

- Não é.

- É sim.

- Não é.

-É sim.

- É sim.

- Não é.

- MERDA!! - Alice gritou vendo que eu tinha ganhado.

- QUEREM CALAR A BOCA. EU TO DIRIGINDO,PORRA! - Minha mãe gritou irritada fazendo Alice e eu ficar quietas.

 

                POV JOKER.

                ⚜⚜⚜⚜⚜⚜⚜

Eu estava na minha boate resolvendo alguns assuntos no meu escritório. Jake estava sentado no chão em cima de um tapete roxo de veludo (Coisa da Harley) brincando com Rocco.

Eu tava pouco me importando com os dois, eu apenas trouxe o garoto pois Harley me encheu o saco.

 Então eu lembrei que hoje era natal. Eu resolvi ir comprar algo para Jake, as meninas e a Harley.

- Rocco, eu preciso dar uma passada no shopping. Cuide do Jake! - Eu mandei me levantando da minha cadeira roxa.

- Pode deixar,chefe! - Rocco se levantando do chão.

- Papa, me deixa ir com voxê? - Jake pediu.

- Não! - Eu falei sério.

- Papa, me leva com voxê! - Jake pediu fazendo uma carinha triste.

- Aonde eu vou deixar você,Jake? - Eu perguntei pegando ele no colo.

- Naqueles cercadinhos,Papa! - Jake respondeu colocando uma mão na boca.

- Okay, mas se você encher meu saco. Eu deixo você na rua! - Eu falei saindo do meu escritório com Jake no colo.

- Tá papa. - Jake falou sorrindo.

Eu entrei na minha Lamborghini roxa tentando colocar Jake na cadeirinha.

- Foda-se! - Eu exclamei colocando Jake sentado no banco do passageiro e colocando o cinto.

Então liguei a Lamborghini e acelerei pelas ruas movimentadas de Gotham.

- Papa? - Jake me chamou.

- O que foi, Jacob? - Eu perguntei ainda prestando atenção na estrada.

- Por que seu carro é rosa? - Jake perguntou me fazendo tirar atenção da estrada.

- Não é rosa,Jake. É roxo! - Eu falei olhando para ele incrédulo, é claro que meu carro era roxo.

- Mas parece rosa,papa! - Jake falou rindo.

- É roxo,Jake. Agora fica quieto! - Eu mandei com raiva e voltando a olhar a estrada.

Onde já se viu? Minha Lamborghini rosa.

Quando cheguei ao shopping. Tirei Jake do carro e entrei no shopping com Jake no colo. E percebi que todos começaram a sair correndo com medo fazendo Jake rir e bater palmas. Eu também acabei rindo.

Quando eu finalmente achei o maldito cercadinho, deixei Jake lá dentro e ameacei a mulher dizendo para ela tomar conta dele.

Fui em direção a uma joalheria, eu iria comprar um presente para Hope, Alice e Harley. Eu tinha que reconquistar a confiança de Hope. Apesar de eu tentar me controlar para não pegar uma faca e enfiar na barriga de Hope, eu ainda sinto muita raiva de Hope.

Melissa tem mandado notícias. Ela e o Morceguinho não têm mais se falado, mas que brevemente iria contar que está grávida.

Eu comprei um colar escrito "Hope" com uma carta de baralho. Comprei um colar de rubis para Harley, e depois fui até uma loja de brinquedos. Comprei três funko pops da série The Vampire Diares para Alice. Por fim comprei um triciclo para Jake e comprei uma arma de brinquedo, (Bem que eu queria comprar uma de verdade, mas Harley iria confiscar assim que colocasse o olho na arma) mas como eu gosto de perigo, resolvi comprar um Taco de baseball personalizado cheio de Ha ha ha.

Eu tive que ameaçar uma atendente para que ela me desse o taco. Quando eu estava saindo da loja encontrei pistoleiro.

- Joker. O que está fazendo aqui? - Pistoleiro perguntou vindo me cumprimentar.

Eu não gostava muito de Pistoleiro, ele e Harley tinham uma intimidade que me deixava irritado, ainda mais depois que o esquadrão foi desativado às ordens do morcego.

- Comprando presentes! - Eu respondi sem paciência mais com um sorriso no rosto.

- Deixou para cima da hora né? - Floyd perguntou dando uma pequena risada.

- Sim. E você? - Eu perguntei.

- Comprando presentes para a filha adolescente! - Pistoleiro respondeu mostrando as sacolas femininas.

-Floyd? - Ouvimos uma voz masculina chamar o Pistoleiro. Encontramos um cara loiro com sacolas de brinquedo e um carrinho de bebê.

- Rick? Quanto tempo! - Floyd falou cumprimentando o cara loiro. Eu o conhecia de algum lugar.

- Joker! - Rick falou olhando para mim sério.

- Você trabalha para a Waller né? - Eu perguntei olhando para o homem sério.

- Não mais. Eu dei um tempo para cuidar de outra coisa! - Rick falou olhando para o carrinho de bebê que tinha uma bebê loira que nos olhava séria.

- Sua filha? - Floyd falou segurando a mão da bebê.

- Eu torço para que ela não tenha puxado nada da Enchantress. - Rick falou sério.

- Infelizmente a minha filha teve essa sorte... - Eu falei sorrindo psicopata.

- Você tem sorte. Hope é uma menina de ouro. - Rick falou olhando para mim sério.

- Infelizmente, ela me traz alguns problemas... - Eu sussurrei para mim dando um sorriso.

- Falou alguma coisa,Joker? - Floyd perguntou.

- Não. - Eu menti olhando para os dois sorrindo falsamente.

Eu quero sair dali o mais rápido possível. Eu não gosto dessas pessoas, principalmente de ficar conversando sobre paternidade como pessoas normais.

- Como está a Maluquinha? - Floyd perguntou se referindo a Harley. Eu fechei um pouco meu punho para tentar me controlar.

- Harley está bem. Ela também saiu para comprar brinquedos para nosso filho! - Eu falei sorrindo dando destaque no "nosso filho".

- Dá muito trabalho o pequeno? - Rick perguntou se apoiando no carrinho.

- Não. Ele passa a maioria do tempo com Harley, ele também é mais apegado a Harley! - Eu falei dando de ombros e controlando a vontade de revirar os olhos. - Bem. Eu preciso ir agora. - Eu falei pegando as sacolas e saindo dali o mais rápido possível saindo do shopping.

Entrei na minha Lamborghini indo direto para casa, até que eu recebo uma mensagem do Duas Caras querendo conversar comigo na casa dele, dei um pequeno rosnado irritado, então eu fui em direção a casa do Duas Caras.

                 POV HOPE. 

                 ⚜⚜⚜⚜⚜⚜⚜

Já tínhamos comprado os nossos presentes em umas lojas do centro de Gotham. Depois nós fomos ver umas casas para eu morar, mas nenhuma me agradou, até que nós fomos a uma que ficava na floresta perto da mansão dos meus pais. Ela era de madeira e de vidro, tinha um escritório, uma sala de música, uma sala de dança e também tinha um subsolo que seria aonde eu guardaria minhas armas e meus uniformes de batalha, a casa tinha 6 quartos.

- EU ADOREI ESSA CASA! - Eu gritei sorrindo e olhando em volta.

- Sabia que você iria gostar dessa casa! - Harley falou sorrindo.

- Essa é a casa dos meus sonhos! - Eu falei sorrindo.

- Então... Moça, nós vamos ficar com a casa! - Minha mãe falou sorrindo para a corretora.

- Mãe, não precisa! - Eu falei segurando seu braço levemente.

- É seu presente de natal,querida! - Harley falou sorrindo.

Eu assinei o contrato e peguei as chaves, agora a casa era minha. O bom também era que ela já vinha com os móveis. Quando terminamos tudo, fomos para casa. Joker ainda não tinha chegado o que era ótimo. Ficamos assistindo o filme 50 tons de cinza na TV.

- Gente, que filme! - Alice falou se abanando como se estivesse com calor. Nós três estávamos ofegantes porque tinham umas cenas bem "picantes".

- Gente, ele é muito gostoso! - Eu falei sorrindo e olhando para Christian Grey.

- HARLEY, CHEGUEI!! - Ouvimos Joker gritar rapidamente e desligamos a TV.

- Hajam naturalmente! - Harley sussurrou para nós duas.

- Oi.  - Joker falou entrando na sala com várias sacolas.

- Oi Joker! - Nós três falamos juntas e sérias.

- Aconteceu alguma coisa? - Joker perguntou olhando para nós três fazendo uma cara de desconfiado.

- Não! - Nós três falamos juntas novamente.

- Por que vocês estão tão estranhas? - Joker falou olhando desconfiado para nós.

- Não estamos estranhas,Puddinzinho. É impressão sua! - Harley falou com um sorriso nervoso no rosto.

- Então tá. Eu vou assistir TV! - Joker falou dando de ombros e indo pegar o controle na mesa de centro.

- NÃOOOOO!! - Nos três gritamos juntas e levantando do sofá para que ele não ligasse a TV.

- Aconteceu alguma merda e vocês não querem me contar! - Joker falou cruzando os braços.

- Ehh... Não aconteceu nada,Tio Joker! - Alice falou sorrindo nervosa.

- Anda. Podem abrir o bico e me contarem! - Joker falou sorrindo.

Nós três nos olhamos nervosa. A gente não tinha mais desculpas até que Harley falou.

- Puddin, cadê o Jake? - Minha mãe perguntou olhando em volta e procurando Jake.

Joker fez uma cara de espantado como se tivesse esquecido algo.

- Eu esqueci ele no shopping!! - Ele falou simplesmente passando a mão nos cabelos verdes.

- O QUE??? VOCÊ DEIXOU MEU FILHO NO SHOPPING?? - Harley gritou com raiva e desesperada.

- HA,HA,HA,HA,HA. VOCÊ SE FUDEU, TIO JOKER!! - Alice gritou e começou a rir.

- Eu vou buscar ele!! - Joker falou pegando as chaves da Lamborghini que tinha deixado em cima da mesa de centro.

- Eu vou com você! - Harley falou pegando sua bolsa.

- Alice, o que você está fazendo? - Eu perguntei confusa vendo Alice calçar seus sapatos.

- Eu não vou perder o tio Joker apanhando no shopping por nada! - Alice falou sorrindo e indo em direção que Joker e Harley saíram.

- Eu também não vou perder isso! - Eu falei sorrindo, saindo correndo seguindo Alice e entrarmos na Lamborghini roxa de Joker.

Joker acelerou o carro na direção ao shopping enquanto Alice ria baixinho.

- CALA A BOCA,ALICE!! - Meus pais gritaram irritados para Alice que ficou quieta.

Quando chegamos ao shopping, Joker saiu do carro correndo assim como Harley, Alice e eu fomos atrás deles.

- AONDE VOCÊ DEIXOU ELE? - Harley gritou enquanto corria.

- No cercadinho de brinquedo! - Joker respondeu então foi na frente, quando chegamos, Joker caminhou preocupado procurando Jake que por sorte ele estava sentado num puff azul.

- JACOB!! - Joker gritou sério chamando a atenção de Jake que sorriu e veio correndo em direção do meu pai.

- PAPA!! - Jake gritou sorrindo enquanto corria em direção de Joker e abraçou as pernas do palhaço do crime. Enquanto Joker parecia surpreso com aquele gesto mais fez questão de não retribuir.

Eu fui em direção da mulher que tomava conta de Jake.

- Desculpe a demora. Quanto custou? - Eu perguntei sorrindo falsamente.

- U$560,00! - A mulher falou mascando um chiclete. - Isso é por me fazer aguentar o moleque, fofa! - A mulher falou sorrindo fazendo uma bolha de chiclete.

Eu dei um sorriso diabólico no rosto, então tirei minha pistola do bolso e atirei na cabeça da mulher que caiu morta no chão.

- Odeio quando me chamam de fofa! - Eu falei olhando para o corpo no chão com desdém.

Então guardei a pistola novamente e me virei para o pessoal.

- Meu filho, meu amorzinho, meu palhacinho, ainda bem que você está bem! - Harley falou pegando Jake no colo e dando vários beijinhos no rosto de Jake.

- Eu estou bem,Mama! - Jake falou sorrindo e abraçando Harley.

- Ownn - Joker falou num tom de voz enjoativo.

- Puddinzinho, muito obrigada! - Harley falou sorrindo e mostrando o dedo do meio para Joker, o que fez Alice e eu cairmos na gargalhada.

- Eu não tive culpa! - Joker falou enquanto andávamos em direção à saída.

- É claro que tinha. Jake estava com você e você esqueceu meu bebê aqui sozinho. Eu... Eu... Eu.. Quero matar você! - Harley falou com raiva enquanto tinha lágrimas nos olhos.

Eu revirei os olhos, às vezes minha mãe é muito sentimental.

- Vamos esquecer isso. Jake está aqui e está seguro. - Joker falou, seu tom de voz parecia estar entediado, mas ele continuava sorrindo.

- MAS ELE PODIA TER SE MACHUCADO OU ATÉ MESMO TER SIDO SEQUESTRADO! - Harley gritou com raiva, então saiu do shopping com Jake no colo pisando no chão em passos firmes.

- Harley, volta aqui! - Joker tentou falar, mas já era tarde demais.

- Vai lá falar com ela! - Alice e eu falamos juntas.

- Com delicadeza, sem violência!-Eu acrescento séria, então Joker deu um gruindo irritado e foi atrás de Harley.

- Acha que eles vão voltar? - Alice perguntou para mim.

- Eles vão voltar. Ele saber manipular muito bem ela! - Eu falei séria. - Eu vou comprar comida, estou com fome! - Eu falei indo em direção ao Walmart.

- Se você continuar a comer assim, você vai explodir! - Alice falou atrás de mim brincando.

- Cala a boca, Alice. Eu estou comendo por dois! - Eu falei baixo a última parte enquanto eu entrava na loja e ia direto na seção de doces.

Comprei uns 7 Finis e comprei um Doritos.

Paguei o que eu tinha que pagar e fui em direção à praça de alimentação e comprei um Big Mc e um sorvete, Alice também comprou um sorvete.

Enquanto eu tomava meu sorvete, Alice também tomava o seu.

Chegamos ao estacionamento e como era de ser esperado Joker e Harley estavam se beijando e Jake estava dentro do carro.

- Hey, chega de agarramento, não quero que minha sobrinha veja essas coisas! - Alice falou sorrindo.

- Ela ainda nem nasceu, Alice! - Eu falei sorrindo e terminando de tomar meu sorvete e jogando no lixo.

- Hope, o que é tudo isso? - Minha mãe perguntou olhando para as sacolas.

- Comida. Eu estou com fome! - Eu respondi dando de ombros e entrando no carro.

- Não me perguntem para aonde vai essa comida toda! - Alice falou com as mãos para cima.

- Alice, eu já falei que eu estou comendo por dois. A mamãe já deve ter passado por isso! - Eu falei enquanto abria um pacote de Fini dando algumas para Jake.

- É claro que eu já passei por isso. Quando eu estava grávida da Hope, eu queria comer pizza com brigadeiro e na do Jake pipoca com ketchup! - Harley falou entrando no carro se sentando no banco do carona.

- Que coisa nojenta! - Alice falou fazendo uma careta de nojo.

- Mas quando você come o gosto é bom! - Eu falei comendo mais Fini.

A viajem foi tranquila. Eu tive que dividir meu hambúrguer com Alice. Depois ela fala que eu sou a gorda. Ficamos em silêncio até chegarmos à mansão. Entramos em casa e cada um foi tomar banho para o jantar.

Eu coloquei um vestido preto tomara que caia curto com brilho na cintura, coloquei uma bota preta curta com salto, deixei meus cabelos presos num rabo de cavalo alto, passei uma maquiagem leve e coloquei algumas joias. Quando terminei de me arrumar, peguei Mavis no colo e sai do meu quarto indo até a sala.

Quando eu cheguei na sala todos já estavam lá, Joker estava sentado no sofá assistindo TV. Harley estava ajeitando os presentes debaixo da árvore de natal e cantando uma musiquinha que eu não consegui ouvir. Aliceestava brincando com Jake.

- Boa noite. - Eu falei sorrindo descendo as escadas.

- Oi querida, nós estávamos esperando você para jantar! - Minha mãe falou sorrindo olhando para mim.

- Então vamos comer! - Eu falei sorrindo, então todos se levantaram e fomos em direção à sala de jantar.

Os empregados trouxeram nossa comida e o jantar foi em silêncio.

Justin e os outros capangas estavam no clube se divertindo, então só ficaram nós cinco mesmo. Quando terminamos o jantar fomos de novo para a sala então começamos a entregar os presentes.

Jake ganhou um triciclo de Joker junto com outras coisas bobas, Harley deu um palhacinho de pelúcia para Jake e também comprou um helicóptero de controle remoto.

Joker deu um uniforme novo para Harley e umas joias. Harley deu uma nova metralhadora para Joker e um relógio de ouro.

Joker deu para Alice três funko pops do The Vampire diares. E vocês já devem imaginar como ela ficou.

Joker por incrível que pareça me deu um colar de ouro escrito "Hope" com diamantes junto com uma carta de baralho.

- Obrigada, é lindo! - Eu falei agradecendo com um sorriso forçado, eu ainda não estava pronta para confiar em meu pai novamente.

- Que bom que gostou! - Meu pai falou sorrindo e eu assenti.

Harley deu uma chave de uma moto que era presente de Alice.

- Filha. Eu já entreguei seu presente, mas eu gostaria de entregar a chave! - Minha mãe falou sorrindo vindo até mim e entregando uma chave com um chaveiro de bobo da corte. Eu sorri, era a chave da minha casa.

- Obrigada,mãe. - Eu falei abraçando minha mãe.

- Que chave é essa? - Joker perguntou curioso enquanto se sentava no sofá com um copo de Whisky na mão.

- É a chave da minha casa nova! - Eu respondi séria.

- Como assim casa nova? - Joker perguntou surpreso e quebrando o copo na mão.

- Minha mãe e eu compramos uma casa para eu morar. Ela não fica longe da mansão! - Eu falei cruzando os braços.

- E quem deu permissão para você se mudar de casa? - Joker perguntou se levantando do sofá furioso.

- Eu já tenho 18 anos e eu vou ter um filho. Eu quero que ele cresça longe dessa mansão! - Eu falei o encarando, eu não tinha medo dele.

- Você acha que eu vou deixar você fora da minha proteção por um segundo? - Joker perguntou com raiva e apontando um dedo no meu rosto.

- Você não manda em mim! - Eu falei com um sorriso pequeno no rosto.

- Mr.J, já está na hora de Hope ter uma casa só dela. Não se preocupe, a casa dela são só 5 minutos longe da nossa! - Minha mãe falou sorrindo e indo até Joker falando algo no ouvido do mesmo o que fez dar um sorriso malicioso e se acalmar.

- Está bem, mas com uma condição: Você vai trabalhar para mim agora! - Joker falou mais calmo.

- Okay. Eu aceito! - Eu falei bufando irritada.

- Hobe? - Ouvi Jake me chamar, eu olhei para ele que estava com um rostinho triste.

-O que foi,bebê? - Eu perguntei me sentando ao seu lado.

- Voxê vai embola? - Jake perguntou triste.

-Vou, mas eu vou me mudar para uma casa perto de você. Eu vou vir te visitar todos os dias e quando você quiser você pode ir dormir lá e brincar quando o bebê nascer! - Eu falei sorrindo e fazendo carinho na bochecha gorducha de Jake.

- EBA!! - Ele gritou sorrindo e me abraçando me fazendo rir.

Aquele foi um natal normal numa família de psicopatas. Apesar de estarmos brigados, separados. Às vezes a família fala mais alto, mas eu sabia que os dias ruins estavam chegando.

 

              POV AUTORA.

               ⚜⚜⚜⚜⚜⚜⚜

- Harry eu preciso contar uma coisa para você! - Melissa falou se fazendo de assustada.

- Fala logo o que você quer Melissa! - Harry falou irritado, ele queria que Melissa fosse embora logo.

- Eu estou grávida, Harry. E o filho é seu...

Continua...


Notas Finais


GOSTARAM ?? Até o próximo capítulo minhas puddinzinhas beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...