História The Heir Of The Crime. - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Batman, Cameron Monaghan, Esquadrão Suicida, Gotham, Harry Styles, Jared Leto, Justin Bieber, Margot Robbie
Personagens Alfred Pennyworth, Avril Lavigne, Barbara Gordon, Bruce Wayne (Batman), Cameron Monaghan, Canário Negro, Carmine Falcone, Cassandra Cain (Batgirl), Comissário James "Jim" Gordon, Coringa (Jack Napier), Dick Grayson, Dr. Jonathan Crane (Espantalho), Dr. Thomas Wayne, Edward Nygma, Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Jared Leto, Jason Todd, Jerome Valeska, Lucius Fox, Margot Robbie, Martha Wayne, Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Personagens Originais, Sarah Essen, Selina Kyle (Mulher-Gato)
Tags Batman, Esquadrão Suicida, Harley Quinn, Selina Kyle, The Joker
Visualizações 662
Palavras 1.940
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi minhas puddinzinhas, esse também é um capítulo especial, focado mas em Joker e Harley. Eu peço perdão pela minha demora é me desculpe sê o Hot estiver ruim.
Eu sei que o Joker é a Harley vivem numa relação abusivo, mas aqui na minha fanfic...Eu tento deixar o Joker bem psicótico, me desculpem sê o capítulo estiver meio romântico .
A propósito o próximo capítulo eu irei postar amanhã, eu espero que gostem .

Capítulo 27 - Capítulo 26.- Capitulo especial parte 2. (+18)


Fanfic / Fanfiction The Heir Of The Crime. - Capítulo 27 - Capítulo 26.- Capitulo especial parte 2. (+18)

               POV HARLEY.

                ⚜⚜⚜⚜⚜⚜⚜

Depois que Hope, Jake e Alice abriram os presentes, ficamos um pouco na sala conversando sobre a mudança de Hope. Eu pude perceber Joker um pouco distante da conversa, ele estava sentando bebendo seu Whisky, mas ele parecia estar perdido em pensamentos. Logo em seguida ele se levantou e saiu da sala sem falar com ninguém, sua atitude não passou despercebida.

- O que deu nele? - Alice perguntou confusa e olhando pra mim.

- Eu não sei. - Eu respondi baixo e olhando na direção onde Joker tinha acabado de sair.

- Ele deve ter ido para o escritório. - Hope falou dando de ombros.

- É, deve ter sido isso. - Eu disse ainda meio desconfiada, mas voltei a olhar para os três e então voltamos a conversar até Jake ficar com sono.

- Boa noite,meninas. - Eu o peguei no colo e o levei para seu quarto.

Quando cheguei ao pequeno cômodo, fui direto para o banheiro. Coloquei Jake sentado na pia enquanto tiro sua roupinha e colocando no cesto de roupa suja. Depois eu ajudei Jake a tomar banho, já que ele era pequeno. Quando terminei, sequei seu pequeno corpo e coloquei um pijama azul cheios de "HA HA HÁ”.

Deixei Jake sentado na cama brincando com Lego, eu me sentei na cama e fiquei observando o pequeno montar um tipo de casa.

- Filho? - Eu o chamei quebrando o silêncio entre nós.

- Sim mama? - Jake respondeu sem olhar para mim.

- Você é feliz? - Eu perguntei me sentando na sua frente e cruzando as pernas em formato de índio.

- Sim mama. Por quê? - Jake perguntou tirando sua atenção do Lego e agora olhando pra mim.

- É que... Às vezes eu acho que você merecia uma vida normal! - Eu respondi abaixando minha cabeça.

- Mas eu gosto da minha vida,mama! - Jake falou olhando pra mim. - Posso? - Ele perguntou puxando a barra da minha blusa. Eu me surpreendi com seu pedido, à última vez que ele tomou leite materno foi há alguns meses atrás. A pediatra disse que ele podia tomar leite materno até os dois anos por isso eu não o impedi, mas já não tinha mais leite.

- Não tem mais leite. Desculpe! - Eu falei e segurei sua pequena mão tirando da minha blusa.

- Tá bom. - Ele concordou sério voltando a brincar com Lego.

- Eu não sou uma boa mãe! - Eu falei abaixando minha cabeça novamente e deixei que algumas lágrimas caíssem pelo meu rosto.

Vi pelo o canto do olho Jake olhar para mim.

- Mas voxê é a "mamãe". - Ele falou voltando a brincar. Eu ainda sem olhar para Jake dei uma pequena risada porque ele conseguiu falar "mamãe" da forma certa.

- É, eu sou a mamãe! - Eu falei sorrindo e olhando para ele novamente. Ele me olhou sorrindo.

- Eu estou com soninho. - Jake falou parando de brincar com o Lego e esfregando os olhos.

Eu peguei o brinquedo e coloquei embaixo da cama.

- Vem, vamos dormir,Mini-Puddinzinho. - Eu o chamei sorrindo. Jake pulou em cima de mim me abraçando e me fazendo rir.

Eu coloquei Jake deitado na cama e cobri seu corpo, entregando para ele seu palhacinho de pelúcia. Eu comecei a cantar uma música de ninar para Jake e depois de alguns minutos ele estava dormindo profundamente. Eu sorri e dei um beijo na testa de dele. Me levantei com cuidado da cama para não o acordar. Apaguei as luzes do quarto deixando apenas um abajur aceso.

Sai do quarto do meu pequeno indo em direção ao meu, quando eu entrei no quarto, ouvi um barulho de algo quebrando no banheiro. Corri até lá e abri a porta encontrando o espelho da pia quebrado e rastros de sangue no chão, Puddin estava sentado e encolhido dentro da banheira, nu e suas mãos estavam sangrando.

- Vai embora,Harley. - Joker mandou me olhando sério.

- Puddin, o que aconteceu? - Eu perguntei preocupada.

- EU JÁ FALEI, VAI EMBORA HARLEY!! - Ele gritou com raiva me assustando. - E PARA DE ME CHAMAR DESSE APELIDO RIDÍCULO! - Ele mandou ainda gritando.

Eu abaixei minha cabeça e andei na direção da caixa de música que tinha no banheiro. Coloquei na música Crazy in love da versão 50 tons de cinza. Ouvi Joker resmungar irritado por eu não ter obedecido ele. Andei até o kit de primeiros socorros e tirei minha roupa, fiquei apenas de roupas íntimas. Entrei na banheira ficando na frente de Joker. Peguei com cuidado a mão ensanguentada de Joker e comecei a limpar o sangue. Enquanto eu limpava o ferimento, percebi o olhar de Joker em mim.

- Por que não me obedeceu? - Joker perguntou sério e segurando meu rosto com sua mão apertando minhas bochechas com brutalidade.

- Eu sei que você não está bem! - Eu respondi desviando meu rosto da sua mão sem olhar para ele e com a minha atenção em sua outra mão.

 

I look and stare so deep in your eyes

I touch on you more and more every time

When you leave I'm begging you not to go

Call your name two or three times in a row

Such a funny thing for me to try to explain

How I'm feeling and my pride is the one to blame

'Cuz I know I don't understand,

Just how your love can do what no one else can

 

Olho profundamente em seus olhos

Eu toco você cada vez mais

Quando você vai embora, imploro para você não ir

Chamo seu nome várias vezes seguidas

É tão engraçado tentar explicar

Como eu estou me sentindo, a culpa é do meu orgulho

Porque eu sei que eu não entendo,

Como o seu amor pode fazer o que ninguém mais pode

 

- Vem cá! - Joker me chamou sério, eu o olhei meio receosa e Puddin percebeu. - Venha,Harley. Eu não vou te machucar! - Joker falou um pouco irritado. Eu fui até ele ainda receosa. Joker segurou minha cintura me colocando sentada em seu colo. Ele me abraçou, colocando sua cabeça no meu pescoço .

 

Got me looking so crazy right now, your love's

Got me looking so crazy right now.

Got me looking so crazy right now, your touch,

Got me looking so crazy right now.

Got me hoping you'll page me right now, your kiss

Got me hoping you'll save me right now

Looking so crazy in love's

Got me looking, got me looking so crazy in love

 

Me deixou com cara de louca agora, seu amor

Me deixou com cara de louca agora.

Me deixou com cara de louca agora, seu toque

Me deixou com cara de louca agora.

Me deixou esperando você me salvar, seu beijo

Me deixou esperando você me salvar

Tão loucamente apaixonada

Me deixou com cara, cara de loucamente apaixonada.

 

Eu o abracei fazendo carinho em seus cabelos verdes, sentindo ele cheirar meu pescoço.

- Por que você insiste em cuidar de mim? - Joker perguntou olhando pra mim.

- Porque eu te amo! - Eu falei séria olhando para seus olhos azuis cinzas. - E também por que eu prometi que cuidaria de você até eu morrer! - Eu completei sorrindo e me lembrando de quando eu fiz essa promessa.

- Depois de todos esses anos, você ainda continua ao meu lado. - Ele falou sorrindo.

- Eu fui criada para isso, para todos esses abusos. Eu acho que de todos esses abusos me deram algo de bom. - Eu falei sorrindo.

- O que é? - Joker perguntou curioso.

- Hope e Jacob. Eu amo nossos filhos, Puddin. Eles são parte de mim! - Eu falei sorrindo para Joker.

- Eles são criaturas preciosas. Principalmente Hope! - Joker respondeu dando um sorriso psicopata que eu tanto amava.

- Hope... Às vezes eu não acredito que ela é uma Palhaça-Feiticeira-Anti Heroína, agora ela vai ser mãe. Eu ainda a imagino como aquela garotinha brincalhona que adorava carros-bailarinas. - Eu falei sorrindo.

- Carros-bailarinas? - Joker perguntou confuso.

- Ela pedia para comprarmos carros de brinquedo e ela colocava tutu de balé neles. - Eu falei sorrindo fazendo Joker rir.

- Eu gostaria de ter essa relação que você tem com Hope! - Joker falou sorrindo, mas seus olhos tinham uma ponta de tristeza.

- Puddin, você tentou separar ela do grande amor da vida dela. Quando ela voltou você deu choques nela e tentou matar o filho dela. Eu entendo o lado dela. Para ela você pode surtar a qualquer momento e matar a criança que ela carrega. - Eu falei tentando não deixar Puddin magoado.

- Eu sei, mas ela precisa aprender a me respeitar, eu só quero que ela seja uma boa rainha. -Joker respondeu enquanto olhava para a água quieto, parecia estar perdido em pensamentos.

Então eu o beijei na esperança de que ele esquecesse um pouco dos problemas e se concentrasse em mim, em tudo que eu posso fazê-lo sentir. Ele correspondeu o beijo de bom agrado. Um beijo calmo e doce, mas logo foi ficando intenso e provocante. Senti as mãos de Joker abrindo o fecho do meu sutiã deixando meus seios a mostra, ele separou nossos lábios e foi distribuindo beijos pelo meu pescoço enquanto eu dava pequenos gemidos, sentindo sua boca habilidosa brincando em minha pele.

- Minha Arlequina... Linda... Linda... Linda! - Mr. J murmurou colocando sua mão tatuada com um sorriso em minha boca.

- Toda sua,Puddin! - Eu falei sorrindo, o fazendo sorrir também.

Ele se levantou comigo em seu colo e saindo da banheira. Eu comecei a rir enquanto Joker me colocava deitada na cama e logo ele estava em cima de mim na cama. Ele voltou a atacar minha boca ferozmente, rasgou minhacalcinha preta já úmida e me deixando nua. Ele começou a chupar meu seio esquerdo enquanto apertava meu outro seio com força me fazendo gemer de dor e prazer, sentindo o mesmo morder o bico do meu seio. Pude ver o sorriso iluminar seu rosto de uma forma deliciosamente assustadora. Então ele introduziu dois dedos em mim, me fazendo se contorcer contra os lençóis e pressionando minhas pernas em sua cintura querendo mais contato físico.

- Peça...Minha Harley... Quero ver você implorar por mais. - Joker falou sussurrando em meu ouvido e me deixando arrepiada.

- Por... Por favor, Mr. J! - Eu falei enquanto gemia seu nome fazendo Puddin sorrir, então sem demora ele me penetrou com força me fazendo arranhar suas costas que provavelmente ficariam bem feias amanhã.

- Ahhh Pu... Vai Puddinzinho... Mais rápido! - Eu supliquei sorrindo, enquanto sentia todo o seu membro entrando e saindo na minha intimidade. Puddin sorriu e começou a me penetrar com mais força enquanto voltava abeijar meu pescoço. Depois de mais algumas entocadas lentas e fundas, chegamos ao ápice juntos. Joker saiu de dentro de mim e se deitou ao meu lado. E ali estávamos naquela noite entregues um ao outro, dois corpos nus, suados e ofegantes deitados na cama. Nós sabíamos que precisávamos um do outro, afinal o rei sempre vai precisar da sua rainha, e a rainha do seu rei. Ele sabe o quanto eu sou loucamente apaixonada por ele, eu faria qualquer coisa, mesmo que ele não me ame da mesma maneira que eu amo ele, mas ele sabia que eu sempre seria sua Harley Quinn.

 

Got me looking so crazy right now, your love's

Got me looking so crazy right now.

Got me looking so crazy right now, your touch,

Got me looking so crazy right now.

Got me hoping you'll page me right now, your kiss

Got me hoping you'll save me right now

Looking so crazy in love's

Got me looking, got me looking so crazy in love

 

Me deixou com cara de louca agora, seu amor

Me deixou com cara de louca agora.

Me deixou com cara de louca agora, seu toque

Me deixou com cara de louca agora.

Me deixou esperando você me salvar, seu beijo

Me deixou esperando você me salvar

Tão loucamente apaixonada

Me deixou com cara, cara de loucamente apaixonada

Continua...


Notas Finais


Gostaram ?
Eu espero que sim, meus puddins.
Até o próximo capítulo,puddinzinhas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...