História The heiress of tony stark - Capítulo 58


Escrita por: ~

Postado
Categorias Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James Rupert "Rhodey" Rhodes, Loki, Maria Hill, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Pepper Potts, Personagens Originais, Steve Rogers, Thor, Visão
Tags Filha Do Homem De Ferro, Homem De Ferro, Patinação Artística, Romance, Vingadores
Exibições 42
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente n vou falar muito pq estou cheia de coisas pra fazer hj, já estou atrasada na verdade mas enfim, boa leitura lindos

Capítulo 58 - Toda ação tem sua consequência


Fanfic / Fanfiction The heiress of tony stark - Capítulo 58 - Toda ação tem sua consequência

Acordei e levantei do chão duro, dormi como um morto, com o corpo esticado e as mãos sobre o peito, mas segurando o celular. Olhei em volta e meu pai andava até mim silenciosamente.

- fique quieta, vou te tirar daqui, fique invisível até tudo começar - ele sussurra e a barreira se quebra após ele mexer em algo junto ao local que o cetro estava antes. Ele me olha uma última vez, se vira e segue pelo corredor que leva ao elevador de emergência.

Fiquei invisível e fui até a sala, olhei pelo vidro da sacada e vi Loki junto com Peter, olhando para baixo, ele tinha algo no pulso como uma pulseira e Peter também, deve ser isso que está controlando ele. Do nada algo atinge Loki no braço. Um raio, Thor está aqui? Tentei controlar Peter para que ele desmaie mas ele apenas perde o equilíbrio e cai de onde estava, não me preocupo pois sei que ele não morre assim. Loki se vira com o cetro novo na mão olhando em volta. Por instinto me abaixo atrás do sofá, dou uma longa respirada e a parede de vidro explode. Abro os olhos e a Mark 47 está na minha frente com a mão esticada, fico visível por alguns segundos e a armadura olha para mim.

- vou levar ele para baixo, vá indo para lá - ele diz por nosso intercomunicador e apenas acenti. Fiquei invisível e apareci no térreo, mas para minha surpresa Peter está ali lutando com Natasha. que?? Todo mundo veio pra cá do nada? Dou um soco nele por trás e fico visível, ele se virou para mim e me ergueu pelo pescoço, não conseguia respirar nem usar meus poderes, mexia as pernas tentando acertar ele mas sem sucesso, ele deu um soco forte em meu rosto e jogou meu corpo longe.

....

Quando recobrei a consciência me levantei, meu corpo todo doía e tem uma nuvem de poeira pairando na rua, todo mundo sumiu, olho para cima e vejo Loki em cima de uma loja baixa mirando em meu pai, Thor e Natasha, como ele encurralou eles? Peter está ao seu lado com uma arma em cada mão mirando neles também. Apareci lá invisível, pelo menos foi o que pensei, um estouro que eu conheço há tempos soou e senti sangue, sangue e não extremis escorrer do meu abdômen, Peter atirou em mim, e agora estou sangrando e tudo gira novamente, vou caindo devagar, deito no chão com a respiração ofegante e Tony me olha querendo correr até mim mas se fizer isso vai acabar junto comigo. Oque está acontecendo? Cadê o extremis? Me cure, digo para meu corpo mas nada acontece. Tento manter os olhos abertos e Loki aponta o escudo para eles, murmura algo estranho (seria macumba pro troço funcionar? Não sei) e um raio azul e branco sai do cetro, não sei oque aconteceu exatamente, só vi os três se jogando no chão, quando a luz diminuiu abri os olhos e não vi oque achei que veria. Todos estavam jogados no chão, mas quem sumiu foi Loki, o cetro estava no chão e Peter também, coloquei a mão na barriga e soltei um grito de dor, oque está acontecendo comigo? Lágrimas de dor e desespero escorrem pelo meu rosto e Peter rasteja até mim, não quero olhar para ele, não quero mais falar com ele, só quero que ele suma da minha frente e leve aquele cetro maldito com ele, na verdade se ele enfiar aquilo no cu e sair pulando por aí eu ficaria mais feliz ainda. Começo a lembrar da nossa primeira briga e tenho vontade de socar a cara dele novamente.

*FLASHBACK ON*

- Peter! - ele se virou e abandonou a garota ruiva que estava quase engolindo.

- oque foi? Eu estava ocupado - ele revira os olhos.

- você não estava com a Emma?

- disse certinho Stark, estava, não estou mais, Brenda é bem melhor - ele passou a língua pelos lábios e sinto uma ânsia.

- como consegue fazer isso?

- cuida da sua vida Luna, eu não fico questionando quem você pega - ele está ficando bravo e não sei porque estou discutindo com ele sobre isso, só sei que acho errado, Emma gostava dele de verdade.

- acontece que eu não sou igual a você, eu não fico com várias pessoas como se elas fossem bonecas sem sentimentos! Emma queria namorar com você e oque você fez? Jogou ela no lixo - percebi que estava gritando, ainda bem que estávamos num quarto vazio da festa.

- porque estamos discutindo isso? - ele franziu a testa e me encarou fundo cruzando os braços.

- porque somos melhores amigos e eu deveria dizer pra você quando você faz algo errado pra não acabar se fodendo depois - expliquei e ele deu um passo à frente - oque foi?

- não sei, só que por um segundo achei que estivesse com ciúmes

- oque?? Tá maluco? Eu só não quero ser amiga do maior galinha da escola. - gritei e o rosto dele ficou vermelho de raiva

- então não precisa mais ser minha amiga Luna, simples assim - ele gritou e saiu do quarto batendo o pé.

*FLASHBACK OFF*

Rolei o corpo para o lado para desviar seu toque, e logo meu pai está me carregando no colo. Fecho os olhos e deixo que a dor me contamine até eu apagar.

....

- fico pensando oque estaríamos fazendo hoje se sua mãe não tivesse... - ele diz após me abraçar no hospital e dar graças à deus por eu estar viva, eu havia acabado de acordar, não sei que horas ou que dia é.

- morrido? Eu também, eu teria uma vida normal, sem essas maluquices - tem uma agulha na minha veia com um líquido alaranjado correndo pelo tubo ligado a ela - OQUE É ISSO? TIRA DE MIM AGORA - gritei desesperada, sei exatamente a cor que o extremis tem, e é essa.

- calma calma - ele colocou a mão em meu braço e fiquei quieta - Dr Banner disse que o extremis falhou e é melhor repor, porque se isso acontecer de novo você pode acabar morrendo, e ele teme que uma parte dele tenha saído com o sangue que você perdeu lá.

- merda... - depois vou querer uma explicação melhor sobre isso - Aonde está Peter?

- não consegue esquecer ele não é mesmo?

- na verdade eu queria saber pra poder torturar ele - resmunguei e Tony soltou uma risadinha.

- vou fazer umas coisas e logo eu volto, vê se descansa. - ele sai e fico sozinha olhando para o teto branco do hospital.


Notas Finais


Comentem oque acharam, divulguem para os amiguinhos, favoritem e é isso
Até semana que vem lindus
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...